Your SlideShare is downloading. ×
Indisciplina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Indisciplina

10,342
views

Published on

Formas de evitar a Indisciplina no processo e quais os cuidados docentes.

Formas de evitar a Indisciplina no processo e quais os cuidados docentes.

Published in: Education

1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
10,342
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
407
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. INDISCIPLINA Quais as estratégias de combate?
  • 2. PERGUNTAS FREQUENTES
    • “ O professor está a perder a autoridade !”
    • “ Que outras formas de autoridade/respeito se podem utilizar ?”
    • “ É preciso que eu seja mãe, amiga ou irmã!”
    • “ Quais os papéis que o professor tem de desempenhar ?”
    • “ E como os desempenhar ?”
  • 3. Não há um estratégia-padrão a aplicar perante uma atitude do aluno
    • Cada situação é única
    • O professor não deve ter comportamentos que induzam violência física ou moral para com os alunos
    • Compete ao professor conduzir o aluno de forma a que ele se sinta responsável e cooperante
  • 4.
    • Identificar: O aluno perturbador
    • Dialogar: Fortalece a relação entre o professor e o aluno. O uso adequado da palavra reveste o professor de credibilidade e autoridade perante os alunos
    • Conhecer o aluno: Analisar o aluno emocionalmente, o seu percurso escolar, o seu meio familiar, a sua relação com os outros (alunos, professores, funcionários, comunidade)
    COMO DIAGNOSTICAR PROFESSOR
  • 5.
    • Diferenciar a aula: Indo ao encontro das necessidades dos alunos
    • Gratificar: O aluno quando ele assume boas atitudes
    • Responsabilizar: O aluno em causa e toda a turma pela atitude do aluno. É fundamental tratar o aluno como pessoa, contribuindo, sempre que possível, para a formação de uma auto-estima forte
    COMO DIAGNOSTICAR
  • 6.
    • Ignorar: O acontecimento, para não provocar repulsa por parte do aluno. Posteriormente chamá-lo á atenção
    • Repreender: O aluno de forma verbal em particular ou perante a turma., responsabilizando-o pelas suas atitudes
    • Mudar de lugar: Alguns alunos, tendo em consideração o seu aproveitamento e grau de concentração
    PROFESSOR
  • 7.
    • Encaminhar aos Pedagogos: A indisciplina na escola combate-se pela co-responsabilização dos professores, alunos e pais. Os pais deverão fazer corpo com os professores nesta tarefa
    • Avaliar : Tendo em consideração os objetivos gerais e de disciplina. Efetuar a auto-avaliação, de forma participativa do aluno
    • Conselho de Classe: Onde são definidas estratégias de atuação conjunta
    • Sugerir Reunião: Professores da turma e dos Pedagogos
    COMO DIAGNOSTICAR
  • 8. A prevenção deverá ser ponderada         No inicio do ano escolar os desconhecidos encontram-se com apreensão. Tanto o professor como os alunos fazem avaliações mútuas. O professor utiliza estratégias mais ou menos adequadas de modo a prevenir comportamentos indesejáveis. Define as regras comportamentais, de um modo explicito ou não, entre os alunos e entre si e eles, principalmente se a turma se mostra muito indisciplinada. Regras estas que vão sendo reforçadas ou tornam-se flexíveis ao longo do ano, paralelamente a uma piora ou uma melhoria das atitudes dos alunos
  • 9. O professor assume no início algumas atitudes, que ao longo do ano se tornam mais ou menos flexíveis
    • - Mostrar-se sério nas primeiras aulas, não tendo um sorriso fácil
    • - Impedir ou limitar as saídas durante a aula
    • - Não permitir que se levantem do lugar sem que peçam autorização
    • - Não permitir que troquem materiais sem que peçam autorização
    • - Dispor os alunos em lugares fixos de modo a favorecer a cooperação e a concentração
    • - Quando um aluno ou o professor fala os outros escutam
    • - Não confundir a simpatia com liberdade
  • 10. O professor deve assumir a atitude de quem detém um poder mas não se sabe bem quanto nem quando o vai usar
    •   A seguir apresentam-se a algumas estratégias que o professor pode adotar para prevenir comportamentos indisciplinados
    • Refletir sobre as atitudes e funções do professor
    • Planejar a aula cuidadosamente em todos os seus momentos. Promove-se a concentração. Quanto mais eficaz e bem organizada for uma aula , melhor vai ser o comportamento de cada aluno
    • Cativar os alunos para a sua disciplina, de modo que eles não digam que "a verdadeira vida é lá fora"
    • Observar cada aluno
    • Favorecer o desenvolvimento da autoconfiança
    • Fomentar o respeito mútuo entre os alunos e entre os alunos e o professor
    • Discutir com os alunos o regimento do Colégio , respeitando-o e fazendo-o respeitar
  • 11.
    • Entre os alunos pode ser outra forma de indisciplina. Os alunos falam e continuam a falar, mesmo depois do professor os chamar à atenção
    • Por que a necessidade de conversar nas aulas ?
    • Para relatar assuntos exteriores à sala de aula
    • Para mostrar que faz parte do grupo/turma
    • Para mostrar oposição à autoridade do professor
    • Para esclarecer ou compreender o que o professor acabou de dizer
    • Para mostrar o seu descontentamento com a disciplina e/ou o professor
    • Utilizam-se estratégias adequadas a cada aluno e a cada situação. A linguagem e o discurso adequados do professor são instrumentos capazes de alterar alguns comportamentos
  • 12. A indisciplina é uma resposta à autoridade do professor COMPORTAMENTO INDISCIPLINADO DESMOTIVAÇÃO DO ALUNO EDUCAÇÃO FAMILIAR IMATURIDADE