• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Nós e a Natureza
 

Nós e a Natureza

on

  • 1,285 views

Para reflexão sobre o que estamos fazendo com o meu ambiente. O que fazemos tem retorno em nós. Tudo está conectado.

Para reflexão sobre o que estamos fazendo com o meu ambiente. O que fazemos tem retorno em nós. Tudo está conectado.

Statistics

Views

Total Views
1,285
Views on SlideShare
1,067
Embed Views
218

Actions

Likes
1
Downloads
40
Comments
0

7 Embeds 218

http://perolasqueedificam.blogspot.com.br 147
http://perolasdauniversal.blogspot.com.br 39
http://perolasdauniversal.blogspot.com 23
http://perolasqueedificam.blogspot.pt 6
http://perolasdauniversal.blogspot.pt 1
http://perolasqueedificam.blogspot.ca 1
http://www.google.com.br 1
More...

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Nós e a Natureza Nós e a Natureza Presentation Transcript

    • NÓS E A NATUREZA
    • Nossa vida neste Mundo... Tão breve. E agimos como visitas inconvenientes.
    • Exaurimos o lugar em que vivemos, revolvemos as entranhas da Terra, amontoamos toneladas de lixo, poluímos as águas, matamos as árvores, extinguimos os animais.
    • E agora, que as conseqüências da aventura humana se fazem notar, nós, que desrespeitamos a vida, tememos pelo amanhã. Encolhemo-nos assustados: “Que virá?” , perguntamos.
    • Silêncio por resposta.
    • No fundo das consciências, sabemos que a razão para esse estado de coisas é que nos afastamos da natureza, passamos a nos ver separados dos demais seres.
    • Dividimos o Mundo e abrimos um abismo entre nós e o restante da Criação. E, no entanto, por toda parte, a vida nos revela que somos irmãos de todas as criaturas.
    • Em nossas veias corre sangue alimentado por minerais como ferro, potássio, manganês e zinco. Somos irmãos da terra.
    • Nosso corpo é constituído por mais de 75% de líquido. Somos irmãos da água.
    • A seqüência genética revela que nossos gens são semelhantes aos de ratos e outros animais. Somos irmãos – ou pelo menos primos – de todos os bichos.
    • As vitaminas das frutas e vegetais se integram ao nosso organismo e mantêm a vida física.
    • O gás carbônico que expiramos será absorvido pelos vegetais: somos irmãos das plantas e das árvores.
    • No interior de nossos pulmões, o oxigênio transita livre, nutrindo a vida. Somos irmãos do ar.
    • Nosso corpo é formado do mesmo material que estrelas, pássaros, flores e pedras. Então, ser parte da irmandade universal é muito mais que uma bela figura simbólica.
    • Somos verdadeiramente parentes de tudo o que existe. Estamos integrados na Criação de Deus. Astros, plantas e nós somos uma família que está unida na grande caminhada que chamamos vida.
    • Essa imensa integração deveria nos servir de profunda reflexão: será que estamos de fato agindo como irmãos dos outros seres?
    • REFLETINDO...
    • Agir como irmão é zelar, cuidar, preservar. É assim também que demonstramos nosso amor a Deus: tratando com bondade, compaixão e amor a todas as coisas e seres que Ele criou.
    • No entanto, passamos pela vida desatentos a esses pequenos gestos. É um sinal inequívoco de que precisamos repensar atitudes egoístas.
    • Já não é mais tempo de desperdiçar comida, amontoar lixo desnecessariamente.
    • Já não mais podemos sujar fontes de água. Ou mudamos de atitude agora ou nos tornaremos uma ameaça ao futuro de nossa espécie na Terra.
    • O planeta está exausto e as conseqüências dos excessos humanos já podem ser vistas: tsunamis, furacões, efeito estufa, aquecimento global
    • São sinais de alerta de que nosso mundo azul está cambaleante, abatido.
    • É a nossa hora de agir, de demonstrar gratidão a Deus mediante atos generosos, conscientes e responsáveis.
    • Assim, quando nos decidirmos afinal a cuidar do planeta que nos acolhe; quando adotarmos uma postura de responsabilidade perante o mundo em que vivemos; quando nos sentirmos tocados pela compaixão por todas as criaturas, vale a pena lembrar que não estamos fazendo favor algum: é nosso dever. Simples e básico dever.
    • Faça da Terra um lugar muito mais feliz. Não esqueça que nele viverão seus filhos e netos, as gerações futuras. Ou você mesmo, em uma próxima existência.
    • PENSEMOS NISSO!!! Fonte: Site “Momento Espírita” Formatação: jairowildgen2@hotmail.com Fotos: Internet www.slideshare.net/jairowildgen