Mídias Sociaiso papel do jornalista
Mídias Sociais ou RedesSociais?• No mercado, não há preocupação com anomenclatura. Quando se fala de redes sociais oumídia...
O papel das redes sociaisMuito se especula sobre o papel das redes sociais   nas empresas e na comunicação:• Devem ser enc...
De fato, sabemos que• As pessoas estão nas redes sociais para se    informar, se divertir, conversar, namorar,    consegui...
Redes sociais• Se considerarmos as redes sociais como um   novo veículo de comunicação, temos que   analisar como esse veí...
O que faz uma informação sermais relevante que outra nasredes?Depende das características da rede e de sua  maturidade. No...
O ideal é:•   Conhecer as diferentes ferramentas/redes que    existem. Estudar as especificidades de cada    uma. Ter curi...
O ideal é:•    Texto claro, direto, objetivo, informativo, curto,    sem erros de português, que respeite as regras    bás...
Aonde o jornalista vai trabalharcom redes sociais• Veículos de comunicação• Agências digitais• Assessorias de imprensa• Co...
Veículos de comunicaçãoAté pouco tempo, as redes sociais eram usadas   como “depósitos de links”. O objetivo era gerar   t...
Agências digitais e assessoriaAqui, depende bastante do mercado. Nos grandes   centros, as agências e assessorias já   con...
Comunicação institucionalRede social é assunto muito sério para a maioria  das empresas. Estar bem posicionado na  interne...
ROI/ KPI e métricasIndependente de onde o jornalista vai atuar com as   redes sociais, há três coisas que sempre serão   c...
ROI/ KPI e métricas2. KPIkey performance indicator – são indicadores de    desempenho. Exemplos de um KPI para o    jornal...
Dicas de leiturahttp://www.slideshare.net/tarushijio/para-   entender-monitoramento-de-midias-sociaishttp://issuu.com/pape...
Dicas de leituraUm passarinho me contou – Rosana HermannGeração Digital – André TellesA Revolução das Mídias Sociais – And...
Gisiela Klein       gisiela@gmail.com           facebook/gisiela                  @gisielawww.diario.com.br/qgdigital    F...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Mídias sociais

878
-1

Published on

Como os jornalistas podem atuar nas redes sociais

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
878
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mídias sociais

  1. 1. Mídias Sociaiso papel do jornalista
  2. 2. Mídias Sociais ou RedesSociais?• No mercado, não há preocupação com anomenclatura. Quando se fala de redes sociais oumídias sociais, a maioria das empresas eprofissionais está se referindo ao Facebook,Twitter, Youtube, Slideshare...• Na academia e na literatura, começam asprimeiras padronizações:Redes sociais: uma rede social é um grupo depessoas que tem algum nível de relação ouinteresse mútuo (Facebook, Orkut, MySpace);Mídias Sociais: compartilhamento de conteúdousando ferramentas online (blogs, Twitter, Youtube,Slideshare...)• Aqui, vamos tratar redes e mídias sociais comosinônimos. Estamos falando de blogs, Twitter,Facebook, Instagram, Youtube, Slideshare,Pinterest, Linkedin, Flicker, Google + ….. equalquer outra ferramenta na qual os usuáriospossam trocar informações.
  3. 3. O papel das redes sociaisMuito se especula sobre o papel das redes sociais nas empresas e na comunicação:• Devem ser encaradas pelas empresas como um novo veículo de comunicação?• Devem ser encaradas como uma oportunidade de negócio direto com o cliente?• São “coisa de adolescente”?• Como atuar nas redes?
  4. 4. De fato, sabemos que• As pessoas estão nas redes sociais para se informar, se divertir, conversar, namorar, conseguir trabalho, reclamar do trabalho....• Apesar de muita bobagem ser publicada, o conteúdo relevante é o que permanece e acaba ganhando credibilidade.• Conteúdo relevante é especialidade dos jornalistas (ou deveria ser);
  5. 5. Redes sociais• Se considerarmos as redes sociais como um novo veículo de comunicação, temos que analisar como esse veículo funciona.• O que muda radicalmente em relação aos veículos tradicionais é o relacionamento com o leitor. Nas mídias sociais, todos são produtores e consumidores de informação e o mais importante é a informação circular na rede. A informação será mais ou menos relevante de acordo com o engajamento do público. De acordo com seu poder de “viralização”.
  6. 6. O que faz uma informação sermais relevante que outra nasredes?Depende das características da rede e de sua maturidade. No início, o Twitter era um tipo de diário de adolescente. Hoje, é usado, principalmente, como divulgação de conteúdo e fonte de informação. O Facebook é explorado, hoje, para relacionamento entre amigos, sendo as imagens o destaque. Linkedin é uma rede profissional. O Pinterest é uma rede que explora basicamente imagens e muito usada pelos segmentos de moda, decoração e gastronomia.
  7. 7. O ideal é:• Conhecer as diferentes ferramentas/redes que existem. Estudar as especificidades de cada uma. Ter curiosidade sobre todas as novidades que aparecem. Testar tudo que aparece;• Conhecer o perfil das publicações mais populares em cada rede (que assuntos são mais compartilhados, comentados, curtidos, retuitados? Qual o horário de mais “audiência” em cada rede?, quem são os principais atores de cada rede?. Aqui entram as ferramentas de monitoramento)• Ter claro a quem interessa a sua informação e em que rede estão seus leitores. Ex: se está fazendo uma reportagem sobre pontos turísticos de Santa Catarina, em que rede social esse assunto deve ser divulgado? Que texto será mais eficiente? Que imagem mais vai chamar a atenção? Qual o melhor dia e horário para publicar a chamada?
  8. 8. O ideal é:• Texto claro, direto, objetivo, informativo, curto, sem erros de português, que respeite as regras básicas de SEO. As dicas valem para textos de posts, tuítes, blogs, legendas de fotos, tags e descrições.• Conversar com o leitor. É pecado capital não responder a um leitor na rede social. Pode ser um: “obrigada por seu comentário”. Mas tem que ter uma resposta. O ideal é uma resposta inteligente, uma conversa informal, mas educada. Dependendo do conteúdo e da linha editorial que se adotou para determinada rede, é possível curtir os comentários dos leitores, compartilhá-los, permitir que os leitores postem conteúdo... O nível de interação vai depender das definições editoriais, mas ela deve existir.
  9. 9. Aonde o jornalista vai trabalharcom redes sociais• Veículos de comunicação• Agências digitais• Assessorias de imprensa• Comunicação institucional
  10. 10. Veículos de comunicaçãoAté pouco tempo, as redes sociais eram usadas como “depósitos de links”. O objetivo era gerar tráfego de audiência para os sites. Os editores ou repórteres abasteciam o Twitter e o Facebook com os linsk de suas matérias. Agora, os veículos começam a entender que as redes sociais exigem linha editorial, linguagem própria, dedicação de um jornalista, ferramentas de monitoramento e planejamento.Alguns veículos já contratam jornalistas para trabalhar especificamente com as redes. Muitos promoveram alguns jornalistas mais “conectados” para esta função. As políticas de redes sociais ainda variam bastante de um veículo para o outro e também dependem da infraestrutura de cada empresa.Nos veículos, os jornalistas são responsáveis pelo conteúdo, monitoramento e ações editoriais nas redes sociais. Geralmente, layout, planejamento e ações de marketing ficam com outras áreas.
  11. 11. Agências digitais e assessoriaAqui, depende bastante do mercado. Nos grandes centros, as agências e assessorias já contratam jornalistas para trabalhar com as redes sociais há algum tempo. Há jornalistas capacitados para atuar nas diferentes etapas da comunicação online e há aqueles que apenas produzem conteúdo.Nas maiores agências, as equipes são multidisciplinares com direito a equipe de atendimento, comercial, direção de arte, direção de conteúdo, analistas de redes sociais, equipe de planejamento e monitoramento.Em Santa Catarina, as agências e assessorias são menores e a comunicação digital está se estruturando ainda.
  12. 12. Comunicação institucionalRede social é assunto muito sério para a maioria das empresas. Estar bem posicionado na internet significa consolidar as marcas no mundo real. Se as pessoas estão nas redes, é lá que as marcas devem estar.Mas aqui as coisas também começaram com pouca infraestrutura e pouco profissionalismo. Era o tempo do “sobrinho que entende de internet”. Depois, dos “filhos que estudaram marketing”. Agora, os filhos estão na direção da empresa, a economia é global, o Brasil é um BRIC e a comunicação é vista como salva- vidas para algumas empresas.Os jornalistas estão na comunicação das empresas e, ali, trabalham com publicitários, marqueteiros, designers e RPs. O papel do jornalista neste universo depende muito de suas habilidades. Além de “saber escrever” é bom entender um pouco de marketing, economia, comunicação empresarial e tudo sobre comunicação digital.
  13. 13. ROI/ KPI e métricasIndependente de onde o jornalista vai atuar com as redes sociais, há três coisas que sempre serão cobradas da equipe digital:1. ROIO principal patamar de aferição diz respeito ao resultado financeiro, conhecido como ROI (retorno sobre investimento). É aquele número que a alta direção da empresa quer ver. Esteja preparado para responder essa pergunta feita pelo CEO: o plano de comunicação executado por você resultou em aumento vendas, redução de gastos ou retenção de clientes? Tenha um convicto sim como resposta para pelo menos uma dessas três perguntas.
  14. 14. ROI/ KPI e métricas2. KPIkey performance indicator – são indicadores de desempenho. Exemplos de um KPI para o jornalismo:a) horas de trabalho X número de posts relevantes publicados = produtividade do jornalista.b) Promoção cultural criada X número de curtidores que a Fanpage ganhou.3. Métricas operacionaisNum terceiro estágio estão as métricas variadas: audiência do site, seguidores no Twitter, pontuação no Klout, downloads no Slideshare, fãs no Facebook .....
  15. 15. Dicas de leiturahttp://www.slideshare.net/tarushijio/para- entender-monitoramento-de-midias-sociaishttp://issuu.com/papercliq/docs/ebookmidiasso ciaishttp://www.slideshare.net/papercliq/estrategias- de-conteudo-para-facebookhttp://www.slideshare.net/marthagabriel/twitter- conceitos-estratgias-e-ferramentas-por- martha-gabrielhttp://www.slideshare.net/lmilic/social-media- monitoring-tools-and-services-2012http://www.slideshare.net/tarushijio/para- entender-monitoramento-de-midias-sociaishttp://blogmidia8.com/biblioteca-virtual-htmlhttp://www.comscore.comhttp://www.cetic.br/
  16. 16. Dicas de leituraUm passarinho me contou – Rosana HermannGeração Digital – André TellesA Revolução das Mídias Sociais – André TellesRedes Sociais digitais – Lucia Santaella e Renata LemosMarketing 3.0 - Philip KotlerA Cauda Longa - Chris AndersonSEO para Jornalistas – Barbara Zamberlanhttp://seonojornalismo.com.br/
  17. 17. Gisiela Klein gisiela@gmail.com facebook/gisiela @gisielawww.diario.com.br/qgdigital Fone: (48) 8837-9692
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×