Intro Figuras De Linguagem

7,131 views
6,817 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
7,131
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
130
Actions
Shares
0
Downloads
334
Comments
0
Likes
9
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Intro Figuras De Linguagem

  1. 1. Introdu çã o à estilos e figuras de linguagem
  2. 2. Figura de linguagem é : <ul><li>Uma forma de express ã o que consiste no emprego de palavras em sentido figurado, isto é , em sentido diferente daquele em que convencionalmente s ã o empregadas. </li></ul>
  3. 3. Compara çã o <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em aproximar dois seres em raz ã o de alguma semelhan ç a existente entre eles, de modo que as caracter í sticas de um sejam atribu í das ao outro, e sempre por meio de um elememto comparativo expresso: como, tal qual, semelhante a, que nem, etc. </li></ul>
  4. 4. Exemplo: “Meu cora çã o tombou na vida tal qual uma estrela ferida pela flexa de um ca ç ador.” (Cec í lia Meireles)
  5. 5. É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra com sentido que n ã o lhe é comum ou pr ó prio, sendo esse novo sentido resultante de uma rela çã o de semelhan ç a, de intersec çã o entre dois termos. Met á fora <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra com sentido que n ã o lhe é comum ou pr ó prio, sendo esse novo sentido resultante de uma rela çã o de semelhan ç a, de intersec çã o entre dois termos . </li></ul>
  6. 6. Exemplo: “O samba é o pai do prazer , O samba é o filho da dor .” (Caetano Veloso) “Pelos vales de teus olhos de claras á guas antigas meus sonhos passando v ã o.” (Cec í lia Meireles)
  7. 7. Meton í mia <ul><li>É uma figura de linguagem em que consiste na substitui çã o de uma palavra por outra em raz ã o de haver entre elas uma rela çã o de interdepend ê ncia, de inclus ã o, de implica çã o. </li></ul>
  8. 8. Exemplos: Conseguiu sucesso com determina çã o e suor . (trabalho) Para dar brilho,use bombril .(uma palha de a ç o) Nunca tive um teto pr ó prio. (casa)
  9. 9. Ant í tese <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que se op õ em quanto ao sentido. </li></ul>
  10. 10. Exemplo: “O sonho de um c é u e de um mar E de uma vida perigosa Trocando o amargo pelo mel E as cinzas pelas rosas Te faz bem tanto quanto mal Faz odiar tanto quanto querer .” (Charly Garcia)
  11. 11. Paradoxo <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que, embora opostas quanto ao sentido, se fundem em um enunciado. </li></ul>
  12. 12. Exemplo: “Amor é fogo que arde sem se ver É ferida que d ó i e n ã o se sente É um contentamento descontente É dor que desatina sem doer .” (Cam õ es)
  13. 13. Personifi çã o ou prosopop é ia <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em atribuir linguagem, sentimentos e a çõ es pr ó prios dos seres humanos a seres inanimados ou irracionais . </li></ul>
  14. 14. Exemplo: “Minhas irm ã s s ã o belas, são ditosas …. Dorme a Á sia nas sombras volutuosas Dos har é ns do Sut ã o […] Mas eu, Senhor!…Eu triste , abandonada , Em meio dos desertos esgarrada, Perdida marcho em v ã o! (Castro Alves) ditosa: feliz, venturosa. Volutuosa: sensual, deleitosa .
  15. 15. Hip é rbole <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em expressar uma id é ia com exagero . </li></ul>
  16. 16. Exemplo: “ Queria querer gritar setecentas mil vezes Como são lindas, como são lindos os burgueses!” (Caetano Veloso)
  17. 17. Eufemismo <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra ou express ã o no lugar de outra palavra ou expressão considerada desagrad á vel ou chocante . </li></ul>
  18. 18. Exemplo: “ Quando a indesejada das gentes chegar, (N ã o sei se dura ou caro á vel), Talvez eu tenha medo. Talvez sorria, ou diga: — Al ô , inilud í vel! (Manuel Bandeira) caroável: carinhosa, afetuosa, meiga. iniludível: que n ã o se pode iludir.
  19. 19. Ironia <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em afirmar o contr á rio do que se quer dizer . </li></ul>
  20. 20. Exemplo: “Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos t ê m sido campe õe s em tudo. […] Arre, estou farto de semideuses ! Onde é que h á gente no mundo?” (Fernando Pessoa)

×