Your SlideShare is downloading. ×
0
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Stephen Downes - resumo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Stephen Downes - resumo

776

Published on

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
776
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MULTIMÉDIA e ARQUITECTURAS COGNITIVAS | Grupo ODIN Francisco Rodrigues Inês Afonso Maria João Martins Sandra Sequeira Sara Silva Vânia Coutinho
  • 2. MMeD MAC grupo ODIN 2008 COMO USAR AS NOVAS FERRAMENTAS WEB 2.0 PARA POTENCIAR A APRENDIZAGEM? Por Stephen Downes
  • 3. MMeD MAC grupo ODIN 2008 <ul><li>TRÊS PRINCÍPIOS </li></ul>
  • 4. MMeD MAC grupo ODIN 2008 Relevância Usabilidade Interacção
  • 5. MMeD MAC grupo ODIN 2008 INTERACÇÃO
  • 6. INTERACÇÃO <ul><li>1) interacção </li></ul>Participação numa comunidade de aprendizagem “ Precisamos do contacto humano, do conteúdo humano, algo que as páginas impressas já não nos podem dar” “ Já não podemos depender dos métodos de aprendizagem nem dos métodos de e-learning tradicionais” Contacto social como potenciador da aprendizagem MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 7. <ul><li>1) interacção </li></ul>INTERACÇÃO (cont.) Contacto humano (“fala comigo”) Conteúdo humano (“ensina-me”) Construção da sua própria rede de interacção: colocar-se a si próprio, não o conteúdo, no centro da rede através de listas de emails, weblogs, ferramentas de comunicação síncrona, forums online para partilha de informação MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 8. <ul><li>1) interacção </li></ul>Princípios de interacção: Melhor sermos nós a seleccionar e a solicitar determinado conteúdo, do que ser-nos facultado o conteúdo ou informação, que pode não se adaptar às nossas necessidades Contribuir com opiniões genuínas Interacção depende da partilha – de experiências, conhecimento, opiniões Fazer da interacção um hábito e prioridade – uma janela para o mundo Provocar a interacção (através de um blog, ou comunidades de utilizadores) MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 9. MMeD MAC grupo ODIN 2008 USABILIDADE
  • 10. USABILIDADE <ul><li>Simples, passível de ser usado </li></ul>Simplicidade, consistência – intuitivo e fácil de utilizar Informação online válida, passível de ser usada Clarificar os conceitos de aprendizagem, de como se aprende e como tirar partido das potencialidades de cada aprendente: através de maior exposiçção a audio, vídeo ou texto, consoante os estilos de aprendizagem… - no fundo, um aprendente consciente. MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 11. USABILIDADE (cont.) <ul><li>Simples, passível de ser usado </li></ul>Simplificar a mensagem com uma linguagem própria – tagging Usabilidade é feita de convenções sociais – Usabilidade é feita de características pessoais Usar blogs para tomar notas, ou outras ferramentas como o flicker que possam fornecer informação associada através de tags MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 12. MMeD MAC grupo ODIN 2008 RELEVÂNCIA
  • 13. RELEVÂNCIA <ul><li>Conteúdo relevante para o aprendente, num tempo, lugar e forma adequados </li></ul><ul><li>“ Os aprendentes devem conseguir encontrar o que lhes interessa, quando lhes interessa e onde o desejam encontrar” </li></ul><ul><li>Importância de encontrar o conteúdo adequado: maximizar as fontes de pesquisa – importância dos feeds de RSS </li></ul><ul><li>Importância das prioridades individuais na pesquisa de informação, para que esta se adeqúe às necessidades de quem pesquisa </li></ul>MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 14. RELEVÂNCIA (cont.) <ul><li>Seleccionar de forma superficial, descartar o que não é necessário </li></ul><ul><li>A informação é uma corrente </li></ul><ul><li>A relevância depende da função/objectivo da informação </li></ul><ul><li>Organizar a info de forma útil </li></ul><ul><li>Desenvolver canais não oficiais de informação: criar páginas de projectos (wikis) e estabelecer ligações entre estes, etc, </li></ul><ul><li>Exigir acesso ao blogger, myspace, youtube, etc – sustentam e facilitam a aprendigaem individual </li></ul>MMeD MAC grupo ODIN 2008
  • 15. Web 2.0 não é sobre uma tecnologia ou aplicações específicas É sobre a forma como organizamos e utilizamos a web ao serviço da aprendizagem O aprendente no centro dessa aprendizagem Uma rede onde estabelecemos ligações e onde participamos e tomamos parte nas interacções com outras pessoas Para tirarmos partido desta rede de informação temos de tomar conta deste processo activamente, e ser responsáveis pela exploração do mesmo MMeD MAC grupo ODIN 2008 RELEVÂNCIA (cont.)

×