Your SlideShare is downloading. ×
A Despedida De  Guga
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A Despedida De Guga

438
views

Published on

O maior tênista do Brasil teve que se despedir das quadras por questão de lesão. Uma pena, mas veja que exemplo

O maior tênista do Brasil teve que se despedir das quadras por questão de lesão. Uma pena, mas veja que exemplo

Published in: Business

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
438
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A DESPEDIDA DE GUGA DAS QUADRAS
  • 2. QUEM VIU SE EMOCIONOU PROFUNDAMENTE....
  • 3. O maior jogador da história do tênis brasileiro, Gustavo Kuerten, teve o início de sua vida marcado por duas tragédias familiares.
  • 4. A primeira diz respeito a seu irmão caçula Guilherme Kuerten, que durante o nascimento sofreu de privação prolongada de oxigênio, causadora de dano cerebral irreversível e conseqüentes deficiências física e mental severas.
  • 5. Guilherme faleceu no dia 07 de Novembro de 2007, vítima de parada cardiorrespiratória.
  • 6. Desde cedo, Guga foi estreitamente ligado à luta diária do irmão, algo que incorporou em sua carreira de tenista: em cada jogo disputado a partir de 1998, Kuerten doou duzentos dólares a instituições de caridade; além disso, todos os troféus conquistados foram dados para o irmão caçula.
  • 7. O segundo fato refere-se a seu pai, jogador amador de tênis e incentivador da educação pelo esporte, que colaborava nos campeonatos como juiz de cadeira.
  • 8. Quando Guga contava com apenas 8 anos de idade, em 1985, ocorreu a morte do pai devido a um ataque cardíaco, enquanto arbitrava uma partida entre juniores em Curitiba.
  • 9. Depois disso ganhou um novo pai chamado Larri Passos.
  • 10. Este ano Guga começou a se despedir de sua carreira de forma emocionante, lutando contra as dores e tentando superar seus limites, tentando mostrar a cada um de nós que vitória não é dinheiro no bolso, carro novo na garagem, viagens pra Europa, cargos de chefia ou uma roupa que valha mais do que a pele, do que a vista.
  • 11. A vitória é uma família unida e amorosa, é o amor e o respeito que temos pelas pessoas que nos ajudam, que nos amam e que dedicam ainda que um milésimo de seu tempo em nosso favor. Vitória é deitar a cabeça no travesseiro e saber que a sua existência não é prejudicial a ninguém e sim benéfica a quem faz parte da sua vida.
  • 12. Guga enalteceu o nome do Brasil no planeta. E a terra não é feita de uma só nação. Ele é amado em todo mundo. Suas conquistas jamais vão ser esquecidas e as palavras que ele proferiu em agradecimento pelo carinho dos fãs vão marcar na alma, vão ecoar pelos corações daqueles que sempre acreditaram em seus sonhos.
  • 13. Apesar de ser um ídolo e uma pessoa bem sucedida, no suor das quadras disse: “Não é que eu não queira mais jogar, eu peço desculpas, é que eu não consigo mais”.
  • 14. A lição do guerreiro é que o corpo pode ser vencido, mas o desejo pela luta e pela verdadeira vitória jamais morre, nem mesmo com a morte de um corpo. Amamos aqueles que de alguma forma nos fazem lembrar do que temos de melhor em nós, mesmo que essas pessoas estejam muito distantes do alcance de nossas mãos, para um simples abraço.
  • 15. Muito obrigado Gustavo Kuerten pelo seu espírito esportivo e pela lição de humildade e de humanidade...
  • 16. O Brasil precisa de ídolos, é verdade. Mas de ídolos verdadeiros, dentro e fora das quadras, dos campos de futebol.
  • 17. Nossos jovens precisam de modelos, que passem sem falsidade, o exemplo de caráter, de luta, de perseverança.
  • 18. Mas atletas como você passam muito mais. Enquanto muitos passam o modelo da ostentação, da riqueza material, você passa humildade, simplicidade, alegria autêntica.
  • 19. Esta imagem é a que fica em nossa cabeça. De um jovem brilhante, lutador, guerreiro e acima de tudo, humano, humilde.
  • 20. São modelos assim, como foi Ayrton Senna e muitos outros que o mundo precisa. E o guerreiro a gente conhece mais na reação à derrota do que, na maioria das vezes, nas próprias vitórias.
  • 21. Obrigado a você, que surgiu num momento em que homens, em idade de serem seus pais, só nos mostraram a vergonha, a corrupção.
  • 22. Obrigado Senhor por nos dar Gustavo Küerten, até para compensar muitos políticos que estão aí, querendo nos mostrar que o caminho do mal é mais interessante, mais lucrativo.
  • 23. Só mesmo o mais sincero “muito obrigado” para devolver a você toda sua garra, todo seu empenho. Você é o que queremos para nossos jovens. Você é o espelho ideal para toda essa juventude que muitas vezes não sabe qual caminho seguir.
  • 24. Apresentação por Renato Cardoso
  • 25. www.vivendobauru.com.br