Hq2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Hq2

on

  • 6,900 views

Parte 2 do material utilizado em oficina de quadrinhos ministrada na UFU, em novembro de 2009.

Parte 2 do material utilizado em oficina de quadrinhos ministrada na UFU, em novembro de 2009.

Statistics

Views

Total Views
6,900
Views on SlideShare
6,715
Embed Views
185

Actions

Likes
3
Downloads
206
Comments
0

5 Embeds 185

http://gibitecacom.blogspot.com.br 117
http://gibitecacom.blogspot.com 60
http://www.slideshare.net 6
http://redodromo.blogspot.com.br 1
http://gibitecacom.blogspot.pt 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Hq2 Presentation Transcript

  • 1. História nas Histórias em Quadrinhos Natania Nogueira [email_address] Valéria Fernandes [email_address]
  • 2.
    • A EBAL foi uma das mais importantes editoras de histórias em quadrinhos do Brasil, fundada em 1945 por Adolpho Aizen.
    • Ela levou ao grande público quadrinhos históricos, geralmente voltados para a exaltação dos heróis nacionais e dos grandes eventos da nossa história.
  • 3.
    • Os textos são descritivos e presos à historiografia tradicional.
    • Se de um lado estes quadrinhos reproduziam uma história oficial, de outro seu material voltado à educação aliviou, na época, a censura e perseguição a este meio de comunicação.
  • 4.
    • Com a redemocratização, abriu-se espaço para a produção de quadrinhos sobre história – especialmente história do Brasil -, mais críticos e de acordo com correntes historiográficas até então consideradas subversivas.
  • 5.
    • Historiadores auxiliam quadrinhistas a desenvolverem novos projetos de quadrinhos.
    • O gênero da biografia está sendo redescoberto, com destaque para biografias em quadrinhos de personagens da história do Brasil e da história mundial.
    • Um exemplo de material de qualidade é a obra Dom João Carioca, de Lilian Moritiz e Spacca.
  • 6.
    • As revoluções ganham as prateleiras das livrarias, valorizando temáticas regionais e aproximado os jovens leitores de história do Brasil.
  • 7.
    • O mercado editorial brasileiro está abrindo espaço para talentos nacionais e começando a acolher obras internacionais de grande valor literário e educacional.
  • 8. Que obras em quadrinhos usar na sala de aula?
    • Partimos do princípio de que quase todos os gêneros de quadrinhos podem ser utilizados nas salas de aula.
    • No caso da história, temos a vantagem de haver uma linha editorial quase que exclusiva do gênero.
    • É preciso, no entanto, haver critério com relação ao material que se deseja utilizar.
    • Para cada atividade o professor possui um objetivo, assim, a forma de se utilizar um determinado material pode variar de caso a caso, mesmo havendo um tema comum.
  • 9.
    • Para o ensino fundamental, temos quadrinhos excelentes, que tratam de temas relacionados diretamente à história do Brasil e que podem ser encontrados nas bancas de jornal, a preços baixos, viabilizando seu uso pelo professor nas salas de aula.
    • Um bom exemplo é a produção de Maurício de Souza, que criou quadrinhos da Turma da Mônica para fins educacionais. Estes quadrinhos podem ser utilizados em todos os anos do Ensino Fundamental, inclusive nos anos iniciais, onde a disciplina história carece de material apropriado para a faixa etária dos alunos.
  • 10.  
  • 11.
    • Um pouco menos acessíveis, mas que podem servir como material de apoio para o professor de história, são os quadrinhos produzidos pela editora Escala Educacional, que tem duas séries em quadrinhos, uma voltada para história do Brasil e uma outra sobre história mundial.
    • É um material que pode ser utilizado tanto no Ensino Fundamental (nas séries finais) quanto no Ensino Médio.
  • 12.  
  • 13.
    • Mas mesmo quadrinhos que não foram produzidos para tal finalidade (ensino) podem ser usados como material para se criar atividades a serem aplicadas na sala de aula. Vejamos alguns exemplos:
    • Mauss: História em quadrinhos criada por Art Spegelman , que narra as memórias de seu pai, judeu, durante a II Guerra Mundial. O livro, em quadrinhos foi vencedor do Prêmio Pulitzer e enfoca a perseguição aos Judeus.
    • Os Trezentos de Esparta : mini-série em quadrinhos criada por Frank Miller , que narra uma lendária batalha entre persas e espartanos.
  • 14.
    • Corto Maltese - sob o signo de Capricórnio : narra a viagem de Corto Maltese - personagem criado pelo italiano Hugo Pratt - ao Brasil e seu encontro com o cangaceiro Corisco.
    • Estórias Gerais: de Flavio Colin e Wellington Srbek: fala do fenômeno do cangaço, no sertão brasileiro.
    • Mafalda : Personagem criada pelo argentino Quino, os quadrinhos da Mafalda possuem um forte teor político e podem ser utilizados para atividades sobre história recente.
  • 15.  
  • 16. Bibliografia comentada sobre História em Quadrinhos
    • Nos últimos anos foram lançados bons livro sobre Histórias em Quadrinhos que podem servir de apoio para professores que desejam utilizar esta ferramenta, mas possuem pouco conhecimento sobre o tema.
  • 17.
    • Envolvido recentemente em polêmicas geradas pela leitura de algumas de seus obras por alunos do ensino regular, Will Eisner é um dos maiores mestres dos quadrinhos . Na obra Narrativas Gráficas, introduz o leitor no mundo dos quadrinhos, permitindo que ele possa entender melhor os mecanismos que regem este gênero literário.
  • 18.
    • O prof. Waldomiro Vergueiro é um dos maiores especialistas brasileiros no uso dos quadrinhos nas salas de aula. A leitura de seus livros é essencial para professores que desejam desenvolver atividades com quadrinhos
  • 19.
    • Outros dois autores que abordam o tema dos quadrinhos na sala de aula são DJ Carvalho e Flávio Calazans
  • 20.
    • Muito Além dos Quadrinhos e Traça Traço Quadro a Quadro são bons livros para se aprofundar sobre o tema. O primeiro foi lançado no segundo semestre de 2009, o segundo em 2008.
  • 21. Quadrinhos são fontes de pesquisa?
    • Os quadrinhos tem sido utilizados como fonte de pesquisa na educação, história e sociologia só para citar algumas ciências que tem se interessado cada vez mais pelos quadrinhos, como objeto de estudo.
    • Os quadrinhos são contextualizados. Tanto sua produção quanto sua leitura passam por processos históricos.
    • É possível “fazer” uma boa história – nos moldes acadêmicos – a partir dos quadrinhos.
  • 22.
    • Dois produtos do estudo dos quadrinhos, partindo de seu uso como instrumento de poder e dominação.
  • 23.
    • Gênero e história da comunicação no Brasil podem ser estudados a partir dos quadrinhos.
  • 24. Links interessantes
    • Existem muitos sites especializados em quadrinhos, assim como revistas eletrônicas de história que abre espaço para publicação de pesquisas realizadas com quadrinhos. São eles:
    • História, Imagem e Narrativas ( www.historiaimagem.com.br )
    • Etcetera ( www.revistaetcetera.com.br )
    • Bibliofrança ( www.bibliofranca.org.br )
    • Guia dos Quadrinhos ( www.guiadosquadrinhos.com )
    • Mafalda On line ( www.mafalda.net/pt/index.php )
    • Eduhq ( www.cbpf.br/~eduhq )
    • Universo HQ ( www.universohq.com )
    • Gibitecacom( gibitecacom.blogspot.com )
    • O conteúdo desta aula pode ser usado, desde que seja dado crédito a quem produziu o material.