Your SlideShare is downloading. ×
0
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Xp Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software

1,895

Published on

Published in: Technology, Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,895
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
85
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. Que tal começar a produzir algo de útil?
  • 3. Leitura de Artigo Implantando SCRUM a conta-gotas http://mudandoumapequenaempresa.blogspot.com/2008/06/implantando-o-scrum-conta-gotas.html
  • 4. Task Board? Product Backlog? Sprint Backlog? Burndown Chart?
  • 5. Leitura de Artigo Adoção do SCRUM na Globo.com http://gc.blog.br/2008/05/27/como-estamos-indo-com-a-adocao-de-scrum-na-globocom/
  • 6. Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software Professor: Marcos Cardoso [email_address] XP (eXtreme Programming) Pós-Graduação em Engenharia de Software
  • 7. Só lembrando...
  • 8. Indivíduos e interações ao invés de processos e ferramentas Software executável ao invés de documentação .
  • 9. Colaboração do cliente ao invés de negociação de contratos. Respostas rápidas a mudanças ao invés de seguir planos.
  • 10. O que é o XP?
    • Metodologia de desenvolvimento de software , nascida nos Estados Unidos ao final da década de 90.
    Produzidos em menos tempo e de forma mais econômica que o habitual. Criar sistemas de melhor qualidade .
  • 11. Como fazer?
    • Pequeno conjunto de valores
    • e práticas
  • 12. Valores
    • Comunicação
    • Coragem
    • Feedback
    • Respeito
    • Simplicidade
  • 13.
    • Planejamento
    • Fases Pequenas
    • Metáfora
    • Design Simples
    • Testes
    • Refatoração
    Práticas...
  • 14.
    • Programação em Pares
    • Propriedade Coletiva
    • Integração Contínua
    • Semana de 40 horas
    • Cliente junto aos desenvolvedores
    • Padronização do código
    ...Práticas
  • 15. Valores
  • 16. Comunicação VS
  • 17. Comunicação
  • 18. Coragem “ A única constante em um projeto de software é a mudança”
  • 19. Feedback Quanto mais cedo descobrimos um problema, menos prejuízos ele pode causar
  • 20. Respeito Dá sustentação a todos os demais valores
  • 21. Simplicidade Apenas aquilo que é claramente necessário
  • 22. Práticas
  • 23. Planejamento “ O que vamos fazer amanhã à noite, Cérebro?”
  • 24. Fases Pequenas Auxilia no processo de aceitação?
  • 25. Metáfora Auxilia no processo de aceitação?
  • 26. Projeto Simples Simplicidade???
  • 27. Refatoração Que refatorada, hein? CENSURADA!
  • 28. Programação em Pares
  • 29. Propriedade Coletiva O código é de todos e ninguém precisa de permissão para modificá-lo
  • 30. Integração Contínua Nunca esperar para integrar o código
  • 31. Semana de 40 horas Trabalhar com qualidade
  • 32. Cliente junto
  • 33. Testes Desenvolvimento orientado a Testes
  • 34. Leitura de Artigo Análise da causa raiz http://agilblog.locaweb.com.br/2008/12/24/analise-de-causa-raiz/
  • 35. Só acredito vendo...
  • 36. http://www.youtube.com/watch?v=gxBg__4JZr8 Entrevista com Cicero Torteli da Paggo Vamos assistir ao vídeo
  • 37. Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software Professor: Marcos Cardoso [email_address] XP (eXtreme Programming) Pós-Graduação em Engenharia de Software
  • 38. Este material foi elaborado Marcos Cardoso (marcos.cardoso@gmail.com), estando sob a licença Creative Commons, Atribuição-Uso Não-Comercial 2.5 Brasil. É permitido que outras pessoas usem e alterem a presente obra, desde que os devidos créditos sejam dados ao autor. Não é permitido o uso comercial do material. Maiores informações: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.5/br/ Attribution Non-Commercial

×