Sistema Reprodutor

29,937 views

Published on

Published in: Technology

Sistema Reprodutor

  1. 1. Transmissão da vida
  2. 2. Sistema Reprodutor Masculino
  3. 3. Sistema Reprodutor Masculino Vias Genitais Glândulas de Cowper: produzem secreções transparentes que são lançadas na uretra para limpá-la preparar a passagem do esperma e lubrifica o pénis Gónadas Glândulas anexas Próstata: Produz secreções que ajudam o movimento dos espermatozóides. Uretra: Conduz a urina e o esperma para o exterior. Canais deferentes: Conduzem os espermatozóides e recebem o líquido seminal. Epidídimos: Armazenam e amadurecem os espermatozóides. Órgãos Genitais externos Pénis: Órgão sexual que permite a expulsão da urina ou o esperma (nunca os dois ao mesmo tempo). E está coberto por uma membrana o –prepúcio. Testículos: Produzem espermatozóides e hormonas (testosterona) Vesícula seminal: produz secreções energéticas que “alimentam” os espermatozóides
  4. 4. Órgão Genital Masculino Fig.1 órgão genital masculino
  5. 5. Estrutura dos testículos Canais deferentes : cada um dos dois canais que conduzem espermatozóides dos testículos para o exterior, situados um de cada lado do testículo. transportam os espermatozóides do Epidídimo para a uretra. Epidídimo: Parte tubular do aparelho sexual masculino situado entre os cones eferentes que se localizam a seguir aos tubos seminíferos dos testículos e o canal deferente. É, nos seres humanos, um tubo com cerca de seis centímetros de comprimento, enrolado sobre si próprio. O Epidídimo é um canal colector de todos os produtos provenientes do testículo, a que se alia a sua própria secreção produzida pelas células secretoras superficiais. tubos seminíferos: Tubo longo enrolado que se situa nos testículos. A parede destes tubos origina, a partir das espermatogónias, os espermatozóides que são libertados no lúmen do tubo. As espermatogónias têm uma elevada capacidade de multiplicação e são as células base da linha germinal.
  6. 6. Espermatogénese Célula Germinativa Espermatogónias mitose 2n 2n Período de multiplicação 2n Período de crescimento Período de diferenciação Período de maturação Espermatócito I 2n Crescimento sem divisão celular Espermatozóides Espermatídios n n Meiose Espermatócito II n n
  7. 7. Células de Leydig e de Sertoli Células de Leydig: São responsáveis pela produção de testosterona. Células de Sertoli: São responsáveis pela produção de proteínas para a formação de espermatozóides.
  8. 8. Espermatozóide Membrana plasmática: regula as trocas de substâncias e energia entre a célula e o meio externo, constituindo uma barreira selectiva. Flagelo: são filamentos finos e compridos São capazes de movimento vibratório, utilizado na locomoção e alimentação. Centríolo: intervém na divisão celular. Cabeça: encontra-se o Acrossoma e o núcleo haplóide, ou seja, com n cromossomas (23, no caso humano) Acrossoma: Localiza-se na parte interior da cabeça dos espermatozóides É a primeira parte do espermatozóide a penetrar no óvulo. Contem enzimas.
  9. 9. Regulação Hormonal no homem SNC Hipótalamo GnRh Hipófise Células de Leydig FSH LH Células de Sertoli Testosterona Tubo Seminifero
  10. 10. Sistema Reprodutor Feminino
  11. 11. Sistema Reprodutor Masculino Vias Genitais Gónadas Órgãos genitais externos Vulva: Orifício genital: é o local por onde é expulsa a criança (apenas aquando do parto) e o fluxo sanguíneo. Orifício urinário: local por onde é expulsa a urina. Clítoris: é o órgão que dá a sensibilidade sexual. Lábios: protegem todo este conjunto Vagina: recebe os espermatozóides durante a cópula. Glândulas de Bartholin: elaboram uma secreção mucosa que é responsável pela humidade existente na vagina criando assim um ambiente ácido o qual evita o aparecimento de infecções Útero: Local onde é alojado e desenvolvido o novo ser até ao seu nascimento. Trompas de Falópio: Conduzem os óocitos II ao útero e ao local onde serão fecundados. Ovários: Produzem óocitos II e hormonas (progesterona e estrogénios)
  12. 12. Órgão genital Feminino Fig.1 órgão genital feminino
  13. 13. Estrutura dos ovários
  14. 14. Os Folículos 1.Folículo primordial: é constituído por óocitos II rodeado por células foliculares de forma achatada. 1 2 3 4 5 2.Folículo primário: é o desenvolvimento de um folículo primordial dentro de um dos ovários, isto ocorre uma vez por mês. 3. Folículo secundário: crescimento continuo do folículo primário, a camada de Celulas engrossa e fica com uma textura granulosa. 4. Folículo terciário: os óocitos aumentam de tamanho, continuam a proliferação das células granulosas. 5. Folículo de Graaf: aumentam das cavidades existentes na camada granulosa originando um aumento do seu tamanho.
  15. 15. Oogénese Célula Germinativa oogónias mitose 2n 2n Período de multiplicação 2n Período de crescimento Período de maturação oócito I 2n Crescimento sem divisão celular Meiose oócito II n n
  16. 16. Hormonas segregadas Progesterona: Hormona produzida inicialmente no corpo lúteo do ovário que prepara a mucosa uterina para a implantação do ovo. Se a implantação não ocorre, o corpo lúteo degenera e a produção de progesterona cessa. Se a implantação ocorre, o corpo lúteo continua a produzir progesterona sob a influência da hormona luteinizante e a prolactina durante alguns meses da gravidez, até que a placenta exerça essa função. Estrogénios: Os estrogénios são formados nos ovários, placenta e corpo lúteo a partir de andrógenos.
  17. 17. Regulação hormonal na mulher SNC Hipótalamo GnRh Hipófise Corpo lúteo FSH LH folículos progesterona Útero Estrogénios Ovários
  18. 18. Ciclo sexual feminino Ciclo sexual feminino Fase folicular (folículos) produz estrogénios. Ciclo ovárico Ovulação Fase luteínica (corpo lúteo) produz progesterona Ciclo uterino Fase mestrual Fase proliferativa Fase secretora
  19. 19. Ovulação
  20. 20. Fecundação
  21. 21. A reprodução Sexuada Mãe: 46 cromossomas X Pai: 46 cromossomas XY Óvulo: 23 cromossomas Espermatozóide: 23 cromossomas Fecundação Ovo ou Zigoto 23+23=46 cromossomas Novo individuo -> 46 cromossomas meiose
  22. 22. Fecundação
  23. 23. Formação de um novo embrião
  24. 24. Implantação do óvulo no útero
  25. 25. O desenvolvimento do embrião

×