0
Desenvolvimento Web 
com o uso de 
Metodologias Ágeis 
Gil Gomes Pereira
RoadMap 
• Contexto deste trabalho 
• Modelos de Tradicionais 
• Métodos Ágeis
Tempos Líquidos 
Bauman
Agricultura! 
Indústria! 
Conhecimento 
Toffler
5
• E-mails, Rede Sociais, e-commerces, 
etc. Estamos cada vez mais 
conectados (CARNEIRO; BARAZI, 
2011) 
• Softwares trans...
RISCO. 
Problema! 
básico: 
(BECK, 2004) 
7
RISCOS: 
• Falha de comunicação 
• Erros de Implementação 
• Baixa Qualidade 
(BECK, 2004)
Engenharia de Software 
Objetivo: 
Aumentar a 
qualidade. 
(FALBO, 2005) 
9
Modelos 
Tradicionais 
10
Organizar o caos 
instaurado no 
desenvolvimento 
de software. 
(PRESSMAN, 2009) 
11
Modelo Cascata 
(modelo sequêncial) 
12
Modelo V 
13
"Mudanças são fortemente indesejadas". 
(SABBAGH, 2013) 
15
"Os métodos 
tradicionais são 
fortemente 
prescritivos" 
(SABBAGH, 2013)
17
Chaos Report 2013 
2004 2006 2008 2010 2012 
Sucesso 29% 35% 32% 37% 39% 
Falhos 18% 19% 24% 21% 18% 
Comprometidos 53% 46...
Comprometidos Sucesso Falhos 
Ano 2012 
18% 
39% 
43% 
19
21
eXtreme Programming 
22
TCC -  Desenvolvimento WEB com o uso de metodologias ágeis.
TCC -  Desenvolvimento WEB com o uso de metodologias ágeis.
TCC -  Desenvolvimento WEB com o uso de metodologias ágeis.
TCC -  Desenvolvimento WEB com o uso de metodologias ágeis.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

TCC - Desenvolvimento WEB com o uso de metodologias ágeis.

220

Published on

Trabalho de conclusão de curso apresentado no curso de Sistemas de Informação.

Tema: Desenvolvimento web com o uso de metodologias ágeis.

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
220
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "TCC - Desenvolvimento WEB com o uso de metodologias ágeis."

  1. 1. Desenvolvimento Web com o uso de Metodologias Ágeis Gil Gomes Pereira
  2. 2. RoadMap • Contexto deste trabalho • Modelos de Tradicionais • Métodos Ágeis
  3. 3. Tempos Líquidos Bauman
  4. 4. Agricultura! Indústria! Conhecimento Toffler
  5. 5. 5
  6. 6. • E-mails, Rede Sociais, e-commerces, etc. Estamos cada vez mais conectados (CARNEIRO; BARAZI, 2011) • Softwares transportam informação, o bem mais valioso de nossa era (PRESSMAN, 2009; TOFFLER, 1980) • Possuem importância num contexto mundial (LESSA, 2013)
  7. 7. RISCO. Problema! básico: (BECK, 2004) 7
  8. 8. RISCOS: • Falha de comunicação • Erros de Implementação • Baixa Qualidade (BECK, 2004)
  9. 9. Engenharia de Software Objetivo: Aumentar a qualidade. (FALBO, 2005) 9
  10. 10. Modelos Tradicionais 10
  11. 11. Organizar o caos instaurado no desenvolvimento de software. (PRESSMAN, 2009) 11
  12. 12. Modelo Cascata (modelo sequêncial) 12
  13. 13. Modelo V 13
  14. 14. "Mudanças são fortemente indesejadas". (SABBAGH, 2013) 15
  15. 15. "Os métodos tradicionais são fortemente prescritivos" (SABBAGH, 2013)
  16. 16. 17
  17. 17. Chaos Report 2013 2004 2006 2008 2010 2012 Sucesso 29% 35% 32% 37% 39% Falhos 18% 19% 24% 21% 18% Comprometidos 53% 46% 44% 42% 43% 18
  18. 18. Comprometidos Sucesso Falhos Ano 2012 18% 39% 43% 19
  19. 19. 21
  20. 20. eXtreme Programming 22
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×