Trabalhando a Confiança<br />na ComunIP<br />Trabalhando efetivamente juntos e sem medo<br />
Célebres palavras de Confúcio<br />Os grandes antigos quando queriam revelar e propagar as mais altas Virtudes punham seus...
Internalize os problemas e externalize o sucesso<br />O brasileiro tem a mania de dizer que o sucesso é dele, pessoal, e q...
Mostre entusiasmo<br />“As coisas podem vir para aqueles que esperam, mas somente aquelas deixadas por aqueles que se entu...
Cumpra as releases semanais<br />Os clientes têm horror a prazos não cumpridos, defeitos não corrigidos, e dinheiro desper...
Gerencie problemas – parte A<br />O que fazer se algo sai errado? Esta é a sua chance de brilhar. Qualquer um pode parecer...
Gerencie problemas – parte B<br />Deixe o cliente ciente quando um problema for identificado, e o quanto antes, para evita...
Respeite os objetivos dos clientes<br />Trate os objetivos dos clientes com respeito, e isso significa evitar piadas.<br /...
Seja honesto<br />No seu entusiasmo de demonstrar progresso, tenha cuidado para não cruzar a fronteira.<br />Não esconda d...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Trabalhando a Confiança na ComunIP

717 views

Published on

Trabalhando efetivamente juntos e sem medo.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
717
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trabalhando a Confiança na ComunIP

  1. 1. Trabalhando a Confiança<br />na ComunIP<br />Trabalhando efetivamente juntos e sem medo<br />
  2. 2. Célebres palavras de Confúcio<br />Os grandes antigos quando queriam revelar e propagar as mais altas Virtudes punham seus estados em ordem. Antes de porem seus estados em ordem, punham em ordem suas famílias. Antes de porem em ordem suas famílias, punham em ordem a si próprios, aperfeiçoavam suas almas. Antes de aperfeiçoarem suas almas procuravam ser sinceros em seus pensamentos e ampliavam ao máximo seus conhecimentos. Esta ampliação dos conhecimentos decorre da investigação das coisas ou vê-las como elas são. Quando as coisas são assim investigadas, o conhecimento se torna completo. Quando os pensamentos são sinceros, a alma se torna perfeita. Quando a alma se torna perfeita, o homem está em ordem. Quando o homem está em ordem, sua família também está em ordem. Quando sua família está em ordem o Estado que ele dirige também fica em ordem, ou melhor, pode ficar em ordem. E quando os Estados estão em ordem, o mundo... o mundo inteiro desfruta de paz e felicidade.<br />
  3. 3. Internalize os problemas e externalize o sucesso<br />O brasileiro tem a mania de dizer que o sucesso é dele, pessoal, e que todos dependem dele, e colocam a culpa dos problemas naqueles que estão a seu redor, na empresa, no governo, na economia.<br />Para se criar um ambiente construtivo e estimulante, devemos refletir sobre o que está errado em nós mesmos, a fim de melhorar nossas atitudes, e compartilhar o sucesso com todos a nosso redor, já que o sucesso nunca é fruto de um trabalho isolado.<br />
  4. 4. Mostre entusiasmo<br />“As coisas podem vir para aqueles que esperam, mas somente aquelas deixadas por aqueles que se entusiasmam.”<br />Imagine que você está de mudança, e contrata uma empresa para isso. Agora imagine que o trabalho está sendo feito com urgência; não existe nenhuma vantagem para eles, já que são pagos por hora. Quais sentimentos você teria? Dedicação em atender aos seus objetivos? Respeito ao seu bolso?<br />
  5. 5. Cumpra as releases semanais<br />Os clientes têm horror a prazos não cumpridos, defeitos não corrigidos, e dinheiro desperdiçado. <br />Além disso, eles podem não saber muito sobre desenvolvimento de software. Isso os coloca em uma posição desconfortável ao ter que contar com o seu trabalho e sendo incapaz de dizer se o processo poderia ser melhorado.<br />Como então eles sabem que o seu dinheiro está sendo gasto adequadamente? Como eles sabem que a equipe é competente?<br />Os clientes podem não saber validar seu processo, mas eles podem validar os resultados. Dois tipos de resultados são particularmente claros para eles: software funcionando e entregue semanalmente.<br />
  6. 6. Gerencie problemas – parte A<br />O que fazer se algo sai errado? Esta é a sua chance de brilhar. Qualquer um pode parecer bom quando a vida segue conforme planejado. Sua verdadeira personalidade surge quando você lida com problemas inexperados.<br />A primeira atitude é limitar sua exposição a problemas. Trabalhe nas atividades mais difíceis e mais incertas o quanto antes: você encontrará os problemas mais cedo, e terá mais tempo para corrigí-los.<br />Quando encontrar um problema, comunique à equipe o quanto antes. Apresente-o no próximo “Intervalo do Jogo”. Isso dará a toda a equipe a chance de ajudar a resolvê-lo.<br />Se o tempo permitir, pode ser que o problema possa ser resolvido durante a semana. Para isso, reduza refactorings não críticos, adie uma reunião não-essencial, ou até mesmo cancele (como uma decisão da equipe) um tempo de pesquisa. Se houver certeza sobre o tempo a ser gasto, use horas extras.<br />Alguns problemas são maiores e requerem replanejamento. Nesse caso, pode ser necessário remover um caso ou reduzir o escopo de algumas featuresdesenvolvidas na próxima semana.<br />
  7. 7. Gerencie problemas – parte B<br />Deixe o cliente ciente quando um problema for identificado, e o quanto antes, para evitar surpresas. Ele irá apreciar seu profissionalismo, mesmo não gostando do problema.<br />Quanto antes ele souber do problema, mais tempo eleterá para solucioná-lo. É possível incluir um lista de possíveis soluções, incluindo seus custos técnicos. É necessário coragem para ter esse tipo de discussão com o cliente, mas corrigir um problema com sucesso é uma poderosa ferramenta para se construir confiança.<br />Tenha cuidado. É fácil conduzir as releases de forma a comprometer a confiança. Suponha que você precise de mais algumas horas para terminar uma featureimportante. Um pouco de hora extra pode resolver. Sendo coerente com a situação, trazer um pouco de senso de urgência e um pouco de horas extras pode ser benéfico para a moral da equipe.<br />Ironicamente, horas extras trazem mais releases fracassadas: você implicitamente promete aos clientes mais do que pode entregar pelo preço que eles esperam pagar em tempo e recursos.<br />Se houver muitas horas extras, alguma coisa está errada.<br />
  8. 8. Respeite os objetivos dos clientes<br />Trate os objetivos dos clientes com respeito, e isso significa evitar piadas.<br />Outra maneira de respeitá-los é trazer soluções criativas para atendê-los. Se o cliente deseja algo que vai demandar muito tempo ou envolva grandes riscos técnicos, sugira alternativas para chegar à mesma essência do objetivo e com menor custo.<br />Conforme os programadores e os clientes evoluem essa conversa, as barreiras vão sendo quebradas e a confiança construída.<br />
  9. 9. Seja honesto<br />No seu entusiasmo de demonstrar progresso, tenha cuidado para não cruzar a fronteira.<br />Não esconda defeitos para ganhar créditos por uma atividade cumprida 100%.<br />Não estenda a release silenciosamente “por mais alguns dias para terminar o que foi planejado”. Se o problema for grave, você corre o risco de estender um prazo e não cumprír a atividade planejada.<br />São pequenas fraudes, mas são. Esses comportamentos dão a impressão que você realizou mais do que realmente cumpriu.<br />Os clientes vão esperar que você complete as features restantes rapidamente, quando na verdade você não completou nem o primeiro grupo de features. Em algum momento, você terá supostamente cumprido aquilo que planejou, e o atraso no cronograma resultante vai gerar confusão, desapontamento e até mesmo raiva.<br />

×