Finalidade Da EncarnaçãO

4,851 views
4,464 views

Published on

www.gespiritacristao.com
Conceição de Jacareí

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • O SER HUMANO NECESSITA SER... "Observa com cuidado e verás a multidão aturdida, agressiva, estremunhada, que te parece antipática e infeliz. Em realidade, é constituída de pessoas como tu mesmo, fugindo para lugar nenhum, sem coragem para o autoenfrentamento." Joanna de Ângelis/Divaldo Franco Conheço pessoas que, apesar de ásperas condições históricas, pela manhã já estão despertas e encorajadas para enfrentar os dilemas cotidianos, confiantes de que viver é um aprendizado contínuo, feito e refeito de erros e avanços. É um ato heroico, elas consideram, viver vivos, dando coerência às suas tarefas de alma, ainda que anônimas. Conheço outras, no entanto, e mesmo alguns colegas acadêmicos cum laude, cujas vidas entendem insossas e vazias, atribuído o inquieto temor à nossa época permeada pelos excessos do materialismo/fanatismo, sem ignorar a indiferença, um artefato muito cosmopolita. Frequentemente pouco sensibilizada para a importância de dar significado à própria vida, a sociedade contemporânea se espanta quando as boas condições materiais, aliadas a um irracional consumo, possam ser acompanhadas de sensação de insignificação e desespero diante das coisas da vida, sem esquecer o bando invisível de depressivos e infelizes que hoje tingem o mundo de um plúmbeo sofrer crônico. É notório que o sofrimento existe... Muita gente ainda não entende que somente metas significativas – e portanto a coragem para ser – podem gerar uma pura alegria ou uma satisfação honesta, pois é tão só o dinamismo dialético entre "ser" e "tornar-se" que põe rumo criativo ao caminho individual, algo que necessita muito ser disseminado, desde o primórdio da educação humana, e para manter fecundo o campo das convivências, estruturando então uma maior proximidade com os ditames da saúde do corpo-e-alma. É notório que o sofrimento existe e ninguém diria o contrário. Mas temos a tendência a intensificar o (mau) sofrer, à medida que, especialmente no Ocidente, somos treinados (e instigados) para não enxergar a impermanência das relações e das coisas, apostando, também por causa deste erro de interpretação, na fruição da felicidade como um "produto" a ser alcançado a qualquer custo e que passa, frente à realidade, a ser fonte de angústias e alvo de uma série de atitudes antissociais. Felicidade e sofrimento são experiências transitórias e, como indivíduos, o que de fato nos cabe é a aventura de evoluir, de nos conhecer para pensar/viver/conviver melhor. Sem dúvida, e nas dimensões privada e pública, mais e mais o desejo por sabedoria se faz essencial. Pois, para dizer o menos, a sabedoria, relacionada à verdade, logo contrária à mentira e aos enganos, tem o condão de nos afastar das armadilhas de uma vida comandada pelas ilusões. O necessário para viver uma vida escolhida Além disso, em um mundo que está em duro trânsito, a sabedoria pode nos assegurar a serenidade de reverenciar, aprendendo a agradecer e a saborear, por exemplo, as pequenas coisas do dia a dia: uma boa refeição, um livro edificante, uma companhia agradável, o abraço de um filho, um dia de chuva, um dia ventoso, a franca certeza do devir, da mudança que impregna todas as coisas... Embora muitos de nós estejamos afetados por um autoconhecimento superficial, pois largamente dirigidos por comandos materialistas (reducionistas), a qualquer instante podemos decidir por uma vida guiada por significação, portanto rumo à sabedoria. Que é necessário, então, para viver uma vida escolhida? Uma disposição corajosa para ser e viver, agindo bem, vivendo lucidamente, a despeito de todo mal que ainda permeia o destino humano – individual e coletivo. “Coragem de alma", como dizia Spinoza. "Coragem de alma" para avançar, mas fazendo bem-feito a nossa parte – sob a luz da razão e do coração, porque a coragem, uma entre tantas outras virtudes, se como traço de caráter implica fraca sensibilidade ao medo, como qualidade é sempre generosa e por isso tece a biografia dos heróis. E precisamos de heróis, os heróis anônimos, que vivem todos os dias e, no vasto mundo, lucidamente educam seus filhos, cientes da responsabilidade de contribuir luminosamente com o destino humano. “Coragem de alma” para evoluir, pois o ser humano necessita ser... Eugênia Pickina – Forum Espírita – Julho/2015
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
4,851
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
212
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Finalidade Da EncarnaçãO

  1. 1. Finalidade da encarnação (vida humana) – O que estamos fazendo aqui? – Qual o objetivo da existência humana? – Até quando teremos que passar por esse processo? _ Todos fomos criados por Deus com manual do fabricante individualizado?
  2. 2. <ul><li>Segundo a resposta do Espírito da Verdade nesta questão, estamos na vida terrestre para três coisas: fazer provas, cumprir missões e expiar. </li></ul><ul><li>A prova é a oportunidade de exercer a sua fé e louvar a Deus e, com isso, viver em felicidade. </li></ul><ul><li>Missão é o que você faz pelo próximo. Quando você serve de instrumento para a prova dos outros. </li></ul><ul><li>Expiação não é o que se deve a outro espírito, mas sim as Leis Divinas. Ex – mentor reencarna como filho para despertar no casal de tutelados a missão que previamente tinham planejados . </li></ul>
  3. 4. <ul><li>exemplo: no seu emprego alguém passa a sua frente, ou seja, recebe aquilo que você acha que merece... </li></ul><ul><li>Eis aí uma boa prova, mas para que ela existe é preciso que alguém cumpra uma missão: a de lhe passar a frente... </li></ul><ul><li>Para vencer sua prova é preciso que você, ao invés de dizer que ele não presta, que não vale nada, que lhe passou a perna, se esforce por amá-lo. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>“ Aquele que quiser vir após mim, toma a sua cruz e siga-me.” Jesus </li></ul>Não diminua o comprimento da sua cruz para diminuir seu peso, pois ela será a ponte que te conduzirá a sua redenção espiritual.
  5. 6. Obs. Do Divaldo sobre este tema: <ul><li>Enquanto domiciliado no corpo, Espírito algum se encontra em segurança, vitorioso, isento de experiências difíceis, de possíveis insucessos. </li></ul><ul><li>Momentos de aflição e prova surgem pelo caminho, inesperados, concitando à disciplina espiritual indispensável ao processo evolutivo do ser. </li></ul><ul><li>São assim chamados de: “Métodos de purificação” </li></ul>
  6. 7. <ul><li>O que é necessário para o bom aproveitamento da encarnação é passar pelo sofrimento, e não se fixar neles durante a vida... </li></ul><ul><li>Ex. do porco e do cavalo de raça. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Como explicou Kardec: </li></ul><ul><li>Não existe ser humano mal feito ou em situação ruim; sua forma e os acontecimentos de sua vida fazem parte da sua missão na carne. Ex: do atleta para-olímpico Brasileiro </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Vejamos mais um dos objetivos da encarnação ensinados pelo Espírito da Verdade: </li></ul><ul><li>O de pôr o Espírito em condições de suportar a parte que lhe toca na obra da criação. </li></ul><ul><li>Todo espírito encarna para fazer suas provas, mas, além disso, ele também é o instrumento das provas dos outros. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Não estamos na obra do Mundo para aniquilar o que é imperfeito, mas para completar o que se encontra inacabado. </li></ul><ul><li>Renovemos para o bem, transformemos para a luz. </li></ul><ul><li>Nossa missão é de amor infatigável para a Vida Abundante. </li></ul><ul><li>Emmanuel - Vinha de Luz </li></ul>
  10. 12. <ul><li>Os encarnantes que se detêm no desamor e no desequilíbrio, na rebeldia ou na indiferença têm sua encarnação completamente a cargo dos trabalhadores divinos, que escolhem as condições sob as quais deverão renascer e as experiências a que deverão se submeter. &quot;(...) </li></ul>
  11. 13. <ul><li>Pensamento do espírito Lucius: </li></ul><ul><li>“ O Espírito tem uma necessidade básica de crescimento, de maturidade. Para amadurecer, deve aprender a vencer o mundo, dominar o meio e atuar livremente dentro de suas necessidades espirituais e eternas. Essa é a nossa meta.” </li></ul>
  12. 14. <ul><li>viva a sua vida com alegria, sem procurar ou encontrar motivos para tristeza, infelicidade. </li></ul><ul><li>Não importa o que aconteça, o espírito deve positivar o ato aplicando nele a felicidade de participar do Mundo de Deus; </li></ul>Para que a encarnação tenha sucesso, é necessário que o espírito:
  13. 15. <ul><li>Não ofenda seus companheiros de jornada carnal. Tenha sempre compaixão, abstendo-se de julgar e condenar seus irmãos por atos que pratiquem; </li></ul>
  14. 16. <ul><li>Nunca se sinta superior ou inferior a ninguém quer em posses materiais, sentimentais ou intelectuais. </li></ul><ul><li>Não importa o que o outro faça ou possua, o espírito deve ver a igualdade que existe entre todos: ser filho de Deus. </li></ul><ul><li>O Pai nos ama tanto que trata cada filho seu como se fosse o único. Aplicar o Amor Universal é agir como o pai do filho pródigo. </li></ul>
  15. 17. Emmanuel – Vinha de Luz <ul><li>Vale mais um dia bem vivido com o Senhor que 100 anos de rebeldia em nossas criações inferiores. </li></ul>

×