Pelos obsidiados

9,165 views
9,920 views

Published on

Published in: Spiritual
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
9,165
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7,562
Actions
Shares
0
Downloads
103
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pelos obsidiados

  1. 1. Allan Kardec » O Evangelho segundo oEspiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  2. 2. BIBLIOGRAFIA Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados Allan Kardec » O Livro dos Espíritos » Capítulo IX - Da intervenção dos espíritos no mundo corporal » q.475 e 479.
  3. 3. A obsessão é a ação persistente queum Espírito mau exerce sobre umindivíduo. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  4. 4. Apresenta caracteres muito diversos,desde a simples influência moral, semperceptíveis sinais exteriores, até aperturbação completa do organismo edas faculdades mentais. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  5. 5. Os Espíritos maus pululam em tornoda Terra, em virtude da inferioridademoral de seus habitantes. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  6. 6. A obsessão, como as enfermidades etodas as tribulações da vida, deve serconsiderada prova ou expiação ecomo tal aceita. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  7. 7. Do mesmo modo que as doençasresultam das imperfeições físicas,que tornam o corpo acessível àsinfluências perniciosas exteriores, aobsessão é sempre o resultado deuma imperfeição moral, que dáacesso a um Espírito mau. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  8. 8. Para preservá-lo das enfermidades,fortifica-se o corpo; para isentá-lo daobsessão, é preciso fortificar a alma,pelo que necessário se torna que oobsidiado trabalhe pela sua própriamelhoria, o que as mais das vezesbasta para o livrar do obsessor, semrecorrer a terceiros. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  9. 9. O auxílio destes se faznecessário, quando a obsessãodegenera em subjugação, porque aípor vezes o paciente perde a vontadee o livre-arbítrio. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  10. 10. Quase sempre, a obsessão exprime avingança que um Espírito tira e quena maioria dos casos se radica nasrelações que o obsidiado mantevecom ele em precedente existência. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  11. 11. Nos casos de obsessão grave, oobsidiado se acha como queenvolvido e impregnado de um fluidopernicioso, que neutraliza a ação dosfluidos salutares e os repele. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  12. 12. É desse fluido que importadesembaraçá-lo. Ora, um fluidomau não pode ser eliminado poroutro fluido mau. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  13. 13. Cumpre se elimine o fluido mau como auxílio de um fluido melhor, queproduz, de certo modo, o efeito deum reativo. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  14. 14. Necessário, sobretudo, é que se atuesobre o ser inteligente, ao qualimporta se possa falar comautoridade, que só existe onde hásuperioridade moral. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  15. 15. A tarefa se apresenta mais fácilquando o obsidiado, compreendendoa sua situação, presta o concurso dasua vontade e da sua prece. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  16. 16. 475. Pode alguém por si mesmoafastar os maus Espíritos e libertar-se da dominação deles?“Sempre é possível, a quem quer queseja, subtrair-se a um jugo, desde quecom vontade firme o queira.” Allan Kardec O Livro dos Espíritos »» Capítulo IX - Da intervenção dos espíritos no mundo corporal » q.475.
  17. 17. O mesmo não sedá, quando, seduzido pelo Espíritoembusteiro, ele se ilude no tocanteàs qualidades daquele que odomina e se compraz no erro emque este último o lança, vistoque, então, longe de secundar, repeletoda assistência. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  18. 18. É o caso da fascinação, infinitamentemais rebelde do que a mais violentasubjugação. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  19. 19. 478. Há pessoas animadas de boasintenções e que, nada obstante, nãodeixam de ser obsidiadas. Qual,então, o melhor meio de noslivrarmos dos Espíritos obsessores?“Cansar-lhes a paciência, nenhumvalor lhes dar às sugestões, mostrar-lhes que perdem o tempo. Em vendoque nada conseguem, afastam-se.” Allan Kardec O Livro dos Espíritos »» Capítulo IX - Da intervenção dos espíritos no mundo corporal » q.475.
  20. 20. Em todos os casos de obsessão, aprece é o mais poderoso auxiliar dequem haja de atuar sobre o Espíritoobsessor. Allan Kardec » O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXVIII » Pelos obsidiados
  21. 21. 479. A prece é meio eficaz para acura da obsessão?A prece é em tudo um poderosoauxílio. Mas não basta que alguémmurmure algumas palavras para queobtenha o que deseja. Allan Kardec O Livro dos Espíritos »» Capítulo IX - Da intervenção dos espíritos no mundo corporal » q.475.
  22. 22. Deus assiste os que obram, não osque se limitam a pedir.É, pois, indispensável que oobsidiado faça, por sua parte, oque se torne necessário para destruirem si mesmo a causa da atração dosmaus Espíritos. Allan Kardec O Livro dos Espíritos »» Capítulo IX - Da intervenção dos espíritos no mundo corporal » q.475.

×