Your SlideShare is downloading. ×
0
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Ritmos e crescimento </li></ul><ul><li>Estrutura etária  </li>...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Ritmos de crescimento Na 2ª metade do séc. XX a população portuguesa t...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Para essa evolução contribuiu o C.N. e o S.M.
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Ritmos de crescimento <ul><li>Na década de 60 :  diminuição da populaç...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: TN,TM e TCN O comportamento da TN, TM, e TCN  permite compreender mel...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO:  TF e ISF <ul><li>Mas também a TF e o ISF são importantes, embora rel...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>ISF   É  o nº médio de nascimentos  por cada mulher durante to...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>O decréscimo da natalidade, da fecundidade e do índice Sintéti...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: Mortalidade <ul><li>A  TM  é outra variável fundamental </li></ul>
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Principais factores para a diminuição da Mortalidade: </li></u...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Não se pode esquecer a grande quebra da  TMI </li></ul>‰
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO-  TMI <ul><li>A evolução da taxa de Mortalidade Infantil deve-se: </li...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO-  TMI <ul><li>As principais causas desta mortalidade continuam a ser: ...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Apesar da evolução global, o país continua a debater-se com gr...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO:  Estrutura etária A evolução das variáveis demográficas tem reflexos ...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Muito visível nas pirâmides etárias
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Análise geral da pirâmide </li></ul><ul><li>O  topo foi aument...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Índices de dependência – distribuição por NUTIII
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Índice de dependência total (IDT)   É o nº de jovens mais idos...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>O grau de dependência que tem aumentado (devido à  dependência...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO:  estrutura activa <ul><li>População activa  =  ( forma  mais fácil de...
REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO:  evolução da TA SM Negativo .  SM positivo . Crescente  .  Participaç...
Estrutura activa : Sectores de actividade Em termos profissionais distribui-se por sectores de actividade que têm tido evo...
Estrutura activa: diferenças regionais <ul><li>A repartição  do emprego pelos  sectores   de actividade  apresenta algumas...
Estrutura activa –taxa de desemprego
Habilitações/qualificações <ul><li>O desenvolvimento relaciona-se com a qualificação da população  e num mercado cada vez ...
Evolução da distribuição da população .
Distribuição da população <ul><li>Tendências : </li></ul><ul><li>Litoralização   crescente </li></ul><ul><li>Bipolarização...
Distribuição da população : PROBLEMAS <ul><li>Tanto a  forte pressão demográfica sobre o litoral  como o  despovoamento do...
Distribuição da população : PROBLEMAS <ul><li>No Interior </li></ul><ul><li>Verifica-se  o despovoamento de muitas aldeias...
Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>É imprescindível que os recursos sejam utilizados de uma forma raci...
Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>O desenvolvimento do sector primário, a...
Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>Atribuição de benefícios fiscais, subsídios e facilidades de crédit...
Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>Se conseguirmos criar condições para que as pessoas se fixem no int...
Melhorar os recursos humanos <ul><li>A potencialização dos recursos humanos é condição fundamental de desenvolvimento send...
Melhorar os recursos humanos <ul><li>desenvolver no ensino básico e secundário a formação na área das novas tecnologias ; ...
Melhorar os recursos humanos <ul><li>apoiar a inovação tecnológica nas actividades económicas; </li></ul><ul><li>incentiva...
Importância do estudo da população <ul><li>Em conclusão : A população é um dos principais recursos e o principal agente de...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

RevisõEs Para O Teste

6,269

Published on

Destina-se a alunos do 10º ano de Geografia A

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
6,269
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
99
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "RevisõEs Para O Teste"

  1. 1. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Ritmos e crescimento </li></ul><ul><li>Estrutura etária </li></ul><ul><li>Estrutura activa </li></ul><ul><li>Distribuição </li></ul><ul><li>Problemas </li></ul><ul><li>Soluções </li></ul><ul><li>Potencialização </li></ul>
  2. 2. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Ritmos de crescimento Na 2ª metade do séc. XX a população portuguesa teve uma evolução irregular
  3. 3. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Para essa evolução contribuiu o C.N. e o S.M.
  4. 4. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Ritmos de crescimento <ul><li>Na década de 60 : diminuição da população devido: </li></ul><ul><li> - Diminuição da Tn </li></ul><ul><li>- SM negativo - elevada Emigração para a Europa ocidental </li></ul><ul><li>Na década de 70 : Forte crescimento da pop . Provocado por: </li></ul><ul><li>- SM bastante positivo devido à diminuição da emigração (primeiro choque petrolífero e crise económica) e ao retorno de muitos portugueses das ex-colónias </li></ul><ul><li>Na década de 80 : pop. estável devido à diminuição da natalidade e a um SM negativo mas a diminuir </li></ul><ul><li>Mais recentemente : crescimento moderado da população devido à quebra da Emigração e ao aumento da Imigração já que as Tn e Tm se aproximaram para um Cn próximo do zero </li></ul>
  5. 5. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: TN,TM e TCN O comportamento da TN, TM, e TCN permite compreender melhor os ritmos de crescimento da população
  6. 6. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: TF e ISF <ul><li>Mas também a TF e o ISF são importantes, embora relacionados com a natalidade </li></ul>
  7. 7. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>ISF É o nº médio de nascimentos por cada mulher durante toda a sua vida fértil . </li></ul><ul><li>Para que haja Renovação de Gerações este índice tem de ser maior ou igual a 2,1. Esta fecundidade mínima chama-se Índice de Renovação de gerações </li></ul><ul><li>Taxa de fecundidade É o nº de nascimentos por cada mil mulheres entre os 15 e os 49 anos (período fértil), durante um ano </li></ul>
  8. 8. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>O decréscimo da natalidade, da fecundidade e do índice Sintético da fecundidade deve-se: </li></ul><ul><li>Acesso ao planeamento familiar </li></ul><ul><li>Generalização dos métodos contraceptivos </li></ul><ul><li>Feminização do trabalho </li></ul><ul><li>Carreira activa da mulher, depois dos estudos, o que atrasa a idade do casamento </li></ul><ul><li>Aumento dos encargos com a educação dos filhos ( mais estudos; começam a trabalhar mais tarde) </li></ul><ul><li>Diminuição da nupcialidade (casamento) e aumento dos divórcios </li></ul><ul><li>… </li></ul>
  9. 9. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: Mortalidade <ul><li>A TM é outra variável fundamental </li></ul>
  10. 10. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Principais factores para a diminuição da Mortalidade: </li></ul><ul><li>Intensificação dos cuidados de saúde e de assistência médica </li></ul><ul><li>Melhoria dos hábitos de higiene </li></ul><ul><li>Melhoria na alimentação e habitação </li></ul><ul><li>Melhor segurança e higiene no trabalho </li></ul><ul><li>Diminuição da Mortalidade Infantil </li></ul><ul><li>Nos últimos anos, o envelhecimento da população é responsável por um ligeiro aumento </li></ul>
  11. 11. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Não se pode esquecer a grande quebra da TMI </li></ul>‰
  12. 12. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO- TMI <ul><li>A evolução da taxa de Mortalidade Infantil deve-se: </li></ul><ul><li>A todos os factores responsáveis pela diminuição da Taxa de mortalidade </li></ul><ul><li>Maior acompanhamento durante a gravidez </li></ul><ul><li>Assistência no parto </li></ul><ul><li>Cuidados de vacinação </li></ul><ul><li>Melhor alimentação e mais higiene </li></ul>
  13. 13. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO- TMI <ul><li>As principais causas desta mortalidade continuam a ser: </li></ul><ul><li>Infecções originadas no 1º ano </li></ul><ul><li>Problemas congénitos e acidentes </li></ul><ul><li>A sua evolução foi tão rápida que </li></ul><ul><li>Se na década de 60 tínhamos dos maiores valores da Europa, comparados actualmente ao dos PVD, actualmente temos valores semelhantes não se esperando variações significativas nos próximos anos. </li></ul><ul><li>Temos no entanto diferenças regionais significativas </li></ul>
  14. 14. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Apesar da evolução global, o país continua a debater-se com grandes assimetrias: </li></ul><ul><li>As regiões autónomas, seguidas do Norte tem valores mais elevados de natalidade, enquanto o Alentejo regista os </li></ul><ul><li>valores mais baixos </li></ul><ul><li>A taxa de mortalidade é mais elevada no Alentejo e região Centro, fundamentalmente as regiões mais interiores, o que se deve ao envelhecimento (Emigração e êxodo rural) </li></ul><ul><li>As regiões mais desenvolvidas do Litoral têm menores valores de mortalidade e maiores valores de natalidade, fundamentalmente devido à Imigração (estrangeiros ou provenientes das zonas rurais) que traz maior juventude </li></ul>
  15. 15. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: Estrutura etária A evolução das variáveis demográficas tem reflexos na estrutura etária
  16. 16. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Muito visível nas pirâmides etárias
  17. 17. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Análise geral da pirâmide </li></ul><ul><li>O topo foi aumentando = mais idosos = menor mortalidade/maior E.M.V. </li></ul><ul><li>A base da pirâmide foi diminuindo = menos jovens = menor Natalidade/Fecundidade/I.Sintético de F. </li></ul><ul><li>Ou seja, a população portuguesa tem tido um duplo envelhecimento </li></ul>
  18. 18. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO Índices de dependência – distribuição por NUTIII
  19. 19. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>Índice de dependência total (IDT) É o nº de jovens mais idosos por cada 100 pessoas em idade activa (adultos) </li></ul><ul><li>Índice de dependência de Jovens (IDJ) - é o nº de jovens por cada 100 pessoas em idade activa </li></ul><ul><li>Índice de dependência de idosos (IDI)– é o nº de idosos por cada 100 pessoas em idade activa </li></ul>
  20. 20. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO <ul><li>O grau de dependência que tem aumentado (devido à dependência dos idosos ) indica o grau de sobrecarga exigido à população em idade activa, e o aumento da dependência dos idosos coloca problemas de financiamento à segurança social </li></ul><ul><li>Mais uma vez os contrastes regionais evidenciados continuam a ser idênticos: a dependência de idosos é maior no interior </li></ul>
  21. 21. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: estrutura activa <ul><li>População activa = ( forma mais fácil de a definir ) É aquela (15 -65 anos) que exerce uma profissão remunerada, mais os desempregados involuntários e os que cumprem serviço militar obrigatório </li></ul><ul><li>O Nº de activos por cada 100 habitantes traduz a taxa de actividade. </li></ul><ul><li>( TA= Nº de activos/ População total x100 ) </li></ul>
  22. 22. REVISÕES PARA O TESTE EVOLUÇÃO RECENTE DA POPULAÇÃO: evolução da TA SM Negativo . SM positivo . Crescente . Participação da mulher Aumento da escolaridade obrigatória
  23. 23. Estrutura activa : Sectores de actividade Em termos profissionais distribui-se por sectores de actividade que têm tido evolução diferentes
  24. 24. Estrutura activa: diferenças regionais <ul><li>A repartição do emprego pelos sectores de actividade apresenta algumas diferenças regionais que são, simultaneamente, causa e efeito das assimetrias demográficas e sociais </li></ul>
  25. 25. Estrutura activa –taxa de desemprego
  26. 26. Habilitações/qualificações <ul><li>O desenvolvimento relaciona-se com a qualificação da população e num mercado cada vez mais global e competitivo a qualificação da mão de obra é decisiva </li></ul><ul><li>Apesar dos avanços verificados nas últimas duas décadas, a situação ainda é preocupante : baixa a produtividade; dificulta a competitividade das empresas, dificulta a adaptação às novas tecnologias … e já não nos podemos basear nos baixos custos da mão de obra: esses, agora, estão na China, na Índia, na Europa de leste </li></ul>
  27. 27. Evolução da distribuição da população .
  28. 28. Distribuição da população <ul><li>Tendências : </li></ul><ul><li>Litoralização crescente </li></ul><ul><li>Bipolarização cada vez mais dominante (em 1960 as áreas metropolitanas do Porto e Lisboa tinham 25% da população, hoje tem mais de 40%...) </li></ul><ul><li>Desertificação do interior cada vez mais preocupante </li></ul>
  29. 29. Distribuição da população : PROBLEMAS <ul><li>Tanto a forte pressão demográfica sobre o litoral como o despovoamento do interior levantam problemas e geram custos económicos, sociais e ambientais: </li></ul><ul><li>NAS ÁREAS MUITO POVOADAS </li></ul><ul><li>Muitas vezes ultrapassa-se a capacidade de carga humana e diminui a qualidade de vida. Surgem problemas como: </li></ul><ul><li>Desordenamento do território : construção excessiva; falta de espaços verdes; bairros da lata… </li></ul><ul><li>Sobrelotação dos equipamentos e das infra-estruturas : insuficiência dos serviços, congestionamento do trânsito… </li></ul><ul><li>Degradação ambiental : poluição; impermeabilização dos solos, destruição de bons solos agrícolas… </li></ul><ul><li>Desqualificação social e humana : maior competição pelo emprego; desemprego; marginalidade; insegurança; stress… </li></ul>
  30. 30. Distribuição da população : PROBLEMAS <ul><li>No Interior </li></ul><ul><li>Verifica-se o despovoamento de muitas aldeias, envelhecimento demográfico; falta de mão de obra… o que amplia o atraso </li></ul><ul><li>Isto são consequências da fraca oferta de bens e serviços mas são também causas pois os poucos habitantes não justificam os elevados investimentos necessário à sua oferta </li></ul><ul><li>O património edificado e natural vai-se degradando pois não há quem trabalhe os campos, vigie e proteja as florestas… perdem-se hábitos tradições, artesanato </li></ul>
  31. 31. Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>É imprescindível que os recursos sejam utilizados de uma forma racional, de modo a evitar que, em determinadas regiões do país, existam recursos que não chegam para satisfazer as necessidades dos utilizadores, enquanto noutras existem recursos subaproveitados. </li></ul><ul><li>Isto exige estratégias e modelos de desenvolvimento do território para ultrapassar/minimizar os prejuízos resultantes de uma excessiva concentração humana litoral e de um escasso povoamento do interior. </li></ul>
  32. 32. Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>O desenvolvimento do sector primário, através da formação dos agricultores e da aposta em produtos de qualidade e com marcas próprias – certificação de produtos </li></ul><ul><li>Melhoramento das infra-estruturas , nomeadamente das viárias </li></ul><ul><li>Apoio à criação de parques e zonas industriais que atraiam empresas geradoras de emprego e potenciadoras de (motor de ...) outras actividade (ex.: construção civil, serviços, comércio). Com elas, outras infra-estruturas necessárias à melhoria da qualidade de vida irão aparecer porque passa a haver “procura que justifique a oferta” através da fixação de população </li></ul>
  33. 33. Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>Atribuição de benefícios fiscais, subsídios e facilidades de crédito às empresas que se fixem em regiões deprimidas </li></ul><ul><li>( discriminação positiva para o interior) para aproveitar os recursos endógenos </li></ul><ul><li>A reabilitação de núcleos urbanos com centro histórico, a recuperação de edifícios de interesse patrimonial , a valorização de núcleos rurais rústicos e a protecção de recursos naturais , de maneira a potencializar a capacidade turística de muitas regiões (aposta no turismo de habitação, agro-turismo, turismo rural...) </li></ul>
  34. 34. Distribuição da população: Procura de soluções <ul><li>Se conseguirmos criar condições para que as pessoas se fixem no interior do país, estaremos não só a resolver muitos problemas destas regiões mas também problemas das regiões mais urbanizadas do litoral . </li></ul>
  35. 35. Melhorar os recursos humanos <ul><li>A potencialização dos recursos humanos é condição fundamental de desenvolvimento sendo necessário : </li></ul><ul><li>adoptar políticas de incentivo à natalidade, para possibilitar o rejuvenescimento da população; </li></ul><ul><li>garantir e alargar a escolaridade obrigatória, de modo a aumentar o nível de instrução; </li></ul><ul><li>alargar a oferta do ensino profissional para preparar os jovens para a vida activa </li></ul>
  36. 36. Melhorar os recursos humanos <ul><li>desenvolver no ensino básico e secundário a formação na área das novas tecnologias ; </li></ul><ul><li>ajustar a formação profissional às necessidades das empresas; </li></ul><ul><li>promover a formação contínua e a requalificação da população activa, nos diferentes sectores de actividade para se preparar para a Mudança/inovação </li></ul>
  37. 37. Melhorar os recursos humanos <ul><li>apoiar a inovação tecnológica nas actividades económicas; </li></ul><ul><li>incentivar o desenvolvimento das actividades económicas, disponibilizando meios financeiros, técnicos e humanos para dinamizar as áreas do interior; </li></ul><ul><li>valorizar a participação da população idosa, promovendo a partilha da sua experiência com as gerações mais jovens, nomeadamente nas actividades artesanais. </li></ul>
  38. 38. Importância do estudo da população <ul><li>Em conclusão : A população é um dos principais recursos e o principal agente de transformação do espaço geográfico e dos recursos naturais. Assim, tudo o que diz respeito à população: Quantos são; onde vivem; qual a sua instrução e formação profissional; qual a sua idade, etc… são questões de primordial importância para o planeamento a médio e longo prazo </li></ul><ul><li>  É para o bem-estar da população que a organização do espaço se deve fazer mas, os responsáveis por essa organização somos todos nós... </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×