Transtorno Obsessivo Compulsivo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Transtorno Obsessivo Compulsivo

on

  • 2,049 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,049
Views on SlideShare
2,024
Embed Views
25

Actions

Likes
0
Downloads
24
Comments
0

3 Embeds 25

http://3eestadosdapercepcao.wikispaces.com 16
http://www.slideshare.net 8
https://3eestadosdapercepcao.wikispaces.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Transtorno Obsessivo Compulsivo Transtorno Obsessivo Compulsivo Presentation Transcript

  • Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) Bruna Gil Ferreira Fernanda Ortega Bertella Gabriela Thomazinho Paula Costa 3ºE
  • Pergunta
    • Qual é o limite? Quando nossas obsessões cotidianas podem se transformar em doença?
  • Justificativa
    • Escolhemos essa pergunta porque ao pesquisar sobre o tema, o grupo percebeu que a maioria das pessoas tem certas obsessões e que há uma dificuldade em definir qual o limiar entre o TOC e as manias cotidianas. Além disso, o conto Dentro da Noite, de João do Rio, nos chamou a atenção por apresentar uma situação em que o personagem tem uma forte obsessão, ao ponto de desviar o rumo de sua vida por ela.
  • Sumário
    • O que é TOC?
    • Sintomas e características
    • Causas - Aspectos biológicos e psicológicos
    • Problemas
    • Tratamentos
  • O que é TOC?
    • Transtorno de ansiedade que se manifesta sob a forma de alterações de comportamento, pensamento e emoções.
    • Presença de obsessões e compulsões e rituais.
  • Sintomas e Características
    • Manifestações da Doença:
    • Supervalorização da importância dos pensamentos;
    • Supervalorização do risco e das possibilidades de ocorrerem eventos desastrosos;
    • Superestimação da própria responsabilidade quanto a provocar ou prevenir eventos futuros;
    • Perfeccionismo;
    • Uso de rituais ou outras manobras psicológicas como atos de mentalizar e de evitar como forma de aliviar a aflição que normalmente acompanha as obsessões;
    • Evitam também enfrentar seus temores;
    • Medos e pensamentos irracionais;
    • Repetição de atos como lavar as mãos ou limpar objetos.
  • Obsessões
    • São pensamentos ou impulsos que invadem a mente de forma repetitiva e persistente, geralmente são acompanhadas de medo angustia, culpa ou desprazer.
    • Os portadores de TOC, mesmo desejando não conseguem afastar as obsessões ou suprimi-las de sua mente. Deste modo, esses indivíduos tentam ameniza-las realizando rituais,
    • Exemplos mais comuns:
    • Preocupação excessiva com: higiene, doenças e organização;
    • Religião: pecado, culpa e sacrilégios.
    • Pensamentos supersticiosos.
    • Impulsos de agredir outras pessoas.
    • Falta de discernimento quanto a impulsos sexuais.
  • Rituais ou Compulsões
    • Comportamentos executados em resposta à obsessão, que costumam ser repetitivos e involuntários. Assim, as compulsões têm relação funcional com as obsessões, ou seja, aliviam momentaneamente a ansiedade associada a elas.
    • Exemplos mais comuns:
    • Mania de colecionar coisas inúteis
    • Repetições ou confirmações (trancar a porta, apagar a luz...)
    • Contagens
    • Alinhamento, ordem e simetria
    • Compulsões mentais: rezar, repetir palavras, frases e números
    • Fazer listas
    • Marcar datas
  • Causas
    • Aspectos Psicológicos e Etiológicos
    • Aprendizagem;
    • Formas errôneas de ver e interpretar a realidade,
    • Estresse psicológico;
    • Conflitos psíquicos;
    • Tipo de educação (mais ou menos severa ou exigente);
    • Tipo de cultura social e familiar
    • Há evidências de que o TOC ocorre após traumatismos, lesões ou infecções cerebrais . Isso deixa ainda mais evidente a importância dos aspectos biológicos.
  • Causas
    • Explicação Biológica:
    • Provavelmente est á relacionado a uma alteração dos receptores de Serotonina do tipo 1 (5- HT1). Uma vez que o uso de medicamentos que inibem, seletivamente, a recaptação de serotonina (serotoninérgicos); tem se mostrado um dos tratamentos mais eficazes contra essa doença. ( demonstrado na tese de Frederico Graeff ).
    • http://www.qca.ibilce.unesp.br/BNR/acao-serotonina.jpg
  • Causas
    • Aspectos Biológicos
    • Provavelmente apresenta fatores genéticos , uma vez que apresenta maior probabilidade de ocorrer em membros da mesma família. Estudos demonstraram que gêmeos univitelinos têm índice de concordância de até 87%, enquanto os fraternos de apenas 47%..
    • Utilizando ainda a varredura com tomografia por emissão de pósitrons (Pet- scan), percebeu-se que os locais mais afetados são: o núcleo caudado, o córtex pré-frontal e o tálamo.
    • Há evidências de que o TOC ocorre após traumatismos, lesões ou infecções cerebrais . Isso deixa ainda mais evidente a importância dos aspectos biológicos.
  • Importância
    • Por que tratar:
    • Alterações na rotina das pessoas
    • Consumo de tempo
    • Pode estar associado a doenças mais severas, tais como: distúrbios do sono, transtorno de ansiedade ou mesmo depressão.
    • É uma doença que é iniciada no fim da infância (a partir de 10 anos), adolescentes ou jovens adultos (de 18 a 24 anos) e vai piorando ao longo do tempo.
  • Tratamentos
    • Uso de medicamentos farmacológicos:
      • Antidepressivos serotoninérgicos. É utilizada principalmente a Fluoxetina, mas muitos pacientes apresentaram efeitos colaterais, tais como: náuseas, vômitos, perda do apetite; ou mesmo alterações no sistema nervoso central, causando deficiências psicomotoras.
      • Inibidores seletivos de recaptação de serotonina
      • Técnicas psicoterápicas: cognitivas e comportamentais
  • Fontes
    • Internet:
    • http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?145
    • http://www.ufrgs.br/toc/oque_toc.htm
    • http://artigosdepsicologia.wordpress.com/2007/09/16/toc-transtorno-obssesivo-compulsivo/
    • http://www.neurociencias.org.br/Display.php?Area=Textos&Texto=TranstornobsessivoCompulsivo
    • http://gballone.sites.uol.com.br/colab/cesar1.html
    • http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.apodi.info/bbc/cerebro_ressonancia.jpg&imgrefurl=
    • http://www.apodi.info/index.php%3Foption%3Dcom_content%26task%3Dview%26id%3D273%26Itemid%3D2&h=156&w=207&sz=9&hl=pt-BR&start=5&um=1&usg=__zvINHkV9rgHicovhxWlzzOO9niU=&tbnid=QTZMwMwnR9KHAM:&tbnh=79&tbnw=105&prev=/images%3Fq%3DTOC%2Bc%25C3%25A9rebro%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR
  • Fontes
    • Internet:
    • http://www.uai.com.br/UAI/html/sessao_8/2007/11/26/em_noticia_interna,id_sessao=8&id_noticia=39394/em_noticia_interna.shtml
    • http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://bp2.blogger.com/_9W1W6aeK_GA/RvGVpMaju7I/AAAAAAAAAEk/XOeEUhe6ius/s320/toc.jpg&imgrefurl=
    • http://socuriosidades.blogspot.com/2007/09/o-que-transtorno-obsessivo-compulsivo.html&h=163&w=191&sz=7&hl=pt-BR&start=5&um=1&usg=__gngJtbEGm8BffBgKGXwwbB8Jiug=&tbnid=ObytC64LvXWGyM:&tbnh=88&tbnw=103&prev=/images%3Fq%3Dc%25C3%25A9rebro%252BTOC%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR
    • http://www.scielo.br/pdf/rbp/v23s2/a11v23s2.pdf
    • http://www.qca.ibilce.unesp.br/BNR/acao-serotonina.jpg
    • Acessados pela ultima vez no dia 30 de agosto de 2008.