Colonização da américa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Colonização da américa

on

  • 33,122 views

Resumo de colonização da América Espanhola e Portuguesa

Resumo de colonização da América Espanhola e Portuguesa

Statistics

Views

Total Views
33,122
Slideshare-icon Views on SlideShare
33,019
Embed Views
103

Actions

Likes
7
Downloads
889
Comments
0

8 Embeds 103

http://historiadoensino.blogspot.com 63
http://aulasdorafa.blogspot.com.br 24
http://aulasdorafa.blogspot.com 10
http://www.historiadoensino.blogspot.com 2
http://www.slideshare.net 1
http://a0.twimg.com 1
http://aulasdorafa.blogspot.com.ar 1
https://twitter.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Colonização da américa Colonização da américa Presentation Transcript

    • COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA Natania Nogueira www.historiadoensino.blogspot.com [email_address]
    • A colonização Europeia
      • Objetivos:
      • ● Garantir a posse da terra;
      • ● Explorar as riquezas do Novo Mundo.
      • Tipos de Colônia
      • ● Colônia de Exploração
      • ● Colônia de Povoamento
    • O pacto Colonial
    • Colonização Espanhola
      • Genocídio dos povos americanos: Incas, Maias e Astecas
      • Exploração de minas de ouro e prata e de produtos tropicais.
      • Colônias divididas em Vice-reinos e Capitanias Gerais
      • Órgãos político-administrativos:
      • Cabildos
      • Audiências
      • Casa de Contratação
      • Conselho das Índias
    • Trabalho e sociedade na América Espanhola
      • Uso do trabalho compulsório do indígena:
      • ● Encomienda: permissão para cobrar tributos dos indígenas
      • ● Mita: fornecimento de pessoas para trabalho temporário
      • Sociedade composta por:
      • Chapetones
      • Crioulos
      • Indígenas
      • Escravos
    • Colonização Inglesa e Francesa
      • Teve início no século XVII (1607).
      • Muitos ingleses vieram para a América fugindo dos cercamentos e de perseguição religiosa.
      • As colônias do Sul eram colônias de exploração.
      • As colônias do Norte (Nova Inglaterra) eram de povoamento.
      • A Inglaterra conquistou vários territórios que havia sido ocupados pela França.
      • A França só conseguiu manter colônias nas Antilhas e na América do Sul.
      • PERÍODO PRÉ-COLONIAL
      • CARACTERÍSTICAS
      • - Expedições de reconhecimento e defesa
      • - Exploração do pau-brasil:
      • > monopólio real
      • > mão de obra indígena (escambo)
      • > instalação de feitorias
      Colonização Portuguesa
    •  
      • Portugal deu início a colonização do Brasil, entre outro motivos, porque:
      • ● precisa proteger a colônia das investidas de países estrangeiros
      • ● o pais estava passando por uma crise econômica devido à decadência do comércio com o oriente.
      • ● havia esperança em se encontrar metais preciosos no Brasil
      • A primeira expedição colonizadora ocorreu em 1530, sob a chefia de Martim Afonso de Souza, que veio para o Brasil com as seguintes atribuições:
      • ● expulsar piratas das costas brasileiras
      • ● organizar expedições em busca de ouro
      • ● iniciar o povoamento da colônia
      • ● criar organizações administrativas
      O início da colonização
      • ● Sistema através do qual o território foi dividido em faixas invendáveis e doadas a homens de confiança do rei, denominados donatários, cujas principais funções eram:
      • . Administrar as terras e protegê-las
      • . Exercer a justiça e cobrar impostos
      • . Fundar vilas
      • . Incentivar a produção de artigos lucrativos
      • . Distribuir grandes lotes de terras chamados “sesmarias”, a outros portugueses que quisessem vir para o Brasil.
      • ● Das capitanias criadas, duas prosperaram. As demais fracassaram, principalmente pelas seguintes razões:
      • . Falta de recursos
      • . Falta de interesse dos donatários
      • . Grandes distâncias entre as capitanias
      • . Distância entre a colônia e a metrópole
      As Capitanias Hereditárias
    •  
      • - OBJETIVOS:
      • Acompanhar, avaliar e auxiliar o desempenho das capitanias;
      • Estimular o desenvolvimento da prioridade econômica: CANA-DE-AÇÚCAR;
      • Apoiar o reconhecimento e a exploração do interior do território;
      • Promover o povoamento, fundando vilas;
      • Controlar a relação com os índios;
      • Defender as terras contra estrangeiros.
      • - Foram criadas as câmaras municipais e Salvador capital da colônia.
      O GOVERNO GERAL
    •  
    • AÇÚCAR: A RIQUEZA DO BRASIL
      • A produção de açúcar se tornou uma das prioridades do governo português.
      • O nordeste se torna o maior centro produtor do Império Porutuguês.
      • Surge a figura do senhor de engenho.
      • O engenho: grande propriedade, monocultura, escravista (plantation).
    •  
      • - União Ibérica (1580-1640): período em que Portugal foi anexado pela Espanha.
      • - A Espanha proibiu qualquer participação holandesa nos negócios envolvendo a comercialização do açúcar produzido no Brasil.
      • - A Holanda, prejudicada com a proibição, invadiu o Nordeste brasileiro (Pernambuco), em 1630, permanecendo na região até 1654.
      A União Ibérica
    •  
    • SOCIEDADE DO AÇÚCAR
      • Pouca mobilidade social
      • Patriarcal
      • Relações sociais baseadas em laços de lealdade (compradinho).
      • Durante o período colonial brasileiro, a mão-de-obra predominante foi a dos escravos.
      • O alto lucro gerado pelo tráfico de escravos africanos motivou a substituição do escravo indígena pelo africano.
    •  
    • O período minerador
      • Os bandeirantes paulistas descobriram ouro no final do século XVII, na região hoje localizada nos Estados de Minas e Goiás.
      • A Guerra dos Emboadas: conflito entre paulistas e “emboabas”. Resultou na retirada dos paulistas e na criação da Capitanias das Minas.
    • A administração aurífera:
        • Intendência das Minas (1702) – órgão criado por Portugal para administrar a região das minas.
        • Divisão em lotes (DATAS);
        • Cobrança de impostos:
          • Quinto (20%).
          • Casas de Fundição (1720).
          • Capitação (1735 – imposto sobre escravos)
          • 100 arroubas anuais (1500kg/ano).
          • Derrama (cobrança de impostos atrasados).
    • Mudanças do Brasil a partir da descoberta de ouro
        • Aumento populacional.
        • Aumento do mercado interno.
        • Integração econômica
        • Integração do sul (gado).
        • Deslocamento do eixo econômico (NE – SE).
        • Mudança da capital (RJ – 1763).
        • Interiorização.
        • Urbanização (Vila Rica, Mariana, Sabará, Diamantina...).
        • Surgimento de classe média urbana.
        • Mobilidade social relativa.
    • A exploração de diamantes e o Barroco
      • O distrito Diamantino:
        • Maior controle de POR.
        • Até 1740 cobrava-se o Quinto.
        • A partir de 1740: concessão de contrato.
          • Contratador.
        • A partir de 1771: monopólio de POR.
      • A arte na época do ouro:
        • Estilo barroco.
        • Obras de caráter religioso.
        • Antônio Francisco Lisboa – O Aleijadinho (maior representante).