Your SlideShare is downloading. ×
0
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Aula concordância verbal e nominal

25,065

Published on

Published in: Education
1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
25,065
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
849
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Com: Níquel Náusea Gatinha e filhotesConcordância verbal e nominal no português padrão Concurso para professor efetivo do ensino médio, técnico e tecnológico Edital no 05/2011 – Santos Dumont Área: Letras – Inglês e Português CANDIDATA: GISELE FERNANDES LOURES DOMITH INSCRIÇÃO 600061
  • 2. O que vamos ver hoje:• O que é concordância.• O que é concordância nominal.• O que é concordância verbal.• O que é concordância ideológica.• Conhecer regras gerais e algumas exceções dos mecanismos de concordância.
  • 3. Para começar...GONSALES, Fernando. Níquel Náusea – Vá pentear macacos! São Paulo: Devir, 1994, p. 29
  • 4. Comparando as estruturas“Quando te vejo, cada partícula do universo setorna mais viva e cintilante!” “As coisa fica brilhenta!” As coisas ficam brilhantes! EXPRESSÃO DA IDEIA DE PLURAL E A FLEXÃO VERBAL= DIFERENTES MECANISMOS NA VARIEDADE PADRÃO E INFORMAL
  • 5. Que tipos de mecanismos são estes? Concordância“Mecanismo através do qual as palavras alteram suas terminações para se adequarem harmonicamente umas às outras na frase” (NICOLA E TERRA, 2005, p. 297) Nominal Verbal
  • 6. Concordância nominalOs determinantes, que sãoadjetivos, artigos, numerais adjetivos ou pronomesadjetivos, alteram suas terminações para seajustarem em número e gênero ao determinado(substantivo, pronome ou numeral substantivo) aque se referem. Quando te vejo, cada partícula do universo se torna mais viva e cintilante!
  • 7. Dois casos especiais entre adjetivos e substantivos Adjetivos pospostos aos substantivos1. Modificam dois ou mais substantivos: concordame gênero e número com o adjetivo mais próximo oucom os dois.A ratinha e o rato azul tiveram filhotes.A ratinha e o rato azuis tiveram filhotes.
  • 8. Adjetivos antepostos aos substantivosConcordam em gênero e número com o primeirosubstantivo da sequênciaNíquel e Gatinha tiveram lindas ratinhas e ratinhos.Níquel e Gatinha tiveram lindos ratinhos e ratinhos.
  • 9. Concordância verbal“O verbo altera suas desinênciasnúmero-pessoais para ajustar-se ao sujeito”.(TERRA E NICOLA, 2005, p. 297) Quando (eu) te vejo, cada partícula do universo setorna mais viva e cintilante!
  • 10. Alguns casos especiaisNomes próprios no plural: sem artigo, verbo nosingular; com artigo, verbo no plural. Minas Gerais compra quadrinhos do Níquel Náusea.As minas Gerais compram quadrinhos do Níquel Náusea. Férias faz bem, Níquel!As férias fazem bem, Níquel!
  • 11. O sujeito é o pronome relativo queO verbo concorda com o antecedente dopronome relativo.Foram Níquel e Gatinha que comeram o queijo.Mas Níquel é um rato que não come queijo.
  • 12. Sujeito compostoA regra geral é colocar o verbo no plural.Níquel, Gatinha e seus filhotes pediram fériasdos quadrinhos.
  • 13. Sujeito composto posposto ao verboO verbo pode concordar com o núcleo mais próximo.Faltou espaço e quadrinhos para tantos ratinhos.
  • 14. Concordância ideológica ou silepseÉ aquela em que o termo flexionado concordaem gênero, número ou pessoa associada aoreferente do sujeito da oração.
  • 15. Concordância ideológica ou silepseSilepse de número Mordam-se de inveja rataria! Eu sou o mais famoso!
  • 16. Silepse de gêneroVossa Excelência parece preocupada com aspalavras desse rato!
  • 17. Silepse de pessoaConvocotodos os personagens de quadrinhospara reivindicarmosaumento salarial!!!
  • 18. Usos da concordânciaRecurso para boa textualidade e comunicaçãoRecurso estilístico, marca da/na linguagem informal
  • 19. Sintetizando• Concordância nominal: flexões dos determinantes para ajustar-se aos determinados.• Concordância verbal: flexões do verbo para ajustar-se ao sujeito.• A concordância ideológica ocorre quando a flexão verbal concorda com a ideia da palavra (seja em número, gênero ou pessoa)• Usos da concordância: contexto e objetivos da comunicação.
  • 20. Para a(s) próxima(s) aula(s):• Exercícios;• continuar o estudo dos casos excepcionais e;• Analisar diferentes formas de concordância em textos
  • 21. ReferênciaGONSALES, Fernando. Níquel Náusea. Site com os textos e ilustrações do cartunistaFernando Gonsales. Disponível em: http://www2.uol.com.br/niquel/. Acesso em16/03/2012.GONSALES, Fernando. Níquel Náusea – Vá pentear macacos! São Paulo: Devir, 1994, p. 29LOURES DOMITH, Gisele Fernandes. Mais sobre concordância. Blog. Disponível em:http://mpportugues.blogspot.com.br/ . Acesso em 16/03/2012.TERRA, Ernani; NICOLA, José de. Sintaxe de concordância. In: __________. Português: deolho no mundo do trabalho. Volume único São Paulo: Scipione, 2005, p. 296-302.

×