Por que Arquitetura de Informação e Usabilidade são importantes ?
Enquanto isso no caixa eletrônico ...
O que é Arquitetura de Informação de websites ? <ul><li>Tornar o complexo claro. </li></ul><ul><li>WURMAN (1997) </li></ul...
O que é Arquitetura de Informação de websites ? Ambiente de Informação não planejado Ambiente de Informação planejado usuá...
<ul><li>Na prática o trabalho do arquiteto de informação é balancear as características e as necessidades dos usuários, do...
Um exemplo <ul><li>Abaixo está o mapa da ferrovia Yamanote, que circunda a cidade de Tóquio. Como você faria um mapa para ...
Um exemplo <ul><li>Mapa da linha de trem de Yamanote - Tóquio </li></ul><ul><li>Usuário  </li></ul><ul><ul><li>Moradores d...
O que é Usabilidade? Usabilidade é a medida na qual um produto pode ser usado por usuários específicos para alcançar objet...
O que é Usabilidade? <ul><li>Usabilidade não é apenas tornar “mais fácil de usar”. </li></ul><ul><li>Vários atributos estã...
Por que Arquitetura de Informação e Usabilidade são importantes? AGNER, L . A contribuição da história oral e dos testes d...
Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A.  Return on Investment for Usable User - Interface Design ...
Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A.  Return on Investment for Usable User - Interface Design ...
Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A.  Return on Investment for Usable User - Interface Design ...
Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A.  Return on Investment for Usable User - Interface Design ...
Componentes da Arquitetura de Informação <ul><li>ROSENFELD e MORVILLE (2002) dividem a Arquitetura de Informação de um web...
Sistema de Organização Jogo de caça-palavras Dicionário Fonte: Superdownloads (http://superdownloads.ubbi.com.br/download/...
Dificuldades em organizar a informação na Web <ul><li>Devido aos seus diversos aspectos cognitivos e culturais, a organiza...
Tarefa Assunto Público-Alvo e Localização Tempo www.yahoo.com.br
Sistema de Navegação Onde Estou? Aonde posso ir? Onde estive? NIELSEN, J.  Projetando Websites . Rio de Janeiro: Campus, 2...
Sistema de Rotulação www.cartoonnetwork.com.br/dexter O site da Cartoon Network fala a linguagem dos usuários. Esse site u...
www.brastemp.com.br
Sistema de Busca www.google.com.br Interface Página de Resultados Página sem Resultados Ajuda On-line
Sistema de Busca tempo.terra.com.br Anéis de sinônimos podem ser utilizados para corrigir erros comuns de digitação, como ...
Princípios para metodologias de projeto de arquitetura de informação de websites <ul><li>Possuir 5 fases: </li></ul><ul><l...
Multidisciplinariedade da AI e da Usabilidade <ul><li>O estudo da experiência do usuário com interfaces computacionais pos...
Multidisciplinariedade da AI e da Usabilidade <ul><li>Disciplinas com corpos teóricos já estabelecidos fornecem ferramenta...
Um pensamento Se o simples fosse fácil, teríamos milhões de “Parabéns a você”. Erasmo Carlos
Para saber mais sobre Arquitetura de Informação <ul><li>Algumas referências: </li></ul>Lista de Discussão AIfIA-pt http://...
Obrigado ! <ul><li>Guilhermo Almeida dos Reis </li></ul><ul><li> [email_address] </li></ul><ul><li> www.guilhermo.com </...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Por que Arquitetura de Informação e Usabilidade são importantes?

5,693 views
5,387 views

Published on

Palestra do Prof Guilhermo Reis na aula magna do curso de pós em Hipermídia. 10/3/08

Published in: Technology
0 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,693
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
45
Actions
Shares
0
Downloads
249
Comments
0
Likes
10
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Por que Arquitetura de Informação e Usabilidade são importantes?

    1. 1. Por que Arquitetura de Informação e Usabilidade são importantes ?
    2. 2. Enquanto isso no caixa eletrônico ...
    3. 3. O que é Arquitetura de Informação de websites ? <ul><li>Tornar o complexo claro. </li></ul><ul><li>WURMAN (1997) </li></ul><ul><li>O design estrutural de ambientes de informação compartilhados. </li></ul><ul><li>A combinação dos esquemas de organização, de rotulação de busca e de navegação dentro de websites e intranets. </li></ul><ul><li>A arte e a ciência de dar forma a produtos e experiências de informação para suportar a usabilidade e a findability. </li></ul><ul><li>Uma disciplina emergente e uma comunidade de prática focada em trazer princípios do design e arquitetura ao espaço digital. </li></ul><ul><li>ROSENFELD e MORVILLE (2006) </li></ul>
    4. 4. O que é Arquitetura de Informação de websites ? Ambiente de Informação não planejado Ambiente de Informação planejado usuários Todos os objetos de conteúdo Todos os objetos de conteúdo empregados fornecedores clientes Usuários não conseguem achar as informações que necessitam Usuários acessam a informação certa no momento certo Rosenfeld, L., Information Architecture I
    5. 5. <ul><li>Na prática o trabalho do arquiteto de informação é balancear as características e as necessidades dos usuários, do conteúdo e do contexto. </li></ul>O que é Arquitetura de Informação de websites ? ROSENFELD, L. ; MORVILLE, P . Information Architecture for the Word Wide Web . 2ed. Sebastopol: O’Reilly, 2002. Usuário Conteúdo Contexto AI
    6. 6. Um exemplo <ul><li>Abaixo está o mapa da ferrovia Yamanote, que circunda a cidade de Tóquio. Como você faria um mapa para os usuários dessa linha de trem? </li></ul>WURMAN, R. Ansiedade de Informação . São Paulo: Cultura, 1991, pág. 286
    7. 7. Um exemplo <ul><li>Mapa da linha de trem de Yamanote - Tóquio </li></ul><ul><li>Usuário </li></ul><ul><ul><li>Moradores de Tóquio. </li></ul></ul><ul><ul><li>Viajantes. </li></ul></ul><ul><ul><li>Turistas. </li></ul></ul><ul><li>Conteúdo </li></ul><ul><ul><li>Seqüência e a identidade das paradas. </li></ul></ul><ul><ul><li>A linha circunda a cidade de Tóquio. </li></ul></ul><ul><li>Contexto </li></ul><ul><ul><li>Para o usuário não importa as voltas e curvas que o trem faz. </li></ul></ul><ul><ul><li>Em Tóquio o Palácio Imperial é um importante ponto de referência. </li></ul></ul><ul><ul><li>O desenho lembra o símbolo Yin-Yang em alusão as culturas orientais. </li></ul></ul>O trabalho do arquiteto é evidenciar as informações mais importantes e retirar as que não são necessárias.
    8. 8. O que é Usabilidade? Usabilidade é a medida na qual um produto pode ser usado por usuários específicos para alcançar objetivos específicos com efetividade, eficiência e satisfação num contexto específico de uso. Norma ISO 94241-11
    9. 9. O que é Usabilidade? <ul><li>Usabilidade não é apenas tornar “mais fácil de usar”. </li></ul><ul><li>Vários atributos estão associados à usabilidade e cada software busca enfatizar os atributos mais importantes para seus usuários. </li></ul><ul><li>Cinco atributos da usabilidade (NIELSEN, 1993): </li></ul><ul><ul><li>Facilidade de aprendizagem Capacidade com que o usuário começa a interagir rapidamente com o sistema logo na primeira vez que o utiliza. </li></ul></ul><ul><ul><li>Eficiência de uso Grau de produtividade atingido pelo usuário depois que aprendeu a utilizar o sistema. </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilidade de memorização Retenção, capacidade do usuário de voltar a utilizar o sistema após certo tempo sem precisar aprendê-lo novamente. </li></ul></ul><ul><ul><li>Baixa taxa de erros Medida do quanto o usuário pode ser induzido ao erro pelo sistema e o quanto pode se recuperar do mesmo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Satisfação subjetiva Medida do quanto o usuário se sente feliz de estar utilizando o sistema. </li></ul></ul>
    10. 10. Por que Arquitetura de Informação e Usabilidade são importantes? AGNER, L . A contribuição da história oral e dos testes de campo na pesquisa em Arquitetura de Informação . 1º EBAI, 2007. http://www.encontroai.org/viewabstract.php?id=28&cf=1 www.orkut.com (fevereiro/2008)
    11. 11. Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A. Return on Investment for Usable User - Interface Design . AM+A, 2002. http://www.amanda.com/resources/ROI/AMA_ROIWhitePaper_28Feb02.pdf A Sun Microsystems demonstrou como um investimento de U$ 20.000 em usabilidade gerou uma economia de U$ 152 milhões. (RHODES, 2000) <ul><li>Redução dos custos de redesign </li></ul>80% dos custos no ciclo de vida de um software ocorrem durante a fase de manutenção e são associados a requerimentos dos usuários que não foram observados e outros problemas de usabilidade. (PRESSMAN, 1992) <ul><li>Redução dos custos de manutenção </li></ul>Acelerar o desenvolvimento é um objetivo chave para se integrar eficientemente a usabilidade no desenvolvimento de produtos: um atraso de três meses na introdução de um produto no mercado pode resultar na perda de 50% do seu lucro. (CONKLIN, 1991) <ul><li>Redução do tempo de desenvolvimento </li></ul>Aproximadamente 63% dos grandes projetos de software excedem o budget e as quatro principais razões com maior responsabilidade estão relacionadas com a engenharia de usabilidade. (NIELSEN, 1993) <ul><li>Economia nos custos de desenvolvimento </li></ul>Desenvolvimento do Software: Redução de custos
    12. 12. Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A. Return on Investment for Usable User - Interface Design . AM+A, 2002. http://www.amanda.com/resources/ROI/AMA_ROIWhitePaper_28Feb02.pdf A importância de ter uma vantagem competitiva em usabilidade é mais importante em sites de e-commerce, os quais normalmente perdem aproximadamente metade dos negócios quando dificultam os visitantes de encontrarem a informação que precisam. (MANNING, 1999) <ul><li>Aumento do market share </li></ul>Quando os usuários são indagados para listar as cinco principais razões para comprar na web, 83% aponta “facilidade para fazer um pedido” como a razão principal. (NIELSEN, 1999) <ul><li>Atração de mais consumidores </li></ul>Mais de 83% dos usuários da Internet tem a tendência a abandonar um website se eles sentirem que precisam executar muitos cliques para encontrar o que estão procurando. (NIELSEN, 1999) <ul><li>Retenção dos clientes </li></ul>A presença da IBM na web era tradicionalmente um labirinto com diversos sub-sites difíceis de navegar, mas um redesign tornou-a mais coesa e amigável. De acordo com a IBM os esforços massivos de redesign rapidamente pagaram os dividendos. A companhia anunciou que no mês após o relançamento de fevereiro de 1999 o trafego da loja virtual IBM shop cresceu 120% e as vendas cresceram 400%. (BATTEY, 1999) <ul><li>Aumento do trafego e tamanho da audiência </li></ul>É comum que os esforços em usabilidade resultem em um aumento de 100% ou mais no trafego ou vendas. (NIELSEN, 1999) <ul><li>Aumento das vendas </li></ul>Você pode aumentar suas vendas em 225% no seu website fornecendo informações suficientes ao seus consumidores no momento certo. (USER INTERFACE ENGINEERING, 2001) <ul><li>Aumento das transações/compras </li></ul>Vendas: Aumento da rentabilidade
    13. 13. Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A. Return on Investment for Usable User - Interface Design . AM+A, 2002. http://www.amanda.com/resources/ROI/AMA_ROIWhitePaper_28Feb02.pdf Incorporar a facilidade de uso nos produtos realmente economiza dinheiro. Relatórios têm mostrado que é muito mais econômico considerar as necessidades dos usuários nos primeiros estágios do design que deixar para resolver isso mais tarde. (IBM, 2001) <ul><li>Aumento da facilidade de uso </li></ul>Em um estudo do Gartner Group, métodos de usabilidade aumentaram as taxas de satisfação dos usuários em 40%: quando o sistema atende as necessidades dos usuários a satisfação frequentemente aumenta drasticamente. (BIAS & MAYHEW, 1994) <ul><li>Aumento da satisfação do usuário </li></ul>Estima-se que o uso inadequado de métodos de engenharia de usabilidade nos projetos de desenvolvimento de software gera um custo de cerca de 30 bilhões de dólares por ano na economia dos EUA em perda de produtividade. (LANDAUER, 1995) <ul><li>Aumento da eficiência e produtividade (redução do tempo para completar as tarefas) </li></ul>Em um estudo de Jared Spool com 15 grande websites comerciais os usuários conseguiram encontrar a informação em apenas 42% das vezes apesar de terem visto a home-page correta antes de ter lhes sido dada a tarefa de teste. (NIELSEN, 1998) <ul><li>Aumento da taxa de sucesso / redução dos erros do usuário </li></ul>Usuário: Melhora da eficiência
    14. 14. Benefícios da Arquitetura de Informação e Usabilidade MARCUS, A. Return on Investment for Usable User - Interface Design . AM+A, 2002. http://www.amanda.com/resources/ROI/AMA_ROIWhitePaper_28Feb02.pdf Nas empresas os custos relativos a busca de informação inexistente, falha em encontrar informação existente ou recriar informação não encontrada é da ordem de 15 milhões de dólares. . (IDC, 2001) <ul><li>Redução dos custos para encontrar informação </li></ul>Um estudo da Computer + Software News (1986) aponta que gerentes de sistemas de informação consideram a facilidade de treinamento o sétimo fator de importância na sua decisão de compra. (BIAS & MAYHEW, 1994) <ul><li>Redução dos custos de treinamento e documentação </li></ul>Na Microsoft durante vários anos a funcionalidade de impressão de mala direta do Word for Windows gerava uma grande quantidade de ligações demoradas ao serviço do suporte (média de 45 minutos). Como resultado de testes de usabilidade e outras técnicas, a interface para o usuário dessa funcionalidade foi ajustada. Na versão seguinte a quantidade de ligações para o suporte caiu drasticamente. (BIAS & MAYHEW, 1994) <ul><li>Redução dos custos de suporte </li></ul>Um estudo da Computer + Software News (1986) descobriu que os usuários consideram a facilidade de uso o segundo fator de importância para compra, com nota de 6,8 em 10. A facilidade de aprendizagem é o quarto fator, com uma nota de 6,4. (BIAS & MAYHEW, 1994) <ul><li>Aumento da facilidade de aprendizagem </li></ul>Usuário: Melhora da eficiência
    15. 15. Componentes da Arquitetura de Informação <ul><li>ROSENFELD e MORVILLE (2002) dividem a Arquitetura de Informação de um website em quatro grandes sistemas interdependentes, cada um composto por regras próprias e suas aplicações: </li></ul><ul><ul><li>Sistema de Organização ( Organization System ) Determina o agrupamento e a categorização do conteúdo informacional. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema de Navegação ( Navigation System ) Especifica as maneiras de navegar, de se mover pelo espaço informacional e hipertextual. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema de Rotulação ( Labeling System ) Estabelece as formas de representação, de apresentação, da informação, definindo signos para cada elemento informativo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistemas de Busca ( Search System ) Determina as perguntas que o usuário pode fazer e o conjunto de respostas que irá obter. </li></ul></ul>ROSENFELD, L. ; MORVILLE, P . Information Architecture for the Word Wide Web . 3ed. Sebastopol: O’Reilly, 2006.
    16. 16. Sistema de Organização Jogo de caça-palavras Dicionário Fonte: Superdownloads (http://superdownloads.ubbi.com.br/download/i30333.html) É mais fácil encontrar uma informação em um ambiente organizado. Onde é mais rápido encontrar uma palavra ?
    17. 17. Dificuldades em organizar a informação na Web <ul><li>Devido aos seus diversos aspectos cognitivos e culturais, a organização da informação na Web apresenta diversas dificuldades. </li></ul><ul><ul><li>Liquidificador está em “Eletrodomésticos” ou “Eletroportáteis” ? </li></ul></ul><ul><ul><li>Walkman está em “Eletrônicos” ou “Eletroportáteis” ? </li></ul></ul><ul><ul><li>Aparelho de DVD está em “DVDs” ou “Eletrônicos” ? </li></ul></ul><ul><ul><li>O que é UD? O que tem dentro de UD? </li></ul></ul>www.submarino.com.br (fevereiro/2008)
    18. 18. Tarefa Assunto Público-Alvo e Localização Tempo www.yahoo.com.br
    19. 19. Sistema de Navegação Onde Estou? Aonde posso ir? Onde estive? NIELSEN, J. Projetando Websites . Rio de Janeiro: Campus, 2000.
    20. 20. Sistema de Rotulação www.cartoonnetwork.com.br/dexter O site da Cartoon Network fala a linguagem dos usuários. Esse site utiliza como rótulo no menu desenhos dos seus personagens ao invés dos seus nomes. Desse modo até crianças em fase inicial de alfabetização conseguem compreender.
    21. 21. www.brastemp.com.br
    22. 22. Sistema de Busca www.google.com.br Interface Página de Resultados Página sem Resultados Ajuda On-line
    23. 23. Sistema de Busca tempo.terra.com.br Anéis de sinônimos podem ser utilizados para corrigir erros comuns de digitação, como a falta de acentos. No website Terra – Tempo esse recurso não é utilizado, por isso a cidade de São Paulo, quando digitada sem til, não é encontrada.
    24. 24. Princípios para metodologias de projeto de arquitetura de informação de websites <ul><li>Possuir 5 fases: </li></ul><ul><li>Aplicar na fase de Pesquisa os fundamentos e técnicas do Design Centrado no Usuário da Ciência da Informação para buscar uma visão holística do usuário e uma compreensão global de suas situações particulares de uso de informação, incluindo o antes e o depois de suas interações com o website. </li></ul><ul><li>Aplicar na fase de Concepção os fundamentos e técnicas do Design Centrado no Usuário da Interação Humano-Computador para focalizar no usuário e nas suas tarefas desde o início do projeto e ter um processo de design com um ciclo iterativo e interativo de definição, validação e refinamento da solução utilizando avaliações de usabilidade. </li></ul>REIS, G. Centrando a Arquitetura de Informação no usuário . São Paulo, 2007. Dissertação (Mestrado) – ECA,USP http://www.guilhermo.com/mestrado Pesquisa Concepção Especificação Implementação Avaliação
    25. 25. Multidisciplinariedade da AI e da Usabilidade <ul><li>O estudo da experiência do usuário com interfaces computacionais possui uma natureza multidisciplinar. </li></ul>SMITH apud ROSENFELD, L. User Experience Education, 2005. http://louisrosenfeld.com/home/bloug_archive/000341.html
    26. 26. Multidisciplinariedade da AI e da Usabilidade <ul><li>Disciplinas com corpos teóricos já estabelecidos fornecem ferramentas, técnicas, experiência e credibilidade para as novas disciplinas, que unificam os métodos em uma nova forma de pensar. </li></ul>SMITH apud ROSENFELD, L. User Experience Education, 2005. http://louisrosenfeld.com/home/bloug_archive/000341.html
    27. 27. Um pensamento Se o simples fosse fácil, teríamos milhões de “Parabéns a você”. Erasmo Carlos
    28. 28. Para saber mais sobre Arquitetura de Informação <ul><li>Algumas referências: </li></ul>Lista de Discussão AIfIA-pt http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt www.boxesandarrows.org www.iainstitute.org www.guilhermo.com São Paulo – 17 e 18 de outubro de 2008 www.aibrasil.org/encontro
    29. 29. Obrigado ! <ul><li>Guilhermo Almeida dos Reis </li></ul><ul><li> [email_address] </li></ul><ul><li> www.guilhermo.com </li></ul>

    ×