INTERNACIONALIZAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Fiemg
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

INTERNACIONALIZAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Fiemg

  • 3,407 views
Uploaded on

PROJETO “APOIO A INSERÇÃO INTERNACIONAL DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS BRASILEIRAS”– PAIIPME - ABDI

PROJETO “APOIO A INSERÇÃO INTERNACIONAL DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS BRASILEIRAS”– PAIIPME - ABDI

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
3,407
On Slideshare
3,399
From Embeds
8
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
38
Comments
1
Likes
1

Embeds 8

http://www.slideshare.net 8

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Centro Internacional de Negócios – CIN/MG PROJETO “APOIO A INSERÇÃO INTERNACIONAL DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS BRASILEIRAS”– PAIIPME - ABDI
  • 2. CONTRATANTE E PARCEIROS
  • 3. OBJETIVO GERAL PROMOVER O DESENVOLVIMENTO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS CONSOLIDAR SUA PRESENÇA NO MERCADO EXTERNO, CRIANDO UMA OFERTA PRODUTIVA PERMANENTE PARA EXPORTAÇÃO
  • 4. PÚBLICO - ALVO
    • SETORES:
    • ALIMENTOS E BEBIDAS
    • METAL-MECÂNICA
    • CALÇADOS
    • PERFUMARIA E COSMÉTICOS
  • 5. DIAGNÓSTICOS E ANÁLISE PLANOS DE TRABALHO SELEÇÃO INTELIGÊNCIA CAPTAÇÃO ADEQUAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS CAPACITAÇÃO PROMOÇÃO
  • 6. FASE 1 - DIAGNÓSTICOS DO SETOR E DOS SEGMENTOS ESCOLHIDOS
    • ETAPA 1 – DIAGNÓSTICO AMBIENTE EXTERNO: ANÁLISE DO MERCADO DA UNIÃO EUROPÉIA PARA O SETOR E PARA OS SEGMENTOS
      • COMBINAÇÃO DOS DADOS COMERCIAIS -> INFORMAÇÕES INDICATIVAS E MACRO ECONÔMICAS
      • SITUAÇÃO DO SETOR, ESTÁGIO TECNOLÓGICO
      • CARACTERIZAÇÃO DOS MERCADOS
      • CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO
      • BARREIRAS TARIFÁRIAS E NÃO TARIFÁRIAS, PREFERÊNCIAS, PROC. ADMINISTRATIVOS, REGUL. TÉCNICOS, MED. SANITÁRIAS E FITOSSANITÁRIAS, ETC.
      • AMB. REGULATÓRIO, LEGISLAÇÃO, PROP. INTELECTUAL.
  • 7. FASE 1 - DIAGNÓSTICOS DO SETOR E DOS SEGMENTOS ESCOLHIDOS
    • ETAPA 2 - SELEÇÃO
    • TOTAL: 100 EMPRESAS
    • EMPRESAS INTEGRANTES DOS SETORES E SEGMENTOS
    • GRUPOS DE EMPRESAS
    • CADEIAS DE FORNECEDORES
    • APLS
  • 8. FASE 1 - DIAGNÓSTICOS DO SETOR E DOS SEGMENTOS ESCOLHIDOS
    • ETAPA 3 – INTELIGÊNCIA COMPETITIVA
    • FICHAS DE AVALIAÇÃO PLANOS DE TRABALHO
      • PERFIS DAS EMPRESAS:
      • PORTE
      • EMPREGADOS
      • PRODUTOS
      • ORGANIZAÇÃO INTERNA
      • CADEIA DE SUPRIMENTOS
      • NORMAS TÉCNICAS
      • QUALIDADE
      • COMÉRCIO EXTERIOR
      • METAS E OBJETIVOS
  • 9. FASE 2 – IMPLEMENTAÇÃO DAS AÇÕES DE INTERNACIONALIZAÇÃO ETAPA 1 – DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO PLANOS DE TRABALHO ANÁLISE DOS FATORES DE RISCOS E POTENCIALIDADES FORÇAS E FRAQUEZAS DEFINIÇÃO DA CAPACIDADE EXPORTADORA POTENCIALIDADES DO MERCADO PRAZOS E METAS RECURSOS ALOCADOS
  • 10. FASE 2 – IMPLEMENTAÇÃO DAS AÇÕES DE INTERNACIONALIZAÇÃO
    • ETAPA 2 - CAPACITAÇÃO DAS EMPRESAS
    • CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO:
    • CURSOS DE PEQUENA DURAÇÃO NA ÁREA DE COMÉRCIO EXTERIOR
    • WORKSHOPS COM PERSONALIDADES DE SUCESSO SETORIAIS
    • SEMINÁRIOS
    • CONSULTORIAS:
    • -DOCUMENTAÇÃO E REGISTROS
    • PAGAMENTOS, INCOTERMS, FINANCIAMENTOS E PROCEDIMENTOS
    • CÂMBIO, ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL, INFORMAÇÕES SOBRE ÓRGÃOS, FORMAÇÃO DE PREÇOS
  • 11. FASE 2 – IMPLEMENTAÇÃO DAS AÇÕES DE INTERNACIONALIZAÇÃO
    • ETAPA 3 – ADAPTAÇÃO TÉCNICA DE PRODUTO E PROCESSO
    • AUXÍLIO DO CONSULTOR
    • PESQUISA, INOVAÇÃO, ADAPTAÇÃO TÉCNICA PARA MERCADOS EXTERNOS, SE NECESSÁRIO
    • ORIENTAÇÃO PARA NORMAS TÉCNICAS E DE SAÚDE E SEGURANÇA
    • REGISTRO NO SISCOMEX
  • 12. FASE 2 – IMPLEMENTAÇÃO DAS AÇÕES DE INTERNACIONALIZAÇÃO
    • ETAPA 4 – PROMOÇÃO COMERCIAL E REALIZAÇÃO DE NEGÓCIOS
    • CONTRATAÇÃO DE AGENTE COMERCIAL -> DESENVOLVIMENTO E REALIZAÇÃO DE NEGÓCIOS
    • AÇÕES DE MARKETING, MATERIAL PUBLICITÁRIO E SITE PARA O MERCADO EXTERNO.
    • MISSÕES COM RODADAS DE NEGÓCIO E FEIRAS ACOMPANHADAS DE ESPECIALISTA COM EXPERIÊNCIA EM MERCADO EXTERNO DO SEGMENTO.
    • FORMAÇÃO DE REDE DE COOPERAÇÃO COM ESPECIALISTAS DA UNIÃO EUROPÉIA
  • 13. POR QUE SE INTERNACIONALIZAR?
    • CONHECIMENTO DO MERCADO, TENDÊNCIAS, RISCOS E POTENCIALIDADE
    • EXPERIÊNCIA GERENCIAL E OPERACIONAL
    • CONHECIMENTO DOS PROCEDIMENTOS
    • FORTALECIMENTO INTERNO -> REDUÇÃO DOS RISCOS
  • 14. RESULTADOS ESPERADOS PROPORCIONAR CONHECIMENTO E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS SOBRE O MERCADO EXTERNO PARA O PÚBLICO–ALVO DO PROJETO POSICIONAMENTO DAS EMPRESAS EM RAZÃO DAS INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS POSSIBILIDADE DE EFETIVAÇÃO DE NEGÓCIOS NO MERCADO INTERNACIONAL.
  • 15. FORMA DE PARTICIPAÇÃO DAS EMPRESAS
    • ASSINATURA TERMO DE ADESÃO
    • COMPROMISSO EM PARTICIPAR DO PROJETO
    • DESIGNAÇÃO DE RESPONSÁVEL PARA ACOMPANHAR PROJETO NA EMPRESA
    • DISPONIBILIZAR INFRA - ESTRUTURA E RECURSOS
    • (CASO NECESSÁRIO) PARA ATINGIR OS OBJETIVOS PROPOSTOS
    • DESPESAS DE VIAGENS E ESTADIA NÃO INCLUIDAS
  • 16. AGRADECEMOS PELA ATENÇÃO Contatos: Anna Carolina : 31 – 3213 1614 Alexandre Brito: 31 – 3213 1538 E-mail: eurocentro@fiemg.com.br