Utilização de imagens de satélites em diferentes aplicações - Casos Reais

3,533 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,533
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
19
Actions
Shares
0
Downloads
55
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Utilização de imagens de satélites em diferentes aplicações - Casos Reais

  1. 1. A GlobalGeo atua na comercialização de imagens desatélite, software e prestação de serviços baseados emgeotecnologias em vários segmentos do mercado,proporcionando ao cliente alta qualidade na execuçãodos seus projetos e excelência nos resultados.
  2. 2. Nova Lima/MGComercial e Desenvolvimento de NegóciosTécnicoAdministrativoMarketingRio de Janeiro/RJ São Paulo/SP (a partir de agosto)Diretoria Comercial Desenvolvimento de NegóciosDesenvolvimento de Negócios
  3. 3. Distribuidora ExclusivaDistribuidora Autorizada
  4. 4. :
  5. 5. Estudos de infraestruturas (linhas de transmissão, dutos, redes, rodovias e ferrovias)Atualização de mapasPlanejamento territorialEstudos que necessitem de dados altimétricos (drenagem, rodovias, ferrovias, encostas,etc).Cena com cobertura para grandes áreasMapeamento na escala de até 1:10.000Amplo acervo técnicoPronta entregaEstudos ambientaisEstudos de áreas agrícolas
  6. 6. TheosSPOTRapid EyeDigital Globe oQuickBird oWorldView-1 oWorldView-2GeoEye oIkonos oGeoEye-1
  7. 7. Especificações técnicas:Sensores 1 MS e 1 PAN Capacidade de aquisição de cenas MSBandas PAN – Resolução 2m e PAN na mesma passagem Sensor MS – R, G, B e IR – Resolução 15m Capacidade de aquisição de pares estéreo do sensor PANRevisita do satélite 2 a 4 diasEscala Visual PAN – 1:8.000 MS – 1:50.000Área nominal da cena PAN – 22km x 22km MS – 90km x 90kmErro circular médio PAN – 20m MS – 150mComercialmente ativo desde Outubro de 2008Produtos comercializados Cena PAN (22km x 22km) Cena MS (90km x 90km) Cena Pansharpened (22km x 22km) Bundle – Cena PAN + Cena MS
  8. 8. Imagem THEOS Pindorama/SP
  9. 9. Especificações técnicas:Sensores 4 MS e 2 PANBandas PAN – Resolução 2,5m Sensor MS – R, G, NIR e SWIIR – Resolução 10mRevisita do satélite 2 a 3 diasEscala Visual PAN – 1:9.000 MS – 1:35.000Área nominal da cena PAN – 60km x 60km MS – 60km x 60kmErro circular médio PAN – 30m MS – 350mComercialmente ativo desde Maio de 2002Produtos comercializados Cena Pansharpened fragmentadas em uma cena, ½ de cena, ¼ de cena e 1/8 de cena
  10. 10. Imagem SPOT – 10m Pindorama/SP
  11. 11. Especificações técnicas:Sensores 1 MS por satéliteSatélites 5Bandas Sensor MS – R, G, B, Red Edge e IR – Resolução 5mRevisita do satélite 1 diaEscala Visual 1:16000Área nominal da cena MS – 77km x 77kmErro circular médio MS – 12,7mComercialmente ativo desde Julho de 2008Produtos comercializados Imagens por km²
  12. 12. Imagem RapidEye Escala: 1:xxxxx.000 Pindorama/SP
  13. 13. Mapeamentos temáticos (Ex: Uso do solo/Vegetação)Mapeamentos urbanos e rurais que exijam alta precisãoAtualização de mapasApoio na demarcação de propriedades ruraisApoio à laudos periciais para questões ambientaisGerenciamento ambiental e territorialPlanejamento de infraestruturas e projetos de engenhariaProjetos que necessitem de dados altimétricos (cadastro, redes, planejamento, telecomunicações, drenagem,saneamento, transportes, etc.)Estudo de APPsEstudos detalhados de áreas de drenagemEstudos oceanográficos (recifes e corais)Estudos de BiomassasMapeamento na escala em até 1:2000
  14. 14. QuickbirdWorldView-1WorldView-2
  15. 15. Especificações técnicas:Resolução 60cmBandas Red, Blue, Green e Infra-RedRevisita do satélite 3 a 4 diasEscala visual 1:2.000Faixa 16.4 KmErro circular médio 25 metros (CE90)Comercialmente ativo desde Outubro de 2001
  16. 16. Imagem Quickbird Escala: 1:5.000 Paracatu/MG
  17. 17. Imagem Quickbird Escala: 1:2.000 Paracatu/MG
  18. 18. Especificações técnicas:Resolução 50cmBandas PancromáticaRevisita do satélite 2 diasEscala visual 1:2.000Faixa 16.4 KmErro circular médio 5 metros (CE90)Aquisição de imagens Par estéreo, geração de MDS (Modelo Digital de Superfície) e curvas de nível de 2 em 2 metrosComercialmente ativo desde Setembro de 2007
  19. 19. Imagem WorldView-1 Escala: 1:5.000 Santa Maria de Itabira/MG
  20. 20. Imagem WorldView-1 Escala: 1:2.000 Santa Maria de Itabira/MG
  21. 21. Especificações técnicas:Resolução 50cmBandas Red, Blue, Green, InfraRed1, InfraRed2, RedEdge, Yellow e Coastal BlueRevisita do satélite 2 diasEscala visual 1:2.000Faixa 16.4 KmErro circular médio 5 metros (CE90)Aquisição de imagens Par estéreo, geração de MDS (Modelo Digital de Superfície) e curvas de nível de 2 em 2 metrosComercialmente ativo desde Janeiro de 2010
  22. 22. Imagem WorldView-2 Escala: 1:5.000 Catalão/GO
  23. 23. Imagem WorldView-2 Escala: 1:2.000 Catalão/GO
  24. 24. Imagem WorldView-2 8 bandas Catalão/GO
  25. 25. IkonosGeoEye-1
  26. 26. Especificações técnicas:Resolução 100cmBandas Red, Blue, Green e Infra-RedRevisita do satélite 3 a 4 diasEscala visual 1:4.000Faixa 11.3 KmErro circular médio 25 metros (CE90)Comercialmente ativo desde Setembro de 1999
  27. 27. Imagem Ikonos Escala: 1:4.000
  28. 28. Especificações técnicas:Resolução 50cmBandas Red, Blue, Green e Infra-RedRevisita do satélite 3 diasEscala visual 1:2.000Faixa 15,2 KmErro circular médio 5 metros (CE90)Comercialmente ativo desde Setembro de 2008
  29. 29. Imagem GeoEye-1 Escala: 1:5.000
  30. 30. Imagem Quickbird Escala: 1:2.000
  31. 31. •WorldView-3 •30cm de resolução – 8 bandas•GeoEye-2 •34cm de resoluçaõ•Pleiades •4 satélites de 50cm
  32. 32. Recursos Hídricos e Meio Ambiente Saneamento Mineração Agricultura Energia Silvicultura Transportes Óleo e GásPlanejamento Territorial Defesa Imobiliário
  33. 33. Mapeamento de recursos mineraisApoio no planejamento de minas e plantas industriaisLevantamentos topográficos e batimétricosDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gestão ambiental de minas egerenciamento de unidades mineradorasIdentificação de subsidências ou soerguimentos tectônicos
  34. 34. Extração de modelo digital de superfície - mina e unidade debeneficiamento no Estado do Rio de Janeiro Modelo Gerado para tomada de decisão acerca da expansão da mina.
  35. 35. Modelo Digital de Superfície Escala: 1:5.000
  36. 36. Modelo Digital de Superfície Escala: 1:5.000
  37. 37. Modelo Digital de Superfície Escala: 1:5.000
  38. 38. Estudo de traçados de linha de transmissãoMonitoramento de enchimento de reservatóriosCálculos de áreas de superfícies e volumes de reservatóriosLevantamentos topográficos e batimétricosMapeamento de áreas para implantação de UHEs, PCHs e centrais eólicas.Mapeamento de faixas de servidãoPlanejamento para expansão das redes de transmissão e distribuiçãoDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gestão ambiental e gerenciamento de construções de linhas de transmissão,UHEs, PCHs e centrais eólicasDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gestão fundiáriaCadastro fundiário para valoração e realocaçãoIdentificação de áreas de ocupação irregularOs trabalhos de Topografia, Cartografia, Georreferenciamento e Geoprocessamento da GlobalGeo concernentes a Energia Elétrica seguem as normas da ANEEL.
  39. 39. Extração do modelo digital de superfície - parque eólico a serconstruído na Bahia Como resultados do mapeamento foram gerados produtos indicativos de modelagem da superfície, com aplicações em interpretações de morfologia do terreno e identificação de possíveis potenciais pistas de vento destinadas à instalação de torres eólicas e também ao aproveitamento de energia desse tipo.
  40. 40. Modelo de superfície em escala de cores indicativas das variações altimétricas.
  41. 41. Modelo em outra Perspectiva
  42. 42. Extração do modelo digital de superfície, mapeamento,levantamento topobatimétrico, implantação de marcos – UHEem Juiz de Fora/MG  Utilizado para estudos de ruptura de barragem, como decreto criado pela ANEEL para UHEs e PCHs..
  43. 43. Modelo de superfície em escala de cores indicativas das variações altimétricas.
  44. 44. Estudos de traçados de dutosEstudos de bacias hidrográficasEstudos de áreas de estações de tratamento de esgoto e de distribuição, coleta etratamento de água.Mapeamentos de faixas de servidãoPlanejamento da expansão de redes de captação e distribuição de água e redes detratamento de esgotoDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gerenciamento de gestão ambiental debacias hidrográficas e redes de distribuição de água e saneamentoCadastro fundiário para valoração e realocaçãoIdentificação de áreas de ocupação irregular
  45. 45.  Imageamento da área da Barragem do Ribeirão João Leite -Goianópolis/GO Atualização da base cartográfica da empresa de saneamento.
  46. 46. Imagem para atualização de base cartográfica Imagem PANImagem MS
  47. 47. Imagem para atualização de base cartográficaFusão MS / PAN
  48. 48. Estudos de áreas de risco ambientalApoio a planos diretores para Elaboração de planos diretoresApoio para regularização fundiáriaApoio no planejamento de parques, áreas de lazer, aterros e obrasMapeamentos de áreas urbanas e ruraisPlanejamento da expansão de áreas urbanasDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gerenciamento territorialIdentificação de áreas de ocupação irregularCadastro fundiário para valoração e realocaçãoElaboração de mapas turísticos
  49. 49.  Análise multitemporal da área de influência do COMPERJ -vários municípios do Estado do Rio de Janeiro Aferição de mudanças no território no ponto de vista urbanístico e populacional em relação à moradia e ao incremento urbano. Mapeamento dos assentamentos informais urbanos no âmbito do empreendimento.
  50. 50. Análise multitemporalCOMPERJ - 2009
  51. 51. Análise multitemporalCOMPERJ - 2010
  52. 52. Análise multitemporalCOMPERJ - 2011
  53. 53. Estudos de traçados de rodovias e ferroviasApoio a estudos de áreas de portos, aeroportos, terminais rodoviários eferroviáriosLevantamentos topográficos e batimétricosMapeamentos de faixas de domínioDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gerenciamento de construção e gestãoambiental de rodovias, ferrovias e hidroviasCadastro fundiário para valoração e realocaçãoIdentificação de áreas de ocupação irregular
  54. 54.  Mapeamento e edição cartográfica da duplicação da Estradade Ferro Carajás - trecho Parauapebas/PA - São Luís/MA  Visualização precisa para tomada de decisões em relação a área diretamente afetada.
  55. 55. Carta imagem - Ferrovia
  56. 56.  Estudo do Projeto de Delimitação do Plano de Alinhamentode Orla e Faixa Marginal de Proteção do Sistema Lagunar deMaricá-Guarapina em Maricá/RJ  Atualização da Faixa Marginal de Proteção- MP e o Plano de Alinhamento da Orla no intuito de identificar as construções legais e ilegais.
  57. 57. Vista geral da lagoa
  58. 58. Vista focal da lagoa
  59. 59. Estudo de impacto ambientalEstudo e monitoramento da vegetação e faunaAnálises multitemporaisApoio ao licenciamento ambientalCálculos de índices de vegetaçãoCálculos de áreas desmatadas e reflorestadasLevantamentos topográficos e batimétricosLevantamentos de dados de geologia, hidrologia, clima, fauna, flora e geomorfologiaMapeamento de recursos naturaisPlanejamento de áreas para reflorestamentoPlanos de manejo de unidades de conservaçãoDesenvolvimento de SIG/SIG WEB para gestão de unidades de conservaçãoIdentificação de áreas de ocupação irregularElaboração de mapas turísticos
  60. 60. SIG-WEB de parte da Zona Oeste/RJ – Projeto FAPERJ  Mapeamento para subsidiar pesquisas aplicadas ao desenvolvimento local, análise espacial integrada aos dados socio- econômicos da Zona Oeste do Rio de Janeiro.
  61. 61. SIG-WEB - Análise Ambiental Integrada da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro/RJ Uso e ocupação do Solo – Zona Oeste do Rio de Janeiro
  62. 62. SIG-WEB - Análise Ambiental Integrada da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro/RJ Uso e ocupação do Solo – Zona Oeste do Rio de Janeiro
  63. 63. A GlobalGeo está aberta para termos de cooperação, através de parceriasestratégias para apoio a projetos de caráter ambiental e científico.•Desenvolvimento de projetos em parceria com instituições públicas, autarquias,Universidades e seus departamentos•Fomento e auxílio na captação de recursos para projetos institucionais•Intercâmbio aluno / empresa
  64. 64. Link para amostras: Obrigado!ftp://globalgeo.sytes.net/Login: amostras Andre Luck de AraujoSenha: amostras Desenvolvedor de Negócios Geógrafo Tel: (21) 21037623 (21) 85599558 E-mail: andre@globalgeo.com.br www.globalgeo.com.br

×