Curriculo e Tecnologia na Formação de Professores

16,284 views
15,869 views

Published on

Palestra da Prof. Doutra Maria Elizabeth Biancocine Almeida no III Workshop de Informática na Educação nos dias 6 e 7 de novembro na cidade de Uberaba. Realização da Superintendência regional der Ensino de Uberaba através do Núcleo de Tecnologia Educacional

Published in: Education

Curriculo e Tecnologia na Formação de Professores

  1. 1. CURRÍCULO, TECNOLOGIAS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES: O currículo em ação Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo Depto de Ciência da Computação bethalmeida@pucsp.br Novembro, 2008
  2. 2. quot;A toda hora rola uma estória Que é preciso estar atento A todo instante rola um movimento Que muda o rumo dos ventos.quot; Paulinho da Viola
  3. 3. De qual currículo falamos?
  4. 4. Qual o currículo hoje praticado? Conflitos e desencontros entre diferentes discursos e práticas sobre currículo: Modelo instituído fragmentação do currículo (estável) pedagogia disciplinar classificação e organização dos alunos no tempo e espaço escolar vs diferentes pedagogias – “vale tudo” vs educação cultural - UNESCO
  5. 5. Currículo,educação e cultura Envolve: escola, família, comunidade educativa Currículo rede de relações conflituosas caráter de ordenação da prática Fazer sentido para alunos e professores instruir compreender o contexto e o mundo Desenvolvimento: cognitivo, social, físico, emocional
  6. 6. Cultura tecnológica das novas gerações Novo princípio das relações sociais Implicações epistemológicas pedagógicas culturais Formas cambiantes de Currículo Convivência com múltiplas culturas
  7. 7. Paulo Freire “Há necessidade de sermos homens e mulheres de nosso tempo e empregarmos todos os recursos disponíveis para dar o grande salto que nossa educação está a exigir.” Como se constituem essas tecnologias hoje? São recursos? Suportes para o currículo? Meios de comunicação e expressão do pensamento?
  8. 8. Sociedade tecnológica  Cada época e tipo de sociedade possui uma configuração que lhe é devida pelas características de seus instrumentos culturais, entre os quais suas tecnologias de informação e comunicação:  as tecnologias reordenam/reestruturam as relações espaço-tempo  condicionam as relações comunicacionais e educacionais: novos modos de ser e estar no mundo.  A passagem de uma configuração das tecnologias para outra não ocorre por simples substituição:  há um processo simultaneamente cumulativo, com rupturas e continuidades.
  9. 9. De que tecnologia falamos?  Tecnologias digitais de informação e comunicação – TIC ou TDIC - articuladas com telecomunicações:  Microprocessadores: ● velocidade de processamento e capacidade de armazenamento  Digitalização da informação: ● incorporação de diferentes mídias: som, imagem, animação, textos…  Representação da informação em Hipertexto  Redes de transmissão de dados: ● potencializam a comunicação TODOS – TODOS
  10. 10. Hoje: convergência de tecnologias  Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação – TDIC:  Convergência: – informática, multimídia, hipertexto e telecomunicações – um artefato integra distintas tecnologias- vídeo, TV digital, imagem, DVD, celular, MP3, Ipod, jogos, realidade virtual...  Interfaces: – jogos, blogs, wikis, redes sociais - web 2.0 – Construção coletiva de conhecimento: co-autoria – protagonismo – Tendência: web 3.0 – web semântica (interpretar estilos, preferências...)
  11. 11. Hoje: convergência de tecnologias  Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação – TDIC:  Ubiquidade: ● novos usos, diferentes necessidades ● interatividade: potencial de interação ● participação de qualquer lugar, a qualquer tempo ● expansão das atividades cognitivas: tecnologias da inteligência na web ● mediação tecnológica das narrativas individuais na web ● redes sociais: potencializam o “estar junto virtual” Desenvolvimento do currículo: uso de tecnologias digitais abertas, móveis, imersivas, interativas, conectadas à internet.
  12. 12. Educação mediatizada por tecnologias Currículo construído na ação: processo dialético conteúdo Estratégias Forma: pedagógicas modo de representação Experiências dos aprendizes As relações entre currículo e tecnologias se estabelecem para além dos meios e envolvem as mensagens e os contextos.
  13. 13. Novas formas de produzir conhecimento e desenvolver o currículo  As tecnologias entram no espaço/ tempo da escola pelo contato das pessoas com as tecnologias no cotidiano.  O domínio instrumental de uma tecnologia seja ela qual for, é insuficiente para compreender seus modos de produção e incorporá-la ao ensino, à aprendizagem e ao currículo.
  14. 14. Currículo e tecnologias  Currículo como construção social, política e histórica que se constitui na própria ação com o uso de tecnologias:  datado, registrado nos documentos digitais e nas atividades que se desenvolvem por meio das tecnologias  disponível para análise, recriação e novos registros  expressa a vida daqueles que fazem parte da rede  suas experiências e a realidade que enfrentam dentro e fora da escola,  os valores, crenças, conhecimentos, afetos e desafetos. Cavallo (2004) Design emergente: incorpora as mudanças contextuais ao currículo reconstruído na ação
  15. 15. Currículo construído na ação  Planejamento: espinha dorsal do trabalho a realizar  Contornos específicos em ato  Reconstruído na ação  Universo de significados dos alunos  Análise dos registros digitais: ● identificação de conhecimentos, competências e habilidades dos alunos ● direcionam intervenções pedagógicas
  16. 16. Currículo construído na ação  Conhecimento e currículo em contexto social:  Construção social, cultural e histórica ● Parte da experiência compartilhada (Goodson, 2001) ● Intenção: produção de conhecimento científico  Resultante de processos individuais e globais de construções mentais influenciadas pelas relações sociais  Envolve poder, tomada de decisão, produção de identidades (Pacheco, 2001)
  17. 17. Currículo construído na ação  Aproximação com o conceito de design emergente (Cavallo, 2003)  Postura investigativa do contexto: ousadia e flexibilidade  Não significa atuar no caos ou falta de propósito Postura “semelhante a um conjunto de jazz: pode improvisar uma música mantendo a estrutura da harmonia entre seus elementos e os princípios teóricos de seu estilo” (p. 392)
  18. 18. Currículo que se transforma e é transformador
  19. 19. Tecnologia, currículo e formação: um exemplo  Formação de Educadores em Telemática na Educação (curso de Especialização )  MEC/ SEED, UFRPE  Docentes: ● profissionais de diversas universidades, BR – atuação em salas temáticas virtuais  Eixo articulador: sala de projetos  Cursistas: ● educadores do sistema público de ensino de diferentes regiões  Curso: realizado para 12 turmas (20cursistas / turma)
  20. 20. O currículo de formação desenvolvido em 3 etapas 1. Projetar em grupo  Construção colaborativa de uma proposta de projeto de integração de recursos tecnológicos aos conteúdos curriculares  Focos do currículo ● Tecnológico: domínio ambiente virtual do curso ● Aprendizagem do trabalho em grupo virtual: – Introspecção nas experiências e conhecimento pessoal para produzir junto com o outro ● Projeto: colocar em ação um plano que antecipa uma realidade que ainda não aconteceu.
  21. 21. O currículo de formação construído em 3 etapas 1. Desenvolver o projeto  Aprender na ação contextualizada e refletir no grupo  Focos do currículo: ● Aspectos constituintes da realidade: negociação, parceira ● Elementos que emergem da prática com a integração de tecnologias ● Compartilhamento diferentes experiências: comparar, diferenciar e estabelecer relações
  22. 22. O currículo de formação construído em 3 etapas 1. Sistematizar o aprendizado sobre a prática  Reflexão sobre a prática à luz da teoria mobilizada na produção de um artigo em grupo  Focos do currículo: ● Autoria em grupo: expressão do pensamento pela escrita ● Trabalho colaborativo ● Integração tecnologia no contexto escolar e no desenvolvimento do currículo
  23. 23. CURRÍCULO, TECNOLOGIAS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES: O currículo em ação Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo Depto de Ciência da Computação bethalmeida@pucsp.br Novembro, 2008

×