Your SlideShare is downloading. ×
0
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Festivais de música no brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Festivais de música no brasil

12,803

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
12,803
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
105
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. FESTIVAIS DE MÚSICA NO BRASIL.
  • 2. ABRIL PRO ROCK <ul><li>O festival Abril Pro Rock acontece anualmente, desde 1993, em Recife, Pernambuco, no mês de abril. O evento se tornou referência nacional por mostrar bandas e artistas com renome na cena independente do país inteiro e do exterior, revelar novos nomes e apoiar as bandas locais. </li></ul><ul><li>O nascimento do Abril Pro Rock coincidiu com a explosão do Movimento Manguebit, que revelou bandas como Penélope (banda), Chico Science & Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, Eddie, Devotos, Faces do Subúrbio e outras. </li></ul><ul><li>Bandas como Los Hermanos habitualmente reputam as apresentações feitas no Abril Pro Rock ainda antes de assinarem contratos com gravadoras como porta de entrada para o cenário nacional. </li></ul>
  • 3.  
  • 4. BIENAL DO SAMBA <ul><li>A Bienal do Samba foi um festival de música popular brasileira, realizado em duas edições (1968 e 1971) e que tinha como parâmetros de avaliação o voto do júri e o conjunto da obra do compositor. </li></ul><ul><li>A princípio afastado do foco principal na era universitária dos festivais da MPB, o samba teria seu certame específico com a participação de alguns dos grandes sambistas brasileiros compareceram a Bienal do Samba, especialmente convidados. </li></ul><ul><li>Muitos sambistas de renome foram desclassificados, inclusive na fase de seleção preliminar, como foi o caso de Wilson Batista. Este compositor acabou por receber uma homenagem especial em ma das semifinais, quando um pot-pourri de suas principais músicas foi tocado, em show especial. Wilson, a propósito, morreria logo depois. </li></ul>
  • 5.  
  • 6. CAMPING & ROCK <ul><li>Camping & Rock é um festival brasileiro de rock'n roll que acontece anualmente no estado de Minas Gerais, desde 1996. Tem duração de quatro dias, incluindo sempre o feriado de 1 de maio, o Dia do Trabalhador. </li></ul><ul><li>Surgiu de uma necessidade de se conciliar música junto à natureza reunindo, de forma inédita, bandas do cenário independente (ou underground ) de covers e/ou próprias, que na maioria fazem parte da região metropolitana de Belo Horizonte, algumas com certo tempo de estrada, como Concreto, Avatar, Tuatha de Danann, Sô Madruga, With Hammer e Chakal, entre outras, que já participaram algumas vezes deste evento e são como foco do mesmo. </li></ul><ul><li>Este evento atrai pessoas de várias regiões do estado de Minas Gerais e até mesmo de outros lugares do Brasil, e é freqüentado por pessoas de todas as idades e tribos diferentes no cenário do rock, de forma harmônica, no qual todos têm como objetivo curtir um bom e velho rock and roll junto à natureza e, conseqüentemente, &quot;se isolar&quot; um pouco da urbanização ou da rotina. </li></ul>
  • 7.  
  • 8. FESTIVAL DEMO SUL <ul><li>Nascido em 2001, o Festival Demo Sul, produzido pela Braço Direito Produções, é um festival anual de música independente de Londrina, Brasil. Hoje, é um evento de expressão no sul do país e atrai músicos, bandas, fãs e profissionais ligados a música de todo o Brasil. </li></ul><ul><li>Foi criado inicialmente para fortalecer a cena musical londrinense, possibilitando a descoberta de novos talentos e os divulgando em rede nacional através da produção de um CD com uma coletânea de músicas dos participantes do festival. </li></ul><ul><li>Os participantes podem ser convidados pela organização ou escolhidos através de um processo seletivo. A produção recebe a cada edição do festival releases , fotos e CDs dos grupos interessados em participar da mostra musical. </li></ul><ul><li>O Demo Sul foi um dos primeiros festivais da Abrafin (2003) a adotar o Simpósio de Música Independente (palestras), dentro da programação oficial do evento. O Simpósio nasceu com o objetivo de desenvolver reflexões e conceitos sobre produção, publicidade, comunicação, agenciamento e organização do setor da música independente. </li></ul>
  • 9. <ul><li>Além do Simpósio de Música, desde a idealização do festival, existe a Feira Demo Sul . A feira é uma ação que agrega os diversos agentes do setor (músicos, lojistas, expositores, produtores musicais, diretores de áudio visual, jornalistas, fotógrafos, designes, artistas plásticos, etc.). Adotando um modelo cooperativo de troca (economia solidária), tem a finalidade de dinamizar bens e serviços oferecidos dentro do setor. </li></ul><ul><li>Em 2006, paralelo ao festival Demo Sul, surgiu o projeto &quot;Noites Demo Sul&quot; , como uma prévia do evento, na qual as bandas selecionadas de Londrina se apresentaram em pocket shows, com o objetivo de mostrar as composições próprias e atrair, para o festival, o público que ainda não as conhecia. Como a idéia teve uma repercussão positiva, em 2007, a Braço Direito potencializou o projeto. Assim, a cada edição, uma banda independente de outro estado é convidada para se apresentar ao lado das atrações locais. </li></ul>
  • 10.  
  • 11. FERROCK <ul><li>História </li></ul><ul><li>Lá pelo idos de 1984 na Ceilândia, uma das mais populosas cidades satélites do Distrito Federal, um grupo de amantes do rock'n roll resolveu fundar uma entidade autônoma, intimamente ligada ao processo de organização cultural da cidade e as causas sociais. Nascia assim o Ferrock - Festival Revolução e Rock que tornou-se hoje o mais tradicional e expressivo Festival de Rock do Brasil e o mais antigo ainda em franca atividade, a ponto de fazer parte do calendário oficial de eventos do Governo do Distrito Federal (GDF) quando, em 2001, através da lei nº 2754 de 26 de julho daquele ano, instituiu o Dia do Ferrock . </li></ul><ul><li>O Ferrock nasceu com a missão de oferecer ao público de Ceilândia, ainda carente de atividades sócio-culturais: lazer, diversão, cultura e informação. O sucesso de atrelar a música à temas sociais fez com que cada edição trouxesse uma discussão chave e o engajamento na promoção de campanhas públicas, tais como Criança: Ontem, Hoje e Amanhã? (1986); Negro: Liberdade, Justiça e paz (1987); Nação indígena: Ontem, Hoje e Amanhã? (1988); Onde estão os constituintes? (1989); Idosos: Quando terão seus direitos reconhecidos? (1990); entre outros temas e campanhas sociais, agregando, a partir de 1994 , a arrecadação de alimentos que são doados a creches e abrigos de idosos. </li></ul>
  • 12. <ul><li>O Ferrock nasceu com a missão de oferecer ao público de Ceilândia, ainda carente de atividades sócio-culturais: lazer, diversão, cultura e informação. O sucesso de atrelar a música à temas sociais fez com que cada edição trouxesse uma discussão chave e o engajamento na promoção de campanhas públicas, tais como Criança: Ontem, Hoje e Amanhã? (1986); Negro: Liberdade, Justiça e paz (1987); Nação indígena: Ontem, Hoje e Amanhã? (1988); Onde estão os constituintes? (1989); Idosos: Quando terão seus direitos reconhecidos? (1990); entre outros temas e campanhas sociais, agregando, a partir de 1994, a arrecadação de alimentos que são doados a creches e abrigos de idosos. </li></ul>
  • 13. <ul><li>O Festival já passou por muitos locais, mas entre 2004 e 2008 firmou parceria com a Administração Regional de Ceilândia para utilização da Praça do Trabalhador, ao lado do prédio da Administração Regional. A parceria incluía, também apoio para a coleta, armazenamento e distribuição de alimentos não perecíveis - garantia de ingresso ao Festival - e que já chegou a arrecadar mais de 18 toneladas de alimentos não perecíveis junto a um público estimado em 25 mil pessoas. </li></ul><ul><li>Empenhado em procurar movimentar suas atividades, mantendo o interesse pelos eventos organizados pelo Centro Cultural Ferrock, foram criados, também, o Ferrockstock , o Lagoa Reagge e o Balaio Cultural . </li></ul><ul><li>Todas essas ações têm a missão de manter a tradição de Paz, Amor e Rock´n Roll com Cultura, Informação e Diversão, cercados por muita solidariedade, marcas do Ferrock Festival. </li></ul>
  • 14.  
  • 15. GRUPO CULTURAL RODA VIVA <ul><li>O Grupo Cultural Roda Viva é uma organização não governamental brasileira criada em 1983 em Ipatinga, por jovens ativistas culturais dos bairros Bom Jardim e Esperança com o objetivo de mostrar a capacidade de realização dos moradores de um dos locais de periferia mais discriminados daquela localidade. </li></ul><ul><li>O nome da entidade foi dado numa referência à música Roda Viva de autoria do compositor Chico Buarque e o grupo se notabilizou por realizar anualmente o Festival Roda Viva, que reúne compositores e intérpretes de música popular brasileira, além de diversos outros representantes dos mais variados tipos de manifestações artí­sticas. </li></ul>
  • 16. <ul><li>Origem </li></ul><ul><li>A origem do grupo só pode ser compreendida com a percepção do contexto da região. A cidade de Ipatinga teve uma explosão de crescimento após a implantação da Usiminas. Enquanto os bairros próximos da empresa (separados pela Estrada de Ferro Vitória-Minas e destinados aos engenheiros e à classe média operária) eram providos de excelente infra-estrutura, os bairros da periferia, onde viviam empregados da usina menos remunerados e a população de menor renda, eram discriminados e relegados a um segundo plano. </li></ul><ul><li>A efervescência cultural foi a melhor resposta para a marginalização. O grupo se desenvolveu principalmente em torno de um festival de música que até hoje é realizado anualmente no bairro Bom Jardim, se constituindo em uma das festividades com maior tempo de realização em todo o país. </li></ul>
  • 17. FESTIVAL DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA <ul><li>O Festival da Música Popular Brasileira (FMPB) foi um concurso do gênero Festival de Música Popular Brasileira realizado anualmente pela TV Record. Foram quatro edições de 1966 a 1969, organizadas por Solano Ribeiro. </li></ul>
  • 18.  
  • 19. JOÃO ROCK <ul><li>O João Rock é um festival anual de música, realizado desde 2002, que acontece em Ribeirão Preto. O evento, que se tornou um dos principais do país, em seu gênero, foi criado pelas empresas Banana's Eventos e Emissoras Regionais , que ainda administram o festival. Até agora, a última edição do João Rock aconteceu no dia 6 de junho de 2009 no Parque Permanente de Exposições, em Ribeirão Preto, e o próximo Festival está previsto para 2010 </li></ul>
  • 20.  
  • 21. <ul><li>O Surgimento </li></ul><ul><li>Duas empresas, o Banana's Eventos e Emissoras Regionais , resolveram unir know how em realização, estrutura e operação de eventos com audiência qualificada, envolvimento com o mercado fonográfico e ampla penetração geográfica para realizarem o João Rock , um dos maiores festivais de música do interior do país. </li></ul>
  • 22. LUPALUNA <ul><li>O Lupaluna é um festival de música realizado anualmente em Curitiba pela RPC - Rede Paranaense de Comunicação em parceria com a DC Set Promoções (produtora responsável pelo festival Planeta Atlântida, entre outros eventos de grande porte). </li></ul><ul><li>A programação tem um caráter diversificado e reúne a cada ano grandes nomes do rock e pop nacional e internacional, artistas de música eletrônica, MPB, reggae, rock alternativo, entre outros gêneros, distribuídos em três palcos.Teve seu início em 2008, quando foi realizado na região metropolitana de Curitiba, na cidade de Piraquara. No ano seguinte, em 2009, o Lupaluna ocorreu na capital paranaense, em um local chamado BioParque, que possui uma área de 52 mil m2 em meio à natureza, com seis lagos e área de mata preservada. </li></ul>
  • 23. <ul><li>Além da música, o festival agrega o ambientalismo, adotando iniciativas durante o evento (como o uso de lixeiras para materiais recicláveis) e realizando projetos ambientais permanentes, como o Condomínio Ecológico Lupaluna (que a cada edição adota uma reserva particular de mata nativa) e o Águas do Amanhã (que tem como objetivo mobilizar a sociedade para revitalizar a Bacia do Alto Iguaçu). O evento recebe um público aproximado de 30 mil pessoas por ano. </li></ul>
  • 24.  
  • 25. MONSTERS OF ROCK <ul><li>Monsters of Rock era um festival anual promovido em agosto na pista de corridas do Castelo Donington na Inglaterra. Outros festivais Monsters of Rock foram organizados em outras cidades do mundo, como por exemplo em São Paulo. </li></ul>
  • 26.  
  • 27. NOITE REGGAE <ul><li>Noite Reggae é um festival de bandas de reggae que ocorre em Nova Londrina, interior do Paraná, desde 1993. Seu principal objetivo é a divulgação do reggae no estado. </li></ul>
  • 28.  
  • 29. POP ROCK BRASIL <ul><li>O Pop Rock Brasil é o festival de música criado e produzido pela rádio 98 FM de Belo Horizonte. </li></ul><ul><li>Originalmente chamado de Rock Brasil o festival teve a sua primeira versão em 1983. </li></ul><ul><li>Não por acaso o evento foi batizado com o mesmo nome dado ao movimento surgido no principio da década de 80, sob a influência das grandes bandas de rock brasileiras e estrangeiras dos anos 70: Rock Brasil também conhecido como Brock . </li></ul>
  • 30.  
  • 31. <ul><li>As bandas nacionais despontavam e ocupavam cada vez mais espaço na programação das rádios, nos programas de auditório na TV e até no cinema. Eram ousadas, contestadoras e geograficamente dispersas. Na década de 90, era Collor, com o domínio da música sertaneja na mídia, a explosão do Axé Music, a morte de Cazuza e de Renato Russo, chegou ao fim o movimento Rock Brasil . </li></ul>
  • 32. <ul><li>Em 1997 o Axé Music, ainda muito popular em Belo Horizonte, fazia parte da programação musical da 98 FM e nesse ano com a participação de Daniela Mercury, Pimenta Nativa, Tonho Matéria, Cheiro de Amor e outros, o festival passou adequadamente a se chamar Pop Rock Brasil . </li></ul><ul><li>Também em 1997 o festival começou a ser transmitido &quot;ao vivo&quot; pela Internet , áudio e vídeo. Sendo o pioneiro no Brasil. </li></ul><ul><li>O Pop Rock Brasil é o festival mais antigo em atividade no Brasil. </li></ul>
  • 33. FESTIVAL ROCK INDEPENDENTE <ul><li>O Festival Rock Independente é um festival de música brasileiro que acontece na cidade de Itabirito, em Mina Gerais. Ele tem como objetivo incentivar a cultura da cidade, abrindo espaço para os grupos e artistas de qualidade, mas ainda com pouca projeção. Outro objetivo é abrir um novo espaço para divulgação cultural. Através do festival, músicos locais têm a oportunidade de apresentar e divulgar seus trabalhos, durante os shows e as coberturas da imprensa. O terceiro objetivo do projeto é promover uma maior interação da sociedade através do show. O quarto e último objetivo, excepcionalmente para a terceira edição do evento, é o de arrecadar donativos para a Pastoral da Criança e do Menor da Paróquia de São Sebastião. </li></ul>
  • 34. <ul><li>O Festival Rock Independente atende ao compromisso de divulgar grupos musicais e artistas de qualidade, mas com pouco espaço para apresentar seus trabalhos. Isto também atrelado à conscientização e ação social. O projeto também se justifica pela necessidade de manter viva a cena musical “alternativa” da cidade, que também sempre andou junto com a mobilização social, através de letras de conscientização. </li></ul><ul><li>O festival tem como principal objetivo interagir a cena musical de Itabirito, unindo os artistas e bandas da cidade com o que está acontecendo no cenário regional. E, com isso, possibilitar a criação de mercado para os artistas começarem suas carreiras e a formação de novos profissionais. </li></ul>
  • 35.  
  • 36. BANDAS QUE JÁ TOCARAM <ul><li>Cachorros Mortos, Desh, Do It Yourself, Facecore, K.O.F., Mioma, Motorhotel, Mottim, Necrochorume, Sabretooth, The Ghost of You, The Otherside e Wisache. </li></ul>
  • 37. SAVASSIFESTIVAL <ul><li>O Savassi festival é um festival anual de jazz e de música instrumental realizado em Belo Horizonte, na Savassi desde 2003 em espaço público, com Shows de bandas nacionais e internacionais. A franquia é gratuita. </li></ul>
  • 38. TIM FESTIVAL <ul><li>O TIM Festival é um festival de música alternativa, indie , eletrônica, rock e jazz, que existe desde os anos 1980 no Brasil. Originalmente, o festival se chamava Free Jazz Festival , quando era patrocinado pela marca de cigarros Free , da Souza Cruz, mas foi forçado a mudar de nome em 2003, quando uma nova legislação brasileira proibiu o patrocínio de eventos culturais por empresas tabagistas. No mesmo ano, a companhia de telefonia celular TIM assumiu o financiamento do evento. </li></ul><ul><li>O festival é organizado pela produtora e cineasta Monique Gardenberg. </li></ul><ul><li>Em 2009, a TIM anunciou que não iria mais patrocinar o festival e iria investir em outras formas de publicidade. A organização ainda procura um novo patrocinador para continuar o festival, porém, em 2009, não houve o festival. </li></ul>
  • 39.  
  • 40. FESTIVAL DE VERÃO DE SALVADOR <ul><li>O Festival de Verão de Salvador é um evento musical brasileiro que ocorre em Salvador, mais especificamente no Parque de Exposições de Salvador. Ele foi idealizado em 1998 pela Icontent, uma empresa do grupo Red Bahia e sua primeira edição ocorreu em 1999, em homenagem aos 450 anos da capital baiana. </li></ul><ul><li>Considerado um dos maiores eventos musicais do verão brasileiro, o Festival é realizado em datas variáveis, entre os últimos dias de janeiro e os primeiros dias de fevereiro. Sua característica mais marcante é a diversidade musical, devido ao fato de receber artistas dos mais variados gêneros e gerações musicais, brasileiros ou estrangeiros. </li></ul>
  • 41. ATRAÇÕES <ul><li>Já passaram pelo Festival artistas brasileiros de vários gêneros, como: Claudia Leitte, Psirico, Daniela Mercury, Los Hermanos, Ivete Sangalo, Sandy e Junior, Jota Quest, Paralamas do Sucesso, Pitty, Titãs, Victor e Leo, O Rappa, Gilberto Gil, Chiclete com Banana, Seu Jorge, Pato Fu, Capital Inicial, Cidade Negra, Marjorie Estiano, Marcelo D2, Charlie Brown Jr., Rita Lee, NX Zero, Aviões do Forró, Camisa de Vênus, A Cor do Som, Beth Carvalho, Alcione, Barão Vermelho, Raimundos, Sepultura, Pavilhão 9, MV Bill, Planet Hemp, Ana Carolina e outros grandes nomes da música brasileira. </li></ul>
  • 42. <ul><li>Além dos artistas brasileiros, o Festival de Verão de Salvador também recebeu artistas internacionais, como Gloria Gaynor, Men at Work, Eagle-Eye Cherry, Fatboy Slim, Ben Harper, Manu Chao, West Life, The Gladiators, Alanis Morissette e Akon. </li></ul>
  • 43.  
  • 44. Integrantes do grupo <ul><li>Anderson Rodrigo </li></ul><ul><li>Edson </li></ul><ul><li>Fabio Fragatte </li></ul><ul><li>João Ricardo </li></ul><ul><li>Mariele </li></ul><ul><li>Vinicius Calixto </li></ul>

×