• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
O que é o espiritismo
 

O que é o espiritismo

on

  • 614 views

 

Statistics

Views

Total Views
614
Views on SlideShare
487
Embed Views
127

Actions

Likes
0
Downloads
15
Comments
0

3 Embeds 127

http://grupodepaisceb.blogspot.com.br 100
http://grupodepaisceb.blogspot.com 20
http://www.grupodepaisceb.blogspot.com.br 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    O que é o espiritismo O que é o espiritismo Presentation Transcript

    • O que é o EspiritismoAllan Kardec - 1859Federação Espírita Brasileira -Campanha de Divulgação doEspiritismo
    • Organização da ObraØ Primeiro Capítulo:Ø Aborda as questões mais comuns de quemdesconhece a doutrina, sob a forma de diálogos comum crítico, um cético e um religiosoØ Segundo Capítulo:Ø Exposição sumária das partes da ciência prática eexperimentalØ Terceiro Capítulo:Ø Resumo de O Livro dos Espíritos, com a solução,pela Doutrina Espírita, de certo número deproblemas do mais alto interesse, de ordempsicológica, moral e filosófica, que diariamente sãopropostos, e aos quais nenhuma filosofia deu aindaresposta satisfatória
    • PreâmbuloØ As objeções nascem, quase sempre, dasideias falsas, feitas, a priori, sobre aquilo quese não conhece bem.Ø Retificar essas ideias é prevenir as objeções,tal é o fim deste pequeno trabalho.Ø Podemos defini-lo assim:O Espiritismo é uma ciência que trata danatureza, origem e destino dos Espíritos, bemcomo de suas relações com o mundo corporal.
    • PreâmbuloØ  “O ESPIRITISMO É, AO MESMO TEMPO,UMA CIÊNCIA DE OBSERVAÇÃO E UMADOUTRINA FILOSÓFICA. COMO CIÊNCIAPRÁTICA ELE CONSISTE NAS RELAÇÕES QUESE ESTABELECEM ENTRE NÓS E OSESPÍRITOS; COMO FILOSOFIA, COMPREENDETODAS AS CONSEQUÊNCIAS MORAIS QUEDIMANAM DESSAS MESMAS RELAÇÕES.”
    • Doutrina Espírita ou EspiritismoØ O QUE ÉØ É o conjunto de princípios e leis, revelados pelosEspíritos Superiores, contidos nas obras de AllanKardec que constituem a Codificação Espirita: O Livrodos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelhosegundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese.Ø "O Espiritismo realiza o que Jesus disse doConsolador prometido: conhecimento das coisas,fazendo que o homem saiba donde vem, para onde vai epor que esta na Terra; atrai para os verdadeirosprincípios da lei de Deus e consola pela fe e pelaesperança." Allan Kardec(O Evangelho segundo o Espiritismo - Cap. VI - 4.)
    • Doutrina Espírita ou EspiritismoØ O QUE REVELAØ Revela conceitos novos e mais aprofundados arespeito de Deus, do Universo, dos Homens, dosEspíritos e das Leis que regem a vida.Ø Revela, ainda, o que somos, de onde viemos, paraonde vamos, qual o objetivo da nossa existência equal a razão da dor e do sofrimento
    • Doutrina Espírita ou EspiritismoØ SUA ABRANGÊNCIAØ Trazendo conceitos novos sobre o homem e tudo oque o cerca, o Espiritismo toca em todas as áreasdo conhecimento, das atividades e docomportamento humanos, abrindo uma nova erapara a regeneração da Humanidade.Ø Pode e deve ser estudado, analisado e praticadoem todos os aspectos fundamentais da vida, taiscomo: cientifico, filosófico, religioso, ético, moral,educacional, social.
    • Doutrina Espírita ou EspiritismoØ SEUS ENSINOS FUNDAMENTAISØ DeusØ Criação do UniversoØ Mundo Corporal e Mundo EspiritualØ Outros Mundos HabitadosØ Leis da Natureza (Divinas) ➔ Físicas e MoraisØ Espírito e PerispíritoØ Criação dos EspíritosØ IndividualidadeØ Ciclo Reencarnatório - EvoluçãoØ Jesus - EvangelhoØ Prece
    • Consequências do EspiritismoØ Provar materialmente a existência do mundoespiritual.Ø Com a certeza do futuro, o homem espera e seresigna; com a dúvida perde a paciência, porque nadaespera do presente.Ø A demonstração da existência do mundo espiritual quenos cerca e de sua ação sobre o mundo corporal, é arevelação de uma das forças da Natureza e, porconsequência, a chave de grande número defenômenos até agora incompreendidos, tanto naordem física quanto na moral.Ø revelar-nos fatos ignorados, dar- nos a explicação doque não compreendemos e encaminhar-nos para umprogresso mais rápido.
    • Consequências do EspiritismoØ O Espiritismo ensina poucas verdades absolutamentenovas, ou mesmo nenhuma, em virtude do axioma —nada há de novo debaixo do Sol.Ø Só as verdades eternas são absolutas; as que oEspiritismo prega, sendo fundadas sobre leisnaturais, existiram de todos os tempos, pelo queencontraremos, em todas as épocas, esses germens que,mediante estudo mais completo e mais atentasobservações, conseguiram desenvolver.Ø As verdades ensinadas pelo Espiritismo são antesconsequências que descobertas.
    • Da Reencarnação“É assim que, reencarnando, o homem traz porintuição e como idéias inatas, o que adquiriu emciência e moralidade. Digo em moralidade porque,se no curso de uma existência ele se melhorou, sesoube tirar proveito das lições da experiência, setornará melhor quando voltar; seu Espírito,amadurecido na escola do sofrimento e do trabalho,terá mais firmeza; longe de ter de recomeçar tudo,ele possui um fundo que vai sempre crescendo esobre o qual se apóia para fazer maioresconquistas.”
    • Dos Médiuns“Os médiuns verdadeiramente sérios edevotados, quando não possuem uma existênciaindependente, procuram recursos no trabalhoordinário e não abandonam suas profissões; elesnão consagram à mediunidade senão o tempo quelhe podem dar, sem prejuízo de outras ocupações;empregando parte do tempo destinado aosdivertimentos e repouso, nesse trabalho mais útil,eles se mostram devotados, tornam-se apreciados erespeitados.”
    • Da Fé“... o fenômeno das manifestações éacessório; o fundo é a doutrina, a ciência; eles aveem tão grande, tão racional, que nelaencontram tudo quanto pode satisfazer às suasaspirações interiores, à parte o fato dasmanifestações; do que concluem que, supondonão existissem as manifestações, a doutrina nãodeixaria de ser sempre a que melhor resolve umamultidão de problemas reputados insolúveis.”
    • Do Auxílio do Mundo EspiritualØ Os bons Espíritos nos vêm instruir para nossomelhoramento e avanço e não para revelar-nos o quenão devemos saber ainda, ou o que só deve serconseguido pelo nosso trabalho.Ø Os Espíritos ajudam o homem de gênio pelainspiração oculta, mas não o eximem do trabalho nemdas investigações, a fim de lhe deixar o mérito.Ø Fora do terreno do que pode ajudar o nossoprogresso moral, só há incerteza nas revelações quese podem obter dos Espíritos.
    • Solução de alguns problemas pelaDoutrina EspíritaØ Tem o homem o livre-arbítrio, ou está sujeito àfatalidade?Ø Se a conduta do homem fosse sujeita à fatalidade,não haveria para ele nem responsabilidade do mal,nem mérito do bem que pratica. Toda punição seriauma injustiça, toda recompensa um contra-senso.Ø O livre-arbítrio do homem é uma conseqüência dajustiça de Deus, é o atributo que a divindade imprimeàquele e o eleva acima de todas as outras criaturas.
    • Solução de alguns problemas pelaDoutrina EspíritaØ Qual a origem do bem e do mal na Terra e por que este[o mal] predomina? e Qual a causa dos males queafligem a humanidade?Ø A imperfeição dos Espíritos que aqui se encarnam, é aorigem do mal na Terra;Ø quanto à predominância deste [do mal], provém dainferioridade do planeta, cujos habitantes são, na maioria,Espíritos inferiores ou que pouco têm progredido. Em mundosmais adiantados, onde só encarnam Espíritos depurados, omal não existe ou está em minoria.Ø Os males da nossa humanidade são a conseqüência dainferioridade moral da maioria dos Espíritos que aformam. Pelo contato de seus vícios, eles se infelicitamreciprocamente e punem- se uns aos outros.
    • Solução de alguns problemas pelaDoutrina EspíritaØ Em que consistem os gozos das almas felizes?Ø A justiça quer que a recompensa seja proporcional aomérito, como a punição à gravidade da falta; há, pois,graus infinitos nos gozos da alma, desde o instante emque ela entra no caminho do bem, até aquele em queatinge a perfeição.Ø A felicidade dos bons Espíritos consiste em conhecertodas as coisas, não sentir ódio, nem ciúme, neminveja, nem ambição, nem qualquer das paixões quedesgraçam os homens.Ø O amor que os une é, para os bons Espíritos, a fonte desuprema felicidade, pois não experimentam asnecessidades, nem os sofrimentos, nem as angústias davida material.
    • Solução de alguns problemas pelaDoutrina EspíritaØ Passam elas [as almas felizes] a eternidade emcontemplação?Ø O estado de contemplação perpétua seria umafelicidade estúpida e monótona; seria a ventura doegoísta, uma existência interminavelmente inútil.Ø A vida espiritual é, ao contrário, de uma atividadeincessante pelas missões que os Espíritos recebemdo Ser Supremo, de serem seus agentes no governo doUniverso — missões essas proporcionadas ao seuadiantamento, e cujo desempenho os torna felizes,porque lhes fornece ocasiões de serem úteis e defazerem o bem.
    • Solução de alguns problemas pelaDoutrina EspíritaØ Qual o maior obstáculo ao progresso?Ø O orgulho e o egoísmo. Refiro-me ao progresso moral,porquanto o intelectual se efetua sempre.Ø À primeira vista, parece mesmo que o progresso intelectualreduplica a atividade daqueles vícios, desenvolvendo aambição e o gosto das riquezas, que, a seu turno, incitam ohomem a empreender pesquisas que lhe esclarecem o Espírito.Assim é que tudo se prende, no mundo moral, como no mundofísico, e que do próprio mal pode nascer o bem.Ø Curta, porém, é a duração desse estado de coisas, que mudaráà proporção que o homem compreender melhor que, além daque o gozo dos bens terrenos proporciona, uma felicidadeexiste maior e infinitamente mais duradoura.
    • Conceitos PráticosØ “Nascer, morrer, renascer ainda e progredirsempre, tal e a lei.”Ø “Fé inabalável só o é a que pode encarar frente afrente a razão, em todas as épocas daHumanidade.”
    • Máxima EspíritaØ "FORA DA CARIDADE NÃO HÁSALVAÇÃO”Ø Ótimo, sabemos disso! Mas, o que é caridade??Ø Caridade: benevolência para com todos,indulgência para as imperfeições dos outros,perdão das ofensas. (LE, 886)