S Op1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,390
On Slideshare
2,389
From Embeds
1
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
12
Comments
0
Likes
1

Embeds 1

http://www.slideshare.net 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Introdução aos Sistemas Operativos
    • SOFTWARE DE SISTEMA
    • Essencialmente o SISTEMA OPERATIVO - conjunto de instruções que transformam o hardware num sistema com o qual o utilizador pode efectuar determinadas tarefas.
    • SOFTWARE DE APLICAÇÃO
    • Programas de computador com que o utilizador pode realizar determinadas tarefas específicas ou genéricas.
  • 2. Introdução aos Sistemas Operativos
    • Sistema Operativo
    • É um conjunto de instruções que transformam o computador num sistema funcional, permitindo a comunicação entre os diversos componentes físicos do computador.
    • É considerado a primeira camada de software , sendo ele o responsável pela comunicação entre o utilizador e o computador, e vice-versa.
  • 3. Introdução aos Sistemas Operativos O sistema operativo situa-se entre o hardware de um sistema informático e os programas de aplicação ou utilizador, actuando como intermediário ou interface .
  • 4. Introdução aos Sistemas Operativos
    • Das inúmeras funções de um sistema operativo podemos destacar as seguintes:
    • Coordenar e comandar de forma adequada todo o hardware solicitado a desempenhar uma determinada acção a partir dos programas de aplicação;
    • Oferecer as funções indispensáveis para a gestão do acesso aos diferentes periféricos, tais como teclado, rato, monitor, etc.;
  • 5. Introdução aos Sistemas Operativos
    • Gerir de forma eficaz todos os recursos do computador, nomeadamente da sua memória interna, especialmente em aplicações que requerem grande capacidade de memória como, por exemplo, a multimédia;
    • Tornar possível o acesso de vários utilizadores em simultâneo aos recursos do computador;
  • 6. Introdução aos Sistemas Operativos
    • Protecção de dados, controlo de acessos, etc.;
    • Fornecer informação aos utilizadores que seja relevante para o correcto funcionamento da máquina, nomeadamente mensagens de erro, apoio sobre o comando solicitado, etc..
  • 7. Introdução aos Sistemas Operativos
    • Diferentes tipos de sistemas operativos:
    • MS-DOS (Microsoft - Disk Operating System)
    • Windows 98
    • Windows Millenium
    • Windows NT
    • Windows XP
    • Unix
    • Linux
  • 8. Sistema Operativo MS-DOS
    • MS-DOS (Microsoft - Disk Operating System)
    • Desenvolvido pela Microsoft para equipar os computadores pessoais desenvolvidos pela IBM no início da década de 80. Esta máquinas possuíam:
    - barramento de 16 bits; - os processadores Intel 8088 (a 4.75 MHz) e mais tarde o 8086 (a 8 MHz).
  • 9. Sistema Operativo MS-DOS
    • A versão 2.0 do MS-DOS veio permitir a organização da informação em forma de árvore.
    • versão 3.0 equipou os modelos de processadores 80286 da Intel (a 12 MHz).
    • Com os processadores de 32 bits, os 80386 e 80486 surgiram as versões 4.0 e 5.0 do MS-DOS.
  • 10. Sistema Operativo MS-DOS
    • Sendo um sistema operativo um conjunto de programas, importa salientar os que são fundamentais:
    • - COMMAND.COM
    • - IO.SYS
    • - MS-DOS.SYS
    • Estes programas são lidos a partir de suportes de armazenamento secundário (normalmente o disco) para a memória principal quando se liga o computador
  • 11. Sistema Operativo MS-DOS
    • COMMAND.COM
    • Interpretador de comandos (interpreta e traduz o comando introduzido pelo utilizador desencadeando os mecanismos necessários à sua execução)
    • IO.SYS e MS-DOS.SYS
    • Permitem a interligação e controlo entre os diversos dispositivos
  • 12. Sistema Operativo MS-DOS
    • No sistema operativo MS-DOS podemos considerar dois tipos de comandos:
    • - Comandos internos
    • - Comandos externos
  • 13. Sistema Operativo MS-DOS
    • Comandos internos
    • Situam-se na memória principal e fazem parte do interpretador de comandos;
    • Sempre que solicitados estes são executados imediatamente sem necessidade de aceder aos suportes de armazenamento secundário
    • Comandos externos
    • Conjunto de programas do sistema armazenados em suportes de armazenamento secundário que apenas são carregados para a memória principal aquando da sua execução.
  • 14. Sistema Operativo MS-DOS
    • Os sistemas operativos permitem,através dos comandos solicitados pelo utilizador, organizar de forma adequada a informação armazenada nos suportes de armazenamento.
    • - Directório
    • - Ficheiro
    Estrutura organizacional da informação num computador
  • 15. Sistema Operativo MS-DOS
    • Num directório podem existir ficheiros e outros directórios ( subdirectórios )
    directório subdirectório ficheiro subdirectório ficheiro ficheiro ficheiro ficheiro subdirectório
  • 16. Sistema Operativo MS-DOS
  • 17. Sistema Operativo MS-DOS
    • O sistema operativo atribui aos suportes de armazenamento secundário uma identificação constituída por uma letra , seguida do caracter dois pontos .
    • C: é a identificação da unidade de disco
    • A: é a identificação da unidade de disquete
    Drives ou unidades funcionais
  • 18. Sistema Operativo MS-DOS
    • Digitar na linha de comandos a letra correspondente à drive para onde se pretende movimentar, seguida de dois pontos.
    • Premir a tecla Enter .
    Alternar entre Drives
  • 19. Sistema Operativo MS-DOS
    • A prompt
    • Sinal situado no lado esquerdo do ecrã que indica que o computador está preparado para receber comandos.
    • Indica onde o utilizador se encontra na estrutura de directórios, subdirectórios.
    • - No caso do disco teríamos C:>
    • - No caso da disquete teríamos A:>
    • - No caso do leitor de CDs teríamos D:>