Your SlideShare is downloading. ×
0
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Semana do trânsito
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Semana do trânsito

289

Published on

Trabalho escolar PowerPoint sobre Semana do Trânsito/2013

Trabalho escolar PowerPoint sobre Semana do Trânsito/2013

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
289
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. E.M.E.F.PEDRO DE QUADRO BITTENCOURT SEMANA DO TRÂNSITO 2013 4º ANO B Profª Gisele Rodrigues dos Santos ENCENAÇÃO DE SITUAÇÃO NEGATIVA
  • 2. Como o trabalho foi elaborado • A partir dos comentários sobre o trânsito nas ruas e estradas do país, os alunos frisaram as atitudes negativas dos adultos em relação à vida. • A ocorrência mais comentada foi a embriaguez, portanto a proposta de encenação envolvia tal situação. • Os alunos escolheram os papéis a serem interpretados, observando o gestual e vocabulário característico. • Foram usados alguns adereços emprestados pela Sala de Recursos da Escola e tampas de potes serviram como “volantes”. • A atuação foi dirigida pela professora, mas o texto desenvolvido espontaneamente pelos alunos.
  • 3. ELENCO: FAMÍLIA SILVA: • • • • • PAI – MAICON ESPOSA – STÉFANI FILHA – MARIA ALICE SOGRA – BRUNA THAMIRES CUNHADO – GUSTAVO THYERRI GUARDA – CARLOS ENFERMEIRAS - ANA JÚLIA E ÊMILI CAMINHONEIRO - WESLEY SILVA TAXICISTA - WELINGTON REPÓRTER – VITÓRIA CÂMERA – WESLEI RUAN VÍTIMA - GABRIEL IVO TESTEMUNHA - ADRIANO FIGURANTES: GUILHERME, GABRIEL SANTOS, DJENIFER, Mª RITA, ANGIELE, VITOR M.
  • 4. FESTA EM FAMÍLIA A sogra, D. Rosa, diz: - Filha, seu marido está bebendo muito e depois vocês vão pegar a estrada. A esposa, Helena, pede ao marido que pare de beber. José então diz à esposa: - Cala a boca, mulher! Eu não estou bêbado!
  • 5. ALEGRIA E ADVERTÊNCIAS A festa continua e cunhado, Aderbal, incentiva o José dizendo: - Deixa essa velha coroca e vamos beber, hoje é dia de festa! Helena insiste, preocupada: - Marido, pare de beber. E José retruca: - Eu estou bem.
  • 6. MAIS JUÍZO E MENOS BEBIDA D. Rosa não gosta da situação e pede: - Filha, fiquem aqui e posem na minha casa, é perigoso dirigir embriagado! A filha, Ana, vendo o que acontecia pede ao pai: -Papai, pare de beber, a mamãe e a vovó estão certas. Mas José não escuta.
  • 7. FIM DE FESTA D. Rosa, mesmo contrariada, se despede: - Tchau, filha. José resmunga e entra no carro. A família segue para casa, apesar dos conselhos, José dirige após ter bebido muito.
  • 8. IMPACIÊNCIA + ÁLCOOL= IMPRUDÊNCIA No trânsito, dois condutores notam as atitudes erradas de José. O taxista Roberto diz: - Que sujeito chato, está bêbado? O caminhoneiro João também se incomoda com as atitudes de José. Ele vira para trás e grita: - Você não é o dono da rua, todos têm que esperar!
  • 9. O TRÂNSITO ALÉM DOS AUTOMÓVEIS O pedestre passam apressados, usam a faixa de segurança. Enquanto isso os motoristas aguardam, mas José impaciente, avança sem olhar para as pessoas.
  • 10. ACIDENTE À VISTA O guarda Carlos, atento ao trânsito, fala consigo mesmo: - Esse comportamento não é normal, esse cara só pode estar bêbado. O pior acontece e o pedestre Ivo é atropelado por José.
  • 11. SOCORRENDO UMA VÍTIMA Chegam as enfermeiras do Pronto Socorro Sol Nascente, Bárbara e Cláudia. As pessoas se aglomeram e um dos pedestres pede que se afastem para que a vítima possa ser socorrida.
  • 12. TODOS PRECISAM COLABORAR A vítima precisa de espaço para respirar. A testemunha se prontifica a auxiliar a equipe de socorro.
  • 13. A LEI CUMPRINDO SEU PAPEL NO TRÂNSITO O guarda Carlos prende José em flagrante. A imprensa local chega: a Rede PQB de TV dá cobertura ao acidente.
  • 14. DECLARAÇÕES A REPÓRTER TENTA UMA ABORDAGEM PACÍFICA, MAS JOSÉ NÃO REAGE BEM. Ao ser entrevistado José não consegue falar direito, fala coisas sem sentido, envergonhando a família e complicando sua situação com a polícia.
  • 15. COM A VOZ: O GUARDA DE TRÂNSITO Atenção para o pronunciamento. A falar para o canal 13, o guarda afirma: - Quando eu estava cuidando da travessia dos pedestres, percebi o carro avançando; pensei comigo: este está bêbado.
  • 16. TESTEMUNHAS OCULARES A testemunha se dispõe a dar entrevista. A versão dos familiares.
  • 17. O DRAMA DA FAMÍLIA Em entrevista, a esposa lamenta: Como aconteceu isso? A filha chorosa, diz: - O papai se acidentou!
  • 18. OS CONSELHOS NÃO FORAM OUVIDOS Em declaração à imprensa D. Rosa fala: _ Eu avisei, mas ele é teimoso! O cunhado, ainda sob efeito do álcool, diz: -Não sei como aconteceu, nós só bebemos duas latinhas!
  • 19. RECADO DO ELENCO Você acha que esse tipo de situação só acontece nos filmes ou no faz-de-conta? Não, também na vida real! • • • • O trânsito não é brincadeira, não é como brincar de carrinho; muitos acidentes são a consequência da mistura de álcool e direção. O trânsito não é feito só pelos carros, o pedestre tem que ter atenção, atravessar na faixa de segurança e cuidar o semáforo. O ano de 2013 ainda não terminou e já houve registro de aproximadamente 1.200 vítimas, muitas tiveram sequelas e sua vida nunca mais será a mesma. Se for dirigir, não beba!

×