• Save
Introdução ao bash
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Introdução ao bash

on

  • 3,598 views

Introdução aos scripts com Bash (Bourne again shell). Palestra preparada para o grupo de estudos de software livre.

Introdução aos scripts com Bash (Bourne again shell). Palestra preparada para o grupo de estudos de software livre.

Statistics

Views

Total Views
3,598
Views on SlideShare
3,595
Embed Views
3

Actions

Likes
5
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 3

http://www.linkedin.com 2
https://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Introdução ao bash Presentation Transcript

  • 1. Introdução aos scripts em BASH
    Prof. André Leon S. Gradvohl, Dr.
    andre.gradvohl@gmail.com
  • 2. Plano de apresentação
    O que são shell scripts?
    Comandos básicos do Linux
    Estruturas básicas do BASH
    Comandos condicionais
    Comandos de repetição
    Exemplos de scripts mais elaborados
    2
  • 3. O que são Shell Scripts
    Shell scripts são pequenos programas escritos na linguagem do shell.
    Os shell scripts normalmente são usados para executar tarefas administrativas mais complexas, i. e., aquelas que envolvem dois ou mais comandos básicos.
    Os shells mais comuns são os seguintes
    BourneAgain Shell (/bin/bash)
    C Shell (/bin/csh)
    Turbo C Shell (/bin/tcsh)
    Korn Shell (/bin/ksh)
    3
  • 4. Comandos Básicos do Linux
    cd
    Mudança de Diretório
    Ex: cd /
    Ir para o diretório raiz
    ls
    Listar os arquivos e diretório do local corrente
    Ex: ls
    Variações
    ls –a
    ls –l
    4
  • 5. Comandos Básicos do Linux
    pwd
    Mostra a localização atual
    Ex: pwd
    mkdir
    Cria um Diretório
    Ex: mkdiraula11
    5
  • 6. Comandos Básicos do Linux
    cat
    Exibe o Conteúdo de um Arquivo
    Ex: cat aula.txt
    Ex: cat –n aula.txt
    cp
    Copia de arquivos
    Ex: cp aula.txt aula2.txt
    Ex: cp aula.txt /tmp
    6
  • 7. Comandos Básicos do Linux
    date
    Exibe e altera a data e hora do computador
    Ex: date
    Ex: date +%d/%m/%Y
    Ex: date 1708203006
    Primeiro mês, dia, hora, ano
    mv
    Mover ou renomear arquivos
    Ex: mv aula.txt aula3.txt
    Ex: mv aula3.txt /aula/aula2
    7
  • 8. Comandos Básicos do Linux
    clear
    Limpar a tela
    Ex: clear
    df
    Saber a quantidade de disco ocupada
    Ex: df –H
    free
    Verificar a utilização da memória RAM
    Ex: free -m
    8
  • 9. Comandos Básicos do Linux
    rm ou rmdir
    apagar arquivos e diretórios
    Ex: rm aula2.txt
    Ex: rm –d aula2
    man
    Manual on-line dos comando do linux
    Ex: man date
    Ex: mancp
    9
  • 10. Estrutura básica dos scripts Bashshell
    #!/bin/bash
    echo “Ola Mundo!”
    Importante:
    O arquivo que contém o script precisa ter permissão para execução.
    Para tanto, é necessário executar o comando:
    chmod +x arquivo.sh
    10
  • 11. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Variáveis
    As variáveis nos shell scripts não têm tipo e são criadas dinamicamente.
    Exemplo:
    VAR1=1;
    NOME=“Ze”
    A atribuição de variáveis é feita com o operador =.
    Para acessar o conteúdo das variáveis, utiliza-se o operador $.
    11
  • 12. Estrutura básica dos scripts Bashshell - Leitura
    #!/bin/bash
    echo “Digite seu nome”
    read NOME
    echo “Ola $NOME”
    12
  • 13. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos Condicionais
    #!/bin/bash
    echo “Digite o nome de um arquivo”
    read ARQ
    if [ -e $ARQ ]; then
    echo “$ARQ existe no diretorio atual”
    else
    echo “$ARQ nao existe no diretorio atual”
    fi
    13
  • 14. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos Condicionais
    Observações:
    O que aparece entre colchetes ([ ]) é o teste lógico que será feito.
    O teste entre colchetes pode aceitar as seguintes opções:
    -d arquivo: verdade se o arquivoexiste e é um diretório.-e arquivo: verdade se o arquivoexiste.-f arquivo: verdade se o arquivoexiste e é um arquivo regular.
    14
  • 15. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos Condicionais
    O teste entre colchetes também funciona com argumentos numéricos:
    arg1 -eq arg2: verdade se o arg1 for igual a arg2.
    arg1 -ltarg2: verdade se arg1formenorquearg2.
    arg1 -gtarg2: verdade searg1for maiorquearg2.
    arg1 -ne arg2: verdade searg1não for igual a arg2.
    arg1 -le arg2: verdade se arg1arg2.
    arg1 -gt arg2: verdade searg1 arg2.
    arg1 -ne arg2: verdade searg1≠ arg2.
    15
  • 16. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos Condicionais
    Para strings, os comandos são os seguintes:
    arg1 == arg2: verdade se o arg1 for igual a arg2.
    arg1 != arg2: verdade se arg1fordiferente de arg2.
    16
  • 17. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos Condicionais
    #!/bin/bash
    echo “Digite seu nome”
    read NOME
    if [ $NOME == “Andre” ]; then
    echo“Nome Correto!”
    exit 0
    else
    echo “O nome $NOME não esta correto”
    exit 1
    fi
    Código de saída
    17
  • 18. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos Condicionais
    Além do comando if, o BASH aceita o comando case. Veja um exemplo:
    #!/bin/bash
    echo “Digite um animal:”
    read ANIMAL
    echo -n “O $ANIMAL tem "
    case $ANIMAL in
    cavalo | cachorro | gato) echo -n “quatro";;
    homem | canguru ) echo -n "two";;
    *) echo -n “um numero desconhecido de";;
    esac
    echo" patas."
    18
  • 19. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos de repetição
    o BASH também aceita comandos de repetição como os comandos for ewhile.
    Exemplo de while:
    #!/bin/bash
    X=0;
    while [ $x –lt 10 ]; do
    echo “x = $X”
    let X = $X+1
    done
    19
  • 20. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos de repetição
    O comando for temalgumas peculiaridades pouco comuns em linguagens de programação.
    Exemplo de for:
    #!/bin/bash
    for i in 1 2 3
    do
    echo $i
    done
    20
    A cada iteração, o i assume um desses valores
  • 21. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos de repetição
    Variação do comando for:
    #!/bin/bash
    for i in {1 .. 10}
    do
    echo $i
    done
    21
  • 22. Estrutura básica dos scripts Bashshell – Comandos de repetição
    Outra variação do comando for:
    #!/bin/bash
    LIMITE=10
    for (( a=1; a<=LIMITE; a++))
    do
    echo –n “$a ”
    done
    22
  • 23. Exemplos de scripts mais elaborados
    Exemplo:
    Script para listar apenas os diretórios.
    #!/bin/bashecho "Script para listar apenas os diretorios"CONT=0for ARQ in *; do if [ -d $ARQ -a $ARQ != "." -a $ARQ != ".." ]; then   echo -e " $ARQ"   let CONT=$CONT+1; fidoneif [ $CONT -eq 0 ]; then echo "Nao foram encontrados diretorios" exit 1else echo "Foram listados $CONT diretorios" exit 0fi
    23