O papel do professor no processo de ensino e de aprendizagem

22,516 views
21,887 views

Published on

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
22,516
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
99
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O papel do professor no processo de ensino e de aprendizagem

  1. 1. O PAPEL DO PROFESSOR NO PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEMRefletir sobre o papel de uma determinada categoria profissional édesencadear um processo de conscientização do que caracteriza a ação e,portanto, dos aspectos de identidade desse profissional.O papel profissional deve ser concebido como o conjunto de funções e dascondições necessárias para que alguém o assuma e o exerça. O papel dá umaidentidade, focaliza e delimita o campo de ação profissional; estabelece asinterfaces com outros campos.O papel profissional é um dos vários papéis assumidos pelas pessoas na vidasocial. Representa a contribuição para a evolução do mundo, para o bem estarsocial. O papel profissional gera uma expectativa e comportamento, no sentidode sua contribuição para a ação global da Empresa, da sociedade.Exercer um papel profissional é exercer as funções que lhe foram conferidas,nos limites estabelecidos; é atender às expectativas que suscita; é contribuirpara o alcance dos objetivos institucionais; é contribuir para o desenvolvimentoda Organização na qual esse papel é exercido.Assumir um papel profissional é ter uma referência como pessoa.E a escolha do papel profissional é uma decisão importante na vida, porquerepresenta uma forma de viver. A escolha do papel que se quer assumirprecisa considerar questões como: o que caracteriza esse papel profissional;quais as exigências para o seu exercício; até que ponto eu me identifico comesse trabalho; é o que pretendo, realmente? Existe acordo entre esse papel eos meus interesses, minhas características pessoais? Sem responder a essasperguntas fica difícil ter a consciência da escolha. Sem a consciência daescolha pode-se optar pelo que não se quer. Não se querendo, fica difícilenvolver-se, dar de si, preparar-se continuamente para melhorar odesempenho.Exercer um papel profissional, conscientemente, ajuda o equilíbrio pessoal, éfonte de prazer, de realização e contribui para a saúde global.Vamos refletir sobre o papel do docente numa perspectiva ontológica. Vamosdesbravar o “ser” docente. Para isso temos que pensar em algumas perguntas:1. o que dá identidade ao papel de docente?; o que caracteriza essepapel? Esta é a parte mais visível do ser. Mas temos que pensar nesse “ser’atuando. E aí estamos enfocando a parte menos visível do papel. O papel é a“capa” do docente. Mas, quando funciona, existe a pessoa que veste essa“capa”. E é esta pessoa (com tudo o que ela é) que vai desempenhar o papel,encenar a história de um modo ao mesmo tempo universal e particular. Esse 1
  2. 2. funcionamento é fruto, portanto, da “capa” ( que é estática, um conceitouniversal) e da pessoa que a “veste” (que dá vida, movimento eparticularidade).O docente ocupa uma lugar representativo para as pessoas. 2. Que lugar éesse? O que representa? É símbolo de quê? Quais os significados“mitológicos” desse lugar? O que significa para quem ocupa esse lugar epara os alunos?A ação do docente, por conceito, exige interação com uma outra parte: o aluno.A relação estabelecida contém expectativas, desejos, fantasias, medos deambos os lados. 3. O que quer um aluno? O que quer um docente? Hápossibilidade de conciliação desses desejos?4. Qual o compromisso desse profissional com a comunidade?5. Quais as principais dificuldades para o exercício desse papel?O trabalho em subgrupos é o de refletir e responder essas perguntas a partir deuma discussão calcada na experiência de cada um. Este é um momento deelaboração das experiências; de refletir sobre um papel profissional que vocêexerce/exerceu ou vai exercer.Por fim, torna-se importante você trazer essa reflexão para si para não ficarnuma análise geral.Como você se situa no exercício do papel de docente em função dessasdiscussões e conclusões a que o grupo chegou?Estratégiasa) O texto sobre papel profissional do docente pode ser trabalhado com umaexposição dialogada ou pode ser trabalhado em plenário, sorteando as frasesabaixo entre os participantes e solicitando a cada um que teça comentáriossobre a que lhe coube. A discussão pode ser enriquecida com comentários deoutras pessoas, inclusive do próprio facilitador. Duração 30 minO PAPEL PROFISSIONAL DEVE SER CONCEBIDO COMO O CONJUNTODE FUNÇÕES E DAS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA QUE ALGUÉM OASSUMA E O EXERÇA.O PAPEL DÁ UMA IDENTIDADE, FOCALIZA E DELIMITA O CAMPO DEAÇÃO PROFISSIONAL; ESTABELECE AS INTERFACES COM OUTROSCAMPOS.O PAPEL PROFISSONAL É UM DOS VÁRIOS PAPÉIS ASSUMIDOS PELASPESSOAS NA VIDA SOCIAL. 2
  3. 3. O PAPEL PROFISSIONAL GERA UMA EXPECTATIVA DECOMPORTAMENTO, NO SENTIDO DE SUA CONTRIBUIÇÃO PARA AAÇÃO GLOBAL DA EMPRESA, DA SOCIEDADEEXERCER UM PAPEL PROFISSIONAL É EXERCER AS FUNÇÕES QUELHE FORAM CONFERIDAS, NOS LIMITES ESTABELECIDOSEXERCER UM PAPEL PROFISSIONAL É ATENDER ÀS EXPECTATIVASQUE SUSCITA; É CONTRIBUIR PARA O ALCANCE DOS OBJETIVOSINSTITUCIONAIS; É CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DAORGANIZAÇÃO NA QUAL ESSE PAPEL É EXERCIDO.ASSUMIR UM PAPEL PROFISSIONAL É TER UMA REFERÊNCIA COMOPESSOA.EXERCER UM PAPEL PROFISSIONAL CONSCIENTEMENTE AJUDA OEQUILÍBRIO PESSOAL, É FONTE DE PRAZER, CONTRIBUI PARA ASAÚDE.b) O grupo pode ser dividido em subgrupos1. O que dá identidade ao papel de docente? O que caracteriza esse papel?2. Que lugar é esse? O que representa? É símbolo de quê? Quais ossignificados “mitológicos” desse lugar? O que significa para quem ocupa esselugar e para os alunos?3. O que quer um aluno? O que quer um docente? Há possibilidade deconciliação desses desejos?4. Qual o compromisso desse profissional com a comunidade?5. Quais as principais dificuldades para o exercício desse papel?c) Em pares, cada um explicita ao outro o que pensa sobre a resposta àquestão:Como você se situa no exercício do papel de docente em função dessasdiscussões e conclusões a que o grupo chegou? 3
  4. 4. ATRIBUIÇÕESAtividades Pedagógicas • Planejar ministrar aulas de sua área de atuação e avaliar a aprendizagem dos alunos. • Elaborar situações de aprendizagem, roteiros didáticos, consoante os procedimentos internos do SENAI. • Elaborar e participar da reformulação e atualização dos materiais didáticos pertinentes a sua área de atuação. • Planejar e organizar os recursos necessários ao desenvolvimento da atividade de docência. • Participar das atividades de elaboração de planos de curso, programas de curso e de projetos de educação profissional. • Participar de Conselho de classe, de reuniões pedagógicas e de reuniões de pais e mestres.Atividades Administrativas • Preencher o Diário de Classe (freqüência, conteúdo desenvolvido, avaliações). • Organizar os ambientes de aprendizagem com vistas à utilização nas aulas. • Elaborar planos de trabalho. • Solicitar material de consumo para ser utilizado nas aulas. • Exercer suas atividades cumprindo os procedimentos do Sistema de Gestão Integrada do SENAI-PEAtividades Técnicas • Prestar informações para a aquisição de máquinas, ferramentas, equipamentos e instrumentos. • Participar de consultorias técnicas às empresas. 4

×