Lei de amor e caridade

14,611 views

Published on

0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
14,611
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
134
Actions
Shares
0
Downloads
415
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lei de amor e caridade

  1. 1. “O Espiritismo não institui nenhuma nova moral; apenas facilita aos homens a inteligência e a prática da do Cristo, facultando fé inabalável e esclarecida aos que duvidam ou vacilam.” O Evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo XVII, Item 4.
  2. 2. Lei de AMOR Lei de CARIDADE O AMOR e a CARIDADE à Luz do Espiritismo 2
  3. 3. QUE É AMOR?
  4. 4. “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo teu Espírito e de todo teu entendimento; este o maior e o primeiro mandamento. E aqui tendes o segundo, semelhante a esse: Amarás o teu próximo, como a ti mesmo. – toda a lei e os profetas se acham contidos nesses dois mandamentos.” Jesus em Mateus – 22:37-40. 4
  5. 5. “O amor resume a doutrina de Jesus O SENTIMENTO POR EXCELÊNCIA! O AMOR É toda inteira, visto que esse é o sentimento por SENTIMENTOS SÃO os sentimentos excelência, eOS INSTINTOS ELEVADOS são os instintos elevados à altura do progresso feito.” 5 Kardec, A. 1864. (Lázaro). O evangelho segundo o espiritismo. C. 11. I. 8.
  6. 6. ENTÃO, O AMOR NÃO ESTÁ PRONTO NAS CRIATURAS HUMANAS!
  7. 7. O AMOR SE ELABORA!
  8. 8. “O reino de Deus está dentro de vós.” Jesus em Lucas – 17:21. 8
  9. 9. E HÁ ESTÁGIOS NA ELABORAÇÃO DO AMOR!
  10. 10. NO PRÓPRIO MANDAMENTO MAIOR SE OBSERVA TRÊS ESTÁGIOS
  11. 11. AMOR A DEUS AMOR AO PRÓXIMO AMOR A SI MESMO 11
  12. 12. “Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?” Primeira carta universal de João 4:20. 12
  13. 13. AMOR A DEUS AMOR AO PRÓXIMO AMOR A SI MESMO 13
  14. 14. “Sede, pois, vós outros, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celestial.” Jesus em Mateus – 5:48. 14
  15. 15. “E sonhou. E eis uma escada era posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam por ela.” Gênesis 28:12 15
  16. 16. SERÁ QUE AMAMOS O NOSSO PRÓXIMO?
  17. 17. QUE É CARIDADE?
  18. 18. “Amar o próximo como a si mesmo” [...] é a expressão mais completa da caridade, porque resume todos os deveres do homem para com o próximo. 19 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. XI. Item 4.
  19. 19. 20
  20. 20. POR QUE TÃO POUCOS RENUNCIAM A SI MESMOS PARA AMAR O PRÓXIMO? 21
  21. 21. POR QUE HÁ TANTA DIFICULDADE EM AMAR NOSSO PRÓXIMO?
  22. 22. O QUE NOS IMPEDE DE AMAR O NOSSO PRÓXIMO?
  23. 23. POR QUE É TÃO DIFÍCIL ACEITAR O CONVITE DE JESUS? SE QUERES VIR APÓS MIM, NEGUE-SE A SI MESMO...
  24. 24. RESPOSTA
  25. 25. Dentre os vícios, qual o que se pode considerar radical? 26 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 913.
  26. 26. “Temo-lo dito muitas vezes: o O EGOÍSMO egoísmo.” 27 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 913.
  27. 27. “Daí deriva todo o mal.” 28 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 913.
  28. 28. “Estudai todos os vícios e vereis que no fundo de todos há egoísmo.” 29 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 913.
  29. 29. “O egoísmo é a fonte de todos os vícios, como a caridade o é a de todas as virtudes.” 30 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Q. 917. Comentários
  30. 30. “O egoísmo é, pois, o alvo para o qual todos os verdadeiros crentes devem apontar suas armas, dirigir suas forças, sua coragem.” 31 Kardec, A. 1864. (Emmanuel). O evangelho segundo o espiritismo. C. XI. I. 11.
  31. 31. COMO EXTIRPAR O EGOÍSMO?
  32. 32. COMO EXTIRPAR O MAL?
  33. 33. “[...] confiando em si mesmo, mais do que em Deus, o homem transforma a sua fragilidade em foco de ações contrárias [à lei de amor], efetuando, desse modo, uma intervenção indébita na harmonia divina. Eis o mal.” 34 Xavier, F. C. (Emmanuel).1940. O consolador. Questão 135.
  34. 34. confiando em si mesmo, mais do que em Deus 35 Xavier, F. C. (Emmanuel).1940. O consolador. Questão 135.
  35. 35. “Urge recompor os elos sagrados dessa harmonia sublime. Eis o resgate.” 36 Xavier, F. C. (Emmanuel).1940. O consolador. Questão 135.
  36. 36. “Vede, pois, que o mal, essencialmente considerado não deve existir para Deus, em virtude de representar um desvio do homem [...].” 37 Xavier, F. C. (Emmanuel).1940. O consolador. Questão 135.
  37. 37. POR QUE PARA UNS É TÃO DIFÍCIL FAZER O BEM, ENQUANTO PARA OUTROS AMAR O PRÓXIMO PARECE SER TÃO NATURAL?
  38. 38. Há pessoas que fazem o bem espontaneamente, sem que precisem vencer quaisquer sentimentos que lhes sejam opostos. 39 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 894.
  39. 39. Terão tanto mérito, quanto as que se vêem na contingência de lutar contra a natureza que lhes é própria e a vencem? 40 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 894.
  40. 40. “Só não têm que lutar aqueles em quem já há progresso realizado. Esses lutaram outrora e triunfaram.” 41 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 894.
  41. 41. “Por isso é que os bons sentimentos nenhum esforço lhes custam e suas ações lhes parecem simplíssimas. O bem se lhes tornou um hábito. [...].” 42 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Questão 894.
  42. 42. “Em resumo, naquele que nem sequer concebe a ideia do mal, já há progresso realizado;” 43 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. 8. Item 7.
  43. 43. “naquele a quem essa ideia acode, mas que a repele, há progresso em vias de realizar- se;” 44 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. 8. Item 7.
  44. 44. “naquele, finalmente, que pensa no mal e nesse pensamento se compraz, o mal ainda existe na plenitude da sua força.” 45 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. 8. Item 7.
  45. 45. “Num, o trabalho está feito; no outro, está por fazer-se. [...].” 46 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. 8. Item 7.
  46. 46. INEVITÁVEL, PRECISAMOS REFLETIR COMO EXTIRPAR O EGOÍSMO? COMO EXTIRPAR O MAL? 47
  47. 47. Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral 48 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. 17. Item 4.
  48. 48. e pelos esforços que emprega para domar suas más inclinações. 49 Kardec, A. 1864. O evangelho segundo o espiritismo. C. 17. Item 4.
  49. 49. “Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?” Primeira carta universal de João 4:20. 50
  50. 50. “O egoísmo se enfraquecerá à proporção que a vida moral for predominando sobre a vida material.” 51 Kardec, A. 1857. O livro dos espíritos. Q. 917 (Fénelon).
  51. 51. “[...] precisamos, em EMMANUEL VEM NOS LEMBRAR QUE, ... verdade, do Espiritismo e do Espiritualismo, mas, muito mais, de Espiritualidade.” 52 Xavier, F. C. 1944. Nosso Lar. FEB. 55ª edição. Prefácio de Emmanuel. Pág 9.
  52. 52. “O Cristo não estabelece linhas divisórias entre o templo e a oficina.” 53 Xavier, F. C. ( Emmanuel). 1948. Caminho Verdade e Vida. Interpretação dos Textos Sagrados. p. 14.
  53. 53. “Toda a Terra é seu altar de oração e seu campo de trabalho, ao mesmo tempo.” 54 Xavier, F. C. ( Emmanuel). 1948. Caminho Verdade e Vida. Interpretação dos Textos Sagrados. p. 14.
  54. 54. “Por louvá-lo nas igrejas e menoscabá-lo nas ruas é que temos naufragado mil vezes, por nossa própria culpa.” 55 Xavier, F. C. ( Emmanuel). 1948. Caminho Verdade e Vida. Interpretação dos Textos Sagrados. p. 14.
  55. 55. “Tive fome e me Tive fome e me destes de destes detive sede tive comer; e me comer; sede e me destes de destes de beber; careci de beber; careciede teto e teto me me hospedastes; hospedastes; estive nu e estive nu e me me vestistes; achei-me doente e achei-me vestistes;me visitastes; estive preso e me fostes doente e me visitastes; ver. estive preso e me fostes ver.” Jesus – Mateus 25: 40.
  56. 56. “Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim mesmo o fizestes.” Jesus – Mateus 25: 35, 36. 57
  57. 57. “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.” Jesus – Mateus 5:8 58 Jesus em João 13:34.

×