E-commerce




             Oto Burégio de Lima
Agenda
   Modelos de negócios
   Estratégias off-line e on-line
   E-commerce e a cauda longa
   Barreiras e Oportunid...
1
O QUE É E-COMMERCE?
O que é e-commerce?

 Segundo Cameron (1997)
   Define que CE inclui qualquer negócio
    transacionado eletronicamente,...
O que é e-commerce?

 Segundo Kalakota e Whinston (1997)
   de uma perspectiva de comunicações, o
    CE é a entrega de ...
O que é e-commerce?

 de uma perspectiva de processo de
  negócio, o CE é a aplicação de
  tecnologia para a automação de...
O que é e-commerce?

 de uma perspectiva de serviço, o CE é uma
  ferramenta que endereça o desejo das empresas,
  consum...
O que é e-commerce?

 de uma perspectiva on-line, o CE provê
  a capacidade de comprar e vender
  produtos e informações ...
2
MODELOS DE NEGÓCIO
Modelos de Negócio

 Loja Virtual
 Leilão
 Portal
 Precificação Dinâmica
Modelos de Negócio

 Loja Virtual
     Modelo mais conhecido
     Estrutura mais elaborada
     Meios Eletrônicos de p...
Modelos de Negócio

 Caso Submarino
   Route 66, geração beatnik
   Plano de negócios com várias decisões
    existente...
Modelos de Negócio

 Loja Virtual
 Leilão
 Portal
 Precificação Dinâmica
 Entretenimento
Modelos de Negócio

 Leilão
     Comunidade
     Responsabilidade das transações
     Credibilidade (fraudes)
     Re...
Modelos de Negócio

 Caso Ebay

 Em 1995, o programador de
  computador Pierre Omidyar configurou
  um website chamado A...
 Caso Ebay
                                Crescimento do eBay


                                             Nov. - Dez....
Modelos de Negócio

 Loja Virtual
 Leilão
 Portal
 Precificação Dinâmica
 Entretenimento
Modelos de Negócio

 Portais
     Horizontais
     Verticais
Modelos de Negócio

 Loja Virtual
 Leilão
 Portal
 Precificação Dinâmica
 Entretenimento
Modelos de Negócio

 Faça seu preço
 Comparação de preços
 Preço sensível à demanda
 Oferta de produtos e serviços gra...
Modelos de Negócio

 Loja Virtual
 Leilão
 Portal
 Precificação Dinâmica
 Entretenimento
3
ESTRATÉGIAS ONLINE E OFFLINE
Estratégias OnLine e OffLine

 Estratégia
   Segundo Albertin (2004) é uma visão de
    objetivos a alcançar, uma clara ...
Estratégias OnLine e Offline

 Toda estratégia adotada em seus sites
 deve estar interligada com sua estratégia
 on-line....
Estratégias Offline e Online
Estratégias OnLine e OffLine

 Porter (1980) definiu 5 forças
 competitivas:

     Ameaças de novos entrantes
     Amea...
Estratégias OnLine e OffLine

 Bloch, Pigneur e Segev (1996)
   Três estratégias competitivas genéricas
      Liderança...
4
CAUDA LONGA
Cauda Longa

 O que é a Cauda Longa?
   A Cauda Longa é um fenômeno observado em
    empresas de internet que conseguem ...
Cauda Longa

 Premissas básicas da cauda longa

   Disponibilizar o máximo possível


   Ajudar as pessoas a encontrar
Cauda Longa

 Características Principais
   A prateleira infinita


   A regra 80% - 20%


   O fim da era dos arrasa-...
Cauda Longa

 A Netflix, uma espécie de site de locação
  de DVDs, oferece 60.000 títulos, contra
  3.000 títulos em médi...
Cauda Longa

 A Amazon tem em média 5,0 milhões de
  títulos de livros sendo oferecidos em seu
  site. Uma livraria físic...
Cauda Longa

 A Rhapsody, de venda de músicas online,
 oferecia 2,5 milhões de faixas, enquanto a
 maior vendedora de CDs...
Porque Investir em e-commerce?


 A Cauda Longa
5
BARREIRAS E OPORTUNIDADES
5.1
PREÇO E FRETE
Preço e Frete


 Porque analisar preço e frete?

 Qual o valor real de um produto ou serviço?

 Apoio Tomada de decisão
AMERICANAS
ENGEFRIO
Preço e Frete

 Busque outros diferenciais
   Entrega Gratuita
   Embalagens Customizadas
   Entrega Relâmpago
   Ate...
5.2
LOGÍSTICA
Logística

 Como vou entregar meus produtos
individualmente?

 Como ter um prazo competitivo?

 Como competir com quem ...
Logística
 Alianças Estratégicas
Loja de Entrega de Flores
5.3
ESTOQUE
Estoque

 Tecnologia com processos bem definidos

 Estoque Integrado

 Produto sempre disponível com gestão
 eficiente
...
Foto de Loja tradicional
Saraiva
5.4
MEIOS DE PAGAMENTO
Meios de Pagamento

Pontos negativos
 Principal Barreira Cultural

 Segurança Real X Virtual

 Burocracia

 Fraudes
Meios de Pagamento

Pontos positivos
 Compra por impulso

 Facilidade do pagamento

 Parcelamento
VISA
Meios de Pagamento



 Como centralizar e
melhorar o processo de
     pagamento?
5.5
MERCADO
Mercado

 O que fazer pra competir com grandes lojas?
     Especialize
     Crie uma Comunidade de Valor
     Transmit...
FOTO DA CAFETERIA
Sack’s
6
CARACTERÍSTICAS POSITIVAS
X
CARACTERÍSTICAS NEGATIVAS
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Dicas Importantes
      Foque no ativo
      Estude a cadeia de distribuição
   ...
Carac. Positivas X Carac. Negativas


 Características Negativas
    Não terceirizar serviços para o cliente.
    Não t...
7
DEFININDO SEU PLANO DE E-COMMERCE
Definindo seu plano de e-commerce


 Ponto Principais
   Montagem do modelo (Plano de Negócios)


   Design


   Desen...
Definindo seu plano de e-commerce


 Propósito Principal
   Defina os objetivos do negócio, o que vender
    e quais ser...
Definindo seu plano de e-commerce


 Suporte
   Embase sua idéia
      Qual a justificativa?
      Tem pesquisa de mer...
Definindo seu plano de e-commerce


 Modelo de Negócios
     Qual modelo será usado?
     Como será conduzida a operaçã...
8
MOBILE COMMERCE
Mobile Commerce

 Interação entre pessoas, físicas e jurídicas,
  através de dispositivos móveis.

 Aplicações
   Pagam...
Mobile Commerce

 Pagamentos online

   RedeCard
   Banco Real
   OiPaggo
Mobile Commerce

 Marketing
     Promoções
     Produtos e Lojas próximas ao consumidor
     Interação
9
ESTATÍSTICAS E MÉTRICAS
Estatísticas e Métricas


 “As últimas pesquisas apontam que
  73% dos varejistas e parceiros de negócios
   de empresas ...
Porque investir em e-commerce?




       Figura2 - EVOLUÇÃO VAREJO ON-LINE - Pesquisa e-Bit
Porque investir em e-commerce?


SERÁ QUE ISSO VAI PARAR POR AI?
Porque investir em e-commerce?


SERÁ QUE ISSO VAI PARAR POR AI?

  Todo mundo gosta de novidade
  Tecnologia sempre é i...
Porque investir em e-commerce?

                                                                                      Cres...
Figura 1 – E-consumidores no Brasil - Ebitempresa
Estatísticas e Métricas

 GOOGLE ANALYTICS
  Acesse a sua conta.
  Clique em Editar ao lado do perfil que você
   desej...
Estatísticas e Métricas

 GOOGLE ANALYTICS
  <script src=quot;http://www.google-analytics.com/urchin.jsquot;
   type=quo...
Estatísticas e Métricas

 GOOGLE ANALYTICS
  <body onLoad=quot;javascript:__utmSetTrans()quot;>
  <form style=quot;disp...
Estatísticas e Métricas

 Exemplo
   UTM:T|34535|Loja principal|111108.06|8467.06|10.00|San Diego|CA|EUA
    UTM:I|34535...
Estatísticas e Métricas

 Referência de parâmetro
     Variáveis da linha da transação
     [id do pedido] Número inter...
Estatísticas e Métricas

 Referência de parâmetro
   Variáveis da linha de item
      [id do pedido] Seu número interno...
10
E-COMMERCE NO MERCADO BRASILEIRO
Clientes que compraram
E-commerce no mercado brasileiro

Cenários de crescimento da internet no Brasil

 (em milhões)        Pessimista          ...
11
CONCLUSÃO
Conclusão

 Capital Intelectual é privilegiado
 Todos os processos serão afetados
 Novos mercados estão sendo criados
 ...
Conclusão

 Como funciona sem e-commerce?
     Catálogo online
     Vende sem ter o produto
     Personalização
     ...
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
E Commerce Curso V.2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

E Commerce Curso V.2

4,615

Published on

Published in: Technology, Business

E Commerce Curso V.2

  1. 1. E-commerce Oto Burégio de Lima
  2. 2. Agenda  Modelos de negócios  Estratégias off-line e on-line  E-commerce e a cauda longa  Barreiras e Oportunidades  Carac. Positivas X Carac. Negativas  Definindo seu plano de e-commerce  Mobile Commerce  Estatísticas e Métricas  E-commerce no mercado brasileiro
  3. 3. 1 O QUE É E-COMMERCE?
  4. 4. O que é e-commerce?  Segundo Cameron (1997)  Define que CE inclui qualquer negócio transacionado eletronicamente, em que essas transações ocorrem entre dois parceiros de negócio ou entre um negócio e seus clientes.
  5. 5. O que é e-commerce?  Segundo Kalakota e Whinston (1997)  de uma perspectiva de comunicações, o CE é a entrega de informações, produtos/serviços, ou pagamentos por meio de linhas de telefone, redes de computadores ou qualquer meio eletrônico.  Ex.: Venda de Música
  6. 6. O que é e-commerce?  de uma perspectiva de processo de negócio, o CE é a aplicação de tecnologia para a automação de transações de negócio e fluxo de dados;  Ex.: EDI
  7. 7. O que é e-commerce?  de uma perspectiva de serviço, o CE é uma ferramenta que endereça o desejo das empresas, consumidores e gerência para cortar custos de serviços, enquanto melhora a qualidade das mercadorias e aumenta a velocidade da entrega do serviço.  Ex.: Escolas – EAD, SaaS
  8. 8. O que é e-commerce?  de uma perspectiva on-line, o CE provê a capacidade de comprar e vender produtos e informações na Internet e em outros serviços on-line.  Ex.: Lojas Virtuais
  9. 9. 2 MODELOS DE NEGÓCIO
  10. 10. Modelos de Negócio  Loja Virtual  Leilão  Portal  Precificação Dinâmica
  11. 11. Modelos de Negócio  Loja Virtual  Modelo mais conhecido  Estrutura mais elaborada  Meios Eletrônicos de pagamento  Alta Personalização  Interface Amigável (3 cliques)  Padronização  Receita de Venda
  12. 12. Modelos de Negócio  Caso Submarino  Route 66, geração beatnik  Plano de negócios com várias decisões existentes até hoje.  1º aporte US$ 2,5 milhões mai/1999  2º aporte US$ 14,3 milhões set/1999  3º aporte US$ 71,3 milhões jan/2000
  13. 13. Modelos de Negócio  Loja Virtual  Leilão  Portal  Precificação Dinâmica  Entretenimento
  14. 14. Modelos de Negócio  Leilão  Comunidade  Responsabilidade das transações  Credibilidade (fraudes)  Receita em comissões e anúncios  Leilão Reverso
  15. 15. Modelos de Negócio  Caso Ebay  Em 1995, o programador de computador Pierre Omidyar configurou um website chamado AuctionWeb como um lugar para as pessoas leiloarem seus colecionáveis.  Em 2004, o eBay hospedava 1,4 bilhões de anúncios com um total de US$ 34,2 bilhões trocando de mãos. Em setembro de 2005, o eBay comprou o Skype, um serviço de VoIP global com 54 milhões de clientes, por US$ 2,6 bilhões. Também possui o PayPal.com, Half.com, Shopping.com, Kijiji.com, ProStores.com e Rent.com, e tem uma participação de 25% na CraigsList.com. Em todas as medidas financeiras, o negócio no mundo do eBay é bom.
  16. 16.  Caso Ebay Crescimento do eBay Nov. - Dez. de 2004 Jan. - Mar. de 2005 Receita líquida consolidada US$ 935,8 milhões US$ 1032 bilhões Lucro bruto US$ 759,4 milhões US$ 845,4 milhões Número de listagens 404,6 milhões 431,8 milhões Volume bruto de mercadorias US$ 9,8 bilhões US$ 10,6 bilhões Usuários registrados confirmados 135,5 milhões 147,10 milhões Fonte: relatórios de receita do eBay, 4º trimestre de 2004 e 1º trimestre de 2005
  17. 17. Modelos de Negócio  Loja Virtual  Leilão  Portal  Precificação Dinâmica  Entretenimento
  18. 18. Modelos de Negócio  Portais  Horizontais  Verticais
  19. 19. Modelos de Negócio  Loja Virtual  Leilão  Portal  Precificação Dinâmica  Entretenimento
  20. 20. Modelos de Negócio  Faça seu preço  Comparação de preços  Preço sensível à demanda  Oferta de produtos e serviços gratuitos
  21. 21. Modelos de Negócio  Loja Virtual  Leilão  Portal  Precificação Dinâmica  Entretenimento
  22. 22. 3 ESTRATÉGIAS ONLINE E OFFLINE
  23. 23. Estratégias OnLine e OffLine  Estratégia  Segundo Albertin (2004) é uma visão de objetivos a alcançar, uma clara e racional visão do valor do negócio e uma imagem do processo a atingir como objetivo, enquanto se evitam os perigos mais comuns.
  24. 24. Estratégias OnLine e Offline  Toda estratégia adotada em seus sites deve estar interligada com sua estratégia on-line.  Modelo de Receitas  Modelo de Operação  Entrega e Armazenamento  Modelo de Divulgação
  25. 25. Estratégias Offline e Online
  26. 26. Estratégias OnLine e OffLine  Porter (1980) definiu 5 forças competitivas:  Ameaças de novos entrantes  Ameaças de produtos ou serviços substitutos  Poder de negociação dos fornecedores  Poder de negociação com compradores  Rivalidade entre empresas
  27. 27. Estratégias OnLine e OffLine  Bloch, Pigneur e Segev (1996)  Três estratégias competitivas genéricas  Liderança em custo  Diferenciação  Segmentação  Análise de sistemas de valores, com as pressões de fornecedores e clientes
  28. 28. 4 CAUDA LONGA
  29. 29. Cauda Longa  O que é a Cauda Longa?  A Cauda Longa é um fenômeno observado em empresas de internet que conseguem faturar com produtos de nicho tanto quanto, ou até mais que os tradicionais arrasa-quarteirão. Isso se tornou viável com o advento da internet já que a inexistência de limitação do espaço físico para exibição de produtos faz com que os mercados de nicho sejam explorados da mesma forma que o mercado de massas.  Do mercado de massas para o mercado de nichos
  30. 30. Cauda Longa  Premissas básicas da cauda longa  Disponibilizar o máximo possível  Ajudar as pessoas a encontrar
  31. 31. Cauda Longa  Características Principais  A prateleira infinita  A regra 80% - 20%  O fim da era dos arrasa-quarteirão
  32. 32. Cauda Longa  A Netflix, uma espécie de site de locação de DVDs, oferece 60.000 títulos, contra 3.000 títulos em média de uma loja física.  O faturamento com o total de títulos de baixa procura era de 21% do total da Netflix
  33. 33. Cauda Longa  A Amazon tem em média 5,0 milhões de títulos de livros sendo oferecidos em seu site. Uma livraria física de grande porte tinha em média 100.000 títulos sendo oferecidos em suas lojas, possivelmente os mais vendidos.  Os livros “não-disponíveis” representam 25% do faturamento.
  34. 34. Cauda Longa  A Rhapsody, de venda de músicas online, oferecia 2,5 milhões de faixas, enquanto a maior vendedora de CDs dos EUA, a cadeia Wal-Mart, oferecia 55.000.  Neste caso o faturamento com as faixas que individualmente tem menor vendagem chegou a 40% do total da loja virtual.
  35. 35. Porque Investir em e-commerce?  A Cauda Longa
  36. 36. 5 BARREIRAS E OPORTUNIDADES
  37. 37. 5.1 PREÇO E FRETE
  38. 38. Preço e Frete  Porque analisar preço e frete?  Qual o valor real de um produto ou serviço?  Apoio Tomada de decisão
  39. 39. AMERICANAS
  40. 40. ENGEFRIO
  41. 41. Preço e Frete  Busque outros diferenciais  Entrega Gratuita  Embalagens Customizadas  Entrega Relâmpago  Atendimento e Suporte Local  Campanhas Locais
  42. 42. 5.2 LOGÍSTICA
  43. 43. Logística  Como vou entregar meus produtos individualmente?  Como ter um prazo competitivo?  Como competir com quem possui grandes centros de distribuição?  O que eu posso fazer que meu concorrente não pode?
  44. 44. Logística  Alianças Estratégicas
  45. 45. Loja de Entrega de Flores
  46. 46. 5.3 ESTOQUE
  47. 47. Estoque  Tecnologia com processos bem definidos  Estoque Integrado  Produto sempre disponível com gestão eficiente  Padronização
  48. 48. Foto de Loja tradicional
  49. 49. Saraiva
  50. 50. 5.4 MEIOS DE PAGAMENTO
  51. 51. Meios de Pagamento Pontos negativos  Principal Barreira Cultural  Segurança Real X Virtual  Burocracia  Fraudes
  52. 52. Meios de Pagamento Pontos positivos  Compra por impulso  Facilidade do pagamento  Parcelamento
  53. 53. VISA
  54. 54. Meios de Pagamento Como centralizar e melhorar o processo de pagamento?
  55. 55. 5.5 MERCADO
  56. 56. Mercado  O que fazer pra competir com grandes lojas?  Especialize  Crie uma Comunidade de Valor  Transmita Credibilidade e Confiança  Promova uma navegação Intuitiva e Rápida  Escute o cliente  Regionalize  Delegue
  57. 57. FOTO DA CAFETERIA
  58. 58. Sack’s
  59. 59. 6 CARACTERÍSTICAS POSITIVAS X CARACTERÍSTICAS NEGATIVAS
  60. 60. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  61. 61. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site.  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  62. 62. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site.  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  63. 63. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site.  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  64. 64. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site.  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  65. 65. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site.  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  66. 66. Carac. Positivas X Carac. Negativas
  67. 67. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Dicas Importantes  Foque no ativo  Estude a cadeia de distribuição  Pergunte ao cliente final o que ele quer num site.  Identifique o consumidor  Identifique de forma exata os produtos e/ou serviços oferecidos  Explicite as condições de pagamento, prazos e a segurança  Possua um serviço de atendimento que funcione  Use sua base histórica para aumentar suas vendas  COMECE
  68. 68. Carac. Positivas X Carac. Negativas  Características Negativas  Não terceirizar serviços para o cliente.  Não tratar seus clientes de forma individualizada.  Não criar uma comunidade de valor  Esquecer de outros canais de venda  Não criar e divulgar uma política de privacidade dos dados (email, telefone, endereço)
  69. 69. 7 DEFININDO SEU PLANO DE E-COMMERCE
  70. 70. Definindo seu plano de e-commerce  Ponto Principais  Montagem do modelo (Plano de Negócios)  Design  Desenvolvimento  Gerenciamento
  71. 71. Definindo seu plano de e-commerce  Propósito Principal  Defina os objetivos do negócio, o que vender e quais serviços.  Estratégias  Descreva como o prod/serv está no mercado.  Relate sua diferenciação, porque o cliente vai comprar com você ao invés do concorrente.  Porque sua idéia é rentável?
  72. 72. Definindo seu plano de e-commerce  Suporte  Embase sua idéia  Qual a justificativa?  Tem pesquisa de mercado?  Quem são os clientes?  Quem são os fornecedores?  Quem são os concorrentes?  Quem é sua equipe?  Quais seus custos?
  73. 73. Definindo seu plano de e-commerce  Modelo de Negócios  Qual modelo será usado?  Como será conduzida a operação?  Processo  Monte todo seu fluxograma  Entenda e pesquise como tudo vai funcionar  Compartilhe as informações
  74. 74. 8 MOBILE COMMERCE
  75. 75. Mobile Commerce  Interação entre pessoas, físicas e jurídicas, através de dispositivos móveis.  Aplicações  Pagamentos On-Line  Marketing
  76. 76. Mobile Commerce  Pagamentos online  RedeCard  Banco Real  OiPaggo
  77. 77. Mobile Commerce  Marketing  Promoções  Produtos e Lojas próximas ao consumidor  Interação
  78. 78. 9 ESTATÍSTICAS E MÉTRICAS
  79. 79. Estatísticas e Métricas  “As últimas pesquisas apontam que 73% dos varejistas e parceiros de negócios de empresas atacadistas acreditam que a informação que recebem através do web site de seus fornecedores é extremamente útil.  55% usam o web site de comércio eletrônico para pesquisar e tomar decisões de compras.  45% já compraram produtos on-line 43% usam o web site do atacadista por mais de 5 horas durante uma única semana.” Fonte: CRN, Ingram Micro e Tech Data
  80. 80. Porque investir em e-commerce? Figura2 - EVOLUÇÃO VAREJO ON-LINE - Pesquisa e-Bit
  81. 81. Porque investir em e-commerce? SERÁ QUE ISSO VAI PARAR POR AI?
  82. 82. Porque investir em e-commerce? SERÁ QUE ISSO VAI PARAR POR AI?  Todo mundo gosta de novidade  Tecnologia sempre é interessante  A internet é o Apocalipse
  83. 83. Porque investir em e-commerce? Cresciment Internauta Compradore o  Data População s   %  da Pop. s Acumulado Pesquisa total  IBGE (milhões Brasileira (milhões) (base=jul/97 ) ) 2006/dez 188,6 30,01 16% 5.544 2.508% 2005 185,6 25,90 13,9% 4.771 2.152% /jan 2004 178,4 20,05 11,5% 3.284 1.686% /jan 2003 176,0 14,32 8,1% 2.510 1.143% /jan 2002/ag 175,0 13,98 7.9% - 1.115% o 2001/set 172,3 12,04 7.0% -  947% 2000/no 169,7  9,84  5.8% - 756% v 1999/dez 166,4 6,79  7.1% - 490% 1998/dez 163,2 2,35  1.4% - 104% 1997/dez 160,1 1,30  0.8% - 13% 1997/jul 160,1 1,15  0.7% - - Série Histórica 1997 -2006 compilado por www.e-commerce.org.br / fonte: pesquisas diversas / população:
  84. 84. Figura 1 – E-consumidores no Brasil - Ebitempresa
  85. 85. Estatísticas e Métricas  GOOGLE ANALYTICS  Acesse a sua conta.  Clique em Editar ao lado do perfil que você deseja ativar.  Na página de Configurações de Perfil, clique em editar ao lado de Informações de Perfil do Site Principal.  Altere o botão de opção Site de comércio eletrônico de Não para Sim.
  86. 86. Estatísticas e Métricas  GOOGLE ANALYTICS  <script src=quot;http://www.google-analytics.com/urchin.jsquot; type=quot;text/javascriptquot;> </script> <script type=quot;text/javascriptquot;> _uacct=quot;UA-xxxx-xquot;; urchinTracker(); </script>
  87. 87. Estatísticas e Métricas  GOOGLE ANALYTICS  <body onLoad=quot;javascript:__utmSetTrans()quot;>  <form style=quot;display:none;quot; name=quot;utmformquot;> <textarea id=quot;utmtransquot;> UTM:T|[order-id]|[affiliation]| [total]|[tax]| [shipping]|[city]|[state]|[country] UTM:I|[order-id]| [sku/code]|[productname]|[category]|[price]| [quantity] </textarea> </form>
  88. 88. Estatísticas e Métricas  Exemplo  UTM:T|34535|Loja principal|111108.06|8467.06|10.00|San Diego|CA|EUA UTM:I|34535|XF-1024|Camisetas do Urchin|Camisas|11399.00|9 UTM:I|34535|CU-3424|Porta-copos do Urchin|Acessórios|20.00|2
  89. 89. Estatísticas e Métricas  Referência de parâmetro  Variáveis da linha da transação  [id do pedido] Número interno e único do pedido  [filial] Parceiro opcional  [total] Valor total em dólares da transação  [imposto] Impostos sobre a transação  [entrega] O custo do frete/envio da compra  [cidade] Cidade para relacionar a transação  [região/estado] Estado  [país] País
  90. 90. Estatísticas e Métricas  Referência de parâmetro  Variáveis da linha de item  [id do pedido] Seu número interno e único do pedido (deve ser igual à linha da transação)  [código] Código do produto  [nome do produto] Nome ou descrição do produto  [categoria] Categoria do produto ou variação  [preço] Preço unitário do produto  [quantidade] Quantidade pedida
  91. 91. 10 E-COMMERCE NO MERCADO BRASILEIRO
  92. 92. Clientes que compraram
  93. 93. E-commerce no mercado brasileiro Cenários de crescimento da internet no Brasil (em milhões) Pessimista Otimista Cresc. anual 12% Intermediário Cresc. Anual 20% Cresc. anual 16% Total % % % Ano População Internautas Pop Internautas Pop Internautas Pop 2001 172,3 12.0 6,9% 12.0 6,9% 12.0 7,0% 2011 199,9 37.2 18,7% 52.9 26,5% 74.3 37,2%
  94. 94. 11 CONCLUSÃO
  95. 95. Conclusão  Capital Intelectual é privilegiado  Todos os processos serão afetados  Novos mercados estão sendo criados  Seleção (Recrutamento e HomeWork)  Banco (Internet Banking)  Transações (Centrais de pagamento,Celular)  Novos Negócios (Agências Web)  Novos Produtos (Informação)
  96. 96. Conclusão  Como funciona sem e-commerce?  Catálogo online  Vende sem ter o produto  Personalização  Chat online  Acompanhamento de Pedido  Pós-Venda  E-learning de produtos
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×