Your SlideShare is downloading. ×
0
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Modelo de Auto-Avaliação da BE

467

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
467
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL “A biblioteca escolar proporciona informação e ideias fundamentais para sermos bem sucedidos na sociedade actual, baseada na informação e no conhecimento.” in, Manifesto das Bibliotecas Escolares da UNESCO Isaura Carvalho Nov. 2009
  • 2. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Um Modelo de Auto-Avaliação Porquê?  Desenvolver a BE  Avaliar o trabalho da BE  Avaliar o impacto da BE no funcionamento da Escola  Avaliar o impacto da BE nas aprendizagens dos alunos  Melhorar o Plano de Acção da BE
  • 3. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL METODOLOGIA Apresentação do PowerPoint Escolha de um domínio de avaliação Solicitação e recolha de 3 pontos fortes e 3 constrangimentos/pontos fracos da BE DEBATE /REFLEXÃO Apresentação das conclusões Melhorar o Plano de Acção da BE
  • 4. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL A MISSÃO da BE  Promover o ensino-aprendizagem  Desenvolver competências para a aprendizagem  Facultar a aquisição das literacias  Impulsionar mudanças  Recolher evidências do impacto no sucesso escolar
  • 5. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Novos contextos e conceitos de aprendizagem SOCIEDADE A ESCOLA DA NO SEC. XXI INFORMAÇÃO
  • 6. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL ACTOR ACTIVO ALUNO no sec.XXI (Construtivismo) novas estratégias de abordagem do Próprio baseadas no questionamento e inquirição contínuas Conhecimento (Inquiry Based Learning)
  • 7. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Modificação global das ESTRUTURAS SOCIAIS Introdução dasTIC , desenvolvimento de redes, novos ambientes de disponibilização da Informação, de trabalho e de construção do CONHECIMENTO Desenvolvimento de novas LITERACIAS APRENDIZAGEM contínua
  • 8. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL MODELO Quadro de Referência AUTO-AVALIAÇÃO Instrumento que permite a MELHORIA contínua e a inovação da BE Crescer e aprender através da recolha de EVIDÊNCIAS
  • 9. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL O MODELO organiza-se em 4 DOMÍNIOS Agrupados em 3 áreas chave 1. Integração na Escola e no Processo de Ensino-Aprendizagem 2. Acesso. Qualidade da Colecção 3. Gestão da BE
  • 10. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL DOMÍNIO A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular A.1 Articulação curricular da BE com as estruturas pedagógicas e os docentes A.2. Desenvolvimento da literacia da informação Palavras chave por Paulo Izidoro
  • 11. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL DOMÍNIO B. Leitura e Literacia Palavras chave por Paulo Izidoro
  • 12. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL DOMÍNIO C. Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de Abertura à Comunidade C.1. Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular C.2. Projectos e parcerias Palavras chave por Paulo Izidoro
  • 13. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL DOMÍNIO D. Gestão da BE D.1. Articulação da BE com a Escola/ Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços D.3. Gestão da colecção/da informação Palavras chave por Paulo Izidoro
  • 14. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL NÍVEIS DE DESEMPENHO 4- Excelente A BE é bastante forte neste domínio. O trabalho desenvolvido é de grande qualidade e com um impacto bastante positivo. 3-Bom A BE desenvolve um trabalho de qualidade neste domínio mas pode melhorar alguns aspectos. 2-Satisfatório A BE começou a desenvolver um trabalho neste domínio, sendo necessário melhorar o desempenho para que o seu impacto seja mais efectivo. 1-Fraco A BE desenvolve pouco ou nenhum trabalho neste domínio seu impacto é bastante reduzido, sendo necessário intervir com urgência.
  • 15. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Os domínios da estrutura do MODELO estão identificados em vários estudos internacionais. BE BE BE BE BE BE BE BE BE BE BE BE BE BE RELACIONADO COM: ESCOLA ESPAÇO ESPAÇO ENSINO- EQUIPADO FORMATIVO E DE APRENDIZAGEM APRENDIZAGEM LEITURA LITERACIAS
  • 16. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL •escola que serve; Qualidade e Inovação envolvimento de TODOS Mobilização para a necessidade de avaliar o impacto e o valor da BE na escola. Jornadas formativas - Realização de um processo de formação/acção. Comunicação constante com o órgão directivo, justificando a necessidade e o valor da implementação do processo de avaliação Apresentação e discussão do processo no Conselho Pedagógico.  Diálogo com os Departamentos e Professores. Informação/ calendarização sobre o processo e sobre o contributo de cada um no processo.
  • 17. c O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL  Ser um comunicador efectivo no seio da instituição; Ser proactivo; Saber exercer influência junto de professores e do órgão directivo; Ser útil, relevante e considerado pelos outros membros da comunidade educativa; Ser observador e investigativo; Ser capaz de ver o todo - “the big picture”; Saber estabelecer prioridades; Realizar uma abordagem construtiva aos problemas e à realidade; Ser gestor de serviços de aprendizagem no seio da escola; Saber gerir recursos no sentido lato do termo; Ser promotor dos serviços e dos recursos;  Ser tutor, professor e um avaliador de recursos, com o objectivo de apoiar e contribuir para as aprendizagens;  Saber gerir e avaliar de acordo com a missão e objectivos da escola; Saber trabalhar com departamentos e colegas.
  • 18. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Implementação do Processo Problema Desafio Recolha de novas evidências Recolha de acerca do Evidências impacto das mudanças Interpretação dos dados Mudanças Necessárias
  • 19. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL SWOT – Aplicação na BE Elias Garcia
  • 20. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Relatório Final de 2008/09–Aspectos negativos da BE Elias Garcia As falhas de Internet; o ruído devido ao excesso de utilizadores; o programa de catalogação que não funcionou durante uns meses; A inadequação dos computadores, por serem, na sua maioria, obsoletos. No próximo ano, contamos com melhorias, já que estes serão substituídos por modelos recentes; Dificuldade em fazer a manutenção técnica dos computadores e outros audiovisuais; Falta de um sítio onde a coordenadora possa trabalhar em sossego; A dificuldade em manter o respeito pelas zonas de trabalho e as condições de sossego que lhe são inerentes; A falta de condições para a utilização de computadores portáteis.
  • 21. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Relatório Final de 2008/09 -Aspectos positivos a manter ou a melhorar: • Grande afluência de utilizadores (os alunos adoram vir à biblioteca, estudar, ler, ver filmes, ouvir música); •Aumento de requisições domiciliárias; •As actividades de promoção da leitura em cooperação com vários departamentos curriculares: Semana da leitura, Dia do Livro, Semana da Língua Portuguesa, Dia Mundial do Ambiente....; •A criação de espaço BECRE no Moodle da Página Web da Escola; •o apoio a projectos interdisciplinares; •o apoio às actividades curriculares ( parceria entre a BECRE e as turmas/ disciplinas); •A integração cada vez maior da BE/CRE nas diferentes actividades/projectos da escola e de turma; •Realização de Feiras do Livro; •As visitas guiadas à biblioteca (BibEli@spapers) para os alunos do pré-escolar, do 1º e 5º anos; •O blogue da BECRE que divulgou actividades realizadas, ou que envolveram a biblioteca escolar, a promoção do livro e de autores; •O BibEli@s - boletim bibliográfico da BECRE; • O aumento do fundo documental com aquisição de livros recentes e de qualidade; •As actividades de animação da leitura decorrentes da implementação do Plano Nacional da Leitura ; •O crescente número de exposições temporárias de trabalhos realizados pelos alunos, fruto de uma maior articulação com diferentes disciplinas/professores; •Os melhoramentos a nível do aspecto da Biblioteca (pintura e elementos de decoração).
  • 22. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Desafios/Acções a implementar na BE Elias Garcia -2009/2012 Apresentar e divulgar o Plano de actividades à Comunidade educativa. Divulgação dos documentos de gestão na página net da escola. Implementar todo o tipo de projectos/ actividades que permitam um efectivo envolvimento dos diferentes ciclos de ensino. Empréstimo de livros entre as BE do Agrupamento. Organização e Gestão Mudar/alterar mentalidades face à importância das BE. Criar hábitos de frequência e de utilização dos recursos disponíveis Obter apoios financeiros. Recolha de sugestões para aquisição recursos de acordo com as necessidades e os interesses dos utilizadores. Actualizar o Regulamento da BECREG. Dinamizar actividades e parcerias que permitam recursos financeiros. Ampliar a equipa da BECREG.
  • 23. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Informatização de toda a colecção da BECREG. Fazer o tratamento documental (registo de entrada, classificação, indexação informatização, colocação na estante). Aplicar a política de desbaste e proceder à Gestão da renovação dos recursos da Biblioteca. Colecção Pôr em prática o restauro de livros Seguir as orientações do PNL que facilitam a escolha e aquisição de títulos. Facultar listas de assuntos.
  • 24. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Insistir na integração e na a utilização da BE no âmbito dos PCT. Articulação com o currículo das várias disciplinas. Integrar todos os alunos e professores dos departamentos nas actividades da BECREG. Planificação, articulação e realização de actividades colaborativas com a Educação pré-escolar, os diferentes ciclos departamentos, áreas curriculares e não curriculares e PCT. Colaboração Colaborar/desenvolver parceria com: Departamentos, Área de Pedagógica Projecto, Estudo Acompanhado, Directores de Turma, Sala de Estudo, Apoios Educativos, Clubes, ATL, Associação de Pais, Autarquia, Museus, Lar de Idosos, Entidades locais, Rede Concelhia e RBE. Aquisição de fundo documental que suporte o desenvolvimento curricular e extracurricular e projectos. Desenvolver projectos de parceria entre as várias BE do agrupamento, outras escolas e entidades locais.
  • 25. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Apoiar os utilizadores na escolha da leitura. Alargar as actividades de promoção da leitura e das TIC às duas escolas do Agrupamento. Potenciar a auto-aprendizagem e a autonomia dos utentes. Fazer ver aos governantes e à sociedade em geral que a BE é fundamental na formação  e desenvolvimento da leitura e das literacias. Participar em actividades promovidas pela Biblioteca Municipal. Encontros com escritores/ilustradores que promovam o hábito/prazer de ler. Formação Concurso Nacional de Leitura. para a leitura Continuar e melhorar as actividades do PAA: semana da leitura, Feiras do Livro, e para as Concurso de leitura, Livro/Leitor do mês, Autor em destaque, leituras encenadas, literacias Leituras partilhadas – Ler + Experiência +, Leitura em Vai e vem, Já sei ler ... Colaborar no Projecto Aprender + . Promover sessões de formação para os utilizadores da BECREG. Alunos monitores/colaboradores da BECREG. Formação/apoio aos novos utilizadores nas literacias da informação. A formação para a leitura e para as literacias integram o novo Projecto Educativo e PCA. Boletim Bibliográfico- BibEli@s. Convencer os alunos de que a Internet não é o único lugar onde pesquisar.
  • 26. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Incentivar a assistente operacional a frequentar acções de formação em TIC. Realçar a importância da BE na nova sociedade da informação. BECREG e os Melhorar e actualizar o espaço Moodle e o Blogue da elias.com novos ambientes Colocar o catálogo da BECREG on-line. digitais Orientar pesquisas em vários suportes. Concluir a instalação do módulo para agilizar os empréstimos domiciliários. Apoiar a aprendizagem em novos contextos. Elaborar portais de assuntos .
  • 27. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL Acções de sensibilização sobre a importância da BECREG nas aprendizagens dos alunos. Divulgação do modelo de auto-avaliação. Envolver a comunidade educativa no processo de avaliação da BECREG. Implementar o processo de avaliação da BECREG. Gestão de Elaborar o relatório trimestral da avaliação da BE. evidências/ Criar Inquéritos eficazes aos utilizadores. avaliação Estatísticas sobre a utilização das áreas, serviços e recursos. Reuniões periódicas da equipa. Avaliar e Melhorar o PA da BE baseado na recolha e avaliação dos  novos pontos fracos.
  • 28. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL « L’auto-évaluation a de grands avantages. Même si on peut penser qu’elle demande du temps, et si elle fait peur, c’est aussi un atout pour mettre en lumière l’action, lui donner de l’énergie, et c’est un puissant catalyseur de changement et d’évolution. » Scott S Elspeth, 2002
  • 29. O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA NA ESCOLA ACTUAL BIBLIOGRAFIA Eisenberg e Miller (2002), “This Man Wants to Change Your Job” Todd, Ross (2003), Irrefutable evidence. How to prove you boost student achievement Todd, Ross (2002) “School librarian as teachers: learning outcomes and evidence- based practice”. Tilke (1999) ,“The role of the school librarian in providing conditions for discovery and personal growth in the school library. How will the school library fulfill this purpose in the next century?” Kenney, Brian. (2006) "Rutgers" Ross Todd’s Quest to Renew School Libraries” Williams, Dorothy & Coles, Caroline (2001) “Impact of School Libraries Services on Achievement and…” Learning Scott S Elspeth (2002) tradução de Claude Morizio “Quelle-est la qualité de votre bibliothèque scolaire ? Une introduction à la mesure de sa performance” (2008) “School Librairies Work!”

×