História da educação índia - valdir

  • 9,779 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
9,779
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
40
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Acadêmico: Valdir Francisco Cordeiro ÍNDIA
  • 2. DADOS PRINCIPAIS • ÁREA: 3.287.782 km² CAPITAL DA ÍNDIA: Nova Délhi POPULAÇÃO: 1,13 bilhão (estimativa 2008) MOEDA DA ÍNDIA: rúpia indiana NOME OFICIAL: República da Índia (Bharat Juktarashtra). NACIONALIDADE: indiana DATA NACIONAL: 26 de janeiro (Proclamação da República); 15 de agosto (Independência); 2 de outubro (aniversário de Gandhi).
  • 3. • CIDADES DA ÍNDIA (PRINCIPAIS): : Mumbai (ex- Bombaim), Calcutá, Nova Délhi; Madras, Bangalore. COMPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO: indo-arianos 72%, drávidas 25%, mongóis e outros 3% (censo de 1996).
  • 4. • LOCALIZAÇÃO: Centro-Sul da Ásia FUSO HORÁRIO: + 8 h 30min em relação a Brasília CLIMA DA ÍNDIA : clima de monção (maior parte), clima tropical, equatorial (S), árido tropical (NO), de montanha (N).
  • 5. O sistema de castas foi abolido na Constituição Indiana de 1949, escrita dois anos após a independência. No entanto, a abolição formal, ou seja, decretada por uma lei, obviamente não significou o fim do sistema de castas na Índia. Como sabemos, uma lei não modifica costumes, ela é seu reflexo. Em dezembro de 2006, o Primeiro Ministro Manmohan Singh reconheceu que ainda há discriminação contra os parias, mesmo após 60 anos de proteção constitucional contra essa atitude.
  • 6. O sistema de castas A segregação da população indiana é social e religiosa. Ocorre no nascimento, no matrimônio e na vida profissional. Ela se baseia no sistema de castas. Apesar da extinção legal deste sistema em 1947, com a Independência, elas permanecem embutidas nos valores e no cotidiano da sociedade indiana. Na sua estrutura básica o sistema é formado originalmente por quatro castas.
  • 7. Numa sociedade divida em castas, cuja principal característica é a impossibilidade de um indivíduo passar de uma casta para outra, a educação variava conforme a casta a que pertencesse. Nesta sociedade, o povo era divido em quatro grandes castas:
  • 8. brâmanes: sacerdotes xátrias: guerreiros e nobres vaixás: comerciantes, agricultores e artesão sudras: servos da cidade e do campo Os párias formavam uma multidão sem castas.
  • 9. As mais poderosas são os brâmanes (sacerdotes e nobres), os xátrias (guerreiros) que controlam as principais empresas, a mídia e o poder político. Em seguida vêm os vaixás (comerciantes) e os sudras (trabalhadores braçais). Cada casta tem suas próprias normas e vive rigorosamente separada em relação às outras. O casamento só pode ocorrer no interior da mesma casta, assim como simples atividades como compartilhar da refeição numa mesma mesa.
  • 10. Abaixo destas castas principais estão os dalits (considerados párias, impuros ou intocáveis) que exercem os piores trabalhos e são tratados de forma subumana. Eles têm menor acesso à educação, não fazem parte do sistema de amparo social e não podem frequentar os templos religiosos.
  • 11. UM GRANDE HOMEM Gandhi, o líder da luta sem sangue pela independência da Índia, morreu pelas mãos de um fanático na tarde de 30 de janeiro de 1948. mas a inspiração de sua vida e de seus ensinamentos espirituais sobrevive nos corações de milhões.
  • 12. ” Cristo é a maior fonte de força espiritual que a humanidade conheceu.” “Jesus Cristo pertence a todo o mundo, a todos os povos, sejam quais forem suas experiências de fé.” “Dai-me um povo que acredita no amor e vereis a felicidade sobre a terra.” “Há coisas mais importantes a fazer, na vida, do que aumentar sua velocidade.” “Vejo em Cristo o homem perfeito e em sua morte sobre a cruz o mais belo exemplo de sacrifício.” “Nenhum povo jamais se elevou sem Ter sido purificado no fogo do sofrimento.” “A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido, não na vitória propriamente dita.” “A satisfação está no esforço feito para alcançar o objetivo, e não em tê-lo alcançado.” “A verdade é dura como diamante e deliciosa com a flor do pessegueiro.” ( Gandhi)
  • 13. Filho, Geraldo Francisco. A História da Educação.Campinas(SP):Alínea, 2003.