Gestão Empresarial com ERP

923 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
923
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão Empresarial com ERP

  1. 1. Gestão Integrada de Processos com foco em E.R.P. (Enterprise Resource Planning) GEORGE MATIAS DE OLIVEIRA
  2. 2. George Matias de Oliveira Possuo mais de 15 anos de atuação em Projetos de Tecnologia da Informação nos negócios de Software e Consultoria Empresarial. Ocupei cargos nas áreas de desenvolvimento, serviços e comercial em diversas empresas de software do País como Datasul, Benner Sistemas, Microsiga, R.M. Sistemas e TOTVS. 2009 - 2011 Fui coordenador do núcleo de Jovens Empreendedores de Blumenau - ACIB Jovem (Associação Empresarial de Blumenau). Presido o Conselho Fiscal do P.M.I. (Project Management Institute) Santa Catari- na. Diretor de Tecnologia do CEJESC – Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de Santa Catarina. Diretor de Operações da G.M.O. (Empresa de Consultoria na área de Gestão e Tec- nologia de Blumenau).
  3. 3. Tópicos - Evolução Histórica - Gestão por Processos - Do MRP II ao E.R.P. Fluxo Sistêmico - Da prática ao desempenho - Benefícios esperados de um E.R.P. - Projeto de Implantação - Processos Financeiros de um E.R.P. - Agenda do C.I.O./C.E.O.
  4. 4. MRPII/ERP ´60 ´70 ´90 ´80 Evoluçãodoscomputadores Bill of materials automatizada BOM MRP - Material Requirements Planning BOM MRP MRPII - Manufacturing Resource Planning BOM MRP MRPII ERP - Enterprise Resource Planning BOM MRP MRPII ERP Evolução Histórica
  5. 5. Evolução Histórica
  6. 6. Gestão por Processos
  7. 7. PUR SFC Integração com MKTG, FIN, P&D SOP Previsão Agregada Previsão Detalhada RCCP MPS Políticas de Estoques Parametrização MRPCRP registros de estoques itens e estruturas roteiros; tempos; centros Espinha dorsal do sistema MRP II Do MRP II ao E.R.P. Fluxo Sistêmico
  8. 8. ERP Vendas/ previsão Folha de pagamento Manutenção Recursos Humanos Recebimento fiscal Custos DRP Gestão de transportes MRP MPS SOP RCCP SFCPUR CRP MRP II Contabilidade geral Contas a pagar Contas a receber Gestão financeira Gestão de ativos Faturamento Workflow Do MRP II ao E.R.P. Fluxo Sistêmico
  9. 9. Do MRP II ao E.R.P. Fluxo Sistêmico EDI EDI
  10. 10. Da “prática” ao desempenho “Best practice” Desempenho Adequação Implantação Uso/manutenção
  11. 11. Benefícios Esperados Sistemas E.R.P.  Redução de Custos e Despesas  Integração das Operações da Empresa  Maior Flexibilidade para Competir  Controle dos Processos Através da Informação
  12. 12. Redução de Custos e Despesas  Redução de Inventário excedente  Redução do tempo na carteira de contas a receber  Eliminar retrabalho e atividades improdutivas  Automação de procedimentos manuais  Capacitação de pessoal  Redistribuição de cargos de trabalho e redução de pessoal
  13. 13. Integração das Operações da Empresa  Compras centralizadas  Melhoria das possibilidades de negociação com fornecedores  Otimizar a gestão de investimentos e financiamentos  Subsídio para planejamento racional e preciso  Monitoramento constante da operação  Redução dos ciclos de pedido / cobrança  Comissões de acordo com o recebimento efetivo  Otimização dos processos em geral
  14. 14. Maior Flexibilidade para Competir  Demonstrativo de resultado  Custos indiretos  Rentabilidade sobre o patrimônio  Margem por metro cúbico (evolutivo e comparativo)  Produtividade em vendas (vendas/custos diretos de vendas)  Giro de inventários / dias em carteira / recuperação  Prazos de pagamentos por cliente / tempo médio / ciclo de pedidos / estoques
  15. 15. Otimização de Processos  Identificar o processo básico do Negócio  Eliminar atividades que não agregam valor à função  Redução de revisões e aprovações  Automatizar atividades manuais  Simplificar as operações  Capacitar o pessoal  Evitar redundâncias e duplicidades  Reduzir reportes e informes por consulta  Aproveitar ao máximo a flexibilidade do sistema integrado para gerar a nformação
  16. 16. Projeto de Implantação
  17. 17. Projeto de Implantação Reunião de Preparação Reunião de Abertura Levantamento de Processos Iniciação Planejamento Execução Encerramento Reunião de Encerramento Gerenciamento do Projeto Modelagem do novo Processo Implantação do novo Processo Validação de Processos Documentação de Processos Validação Com o cliente Acompanhamento de Produção Termo de Encerramento CONTROLE–REUNIÕESDEAVALIAÇÃO Reunião de Passagem CONTROLE–REUNIÕESDEAVALIAÇÃO
  18. 18. G.M.O. E.R.P. Finanças
  19. 19. Administrativo Financeiro
  20. 20. • Controle de despesas e receitas • Controle de Baixas de títulos e provisões • Fluxo de caixa, com possibilidade de consultas gráficas • Impressão de cheques com opção de baixa de títulos • Controle de movimentação bancária com importação de extratos • Controle mensal de orçamentos por natureza de valores orçados X valores reais Administrativo Financeiro
  21. 21. Fluxo Operacional
  22. 22. Manutenção de Despesas
  23. 23. Manutenção de Receitas
  24. 24. Tesouraria
  25. 25. Gerenciais Fluxo de Caixa
  26. 26. Integração Excel
  27. 27. Gerador de Consultas
  28. 28. - Computação em Nuvem - Gestão por Processos / Indicadores - Analise e Inteligência de Negócios - SPED - Gestão Empresarial - Redes Sociais Corporativas - Mobilidade Agenda do C.I.O./C.E.O.
  29. 29. Muito Obrigado! George Matias de Oliveira G.M.O. Sistemas george@gmoinformatica.com.br

×