Aula 6 Metodologia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Aula 6 Metodologia

on

  • 10,370 views

 

Statistics

Views

Total Views
10,370
Views on SlideShare
10,370
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
266
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula 6 Metodologia Document Transcript

  • 1. Universidade Federal de Pernambuco METODOLOGIA NBR 14724, ABNT, 2002, NBR 6023, ABNT, 2002 NBR 6028, ABNT, 2003 E outras Recife/2009 § Utilização de Normas Acadêmicas Para da Pesquisa Científica 1
  • 2. www.abnt.org.br Objetivos da normalização ü Comunicação ü Simplificação ü Organização 2
  • 3. Níveis de normalização ) ca Ma é ri is ex INTERNACIONAL ige en nte (G te (R en es REGIONAL xig trit se iva no ) Me NACIONAL EMPRESARIAL Norma Documento, estabelecido por consenso e aprovado por organismo reconhecido, que fornece, para uso comum e repetitivo, regras, diretrizes ou características para atividades ou seus resultados, visando à obtenção de um grau ótimo de ordenação em um dado contexto. 3
  • 4. Trabalhos acadêmicos Norma Brasileira Registrada (NBR), Padrão da Associação conhecida por NBR-6022, Brasileira de Normas denominada Informação e Técnicas (ABNT) documentação – Artigo em publicação periódica científica impressa. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), fundada em 1940, é uma entidade privada, sem fins lucrativos e responsável pela normalização técnica no país. Processo de elaboração de Normas Brasileiras DEMANDA ELABORA ÇÃO DO PROGRAMA DE PROJETO DE NORMALIZAÇ NORMALIZA ÇÃO NORMA CONSULTA NACIONAL ANÁ ANÁ LISE DE VOTOS SIM NORMA OK NÃO 4
  • 5. Estágios e tempos m áximos para a elaboração de Norma Brasileira 24 MESES Estágio de 22 MESES Publicação Estágio de 16 MESES Aprovação Estágio de 12 MESES Consulta Estágio de 3 MESES Elaboração Estágio de Proposição l DISSERTAÇ DISSERTAÇÃO Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou exposição de um exposiç estudo cient ífico retrospectivo, de cientí tema único e bem delimitado em sua extensão, com o objetivo de reunir, analisar e interpretar informa ções. informaç Deve evidenciar o conhecimento de literatura existente sobre o assunto e a capacidade de sistematiza ção do sistematizaç candidato. É feito sob a coordena ção coordenaç de um orientador (doutor), visando a obtenç obtenção do t ítulo de mestre. tí 5
  • 6. § TESE Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou exposiç exposição de um estudo científico de cientí tema único e bem delimitado. Deve ser elaborado com base em investigação investigaç original, constituindo-se em real constituindo- contribuiç contribuição para a especialidade em questão. É feito sob a coordenação de coordenaç um orientador (doutor), visando a obtenç obten ção do título de doutor. tí § Outros Trabalhos Acadêmicos: Trabalho de Conclusão de Curso de Graduaç Graduação ou de Especialização (TCC) , Especializaç Trabalho de Graduação Interdisciplinar Graduaç (TGI) Documento que representa o resultado de estudo, devendo expressar conhecimento do assunto escolhido, que deve ser obrigatoriamente emanado da disciplina, módulo, estudo independente, curso, programa e outros ministrados. Deve ser feito sob a coordenação de um orientador. coordenaç 6
  • 7. Estrutura de trabalhos acadêmicos l Segundo as normas da ABNT (Associação (Associaç Brasileira de Normas Técnicas – NBR 14724, Té 2002), sediada na cidade do Rio de Janeiro. Estrutura para elaboração de um trabalho acadêmico compreende Elementos pré-textuais Elementos pós-textuais Elementos textuais Elementos pré-textuais Fonte: NBR 14724, ABNT, 2002, p.3. Todos os elementos que antecedem o texto com informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho. ESTRUTURA ELEMENTO Capa (obrigatório) (obrigató Lombada (opcional) Folha de rosto (obrigat ório) (obrigató Errata (opcional) Folha de aprovação (obrigat ório) aprovaç (obrigató Pré Pré-textuais Dedicató Dedicat ória(s) (opcional) Agradecimento(s) (opcional) Epí Epígrafe (opcional) Resumo na língua vernácula (obrig.) lí verná Resumo na língua estrangeira (obrig.) lí Lista de ilustra ções (opcional) ilustraç Lista de tabelas (opcional) Lista de abreviaturas e siglas (opcional) Lista de s ímbolos (opcional) sí Sumá Sumá rio (obrigatório) (obrigató 7
  • 8. ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS segundo a NBR- 14724:2002 PRÉ NBR- CAPA - as informações imprescindíveis devem estar na seguinte ordem : - INSTITUIÇÃO - NOME DO AUTOR - TÍTULO - SUBTÍTULO (se houver) - LOCAL (cidade) DA INSTITUIÇÃO ONDE DEVE SER APRESENTADO O TRABALHO - ANO DE DEPÓSITO (da entrega do trabalho acadêmico) LOMBADA - elemento opcional - informações na seguinte ordem : - NOME DO AUTOR impresso longitudinalmente e legível do alto para o pé da lombada, de forma que a leitura seja feita quando o trabalho estiver no sentido horizontal, com a face voltada para cima - TÍTULO da mesma forma que o autor - IDENTIFICAÇÃO alfanumérica. Por ex: v.2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS PRÉ FOLHA DE ROSTO - ANVERSO: os elementos devem estar na seguinte ordem: - NOME COMPLETO DO AUTOR - TÍTULO PRINCIPAL DO TRABALHO (deve resumir de maneira clara e precisa o conteúdo do trabalho, permitindo sua indexação para futura recuperação) - SUBTÍTULO( se houver), separado do título por dois pontos (:) - NATUREZA (tese, dissertação e outros) e OBJETIVO (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da Instituição a que é submetido; área de concentração - NOME DO ORIENTADOR (e co-orientador, se houver) - LOCAL (cidade) DA INSTITUIÇÃO ONDE DEVE SER APRESENTADO - ANO DE DEPÓSITO (da entrega do trabalho acadêmico) 8
  • 9. ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS PRÉ FOLHA DE ROSTO - VERSO: deverá constar uma ficha catalográfica elaborada por um bibliotecário conforme o Código de Catalogação Anglo-Americano - CCAA2. ERRATA - lista inserida no original depois de impresso, logo após a folha de rosto, em papel avulso ou encartado, com indicação das folhas e das linhas em que ocorreram erros, seguida das devidas correções. A errata deve estar indicada na lista da seguinte maneira: ERRATA Folha Linha Onde se lê Leia-se 32 3 merketing marketing 53 8 (SIQUEIRA, 1990) (CERQUEIRA, 1990) FOLHA DE APROVAÇÃO - Deve conter: APROVAÇ - AUTOR - TÍTULO POR EXTENSO E SUBTÍTULO ( se houver) - NATUREZA, OBJETIVO, NOME DA INSTITUIÇÃO A QUE É SUBMETIDO O TRABALHO ACADÊMICO, ÁREA DE CONCENTRAÇÃO - DATA DE APROVAÇÃO - NOME, TITULAÇÃO, ASSINATURA E INSTITUIÇÃO DOS MEMBROS DA BANCA EXAMINADORA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS PRÉ DEDICATÓ DEDICATÓRIA - Texto onde o autor homenageia ou dedica seu trabalho a uma pessoa ou grupo de pessoas. AGRADECIMENTOS - Texto onde o autor faz seus agradecimentos às pessoas e/ou Instituições que colaboraram de maneira significativa à elaboração do trabalho. EPÍ EPÍ GRAFE - Citação, pensamento, provérbio, seguido da indicação de sua autoria, de preferência relacionado com o assunto tratado no corpo do trabalho. As epígrafes também poderão constar das folhas de abertura das seções primárias ou capítulos. 9
  • 10. ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS PRÉ RESUMO NA LÍNGUA VERNÁCULA - LÍ VERNÁ Segundo a NBR 14724:2002, o Resumo é a “apresentação concisa dos pontos relevantes do texto, fornecendo uma visão r ápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho”. Constitui-se em uma seqüência de frases concisas e objetivas e não de simples enumeração de tópicos. O limite máximo de palavras do resumo de um trabalho acadêmico é 500. O resumo deve ser seguido das palavras-chave e/ou descritores, conforme a NBR 6028:1990 (Resumos). Procure ajuda de um bibliotecário para escolha das palavras-chave de acordo com o tesauro da área. RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA - LÍ “Versão do resumo em idioma de divulgação internacional (em inglês Abstract, em castelhano Resumen, em francês Résumé). Deve ser seguido, logo abaixo, das palavras-chave e/ou descritores, na mesma língua”. (NBR 14724:2002) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS - segundo a NBR PRÉ 14724:2002 LISTA DE ILUSTRA Ç ÕES - elemento opcional - Deve ser elaborada de ILUSTRAÇ acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item acompanhado do respectivo número da página. É recomendada a elaboração de uma lista para cada tipo de ilustração (quadros, lâminas, plantas, fotografias, gráficos, organogramas, fluxogramas, esquemas, desenhos e outros). LISTA DE TABELAS - elemento opcional - Deve ser elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, seguido do respectivo número da página. 10
  • 11. ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS - segundo a NBR PRÉ 14724:2002 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS - elemento opcional - Relação alfabética das abreviaturas e siglas usadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes, por extenso. Fazer uma relação para cada tipo. LISTA DE S ÍMBOLOS - elemento opcional - Deve ser elaborada de SÍ acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado. SUMÁ SUMÁ RIO - elemento obrigatório - Sumário é a “enumeração das obrigató principais divisões, seções e outras partes do trabalho, na mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede” - Deve ser seguido do respectivo número da página. Havendo mais de um volume, em cada um deve constar o Sumário completo do trabalho. ( ABNT/NBR 6027:1989 - Sumário) Elementos textuais Compreendem a parte do trabalho em que é exposta a matéria de estudo. ESTRUTURA ELEMENTO Introduç Introdu ção Desenvolvimento Textuais Conclusão Fonte: NBR 14724, ABNT, 2002, p.3. 11
  • 12. ELEMENTOS TEXTUAIS – descrição segundo a NBR- descriç NBR- 14724:2001 INTRODUÇ INTRODUÇÃO Parte inicial do texto, onde devem constar: - a delimitação do assunto tratado, - objetivos da pesquisa - outros elementos necessários para situar o tema do trabalho. DESENVOLVIMENTO Parte principal do texto, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em seções e subseções, que variam em função da abordagem do tema e do método. CONCLUSÃO Parte final do texto na qual se apresentam conclusões correspondentes aos objetivos ou hipóteses. É opcional apresentar os desdobramentos relativos à importância, projeção, repercussão, encaminhamento e outros. Elementos pós-textuais Significam os elementos que complementam o trabalho. ESTRUTURA ELEMENTO Referências (obrigat ó rio) (obrigató Glossá Glossário (obrigató rio) (obrigató Pó s-textuais Apêndice (opcional) Anexos (opcional) Fonte: NBR 14724, ABNT, 2002, p.3. 12
  • 13. ELEMENTOS P ÓS-TEXTUAIS – descrição segundo PÓ descriç a NBR-6023:2002 NBR- Referências: conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação identificaç individual, conforme a ABNT/NBR-6023:2002. ABNT/NBR- Elemento obrigatório para todos os documentos citados obrigató no texto, mesmo que em notas de rodapé. rodapé Glossá Glossário: lista em ordem alfabética de palavras ou expressões alfabé técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhadas das respectivas definições. definiç ELEMENTOS P ÓS-TEXTUAIS – descrição segundo PÓ descriç a NBR-6023:2002 NBR- Apêndice (s): texto ou documento elaborado pelo autor que complementa sua argumentação, sem prejuízo da unidade argumentaç prejuí nuclear do trabalho. São identificados por letras maiúsculas consecutivas, maiú travessão e pelos respectivos títulos. tí APÊNDICE A - Avaliação num érica ........ Avaliaç numé APÊNDICE B - Avaliação estrutural ........ Avaliaç Poderão ser utilizadas letras maiúsculas dobradas quando o maiú número de apêndices esgotar as 23 letras do alfabeto. 13
  • 14. ELEMENTOS P ÓS-TEXTUAIS – descrição segundo PÓ descriç a NBR-6023:2002 NBR- Anexo (s): texto ou documento NÃO elaborado pelo autor que serve de fundamentação, comprovação e ilustra ção. fundamentaç comprovaç ilustraç Os anexos são identificados por letras maiúsculas maiú consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. tí ANEXO A - Representa ção gráfica da contagem de Representaç grá células inflamatórias - Grupo I inflamató ANEXO B - Representa ção gráfica da contagem de Representaç grá células inflamatórias - Grupo II inflamató Poderão ser utilizadas letras maiúsculas dobradas quando o maiú número de anexos esgotar as 23 letras do alfabeto. Índice (s): deverá deverá ser elaborado conforme NBR - 6034:1989. NBR- Papel e formato Papel Cor branca , formato A4 Boa qualidade (21 cm x 29,7 cm) Opaco Todos textos, quadros, tabelas, Posição vertical legendas e figuras Em casos excepcionais, quadros e tabelas com várias colunas, ou ainda anexos com Posição horizontal ilustrações que necessitem de página em paisagem uma apresentação 14
  • 15. Folha-guia para digitação fonte de tamanho 12 para o texto fonte de tamanho 10 para texto de tamanho menor (citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e legendas das ilustrações e tabelas) Margem esqueda e superior de 3 cm § Margem Margem direita e inferior de 2 cm Folha-guia para digitação Todo texto digitado com espaço duplo § Espacejamento Citações de mais de três linhas, as notas, as referências, as legendas das ilustrações e tabelas, a ficha catalográfica, a natureza do trabalho, o objetivo, o nome da instituição a que é submetida e a área de concentração devem ser digitados com espaço simples (NBR 14724, 2002, p.6) Texto em alinhamento justificado § Alinhamento do texto Parágrafo com deslocamento de 1 cm 15
  • 16. Paginação • todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem ser contadas seqüencialmente, mas não numeradas; • a paginação é numerada a partir da primeira folha da parte textual; • havendo apêndice e anexo, numerar na seqüência do texto principal. Numera ção progressiva • adotar a numeração progressiva para as seções do documento; • os títulos das seções primárias devem iniciar em folha distinta; • destacar gradativamente os títulos da seções utilizando negrito, itálico ou grifo, ou redondo (caixa alta) - conforme ABNT / NBR - 6024: 1989. 16
  • 17. Abreviaturas e siglas Por extenso na 1ª vez que aparecer no texto, acrescentando-se a abreviatura ou a sigla entre parênteses. Exemplo: Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) Equações e fórmulas Aparecem destacadas no texto para facilitar a leitura. É permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte os expoentes, índices e outros elementos. Quando destacadas no parágrafo são centralizadas e, se necessário, deve- se enumerá-las. Quando fragmentadas em mais de uma linha, por falta de espaço, devem ser interrompidas antes do sinal de igualdade ou depois dos sinais de adição,subtração, etc. Ilustraç Ilustrações: figuras (quadros, plantas, fotografias, gráficos, fluxogramas, grá esquemas, desenhos e outros) Devem ser enumeradas seqüencialmente em algarismos arábicos, precedidos da palavra figura, com legendas breves e claras, sempre abaixo da ilustração, colocadas o mais perto possível do trecho a que se referem. 17
  • 18. Figura 2 – Placa aterosclerótica desenvolvida. Figura 1 - Zoneamento bioclimático brasileiro. Figura 4 – Atual curso em Contabilidade de estudante cadastrados. 18
  • 19. Figura 5 – Ano de ingresso no atual curso de Contabilidade dos estudantes cadastrados. Figura 6 – Trabalho em desenvolvimento de estudantes cadastrados. 19
  • 20. Figura 7– Relação de outras graduações de estudantes cadastrados. Tabelas (elementos demonstrativos de s íntese de informaç ões tratadas sí informaç estatisticamente conforme as Normas de apresentaç ão tabular do apresentaç IBGE, 1993) * devem ter numeração independente e consecutiva - em algarismos ar ábicos * colocar o título acima da tabela, precedido da palavra tabela * indicar fontes citadas na construção das tabelas e outras notas eventuais em notas de rodapé - solicitar autorização prévia do autor para reproduzir tabela (mas não precisa mencionar) * inserir o mais próximo possível do trecho a que se referem - se não couber em uma folha, não fechá-la na parte inferior, continuar na seguinte, repetir título e cabeçalho * utilizar linhas horizontais e verticais para separar os títulos das colunas no cabeçalho e fechá-las na parte inferior * evitar linhas verticais para separar colunas e linhas horizontais para separar as linhas 20
  • 21. Tabela 1 - Opinião da mulher sobre problemas familiares. Tabela 2 - Grupos familiares de imigrantes carentes. 21
  • 22. Modelo da Capa Fonte 14 3 cm Espaço simples Não negrito UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNANBUCO UFPE Maiúsculo CURSO DE GESTÃO DA INFORMA ÇÃO Centralizado Fonte 14 MARIANA XIMENES Negrito Maiúsculo 3 cm GESTÃO DA INFORMAÇÃO: 2 cm Fonte 18 Alternativa Para Sobreviver no Mundo dos Nerds Espaço 1,5 Negrito Maiúsculo Fonte 14 Não negrito RECIFE DEZEMBRO DE 2009 Maiúsculo Centralizado 2 cm Folha de Rosto Fonte 14 3 cm Não negrito Maiúsculo MARIANA XIMENES Centralizado GESTÃO DA INFORMAÇÃO : Fonte 18 Alternativa Para Sobreviver no Espaço 1,5 Mundo dos Nerds Negrito Maiúsculo Projeto apresentado à 2 cm disciplina de Metodologia da Pesquisa Cient ífica 3 cm para aprovação na Fonte 12 disciplina de Metodologia Não negrito pela Universidade Federal de Pernambuco. Maiúsculo e minúsculo Recuo da margem esquerda de 7,5 Fonte 14 Não negrito RECIFE DEZEMBRO DE 2009 Maiúsculo Centralizado 2 cm 22
  • 23. Folha de Aprovação Fonte 14 3 cm Não negrito Maiúsculo MARIANA XIMENES Centralizado GESTÃO DA INFORMAÇÃO : Alternativa Para Sobreviver no Mundo Fonte 18 dos Nerds Espaço 1,5 Negrito Banca Examinadora, após receber a apresentação formal deste Projeto em dezembro de 2009, e Maiúsculo cumprindo todas as Normas e Regulamentos da Universidade, resolve: 2 cm _________________________ este Projeto e 3 cm recomendar a sua inclusão no acervo da Biblioteca da UFPE. BANCA EXAMINADORA: Prof. Dr. André Moreira Pinto Orientador – UFPE Fonte 12 Prof. Dr Fábio Mascarenhas Não negrito UFPE Maiúsculo e minúsculo Profª. M.S. Fábio Pinho UFPE 2 cm Resumo na Língua Portuguesa Fonte 14 3 cm Negrito Maiúsculo RESUMO Centralizado qqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqq ou alinhado a qqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqq esquerda qqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqq qqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqqssssssssssss sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss Fonte 12 sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss Não negrito sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss Maiúsculo e minúsculo ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssspp pppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppp Resumo corrido em pppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppp um único parágrafo pppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppp 2 cm pppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppppa Espaço 1,5 aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa 3 cm aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa Máximo de 500 e aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa mínimo de 250 aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa palavras aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaz zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz Fonte 12 zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz. Negrito (palavras -chave) Palavras-chave: Gestão da Informação. Nerd. Maiúsculo e minúsculo Estratégias da Informação. Alinhado a esquerda Mínimo 3 palavras -chave 2 cm 23
  • 24. Sumário Fonte 14 3 cm Negrito Maiúsculo SUMÁ RIO Centralizado ou alinhado a esquerda 1 INTRODUÇÃO 1.1 Objetivos 1.1.1 Objetivo Geral Fonte 12 1.1.2 Objetivos Específicos Não negrito 1.2 Justificativa Maiúsculo e minúsculo 2 cm Espaço 1,5 entre 2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA tópicos 3 cm (divisão livre) Espaço simples entre sub-tópicos 3 APRESENTAÇÃO DO PRODUTO REFERÊNCIAS 2 cm Em caso de dúvida, não dúvida, hesite em buscar ajuda dos professores e bibliotecários de bibliotecários referência da UFPE 24