Your SlideShare is downloading. ×
0
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Ass - RIA
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ass - RIA

553

Published on

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
553
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Aplicação de Software Social RIA, linguagens e frameworks – RIA – Frameworks WEB (e linguagens)
  • 2. RIA (Rich Internet application) ● Aplicações WEB com características e funcionalidades de softwares tradicionais. ● Em geral, não necessitam de instalação de software adicional.
  • 3. RIA (Arquitetura)
  • 4. RIA (vantagens) ● Interface mais elaborada que html puro, oferecendo melhor experiência ao usuário. ● Divisão do processamento entre servidor e cliente. ● Melhor resposta ao usuário, normalmente utilizando comunicação assíncrona com o servidor. ● Acesso a aplicação em “todo lugar”
  • 5. RIA (desvantagens) ● Dependência do servidor para funcionamento. ● Exigem uma boa largura de banda. ● O que pode ser feito é limitado pelo sandbox que utiliza (Navegador) ● Dados armazenados remotamente.
  • 6. RIA (Outras Características) ● Necessidade de um Navegador moderno, com suporte a JavaScript (Convivendo com a falta de padrão). ● Maior dificuldade para gerenciamento da aplicação, porém com enorme versatilidade. ● Quebra do paradigma da WEB, necessitando contornar suas limitações.
  • 7. Frameworks ● Fragmento de código utilizado para encapsular operações complexas ou repetitivas, facilitando o desenvolvimento. ● Frameworks WEB auxiliam o desenvolvimento, oferecendo: – Acesso simplificado ao Banco de Dados – Templates para visualização – Gerenciamento de sessões e cookies – Aumentam o reuso do código
  • 8. Frameworks (Client Side) ● Facilitam a geração de código para execução no Navegador. ● Quase 100% utiliza JavaScript (também existem para ActionScript). ● Pode-se considerar como um biblioteca para JavaScript.
  • 9. Frameworks (Server Side) ● Acesso aos recursos do SO no servidor ● Acesso ao Banco de Dados ● Segurança (Autenticação e restrição de acesso) ● Utilização de cache para os dados ● Criação de WEB Services ● Boa parte inclui um framework “Client Side”, em geral oferecendo suporte ao uso do AJAX.
  • 10. Frameworks ● MVC (Model View Controller) – Modelo de dados – Interface do Usuário – Regras de Negócio ● Content Management Systems – Fácil edição – Suporte a módulos ● Contraponto: Facilidade de uso versus riqueza da aplicação construída
  • 11. Linguagens, Frameworks e CMS ● Python : Django, Zope ● PHP : Zoop, Joomla, Drupal ● Perl : Catalyst, Mason ● Ruby : Ruby on Rails, Camping ● Java : Struts, OpenLaszlo ● JavaScript : Aptana, Jaxer

×