História da Igreja - Concílios de Nicéia e Constantinopla
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

História da Igreja - Concílios de Nicéia e Constantinopla

on

  • 11,270 views

Slides apresentados em 19/05/2010

Slides apresentados em 19/05/2010

Statistics

Views

Total Views
11,270
Views on SlideShare
11,239
Embed Views
31

Actions

Likes
3
Downloads
334
Comments
2

2 Embeds 31

http://www.slideshare.net 19
http://mj89sp3sau2k7lj1eg3k40hkeppguj6j-a-sites-opensocial.googleusercontent.com 12

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

História da Igreja - Concílios de Nicéia e Constantinopla Presentation Transcript

  • 1. Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja
    Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História
  • 2. Igreja Primitiva
    Os Concílios de Nicéia e Constantinopla
  • 3. Heresias
    Arianismo e o Concílio de Nicéia
    Concílio de Constantinopla
    Conteúdo
  • 4. TheCatholicEncyclopedia – Enciclopédia Católica
    http://www.newadvent.org/
    Breve História das Heresias, 1962
    Monsenhor Cristiani
    História da Igreja de Cristo – Volume I
    Daniel-Rops
    Bibliografia
  • 5. Etimologicamente: airesis = escolha
    O heregeaceita “escolhe” somente parte daRevelação
    Século I
    Judaizantes
    Século II
    Gnosticismo: Ofitas, Marcionismo, Nicolaítas...
    Montanismo: rigoristas, criam ser os profetas do Espírito Santo
    Docetismo: negam a realidade humana de Cristo
    Século III
    Adocionismo: Jesus foi adotado
    Modalismo: Monarquismo, sabelianismo...
    Subordinacionismo: Cristo abaixo do Pai
    Heresias
  • 6. Remédio: Sagrada Tradição e Sagrada Escritura
    Concílios Locais
    Escritos Patrísticos
    São Clemente Romano, Papa
    Santo Inácio de Antioquia
    São Justino
    Didaquê
    Santo Irineu de Lião
    Santo Hipólito de Roma
    São Cipriano de Cartago
    Contra as Heresias
  • 7. Constantino favorece a Igreja
    Construção de Basílicas
    Isenção de taxas para sacerdotes
    Intervenção em questões religiosas
    Motivo: garantir unidade e paz
    Século IV
  • 8. Cristãos em 313
  • 9. Donatismo
    Movimento forte na Igreja da África (311 a 413)
    Rigoristas
    Sacramentos administrados pelos traidores eram inválidos
    Maniqueísmo
    Criada em 242 por Mani
    Pregava uma doutrina dualista
    Não é uma heresia cristã
    Arianismo
    Heresias Século IV
  • 10. Heresia Ariana
  • 11. Constantino único imperador em 324
    Deparou-se com a crise Ariana em Nicomédia
    Enviou cartas para Santo Alexandre e Ário
    Ósio de Córdova foi o portador da carta
    Constantino convoca um Concílio Ecumênico
    Sugerido por Ósio e outros prelados
    Escolheu-se Nicéia para reunião em 325
    Atuação de Constantino
    “Eu creio que a causa é trivial... Basicamente vocês pensam de forma semelhante... Permaneçam unidos!... A questão entre vocês não é sobre um ponto essencial da fé.”Trechos da carta enviada a Ário e Santo Alexandre
  • 12. Quem compareceu?
    Cerca de 300 bispos
    Mais bispos orientais do que ocidentais
    Cerca de uma quinzena de bispos arianos
    Papa São Silvestre representado por legados
    Duração: cerca de 1 mês
    Resultado
    Credo Niceno
    Precisou e fixou as definições da Tradição
    Foi assinado por quase todos os bispos
    Ário e dois bispos egípcios foram exilados
    Eusébio de Nicomédia foi exilado três meses depois
    Concílio de Nicéia
  • 13. Concílio de Nicéia
  • 14. Arianos tecem intrigas
    Retiram suas assinaturas
    Eusébio de Nicomédia retorna em 327
    Ário retorna em 329
    Arianos em campanha contra Bispos da Tradição
    Santo Atanásio assume Alexandria em 328
    É exilado em 335
    Morte de Ário em 336
    Morte de Constantino em 337
    Atanásio retorna (foi exilado mais 4 vezes)
    Pós-Concílio
  • 15. Imperadores após Constantino
  • 16. Imperador em 379
    Batizado em 380
    Após profunda doença
    Promulga o Edito de Tessalônica, em 380
    Concílio de Constantinopla, 381
    Morre em 395
    Cisão definitiva do Império
    Política Pró-católica
    Fechamento de templos pagãos
    Isenção de impostos para a Igreja
    Teodósio
  • 17. Edito dos Imperadores: Teodósio, Graciano e Valentiniano I
    Declara o cristianismo religião oficial do Império
    Edito de Tessalônica
    “Desejamos que todos [...] professem a religião que o divino apóstolo Pedro deu aos romanos e que é a que hoje professam o pontífice Dâmaso e o bispo de Alexandria, Pedro [...]. Segundo a disciplina apostólica e a doutrina evangélica, esta fé diz que devemos crer na divindade única do Pai, do Filho e do Espírito Santo, iguais em majestade sob a Santíssima Trindade. [...]”
    Trechos do chamado Edito de Tessalônica
  • 18. Por volta de 360
    Alguns arianos declaram-se contra a divindade do Espírito Santo
    Chefe: Macedônio, Bispo de Constantinopla
    Concílio de Constantinopla, 381
    Resolveu a questão Macedônia e Ariana
    Macedônios
  • 19. Quem compareceu?
    186 Bispos
    Todos orientais
    Bispos arianos e macedônios eram 36
    Papa São Dâmaso representado por legados
    Duração: cerca de 3 meses
    Resultado
    Credo Niceno-Constantinopolitano
    Única parte que restou das atas do Concílio
    Arianos, semi-arianos e macedônios foram excomungados
    Concílio de Constantinopla
  • 20. Em 390, Santo AmbrósioexcomungaTeodósio
    Massacre de 7 mil pessoasemTessalônica
    Teodósiopassoumesesempenintênciapública
    Teodósio Impedido
  • 21. Século IV foi difícil para a Igreja...
    Heresias
    Imperadores intrometidos
    ...Mas também foi glorioso
    Definições dos dogmas
    Século prolífico em santos
    Início do monaquismo
    Próximo Encontro: A queda do Império Romano
    Conclusão
  • 22. Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja
    Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História