Your SlideShare is downloading. ×
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Sistema articular
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sistema articular

38,238

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
38,238
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
344
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SISTEMA ARTICULAR
  • 2. 1) Considerações gerais:
    • Os termos articulação e juntura significam a mesma coisa. A juntura consiste em um conjunto de elementos que tem a função de manter unidas duas ou mais partes ósseas que entram em contato.
  • 3. 2) Classificação das articulações:
    • As articulações são classificadas dependendo do elemento que está interposto entre os ossos, sendo dessa maneira classificadas em: fibrosa, cartilaginosa e sinoviais.
  • 4. Articulações fibrosas
    • O termo fibroso já dar idéia de rigidez, por isso estas junturas são também chamadas de imóveis, pois não executam movimentos.
  • 5. Articulação cartilaginosa
    • Certas junturas cartilaginosas podem apresentar reduzido grau de movimento, sendo dessa maneira denominada de semi-imóveis.
  • 6. Articulações sinoviais
    • Nas junturas sinoviais não existe tecido interposto entre os ossos que se articulam, mas sim, uma substância gelatinosa denominada sinóvia, encontrada no interior das junturas e que tem função de lubrificação. As extremidades dos ossos, que se articulam numa juntura sinovial, se encontram por cartilagem hialina, o que permite um melhor deslizamento e impede o desgaste dos ossos.
  • 7.  
  • 8.  
  • 9. 3) Tipos de movimento:
    • Para verificar o tipo de movimento executado, devemos partir da posição que cada articulação adota durante a posição anatômica do corpo. O movimento é analisado na articulação existente entre a parte que se movimenta e a parte que está fixa.
  • 10. Flexão
    • Quando existe diminuição da angulação entre as duas superfícies ósseas que se articulam. Exemplo: quando dobramos o cotovelo.
  • 11. Extensão
    • Quando existe o aumento da angulação.
  • 12. Adução e abdução
    • Adução: Quando o segmento se aproxima da linha mediana.
    • Abdução: Quando o segmento se afasta no sentido lateral da linha mediana.
  • 13. Supinação e Pronação
    • Supinação: Movimento executado pela rádio-ulnar proximal, quando as faces anteriores do antebraço e da mão ficam voltadas para frente.
    • Pronação: Movimento contrário a supinação.
  • 14. Flexão plantar e Flexão dorsal
    • Flexão plantar: Quando os pés se movimentam contra o solo.
    • Flexão dorsal: Realiza-se quando o pé se movimenta para cima por ação dos músculos anteriores da perna.
  • 15.  

×