Your SlideShare is downloading. ×
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Bioquimica 2   Carboidratos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Bioquimica 2 Carboidratos

99,245

Published on

Published in: Technology
6 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
99,245
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
845
Comments
6
Likes
10
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. BIOQUÍMICA 2 - CARBOIDRATOS Prof. Édio
  • 2. Carboidratos
    • Características
      • São formados por C, H, O.
      • São Conhecidos como:
        • Hidratos de Carbono
        • Glucídios
        • Glicídios
        • Açúcares
  • 3. Classificação
    • Monossacarídeos
      • Açúcares Fundamentais.
      • Fórmula Geral: C n H 2n O n n ≥ 3
      • Eles são:
        • solúveis em água e insolúveis em solventes orgânicos
        • brancos e cristalinos
        • maioria com saber doce.
  • 4. Monossacarídeos
    • O nome genérico do monossacarídeo é dado baseado no número de carbonos mais a terminação “ose”.
      • 03 carbonos – trioses
      • 04 carbonos – tetrooses
      • 05 carbonos – pentoses
      • 06 carbonos – hexoses
      • 07 carbonos – heptoses
  • 5. ENERGIA GALACTOSE (HEXOSE) ENERGIA FRUTOSE (HEXOSE) ENERGIA GLICOSE (HEXOSE) ESTRUTURAL (DNA) DESOXIRRIBOSE (PENTOSE) ESTRUTURAL (RNA) RIBOSE (PENTOSE) FUNÇÃO MONOSSACARÍDEO
  • 6.  
  • 7. Cana-de-açucar Glicose + Galactose Lactose Leite Glicose + Frutose Sacarose Cereais Glicose + Glicose Maltose FONTE COMPOSIÇÃO DISSACARÍDEO
  • 8.  
  • 9. Função estrutural. Cimento celular em células animais Ácido hialurônico Função estrutural. Compõe a parede celular de fungos e exoesqueleto de artrópodes Quitina Função estrutural. Compõe a parede celular das células vegetais e algas Celulose Açúcar de reserva energética de vegetais e algas Amido Açúcar de reserva energética de animais e fungos Glicogênio FUNÇÃO E FONTE POLISSACARÍDEO
  • 10.  
  • 11.  
  • 12.  
  • 13.
    • A quantidade de água e sais minerais na célula e nos organismos deve ser perfeitamente balanceada, qualificando o chamado equilíbrio hidrossalino. Esse equilíbrio é fator decisivo para a manutenção da homeostase.
    • Além disso, eles desempenham numerosos papéis de relevante importância para a vida da célula. A queda do teor de água, nas células e no organismo, abaixo de certo limite, gera uma situação de desequilíbrio hidrossalino, com repercussões nos mecanismos osmóticos e na estabilidade físico-química (homeostase). Isso caracteriza a desidratação e põe em risco a vida da célula e do organismo.
    • A água, ocupa ¾ da superfície da Terra é a substância mais abundante nos seres vivos.
    • Os sais minerais, também conhecidos como íons inorgânicos, são importantes em diversas funções nos seres vivos, entre eles na transmissão dos impulsos nervosos em humanos.
    • As funções que a água exerce nos seres vivos não estão ligadas as suas propriedades químicas.
    • Os íons ferro podem ser encontrados como componentes da molécula de hemoglobina, ligado ao transporte de Oxigênio no sangue dos mamíferos.
  • 14.
    • Carboidratos, glicídios, glúcides ou hidratos de carbono são compostos formados por cadeias de carbono, ricos em hidrogênio e oxigênio, e que representam as primeiras substâncias orgânicas formadas na natureza, graças à fotossíntese das plantas e quimiossíntese das bactérias.
    • Podemos representar o processo pela equação simplificada:
    • H2O + CO2 + luz  -->  Cn(H2O)m + O2
    • A classificação dos carboidratos está ligada ao número de monômeros, isto é, moléculas fundamentais.
    • Os monossacarídeos estão ligados a produção energética enquanto os polissacarídeos possuem função estrutural.
    • A sacarose, formada por dois resíduos de glicose é um açúcar encontrado na Cana-de-açúcar.
    • A quitina tem função estrutural na formação da parede celular dos insetos e no exoesqueleto dos fungos.
    • Na rapadura encontramos 90% de carboidratos. Sendo que destes, 80% de sacarose. Quantas gramas de sacarose encontramos em 200g de rapadura.

×