Asoso   tipos de aplicações móveis (1)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Asoso tipos de aplicações móveis (1)

  • 451 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
451
On Slideshare
232
From Embeds
219
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 219

http://oldbutgold2.wordpress.com 219

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1.  Alguns anos atrás, um dos maioresproblemas com a disparidade entre asplataformas era a manutenção daaplicação, controle de atualizações ecusteamento de equipes comconhecimentos específicos nos maisvariados dispositivos e sistemasoperacionais.
  • 2.  Para suprir tais problemas surgiramalgumas alternativas nodesenvolvimento de aplicações móveis. Estes novos meios/plataformas permitemque o código seja escrito uma vez e omesmo execute em diversos tipos dedispositivos e sistemasoperacionais, como:Android, iOS, BlackBerry, WindowsPhone, etc.
  • 3.  Isso é possível devido as seguintestecnologias web:› HTML5;› CSS3;› Linguagem JavaScript;
  • 4.  Estas novas tecnologias ocasionaram adivisão das plataformas dedesenvolvimentos móvel em trêscategorias:› WebApp;› Nativa;› Híbrida.
  • 5.  São aplicações projetadas para serem executadas em browsersde dispositivos móveis. A sua interface gráfica é adaptadapara dispositivos que não utilizam mouse e que tenham telasmenores utilizando conceitos como o responsive. “Responsive são websites com excelente visualização eexperiência em plataformas e resoluções diferentes.” Estas aplicações são hospedadas em servidores web eprogramadas para serem carregadas em máquinas de “baixo”processamento e também com baixa velocidade de bandade rede. Vantagem:› Atualização/manutenção no próprio servidor;› Todos os dispositivos recebem a nova versão automaticamentebastando apenas atualizar a página no browser e isso independe daplataforma. Desvantagem:› Persistência dos dados no próprio dispositivo.
  • 6. O Gmail, quando acessado pelo navegador de um dispositivoiOS ou Android, é um ótimo exemplo de um site que comporta-secomo se fosse um aplicativo. Ainda hoje é possível acessar o Facebookpelo navegador de um smartphone e ter uma interface muito parecidacom a do aplicativo que é baixado pela iTunes Store ou pelo GooglePlay.
  • 7.  Se diz Nativa as aplicações que são desenvolvidasespecificamente para uma plataforma, como: Android(utilizando Java) ou para iOS (utilizando ObjectiveC). Grande parte das aplicações baixadas da iTunes Store oudo Google Play são feitas assim. As vantagens e desvantagens são:› total acesso aos recursos dos dispositivos e hardwares;› armazenamento local de dados;› maior desempenho;› componentes projetados para a plataforma, entre outras.› necessita de tempo para desenvolver código diferente paracada plataforma;› UX mais específica;› SDK pode facilitar o desenvolvimento e teste dos aplicativos;› a atualização do aplicativo depende de Apple/Play Store e dousuário.
  • 8.  A ideia, é que você faça um código único e no final,gere uma aplicação para iOS, outra para Android e assimpor diante, sem alterar seu código ou com alteraçõesrealmente mínimas. Um exemplo claro, é o framework Sencha Touch,produzido e mantido pela Sencha, Inc. O Sencha Touchpossibilita desenvolvimento ágil e implementa o padrãoarquitetural MVC (Model, View e Controller).Aplicaçõesdesenvolvidas com esse framework são consideradasHíbridas pelo seguinte motivo: o código é desenvolvidoem linguagem de script, utilizando normalmente a“velha” linguagem dos browsers, JavaScript.