As tradições  de Natal na União Europeia
Tradições da Alemanha
  Alemanha   <ul><li>A   época de Natal começa dia 6 de Dezembro, dia de São Nicolau, e tem como símbolo a árvore de Natal...
  Tradições  da França
França Na França as crianças colocam os seus sapatos em frente à lareira, na esperança de que o Pai Natal (também conhecid...
Tradições  da Finlândia
Finlândia <ul><li>Penduram-se nos tectos das casas paus cruzados cobertos de palha e neles se penduram estrelinhas pratead...
Tradições  da  Espanha
Espanha <ul><li>A festa de Natal é comemorada por toda a parte, mas o dia principal é o dia dos Reis. Na véspera desse dia...
Tradições  da  Dinamarca
Dinamarca Na Dinamarca, o mês de Dezembro é plenamente dominado pelo Natal. Na maioria das cidades, as principais ruas de ...
Tradições da  Bélgica
Bélgica <ul><li>As crianças esperam ansiosas por esta altura para receberem os presentes de S. Nicolau. É hábito os brinqu...
Tradições da Áustria
<ul><li>Na Áustria, os dias 25 e 26 de Dezembro são feriados para que as pessoas se possam visitar, ir à igreja e particip...
Tradições da Grã-Bretanha
Grã-Bretanha <ul><li>O Natal é uma comemoração bastante festiva na Grã-Bretanha. No início de Dezembro, as ruas já estão d...
Tradições  da  Grécia
Grécia É costume comer leitão na noite de Natal. Depois de morto, mergulha-se o leitão em água a ferver e raspa-se com uma...
Tradições  da Holanda
Holanda <ul><li>Nas margens do rio Zuiderzee, os filhos dos pescadores colocam no parapeito da janela o maior saco que hou...
Tradições da Irlanda
Irlanda <ul><li>Colocam-se velas acesas nos parapeitos das janelas. Com isso pretende-se dizer que as casas estariam pront...
Tradições da Itália
Itália <ul><li>Desde o primeiro dia de Dezembro que por todas as regiões de Itália surgem presépios por todo o lado. Vende...
Tradições  do Luxemburgo
Luxemburgo <ul><li>A festa de São Nicolau que é celebrada em memória do jovem bispo que, de acordo com a lenda, salvou cri...
Tradições de Portugal
Portugal <ul><li>O Natal é, sem dúvida, uma das celebrações mais complexas do calendário português, cerimónias da liturgia...
Tradições da  Suécia
Suécia <ul><li>É costume acenderem-se candelabros com três velas. Colocam-se por detrás das vidraças das janelas para que ...
 
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Natal na Europa

18,876

Published on

Published in: Education, Travel, Technology
1 Comment
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
18,876
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
256
Comments
1
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Natal na Europa

  1. 1. As tradições de Natal na União Europeia
  2. 2. Tradições da Alemanha
  3. 3. Alemanha <ul><li>A época de Natal começa dia 6 de Dezembro, dia de São Nicolau, e tem como símbolo a árvore de Natal. A tradição de enfeitar a árvore de Natal nasceu na Alemanha há muitos, muitos anos. </li></ul><ul><li>No norte é São Nicolau que distribui as prendas no dia 6 de Dezembro. </li></ul><ul><li>No sul é o Menino Jesus que as distribui, na véspera de Natal. A Alemanha é o país da Europa que mais gasta em brinquedos!       </li></ul>
  4. 4. Tradições da França
  5. 5. França Na França as crianças colocam os seus sapatos em frente à lareira, na esperança de que o Pai Natal (também conhecido como Papa Noel) os encha com dons. Os doces, frutas, nozes e pequenos brinquedos também serão pendurados na árvore durante a noite. Em 1962, uma lei foi promulgada a decretar que todas as cartas escritas ao Pai Natal, seriam respondidas com um cartão postal. Quando uma turma escreve uma carta, cada aluno recebe uma resposta.
  6. 6. Tradições da Finlândia
  7. 7. Finlândia <ul><li>Penduram-se nos tectos das casas paus cruzados cobertos de palha e neles se penduram estrelinhas prateadas e douradas. </li></ul>
  8. 8. Tradições da Espanha
  9. 9. Espanha <ul><li>A festa de Natal é comemorada por toda a parte, mas o dia principal é o dia dos Reis. Na véspera desse dia as crianças esperam pelos presentes que pediram aos Reis Magos. Nas grandes cidades há grandes cortejos, onde desfilam os três reis, que distribuem presentes por toda a gente (toneladas de guloseimas são lançadas pelas ruas). A véspera de Natal é celebrada em família, que se reúne numa ceia. Trocam-se pequenas prendas e assiste-se à missa da meia noite. Nas aldeias andaluzas fazem-se presépios ao vivo para ajudar a arranjar donativos para famílias mais pobres. Outro costume é o receber na própria casa, na noite de Natal, um recém-nascido pobre, a quem se oferece um enxoval completo. </li></ul>
  10. 10. Tradições da Dinamarca
  11. 11. Dinamarca Na Dinamarca, o mês de Dezembro é plenamente dominado pelo Natal. Na maioria das cidades, as principais ruas de compras são decoradas com luzes, guirlandas de pinheiros. Nas praças e nos jardins, as árvores são decoradas com luzes natalícias, um costume datado de 1914, quando a primeira árvore de Natal foi acesa na Praça da cidade de Copenhaga. Nos últimos tempos, tornou-se comum a decoração de outras árvores e objectos com luzes natalícias. A maioria das residências dinamarquesas toma parte na contagem regressiva para o Natal. Isso é feito acendendo uma vela do calendário de Natal por dia, ou acendendo uma vela da Coroa do Advento a cada domingo antes do Natal, totalizando quatro velas. Inicialmente (de 1935 até 1942), o tradicional calendário natalício de velas era produzido em casa com a ajuda das crianças. A Coroa do Advento por sua vez, passou a ser uma tradição a partir de 1946.
  12. 12. Tradições da Bélgica
  13. 13. Bélgica <ul><li>As crianças esperam ansiosas por esta altura para receberem os presentes de S. Nicolau. É hábito os brinquedos serem dados no dia 6 de Dezembro (dia de S. Nicolau) enquanto no dia de Natal se espera que lhes sejam oferecidas roupas. Os grandes armazéns e lojas das cidades têm sempre uma figura que representa o Pai Natal e a quem as crianças entregam as cartas onde pedem tudo o que desejam. </li></ul>
  14. 14. Tradições da Áustria
  15. 15. <ul><li>Na Áustria, os dias 25 e 26 de Dezembro são feriados para que as pessoas se possam visitar, ir à igreja e participar nos eventos natalícios, como a representação da chegada da Virgem Maria e São José com o Menino Jesus. O estranho é que São Nicolau, assim designado Pai Natal pelos austríacos, vem acompanhado pelo Diabo. Os dois interrogam as crianças e quem não se comportou bem, apanha de vara nas pernas. Mas também ganha brinquedos. </li></ul>Áustria
  16. 16. Tradições da Grã-Bretanha
  17. 17. Grã-Bretanha <ul><li>O Natal é uma comemoração bastante festiva na Grã-Bretanha. No início de Dezembro, as ruas já estão decoradas, as crianças começam a ensaiar as tradicionais canções de Natal e as prateleiras das lojas estão repletas de produtos natalícios, como peru, mince pies e o apreciado Christmas pudding. </li></ul><ul><li>O almoço do dia 25, iniciado depois da entrega de presentes, traz muitas surpresas. Na pausa entre um prato e outro, é a vez dos Christmas crackers, grandes bombons que se abrem com um estalo, espalhando sobre a mesa presentinhos e várias surpresas. De sobremesa, os ingleses costumam comer o famoso Christmas pudding, um bolo nutritivo, recheado com frutas cristalizadas e passas, servido quente, com uma bela dose de conhaque. </li></ul><ul><li>À tarde, lá pelas três, as ruas inglesas estão desertas. É que todos estão em frente à TV, ouvindo a tradicional mensagem de Natal da rainha, apreciada inclusive pelas pessoas que não são exatamente adeptas da família real. </li></ul>
  18. 18. Tradições da Grécia
  19. 19. Grécia É costume comer leitão na noite de Natal. Depois de morto, mergulha-se o leitão em água a ferver e raspa-se com uma faca, esfregando com um pano áspero para lhe tirar os pelos. Em seguida lava-se muito bem. Abre-se e retiram-se as tripas. Lava-se novamente, pendura-se num prego e deixa-se secar durante quatro horas. Enfia-se o leitão num espeto e barra-se por dentro com a mistura de banha, dentes de alho pisados, sal e pimenta, sendo cheio com o molho por dentro. Coze-se o porco com agulha e fio de cozinha enquanto se aquece o forno de cozer pão. Mete-se o leitão no forno, colocando-se por baixo o recepiente para recolher a gordura que escorre. De meia em meia hora, retira-se o leitão do forno e passa-se com um pano na pele, para limpar o excesso de gordura. Chama-se a isto &quot;constipar&quot; o leitão. Ao tirar o leitão e limpá-lo, este sofre um choque frio, o que vai levar a que o assado fique com a pele dura e estaladiça. O tempo de cozedura varia entre 1 hora e meia a duas horas. Depois de assado retira-se do espeto, dispõe-se numa travessa e serve-se bem quente enfeitado com rodas de laranja e alface. Acompanha-se com batatas fritas.
  20. 20. Tradições da Holanda
  21. 21. Holanda <ul><li>Nas margens do rio Zuiderzee, os filhos dos pescadores colocam no parapeito da janela o maior saco que houver em casa. Dentro dele, no dia de Natal, encontrarão os seus presentes. </li></ul>
  22. 22. Tradições da Irlanda
  23. 23. Irlanda <ul><li>Colocam-se velas acesas nos parapeitos das janelas. Com isso pretende-se dizer que as casas estariam prontas a receber Nossa Senhora e S. José, se por ali passassem. As velas só devem ser apagadas no dia seguinte, por uma rapariga chamada Maria.   </li></ul>
  24. 24. Tradições da Itália
  25. 25. Itália <ul><li>Desde o primeiro dia de Dezembro que por todas as regiões de Itália surgem presépios por todo o lado. Vendem-se montanhas de doces em grandes e bonitas caixas. Compram-se e trocam-se prendas, come-se uma fatia do popular “panettone” (bolo parecido com o bolo rei).O Natal estende-se por três dias. As crianças recebem os seus presentes no dia de Reis e são distribuídos por Befana (uma espécie de fada ou Mãe Natal). Mas cuidado! É que Befana distribui prendas mas também distribui “carvão” (açúcar escurecido). É uma espécie de castigo a todos aqueles que não se tenham portado com juízo!         </li></ul>
  26. 26. Tradições do Luxemburgo
  27. 27. Luxemburgo <ul><li>A festa de São Nicolau que é celebrada em memória do jovem bispo que, de acordo com a lenda, salvou crianças da morte. </li></ul><ul><li>Hoje, as crianças recebem no dia 6 de Dezembro presentes do S. Nicolau, simbolizado pelo velho senhor com barba e cabelos brancos, vestido de vermelho. Ao contrário do Pai Natal, o S. Nicolau leva um chapéu vermelho pontiagudo (a mitra) e uma espécie de vara. De acordo com a tradição, o S. Nicolau é acompanhada do Pai &quot;Fouettard&quot;, um homem vestido de preto que leva varas para dar às crianças que não teriam sido sábios. Durante as semanas que precedem o dia 6 de Dezembro, as crianças põem os seus sapatos na frente da chaminé de modo que S. Nicolau possa lá pôr os &quot;Boxemännercher&quot; , bolos fritos típicos na forma de homenzinhos. </li></ul>
  28. 28. Tradições de Portugal
  29. 29. Portugal <ul><li>O Natal é, sem dúvida, uma das celebrações mais complexas do calendário português, cerimónias da liturgia cristã comemorativas do nascimento de Jesus Cristo, entre outros. </li></ul><ul><li>Actualmente, devido a uma crescente globalização, o Natal português começa a ser influenciado por outras culturas, sobretudo através dos filmes americanos, um dos factos que comprova esta tendência é a substituição do Menino Jesus pelo Pai Natal na entrega dos presentes; os tradicionais presépios , que representam o nascimento de Cristo (e que constituem um dos motivos mais notórios da estatuária popular portuguesa ) têm agora de coexistir com a árvore de Natal , de origem certamente germânica. Contudo, isto não quer dizer que as tradições natalícias portuguesas desapareceram. </li></ul><ul><li>No dia 24 Dezembro, véspera de Natal, à noite, em certas partes do país (especialmente no norte) tem lugar a ceia de Natal (chamada de consoada), nesta serve-se bacalhau cozido e a doçaria cerimonial (rabanadas, sonhos, mexidos, etc.). Ainda no dia 24, no final da ceia, há a missa do galo à meia-noite, embora actualmente esta missa esteja a cair em desuso. </li></ul>
  30. 30. Tradições da Suécia
  31. 31. Suécia <ul><li>É costume acenderem-se candelabros com três velas. Colocam-se por detrás das vidraças das janelas para que iluminem o caminho das pessoas que vão à igreja na noite de Natal .             </li></ul>
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×