BactéRias

33,085 views

Published on

Published in: Technology
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
33,085
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
649
Actions
Shares
0
Downloads
269
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

BactéRias

  1. 1. Curso:Ciências Biológicas 1º semestre. Bactérias:Benefícios e Malefícios Alunas:Clarissa;Kátia;Lidiane;Luciana;Paula
  2. 2. Justificativa <ul><li>A maioria das pessoas acreditam que as bactérias são microorganismos extremamente perigosos.Entretanto a boa parte delas estabelecem uma relação sembiótica com animais e vegetais. </li></ul><ul><li>Muitas vezes são utilizadas na fabricação de alimentos e são importantes para a degradação do material orgânico, além do que , organismos que são livres de bactérias apresentam desvantagens na natureza porque não conseguem sintetizar algumas vitaminas .Por outro lado as bactérias podem causar doenças e levar o hospedeiro a morte. </li></ul>
  3. 3. Objetivo <ul><li>O objetivo deste trabalho é elabora um material medíastico sobre os benefícios e malefícios causados pelas bactérias. E este tem o intuito ser doado para estudantes do ensino médio, de escolas públicas, visando a complementação dos conceitos passados, em sala de aula, pelo professor. </li></ul>
  4. 4. Introdução: <ul><li>As bactérias são seres procariontes, essênciais a manutenção da vida no planeta. </li></ul>Elas estão presentes na microbiota normal(nos animais),na degradação do lixo e em boa parte dos vegetais, com o objetivo de fixá-los ao solo(ciclo do nitrogênio).
  5. 5. Introdução: Lactobacilos Fermantadores de Lactose e produtores de alimentos Streptococus Bactérias Presentes na Microbiota Normal
  6. 6. Microbiota Normal É o conjunto dos microorganismos que se encontram geralmente associados a tecidos como: (pele, mucosas etc.) do corpo humano.
  7. 7. Lactobacillus. Lactobacilos são bactérias geralmente benignas.Eles convertem lactose e outros açúcares simples em ácido láctico o que é essencial para a flora intestinal.
  8. 8. Streptococcus Streptococcus: Bactéria Gram-positiva em forma de coco.Na maioria das vezes inofensiva ao homem.
  9. 9. Lactobacillus e Streptococcus <ul><li>Fermantadores de lactose e produtores de alimentos: </li></ul>Queijo Iogurte Vinho
  10. 10. Relação simbiôntica <ul><li>È uma relação mutuamente vantajosa entre dois ou mais organismos vivos de espécies diferentes. </li></ul>Relação simbiôntica Eschericha coli: Microbiota Normal Rhizobium: Raízes Leguminosas Cianobactérias: Bio-indicadors ambientais
  11. 11. Eschericha coli Escherichia coli é uma bactéria que normalmente reside no intestino de humanos e de outros animais.
  12. 12. Rhizobium É um gênero de bactéria que estabelece uma relação simbiótica com raízes leguminosas. E contribui para a fixação das mesmas ao solo.
  13. 13. Cianobactérias <ul><li>As algas azuis, algas cianofíceas ou cianobactérias, não podem ser consideradas nem como algas e nem como bactérias comuns. São microorganismos com características celulares procariontes (bactérias sem membrana nuclear),que são utilizadas como bio-indicadores do ambiente . </li></ul>
  14. 14. Decompositores da matéria orgânica. Deinococcus radiodurans:È um exemplo de bactéria que pode ser útil para decompor poluentes orgânicos tóxicos em depósitos de lixo radioativo&quot;
  15. 15. Organismos livres de bactérias. <ul><li>Os organismos livres de bactérias possuem desvantagens na natureza, porque muitas fazes não podem fazer a síntesi de algumas vitaminas essências a manutenção da vida. </li></ul><ul><li>Bactérias patogênicas podem atacá-los e livremente povoar os seu órgãos sem que haja a competição com outras bactérias benéficas existente em organismos comuns. </li></ul>
  16. 16. Bactérias patogênicas. <ul><li>Como relatamos anteriormente , algumas bactérias podem ser maléficas e causar graves doenças,outras posuem funções benéficas, mas se estiverem fora do seu habitat natural também podem causar doenças e muitas vezes levar o hospedeiro a morte. </li></ul>
  17. 17. Bactérias patogênicas. Coloridas artificialmente as bactérias podem ser e bem “bonitinhas”,mas não se engane elas podem causar danos irreversíveis a saúde ou levar a morte.
  18. 18. Doenças causadas por bactérias. <ul><li>A seguir veremos alguns exemplos de bactérias que são patogênicas para o homem e para os vegetais. </li></ul>
  19. 19. Doenças causadas por bactérias. Mycobacterium tuberculosis , ou bacilo de Koch, é a bactéria que provoca a maioria dos casos de tuberculose. Foi descrita pela primeira vez em 24 de Março de 1882,por Robert Koch. Doença facilmente transmitida pelo ar.
  20. 20. Doenças causadas por bactérias. Pseudomonas syringae: Bactéria que atacam as lavoura e principalmente folhas jovens.
  21. 21. Doenças causadas por bactérias. Eschericha coli: Fora do seu ambiente normal( intestino de seres humanos e alguns animais)ao penetrar o organismo ,por via oral,através da ingestão de alimentos ou água contaminados, pode causar intoxicação alimentar ou infecções.
  22. 22. Características gerais das bactérias. Quanto a Respiração: Aeróbias: Com presença de O2 Anaeróbias: Sem presença de O2 Anaeróbios Facultativos: Presença ou ausência de O2.
  23. 23. Características gerais das bactérias. Flagelos Pseudopodes Quanto a mobilidade: Flagelos Pseudopodes
  24. 24. Características gerais das bactérias. Gram-positivo Gram-negativo Quanto a coloração de Gram: Gram-positivo: Vermelho Gram-negativo: Roxo
  25. 25. Características gerais das bactérias. Cocos Bacilos Espirilos Vibrião Quanto a Morfologia: Arredondadas: Cocos Alongadas: Bacilos Onduladas: Espirilos Em forma de virgula: Vibrião
  26. 26. Entrevista <ul><li>Ao elaborarmos este trabalho pensamos na possibilidade de fazer uma entrevista a um laboratório de Microbiologia, que tem como finalidade fazer analises em alimentos e água com o intuito de medir o grau de contaminação presente nos mesmos. </li></ul>
  27. 27. Entrevista <ul><li>Laboratório de Microbiologia de Alimentos e água -SENAI-CETIND. </li></ul><ul><li>Entrevistada:Daina Rose dos Santos </li></ul><ul><li>Função:Técnica em Química( Analista técnica). </li></ul>
  28. 28. Entrevista <ul><li>1º Qual o objetivo da pesquisa de bactérias em analises de alimentos e águas? </li></ul><ul><li>  R=O bjetivo é  estabelecer critérios para que não haja contaminação ,nos alimentos e água, nem  danos a saúde do ser humanos e animais. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>2º Quais são os órgãos responsáveis por este tipo de pesquisa? </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>R= Vigilância Sanitária em conjunto com Secretaria de Saúde do Estado e com o apoio de Laboratórios de analises Microbiológicas, que são responsáveis pela realização dos ensaios.  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>3º Que tipo de parâmetros estes órgãos utiliza para fazer a avaliação da concentração de bactérias em alimentos e águas? </li></ul><ul><li>R= É feita a contagem da quantidade da bactéria para cada milímetro de água e para cada amostra de alimentos. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  29. 29. Entrevista <ul><li>4º Cite um exemplo de bactéria  que pode ser nociva e benéfica e que é analisada por vocês. Onde podemos encontrá-la? </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>R=  Eschericha coli, é um bom exemplo,é uma bactéria que está presente na flora intestinal dos seres humanos e animais , a sua presença em águas ou alimentos é um indicativo  de contaminação pro fezes. </li></ul><ul><li>Fora da região intestinal está bactéria pode causar danos a saúde. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>5° Qual a importância, do ponto de vista patogênico, das analises que são feitas em alimentos e águas para o ser humano? </li></ul><ul><li>R= É importante porque torna-se possivél evitar a contaminação e conseqüentemente o desenvolvimento de doenças.  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>6º Quais são as entidades que são submetidas a pesquisas de bactérias em alimentos e águas. Por quê? </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>R= Restaurantes, lanchonetes, hospitais ,entre outos.Pelo simples fato de que nesse locais ocorre uma grande circulação de pessoas  e uma contaminação em massa pode desencadear problemas graves de saúde publica. </li></ul>
  30. 30. Conclusão <ul><li>Podemos entender que o corpo humano esta repleto de bactérias que mantêm uma relação simbiótica com as mesmas. </li></ul>As próprias bactérias protegem o hospedeiro de outros micróbios nocivos. As bactérias são capazes de produzir alimento,enriquecer o solo e degradar a matéria orgânica .
  31. 31. Conclusão <ul><li>Ainda sim podem causar doenças e prejuízos econômicos em lavouras e plantações. </li></ul>
  32. 32. Referencias Bibliográficas <ul><li>PELCZAR JR, Michael J; CHAN, E.C.S; KRIEG, Noel R. Microbiologia: conceitos e aplicações . Vol. 2 . 2. ed. São Paulo: MAKRON Books, 1996. 517p. </li></ul><ul><li>TORTORA, Gerard J; FUNKE, Berdell R; CASE, Christine L. Microbiologia . 8. ed. Porto Alegre: Artmed, 2005. 893p. </li></ul><ul><li>http://www.ff.up.pt/toxicologia/monografias/ ( Acesso em 21 de Abril de 2009 12h 31min) </li></ul><ul><li>http://br.geocities.com/pri_biologiaonline/importancia_ ( Acesso em 24 de Abril de 2009 22h 37min) </li></ul><ul><li>http://www.ccs.uel.br/espacoparasaude/v1n1/doc/artigos/lixo_hospitalar.rtf . ( Acesso em 01 de Maio de 2009 23h 24min) </li></ul><ul><li>http://www.portalbiologia.com.br ( Acesso em 01 de Maio de 2009 23h 24min) </li></ul>

×