Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,693
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
95
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Estratégias da Mensagem
    • São processos
    • publicitários eficientes
    • porque que levam em
    • conta:
    • MAIS
    • A s crenças do consumidor
    • MENOS
    • As características do produto.
    • A persuasão se dá quando:
    • Localizamos os valores do
    • consumidor;
    • Associamos às características do produto anunciado.
  • 2. Podemos dividir a maioria das peças publicitárias em 2 grande grupos.
      • As peças
      • voltadas
      • para venda:
      • hard sell (varejo)
      • As peças voltadas para a construção da marca: soft sell
      • (institucional)
  • 3.
      • Comportamento hedonista, que consome pelo prazer .
    Modelo de Consumidor Vermelho muito quente
  • 4.
      • Modelo de Consumidor
      • “ vermelho muito quente ”;
      • A mensagem tem como função principal
      • chamar a atenção do consumidor para
      • um produto do qual ele não está
      • diretamente interessado;
      • Esse modelo costuma:
        • Utilizar-se de situações quentes e envolventes,
        • que conseguem quebrar a percepção seletiva
        • do consumidor para depois enviar a mensagem
        • específica sobre o anunciante.
    Modelos de Processamento da mensagem
  • 5.
        • Comportamento lógico e racional.
    Modelo de Consumidor Azul muito frio
  • 6. Modelos de Processamento da mensagem Modelo de Consumidor “ azul muito frio” Comportamento lógico e racional; O processo persuasivo está bastante adiantado; O consumidor já teve seu interesse e desejo despertado para o produto em questão. As funções da propaganda: Confirmar as vantagens objetivas; Apresentar uma oferta tentadora; Momento equivalente às provas e à peroração. Anúncios focados nos benefícios tangíveis do produto ou em seu preço são típicos desse modelo de comunicação.
  • 7. Etapas da Leitura
  • 8. Suporte Verbal : Legenda, título, slogan, texto, empresa anunciante, valor literal do produto. Imagem : Formas, volumes, cores. A informação da imagem não apresenta os signos conotativos. 1ª etapa REFERENCIAL
  • 9. Voltada para o simbólico, cultural ou conotado. Sentidos isolados da mensagem. 2ª etapa CULTURAL
  • 10. 3ª etapa Voltada para o produto: A essência (qualidade, finalidade, origem) ESSENCIAL
  • 11. Impressões auditivas, fônicas, visuais ou semânticas na mente do consumidor que tem qualquer relação com as qualidades ou função do produto. 4ª etapa DESLOCADA
  • 12. Era uma vez, um anúncio de varejo. Ele vivia em uma cidade com outros anúncios institucionais, lindos e premiados. Todos se gabavam de seus layouts ousados, seus títulos engraçados ou de suas assinaturas impactantes. Mas ele, tadinho, era só um anúncio de varejo cheio de "gerentes pirados" e "preços imbatíveis". Os outros anúncios viviam caçoando dele: "pra quê tanto texto legal? Afinal, o que é que ele tem de legal?" E todos riam debochando de seus splashs e cores berrantes. Na escola, o anúncio de varejo era sempre o último a ser escolhido no time de futebol. Todo dia ele era alvo de alguma piada. Uma vez, pregaram um bilhete em suas costas, escrito: "imperdível! Última oportunidade para chutar a minha bunda. Venha correndo!" Aliás, na escola, assim como em todas as escolas, os anúncios eram divididos em grupos: os all-types com títulos maravilhosos, os anúncios com tratamentos de imagem incríveis, tinha os que faziam rir e os que faziam chorar. Mas todos tinham uma sacada genial, um slogan marcante e eram ótimos em português e educação física. Menos o anúncio de varejo. Ele tinha tudo para ser problemático, virar um depressivo, alcoólatra ou psicopata. Mas não. O anúncio de varejo seguia a sua vida berrando para alguém vir correndo aproveitar a queima de estoque. "É só até este fim de semana!!!", gritava ele há umas 3 semanas. Porque era isso o que ele era, um anúncio de va-re-jo. Escandaloso, repetitivo e com a marca do cliente quase do tamanho do produto. O anúncio de varejo nunca ganhou um prêmio, nunca viajou pra França e nem teve ninguém brigando a cotoveladas para assumir a paternidade. Mas não foi para nada disso que ele foi criado. Ele nasceu para aparecer e vender. E quer saber de uma coisa? Isso ele sabia fazer muito bem. Anúncio INSTITUCIONAL Anúncio VAREJO X C r ô n i c a
  • 13. São peças publicitárias que não têm intenção direta de vender produto; O produto costuma ser apenas citado; O interesse da organização/empresa é apenas para mostrar: instalações, suas políticas, seus ativos, seus valores, conceito da marca, entre outros; Serve para reforçar o valor da organização/empresa, durante negociações, quando a imagem é importante ser conhecida (concessões governamentais, venda de ações). Anúncio Instit ucional
  • 14.  
  • 15. Publicidade e Propaganda Engarrafados, o Itaú foi feito pra você que vive numa cidade como esta, onde as pessoas conseguem ler um outdoor com 84 palavras, enquanto estão paradas no trânsito. Quem perde um tempão no trânsito, precisa ganhar tempo no banco. Por isso, o Itaú tem mais de 17 mil caixas eletrônicos, Itaú Bankline e mais de 2 mil agências em todo o Brasil. Com o Itaú, seu carro pode ficar paradão, mas sua vida anda que é uma beleza. Itaú. Feito para você. Exórdio / Título Narração / Provas / Argumentos Narração / Provas Peroração / Fechamento
  • 16. Anúncio Revista Texto: As Empresas Rodobens oferecem soluções integradas para você viver melhor todos os dias, proporcionando agilidade e confiabilidade a todos os seus negócios. Empresas Rodobens. Você faz o seu futuro acontecer hoje. Consórcio, corretora de seguros, gerenciamento de risco, concessionária de caminhões e máquinas.
  • 17. São peças publicitárias que têm intenção direta de vender produto; O produto costuma aparecer ou ser citado com destaque, detalhamento dos diferenciais, preço, imagem, para facilitar o consumidor fazer uma análise comparativa para decidir a compra; Pode gerar uma compra por impulso ou comparada; Texto objetivo, predominantemente, descritivo, lógico, imperativo . An úncio Varejo
  • 18.  
  • 19. Anúncio Oportunidade
  • 20. O que define um anúncio de oportunidade é a utilização de um tema do momento para divulgar o produto ou serviço; Em geral estão desvinculados das campanhas em andamento e não são planejados, pois e baseiam em fatos cotidianos, que estão na boca do povo; Geralmente, as agências criam esses anúncios sem que haja algum job , ou seja, sem que o cliente tenha solicitado; Apresentam à empresa como uma ação pontual, criada para tirar proveito de uma notícia ou um momento vivido pela população e que de certa forma pode ser aproveitado para anunciar o produto ou a marca do cliente;
  • 21.
    • Por se basear em fatos ocorridos recentemente,
    • os anúncios de oportunidade dependem da
    • rapidez do processo para que gerem
    • impacto positivo.
    • Existem anúncios de oportunidades que poderiam
    • ser chamados de semi-previsíveis , como:
      • 1) A vitória em uma Copa do Mundo;
      • 2) Um campeonato de automobilismo;
      • 3) A morte iminente de um artista famoso;
      • 4) O nascimento do filho de alguma celebridade;
      • 5) Uma eleição.
    Semi-previsíveis
  • 22. Fatos que podem ser imaginados com alguma antecedência. Nesses casos, a agência cria o anúncio e deixa em stand by até o desfecho do fato previsto. Uma vez confirmado o fato, imediatamente, o anúncio é publicado, ‘ pegando carona’ com a notícia. Semi-previsíveis
  • 23.
    • Há um terceiro tipo de anúncio de oportunidade, os totalmente previsíveis , que se baseiam e:
    • Datas marcadas, como é caso dos anúncios comemorativos de datas especiais como:
      • Dia do eletricitário;
      • Dia da secretária;
      • Dia da sogra, etc.
    Previsíveis
  • 24. Oportunidades relevantes para o cliente 1) Aniversário de fundação da empresa (Nestlé 80 anos); 2) Aniversário de um produto (50 anos de Fusca); Nesses casos, é previsível que o cliente queira anunciar, e cabe a agência criar uma mensagem de impacto suficiente para gerar lembrança sobre anúncios que são, geralmente, frios. - Costumam ser jobs difíceis - A matéria é fria; - O tema raramente encontra eco entre pessoas que não estão ligadas à data de modo direto. - Apenas os homenageados dão importância ao tema. Datas relevantes
  • 25. Nesses casos, o objetivo é marcar presença institucional, mostrar ao consumidor que determinada empresa preza os homenageados do dia: Dia dos pais; Dia das mães; Dia dos namorados; Natal, etc Datas universais
  • 26.
    • Um fator limitante - O prazo.
    • Fato  24 horas  publicação do anúncio
    • O criativo tem que:
    • Tomar conhecimento do fato;
    • Gerar a idéia do anúncio;
    • Fazer um layout ;
    • Aprová-lo com o cliente;
    • Conseguir autorização para uso da imagem (se houver);
    • A mídia tem negociar e reservar o espaço no veículo;
    • Enviar o anúncio finalizado ao veículo em tempo de ser inserido na grade de programação (eletrônica) ou na diagramação (impressas).
    Se ligue na oportunidade
  • 27.