O  B R A D O  R E T U M B A N T E    Minha Resposta Ao Texto  E S T O U  V E L H O
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O B R A D O R E T U M B A N T E Minha Resposta Ao Texto E S T O U V E L H O

on

  • 378 views

Minha resposta ao texto "Estou Velho".

Minha resposta ao texto "Estou Velho".

Statistics

Views

Total Views
378
Slideshare-icon Views on SlideShare
374
Embed Views
4

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

1 Embed 4

http://www.slideshare.net 4

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    O  B R A D O  R E T U M B A N T E    Minha Resposta Ao Texto  E S T O U  V E L H O O B R A D O R E T U M B A N T E Minha Resposta Ao Texto E S T O U V E L H O Presentation Transcript

    • Minha resposta ao texto “Estou Velho” Clicar O Brado Retumbante
    • Todo ano começa trazendo expectativas, esperanças um desejo ardente de mudar a paisagem... O que a gente quer mesmo é que o ano venha NOVO como uma PÁGINA EM BRANCO , com tudo apagado, onde se possa escrever uma nova história, mais próspera, mais agradável, mais feliz...   Afinal... o que passou... passou... Fim!   ... seja da própria vida, da vida dos que caminham ao lado, da rua, do bairro, da cidade ou do país....
    • Esse é o desejo de todos... Mas isso não é possível   E por que? Porque o momento é de guerra!    
    • Essa página não pode ser apagada porque o que ficou impresso nela foi escrito com uma tinta que não sai...   É uma página cheia de tristezas causadas por tragédias e violências de toda ordem... Uma página repleta de corrupções, impunidades, de descasos e desmandos que levaram os homens a sentir a agonia de não ter educação para seus filhos, de não ter como cuidar da sua saúde, enfim, de não ter acesso à uma infra-estrutura adequada e eficiente...
    • Mas também me dei conta de que este novo ano já chega com duas grandes expectativas: COPA DO MUNDO DE FUTEBOL e E L E I Ç Õ E S Não estou preocupada com a copa do mundo porque para mim, que pouco entendo de futebol, a coisa acaba acontecendo na base da sorte mesmo... Vou torcer pelo Brasil, é claro, mas pedindo que a sorte, ( além de muito trabalho !) esteja com os nossos rapazes!
    •   Está na hora de mudar isso! Busquei refúgio e alento nas palavras harmoniosas do nosso lindo Hino Nacional, como uma oração... e pensei enquanto cantava... Afinal... somos ou não um povo heróico com um brado retumbante ? Já com relação às eleições... aí sim me veio uma sensação de impotência... de desalento... E pensei: por que todo ano de eleição tem que ser assim ? Sofrido... penoso... descrente...
    • Constatei que nem sempre damos importância ao fato de que o sol da liberdade brilha em raios fúlgidos no céu da nossa pátria não somente num instante... mas o tempo todo... Bem... um povo heróico... COM CERTEZA porque administrar o dia a dia... só sendo mesmo HERÓICO !   Mas o brado... não chega nem perto de ser retumbante! Um leve clamor, uma agitação... talvez... Nunca lembramos que a pátria precisa ser amada e idolatrada permanentemente... Se o sonho intenso, o raio vívido de amor e esperança desce à Terra... onde eles estão que a gente não vê?
    • O Brasil é realmente um gigante pela sua própria natureza, a gente sabe disso....   É belo, é forte, um colosso impávido também...   Mas lá no fundo não sentimos que o futuro espelha toda essa grandeza, mesmo sendo nossa terra adorada, nossa pátria amada! Mesmo considerando este solo como a nossa mãe gentil...
    • Não dá mais para se ficar deitado eternamente em berço esplêndido... ...ao som do mar e à luz do céu profundo... ... admirando risonhos e lindos campos floridos e bosques que sem dúvida têm mais vida que quaisquer outros no mundo...
    • O que nós brasileiros desejamos para o novo ano é que a vida no seio desta terra tenha realmente mais amores...   Que a bandeira cheia de estrelas seja o símbolo eterno do nosso amor pelo Brasil e do amor dele por nós...   Que o verd e - amarelo não somente SIGNIFIQUE ... mas EFETIVE a paz no futuro... Mas essa paz vestida de verde e amarelo só acontecerá se houver coragem para levantar a clava forte da justiça pelo braço forte do povo...
    •   Porém, a parte deste belo Hino que considero mais importante, diante dos tempos que estamos vivendo e principalmente dos dias que virão é a que desafia os brasileiros a lutar pela sua pátria incondicionalmente, oferecendo sua garra força e determinação.... A hora não é de desistir...
    •   E para que isso aconteça é necessário um ingrediente básico, sem o qual nada se realiza: A união de todos!   As frases de efeito: “a união faz a força” e “juntos venceremos” nunca foi tão necessária como agora...
    •   É muito fácil, cômodo e egoísta se dizer: “ vou votar no primeiro que aparecer... não adianta mesmo perder tempo com isso... os desmandos, as safadezas vão continuar...então qualquer um serve!”   Isso também tem que mudar! Fico pensando no quanto as pessoas reclamam de tudo e nada fazem... se acomodam... E eu me coloco entre elas... infelizmente...
    • Acho que só pode reclamar aquele que realmente se envolve, que sai em busca da verdade, da transparência, da decência de pessoas de bom caráter que se COMPROMETEM e PROMETEM aquilo que sabem que podem cumprir...   Esses sim podem e devem cobrar...   Mas para isso é necessário unir as forças do bem em prol do progresso do nosso Brasil Brasileiro...
    • E que a força deste coral seja harmonioso, uníssono e forte! Só assim faremos com que o brado seja efetivamente retumbante e acorde todos os brasileiros para uma nova tomada de consciência! Um brado forte contra tudo e todos que querem tirar a nossa liberdade... Juntos, unidos e fortes... a gente consegue!
    • Mas se tivermos que carregar uma cruz que ela valha a pena... e que tenhamos pelo menos um pouco da força que teve o Mestre dos Revolucionários ...
    • Quando terminei de cantar o Hino me lembrei de uma frase de Eduardo Galeano que ouvi outro dia... “ Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos”
    • Formatação Texto Autora Música Interpretaçã o Juliana Ramires “ O Brado Retumbante” Juliana Ramires “ Hino Nacional Brasileiro” João Alexandre Créditos [email_address]