P r o j e t o s e e s t r a té g i a s p a r a g e s tã o i n t e g r a d a d e á g u a                             fluxus...
PRINCÍPIOS                                             CriatividadeEconomia durante                            Complexidad...
FORMAS DE ATUAÇÃO  .   Ação Social - Capacitação  .   Consultorias  .   Retrofit/reformas  .   Projetos complementares  . ...
FORMAS DE ATUAÇÃO .   Ação Social - Capacitação .   Consultorias .   Retrofit/reformas .   Projetos complementares .   Des...
FORMAS DE ATUAÇÃO  .   Ação Social - Capacitação  .   Consultorias  .   Retrofit/reformas  .   Projetos complementares  . ...
Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energéti...
Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energéti...
Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energéti...
Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energéti...
FORMAS DE ATUAÇÃO.   Ação Social - Capacitação.   Consultorias.   Retrofit/reformas.   Projetos complementares.   Design i...
FORMAS DE ATUAÇÃO.   Ação Social - Capacitação.   Consultorias.   Retrofit/reformas.   Projetos complementares.   Design i...
FORMAS DE ATUAÇÃO.   Ação Social - Capacitação.   Consultorias.   Retrofit/reformas.   Projetos complementares.   Design i...
Harmonia 57 - PRÊMIOS
DESIGN INTEGRADO DE SISTEMAS HIDRÁULICOS                  Cenário:                  . Alto consumo de água para fins não p...
HARMONIA 57 – Mais informações              Arch Daily              http://www.archdaily.com/6700/harmonia-57-triptyque/  ...
CONTATO           Guilherme Castagna guilherme@designecologico.net            +55 (11) 2386-2647
20120220, Fluxus - Forma de atuacao
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

20120220, Fluxus - Forma de atuacao

512

Published on

Apresentação do trabalho da Fluxus Design Ecológico, com apresentação sucinta do projeto de design integrado de instalações hidráulicas do projeto Harmonia 57, desenvolvido por Guilherme Castagna, em 2007/2008

Published in: Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
512
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

20120220, Fluxus - Forma de atuacao

  1. 1. P r o j e t o s e e s t r a té g i a s p a r a g e s tã o i n t e g r a d a d e á g u a fluxus@designecologico.net (11) 2386-2647
  2. 2. PRINCÍPIOS CriatividadeEconomia durante Complexidade o ciclo de vida Integração Beleza Funcionalidade - Foco Manutenção simples Replicabilidade Inspiração
  3. 3. FORMAS DE ATUAÇÃO . Ação Social - Capacitação . Consultorias . Retrofit/reformas . Projetos complementares . Design integradoIrrigação de frutíferas com água cinza, captação de água de chuva, produção de alimentos Escola Municipal – Cajazeiras Salvador/BA
  4. 4. FORMAS DE ATUAÇÃO . Ação Social - Capacitação . Consultorias . Retrofit/reformas . Projetos complementares . Design integradoAvaliação estratégica para implantação de plano de manejo integrado de água de chuva e de tratamento de efluentes Estádio Nacional de Brasília
  5. 5. FORMAS DE ATUAÇÃO . Ação Social - Capacitação . Consultorias . Retrofit/reformas . Projetos complementares . Design integrado Avaliação de sistemas integrados de manejo de água para o edifício IBOPE: instalações de baixo consumo,tratamento e reuso de água cinza, produção de biogás, aproveitamento de água de chuva e sistemas urbanos de drenagem sustentável (SUDS) Concurso Edifício “IBOPE”
  6. 6. Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energética _ OTEC Estratégia Geral Visualizamos nosso edifício como um organismo vegetal que para se sustentar, necessita de uma rede eficiente pela qual possa fluir energia, ou seja, alimentos que abastecem todo o conjunto até as menores partes, as células mais escondidas. A partir desta ideia a reforma se divide nas seguintes estratégias que trarão em conjunto as melhoras de eficiência energética e sustentabilidade ambiental Resultados Alcançados 50% de redução no consumo de refrigeração de ar. 11% de redução em iluminação. Nenhum grau de desconforto em todos os períodos do ano Redução de energia consumida pelo edifício em 35%
  7. 7. Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energética _ OTEC Pele Sensível O primeiro elemento a ser modificado é aquele que interage diretamente com o exterior e com as condições climáticas adversas. Os elementos de proteção solar e o fator solar do vidro contribuem de maneira passiva para que a absorção de calor seja reduzida a zero. Sistema Vascular Estratégias Detalhe da Fachada Noroeste • Intercambiador de calor instalado na cobertura. • Tomadas de ar integradas com a pele vegetal úmida (sistema evapotranspirativo) • Insuflamento do ar tratado através de dutos que correm no perímetro do edifício e se ramificam na parte baixa dos painéis de vidro que separam os escritórios (ventilação por deslocamento controlado). • Forro radiante frio (que pode integrar tubos de água resfriada/aquecida). • Bomba de calor reversível (elétrica) para resfriamento/aquecimento da água utilizada no forro radiante. Tomada de ar integrada à pele vegetal úmida
  8. 8. Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energética _ OTEC Fluidos • Equipamentos para consumo racional de água reduzindo em 50% o consumo de água. • Utilização de Sistemas Urbanos de Drenagem Sustentável (SUDS) com integração de águas pluviais, incluindo biorretenção de água em calçadas; • Telhado Verde para retenção de água, pré-filtragem. • Captação de água condensada no ar condicionado: 750l/dia; • Tratamento de água cinza para reuso (OIA e Atlantis): ~7.000l/dia; • Aproveitamento de água de chuva: 621.000l/ano; Esquema do caminho da água Núcleo Funcional As divisórias dos escritórios foram moduladas e dispostas para compatibilizar os elementos inseridos na reabilitação e otimizar o desempenho destes. Alguns aspectos levados em consideração: • A Distribuição do ar tratado em cada escritório por meio de divisórias duplas • Retirada do ar quente de dentro dos escritórios • Flexibilidade de expansão e ou diminuição da quantidade de escritórios fechados Esquema do fluxo do ar e disposição dos escritórios fechados
  9. 9. Proposta de Reabilitação do Edifício Paulo de Tarso MontenegroSede IBOPE _ São Paulo _ 2011Concurso de Eficiência Energética _ OTEC Energia • Para este edifício foram propostos módulos fotovoltaicos marca KYOCERA de 205W de potencia máxima. • O numero total de módulos introduzidos foi de 140, logo supõe um total de 28’7kwp instalados. • Em um calculo estimativo, considerando um sistema de acumulação de baterias, no mês mais desfavorável (junho) no qual a produção é de 88’6 kWh, durante 6 horas de funcionamento, permitiriam acender aproximadamente 1000 lâmpadas de 15W c.c. • A instalação fotovoltaica permite uma compensação do 5% no consumo total elétrico do edifício Vista da cobertura fotovoltaica com o Entorno percurso solar de 21 de junho No projeto de reforma do prédio tentamos resgatar as preferências do Arq. Rino Levi pelo elemento natural. • Valorização da natureza como tema predominante na resolução do desenho das fachadas e como conceito guia para o funcionamento do edifício. • Criação de brises vegetais, pérgolas e coberturas verdes transitáveis, que contribuem para o conforto térmico interno e externo ao edifício • Continuidade a biodiversidade típica dos altos estratos da floresta atlântica encontrada no parque Trianon. Vista do terraço no oitavo andar
  10. 10. FORMAS DE ATUAÇÃO. Ação Social - Capacitação. Consultorias. Retrofit/reformas. Projetos complementares. Design integrado Aproveitamento de água de chuva e instalações de baixo consumo de água McDonald’s Riviera de São Lourenço LEED Certified
  11. 11. FORMAS DE ATUAÇÃO. Ação Social - Capacitação. Consultorias. Retrofit/reformas. Projetos complementares. Design integrado Instalações hidráulicas,tratamento integrado de águasservidas e manejo integrado de água de chuva Sede do Parque Municipal da Colônia da Cratera São Paulo/SP
  12. 12. FORMAS DE ATUAÇÃO. Ação Social - Capacitação. Consultorias. Retrofit/reformas. Projetos complementares. Design integrado Instalações hidráulicas, manejo integradode água da chuva, aproveitamento de água de drenagem Harmonia 57 Triptyque
  13. 13. Harmonia 57 - PRÊMIOS
  14. 14. DESIGN INTEGRADO DE SISTEMAS HIDRÁULICOS Cenário: . Alto consumo de água para fins não potáveis . Presença de lençol freático elevado . Área suscetível a alagamentos . Criação de referência local para integração de água na paisagem urbana Sistema: . Retenção e aproveitamento de água da chuva em: - Telhado verde - Cisterna integrada para água de chuva e água de drenagem - Infiltração de água no lençol Resultado prático: Harmonia 57 . Uso exclusivo de água de fontes locais para Triptyque abastecimento não-potável (200.000 l/ano)
  15. 15. HARMONIA 57 – Mais informações Arch Daily http://www.archdaily.com/6700/harmonia-57-triptyque/ Zumbotel Group Award Goes to Brazil http://www.zumtobelgroup.com/en/2988.asp Piniweb: Harmonia 57 vence prêmio austríaco de sustentabilidade http://www.piniweb.com.br/construcao/sustentabilidade/tript yque-vence-o-premio-de-arquitetura-austriaco-zumtobel- 164096-1.asp Triptyque, Harmonia 57 http://www.triptyque.com/harmonia/Harmonia 57 Google Maps Triptyque http://g.co/maps/xth5j
  16. 16. CONTATO Guilherme Castagna guilherme@designecologico.net +55 (11) 2386-2647
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×