A industrialização e o impacto ambiental
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A industrialização e o impacto ambiental

on

  • 36,078 views

 

Statistics

Views

Total Views
36,078
Views on SlideShare
35,031
Embed Views
1,047

Actions

Likes
2
Downloads
424
Comments
2

6 Embeds 1,047

http://aulas11ano.blogspot.pt 452
http://www.slideshare.net 366
http://aulas11ano.blogspot.com 186
http://aulas11ano.blogspot.com.br 41
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://aulas11ano.blogspot.ie 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • a ana paula gostou
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • ,
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A industrialização e o impacto ambiental A industrialização e o impacto ambiental Presentation Transcript

    • A industrialização e o impacto ambiental V.S
    • Introdução
      • No âmbito da disciplina de Filosofia orientado pela professora Helena Serrão e elaborado pelas alunas Laura Fernandes nº 10 e Olga Serbyn nº16.
      • Iniciamos o nosso trabalho com a elaboração um pequeno resumo do livro de filosofia e posteriormente com outros dados das várias fontes.
      • O nosso tema é sobre a ética ambiental que é um dos ramos da ética prática. Esta aplica as teorias éticas aos problemas práticos.
    • A industrialização e o impacto ambiental
      • A indústria representa, à priori, um impacte ambiental negativo através de :
      • • efluentes líquidos
      • • efluentes gasosos
      • • resíduos sólidos
      • • ruído
    • Problematização A destruição ambiental iniciou-se com o aparecimento da indústria? O que aconteceu a estes animais? Agora que conhecemos as consequências das nossas atitudes temos uma maior responsabilidades moral do que os primeiros individue-os a habitar a América.
    • Para discutir problemas ambientais temos que ter em conta duas requisitos do raciocínio moral prático: Ter uma informação empírica relevante (ter os prós e os contras da industrialização no nosso dia-a-dia) Avaliar os princípios éticos que apoiam as nossas conclusões. Ex: o principio de que só os interesses dos seres humanos têm importância moral, entre outros…
      • Valor intrínseco - o valor que uma coisa tem em si, independentemente de todas as consequências e conexões.
      • Valor instrumental – quando tem valor como meio para atingir um fim.
      • Ex: Água é algo desejável (valor intrínseco).
      • O carro desejamo-lo para poder chegar mais rapidamente ao destino, ou seja para puder adquirir outra coisa que queremos. (valor instrumental).
      •  
    • Ética antropocêntrica
      • Defende que só os interesses dos seres humanos devem ser levados a cabo nas decisões das politicas do ambiente (valor intrínseco), o que não significa que possamos destruir o ambiente, por exemplo na construção dos postes para a produção de energia eólica, se for melhor para nós devemos construir, mas se não for , porque podemos tirar outro tipo de riquezas daquele lugar então não construímos.
      • Com a ética antropocêntrica podemos construir fortes argumentos a favor da preservação do meio ambiente?
    • Objecções
      • E os bebés e os deficientes mentais, não são considerados morais?
      O que leva a considerar que temos um valor intrínseco maior que os outros seres?
    • Ética da vida
      • Numa ética de vida senciente todos os seres sencientes têm valor intrínseco:
      • Possibilita uma política ambiental, ou seja, temos de valorizar não só a vida humana, mas também todos os animais sencientes.
    • Problematização
      • Se tínhamos de construir uma fábrica que prejudicaria o ambiente o que deveríamos de levar em consideração?
      Todos têm o mesmo estatuto moral? =
      • Será aceitável destruir seres não sencientes desde que isso não prejudique qualquer animal senciente?
      A quem deveríamos salvar ao golfinho ou a uma bactéria? V.S
      • O que têm os seres vivos em comum que seja moralmente relevante que lhes confira valor intrínseco?
      De que forma uma árvore esta a procurar o seu bem-estar?
      • Será que as gerações futuras precisaram do ambiente ou gostariam mais das tecnologias?
      Como devíamos de comparar a natureza e as obras de are?
    • Objectivo:
      • Preservar a beleza do ambiente, para que as gerações futuras não fiquem pelas altas tecnologias e contemplem o que não foi feito pelo homem, tentamos fazer tudo para que isso não aconteça.
      • Se destruirmos o belo meio natural essa opção perde-se para sempre.
    • Conclusão
      • Na realização deste trabalho deparamo-nos com vários aspectos positivos e negativos. A nossa maior dificuldade foi problematizar, mas no fundo este tema era nos muto próximo, porque é um tema muito actual nos dias de hoje. Consideramos o tema bastante interessante e esperemos que tenham gostado também.
    • Trabalho realizado por:
      • Laura Fernandes nº10
      • Olga Serbyn nº16
      • 11ºE
      Preservar ou industrializar? Eis a questão.