UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAS E EDUCAÇÃO – CCSE CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA DISCI...
O QUE É EDUCAÇÃO MATEMÁTICA ? <ul><li>De acordo com Carvalho,” A Educação Matemática é uma atividade essencialmente pluri ...
FINALIDADES DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA <ul><li>A finalidade da Educação Matemática é conceber pelo estudo da disciplina,um mei...
OBJETIVOS E METAS DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA <ul><li>Proporcionar aos alunos e alunas a construção integral do conhecimento ma...
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PARA O PROFESSOR DO SÉC. XXI <ul><li>O professor do século XXI, deve ser um profissional da edu...
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PARA O PROFESSOR DO SÉC. XXI <ul><li>Para ser professor do século XXI é necessário desenvolver ...
A REDESCOBERTA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA <ul><li>Tem sua origem na Grécia Antiga com a Escola Platônica; </li></ul><ul><li>A ...
A REDESCOBERTA COMO ALTERNATIVA METODOLOGICA <ul><li>A redescoberta proporciona ao aluno aprender matemática de uma maneir...
PROPOSTA DE ATIVIDADE <ul><li>O Número de Ouro </li></ul>
PROPOSTA DE ATIVIDADE <ul><li>Publico alvo: Alunos de 5ª à 8ª series do Ensino Fundamental e alunos do Ensino Médio. </li>...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>O Número de Ouro é um número irracional misterioso e enigmático que nos surge numa ...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Atividade 1: Reconhecer o número de Ouro no corpo humano. </li></ul><ul><li>Em sere...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Material necessário para a Atividade: </li></ul><ul><li>Uma trena ( para medir as r...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Procedimento da atividade: </li></ul><ul><li>Com a trena medir a altura da cabeça a...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Atividade 2: Construir o segmento áureo através de régua e compasso. </li></ul><ul>...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Procedimento da Atividade: </li></ul><ul><li>Traçar um Segmento qualquer AB; </li><...
REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO
PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA TENDÊNCIA <ul><li>Pontos positivos: </li></ul><ul><li>O Aluno não precisa esperar pelo pro...
PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA TENDÊNCIA <ul><li>Pontos negativos : </li></ul><ul><li>São poucos os professores que tem c...
PRESSUPOSTO <ul><li>Esperamos que os professores da atualidade apliquem a tendência nas aulas de matemática pois, além de ...
AUTORES <ul><li>MONIQUE ROCHA RODRIGUES </li></ul><ul><li>PEDRO IGOR DE SOUSA BARBOSA </li></ul><ul><li>WILLYAM VICTOR LIM...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Redescobrindo o numero de ouro

1,707

Published on

Slide elaborado pelos alunos do curso de licenciatura plena em matemática da universidade do estado do pará, Monique Rocha, Pedro Igor, Willyam Victor como avaliação da Disciplina de Educação Matemática ministrada pela Prof. Msc. Jeane Silva.

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,707
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
42
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Redescobrindo o numero de ouro

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAS E EDUCAÇÃO – CCSE CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA DISCIPLINA:EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PROF. MSC.: JEANE SILVA A REDESCOBERTA COMO TENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA
  2. 2. O QUE É EDUCAÇÃO MATEMÁTICA ? <ul><li>De acordo com Carvalho,” A Educação Matemática é uma atividade essencialmente pluri e interdisciplinar. Constitui um grande arco, onde há lugar para pesquisas e trabalhos dos mais diferentes tipos.” </li></ul><ul><li>A Educação Matemática também chamada de Didática Matemática é o estudo das relações de ensino e aprendizagem de Matemática. Está na fronteira entre a Matemática, a Pedagogia e a Psicologia. </li></ul>
  3. 3. FINALIDADES DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA <ul><li>A finalidade da Educação Matemática é conceber pelo estudo da disciplina,um meio ou instrumento importante para a formação do intelecto-social de crianças, jovens e adultos e também do professor; </li></ul><ul><li>Visa desenvolve-la enquanto campo de investigação e de produção de conhecimento e a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem Matemática; </li></ul><ul><li>Entender e se apropriar da Matemática como um conjunto de resultados,métodos, procedimentos e algoritmos; </li></ul><ul><li>Construir, por intermédio do conhecimento matemático, valores e atitudes de natureza diversa, visando a formação integra do ser humano. </li></ul>
  4. 4. OBJETIVOS E METAS DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA <ul><li>Proporcionar aos alunos e alunas a construção integral do conhecimento matemático,lógico, o espírito investigativo,crítico,autônomo,social; </li></ul><ul><li>Propende a melhorar a qualidade do ensino e aprendizagem da matemática, através de uso de novas técnicas pedagógicas e com a contextualização de seus conteúdos. </li></ul>
  5. 5. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PARA O PROFESSOR DO SÉC. XXI <ul><li>O professor do século XXI, deve ser um profissional da educação que elabora com criatividade conhecimentos teóricos e críticos sobre a realidade. </li></ul><ul><li>Cabe aos professores do século XXI a tarefa de apontar caminhos institucionais (coletivamente) para enfrentamento das novas demandas do mundo contemporâneo, com competência do conhecimento, com profissionalismo ético e consciência política. </li></ul>
  6. 6. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PARA O PROFESSOR DO SÉC. XXI <ul><li>Para ser professor do século XXI é necessário desenvolver novos papéis e novas realidades educacionais,devemos nos preocupar com a extensão do ser de cada aluno, com a necessidade de aprendizagem continuada, enfatizar a importância do trabalho coletivo na escola e trabalhar a inovação e criatividade. </li></ul><ul><li>Quando falamos em novos papéis, traduzimos a necessidade de ensinar em contextos multiculturais, considerar os alunos na sua personalidade, requerer o desenvolvimento de competências sociais, incluir alunos com necessidades especiais e trabalhar em equipe. </li></ul>
  7. 7. A REDESCOBERTA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA <ul><li>Tem sua origem na Grécia Antiga com a Escola Platônica; </li></ul><ul><li>A partir do século XVI, os humanistas começaram a perceber o valor educativo da redescoberta matemática,implementando essa metodologia nos colégios Jesuítas; </li></ul><ul><li>Consolidou-se no Construtivismo; </li></ul>
  8. 8. A REDESCOBERTA COMO ALTERNATIVA METODOLOGICA <ul><li>A redescoberta proporciona ao aluno aprender matemática de uma maneira diferente da usual. </li></ul><ul><li>Faz com que o aluno busque o conhecimento ao invés de tê-lo pronto,utilizando à pesquisa, a experiência, a ludicidade entre outros. </li></ul><ul><li>Uma das principais metas dessa tendência é levar o aluno a descobrir/desenvolver o prazer em ler, escrever, perguntar, inventar, observar, analisar e criar, porém o grande desafio nesta tendência, sem dúvida alguma, é fazê-la encontrar o prazer no aprendizado da matemática. </li></ul>
  9. 9. PROPOSTA DE ATIVIDADE <ul><li>O Número de Ouro </li></ul>
  10. 10. PROPOSTA DE ATIVIDADE <ul><li>Publico alvo: Alunos de 5ª à 8ª series do Ensino Fundamental e alunos do Ensino Médio. </li></ul><ul><li>Conteúdo: A descoberta do número de Ouro no dia-a-dia. </li></ul><ul><li>Objetivos: Desenvolver a capacidade do aluno de perceber o número de ouro no dia-a-dia,bem como interpretá-lo e usá-lo como recurso para a construção do conhecimento matemático e o desenvolvimento de sua aprendizagem. </li></ul>
  11. 11. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>O Número de Ouro é um número irracional misterioso e enigmático que nos surge numa infinidade de elementos da natureza na forma de uma razão, sendo considerada por muitos como uma oferta de Deus ao mundo; </li></ul><ul><li>É representado pela letra Grega φ (Phi ou Fi ) e tem valor aproximado de 1,618. </li></ul>
  12. 12. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Atividade 1: Reconhecer o número de Ouro no corpo humano. </li></ul><ul><li>Em seres Humanos um umbigo se manifesta como sendo um “ponto áureo” do corpo.Podemos realizar uma experiência da seguinte maneira: </li></ul><ul><li>Pegamos uma pessoa e medimos sua altura (H), bem como a distância do umbigo (U) ao chão. </li></ul>
  13. 13. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO
  14. 14. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Material necessário para a Atividade: </li></ul><ul><li>Uma trena ( para medir as respectivas alturas); </li></ul><ul><li>Papel,lápis ou caneta (para anotar as medidas obtidas). </li></ul>
  15. 15. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Procedimento da atividade: </li></ul><ul><li>Com a trena medir a altura da cabeça a ponta dos pés ( a altura H do exemplo citado); </li></ul><ul><li>Em seguida medir a altura da Umbigo até o chão (altura U do exemplo citado); </li></ul><ul><li>Anotar os respectivos valores obtidos e efetuar a razão entre H e U; </li></ul><ul><li>A razão obtida é próxima ao número de Ouro. </li></ul>
  16. 16. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Atividade 2: Construir o segmento áureo através de régua e compasso. </li></ul><ul><li>Material necessário: </li></ul><ul><li>Régua de 30 cm; </li></ul><ul><li>Compasso; </li></ul><ul><li>Folha de Papel A4 ou Oficio. </li></ul>
  17. 17. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO <ul><li>Procedimento da Atividade: </li></ul><ul><li>Traçar um Segmento qualquer AB; </li></ul><ul><li>Inicialmente determina-se a Mediatriz de AB, que corta o segmento no ponto O. </li></ul><ul><li>A partir de B, levanta-se uma perpendicular a AB; </li></ul><ul><li>Com centro em B e raio BO, determina-se o ponto C; </li></ul><ul><li>Traça-se o segmento CA; </li></ul><ul><li>Com centro em C e raio CB, determina-se D, sobre CA; </li></ul><ul><li>Com centro em A e raio AD,determina-se E, sobre AB. Finalmente tem-se que: AE é o segmento áureo de AB. </li></ul>
  18. 18. REDESCOBRINDO O NÚMERO DE OURO
  19. 19. PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA TENDÊNCIA <ul><li>Pontos positivos: </li></ul><ul><li>O Aluno não precisa esperar pelo professor pra obter o seu conhecimento; </li></ul><ul><li>Relaciona a abstração da matemática com o que é real; </li></ul><ul><li>Mostra a aplicação prática da matemática no cotidiano; </li></ul><ul><li>Desperta o interesse do aluno pela disciplina. </li></ul>
  20. 20. PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA TENDÊNCIA <ul><li>Pontos negativos : </li></ul><ul><li>São poucos os professores que tem conhecimento de tal tendência; </li></ul><ul><li>O mau uso dessa técnica por parte dos professores; </li></ul><ul><li>A falta de incentivo dos professores para a aplicação dessa tendência. </li></ul>
  21. 21. PRESSUPOSTO <ul><li>Esperamos que os professores da atualidade apliquem a tendência nas aulas de matemática pois, além de se utilizar objetos concretos, permite o entendimento dos mais diversos assuntos da Matemática,relacionando sempre o abstrato da Matemática com a realidade que vivemos no cotidiano. </li></ul>
  22. 22. AUTORES <ul><li>MONIQUE ROCHA RODRIGUES </li></ul><ul><li>PEDRO IGOR DE SOUSA BARBOSA </li></ul><ul><li>WILLYAM VICTOR LIMA SOUZA </li></ul><ul><li>Discentes do Curso de Licenciatura Plena em Matemática da Universidade do Estado do Pará. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×