Your SlideShare is downloading. ×
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Jornal Kambas do Bem - Edição Dez.

575

Published on

Última Edição do Ano do Jornal das Kambas do Bem.

Última Edição do Ano do Jornal das Kambas do Bem.

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
575
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. KAMBASDOBEMALEGRIACOMPROMISSOAMIZADESOLIDARIEDADECOMUNIDADEANGOLALUANDASUSTENTABILIDADEKAMBASDOBEMALEGRIEMACOMPROMISSOAMIZADECOMUNIDADEPRI N F O R M A T I V O A N O I N ° 1 0 KAMBAS DO BEM ENTREGAM IGREJAPor Iga Bastianelli O Honga, que desde 2009 é beneficiado com ações promovidas pelo Projecto Imobiliário Monte Belo,A Igreja, o centro de capacitação, o anexo para moradia passou recentemente a ter o apoio do Projecto dedas freiras e o centro de saúde – todos construídos e Infraestrutura de Luanda e seus parceiros. “A partir deentregues à comunidade do Honga, por meio de uma janeiro de 2011, as Kambas darão início a cursos com oparceria entre a Odebrecht, Sakus, Ministério da objetivo de formar mão de obra especializada comoSaúde, Universidade Piaget e as Kambas do Bem. garçons, jardineiros, manicures, e cozinheiras. Tudo a ser realizado no novo centro de capacitação (que ficaNo dia 27 de novembro, as Kambas do Bem nas instalações da igreja). O objetivo agora é consolidarparticiparam de uma missa na comunidade e puderam a comissão de bairro e promover a sustentabilidade doconstatar o quanto a igreja foi importante para os posto de saúde e do centro de capacitação”, comomoradores. Na ocasião, aconteceu o batizado de afirma Luciana Arce, presidente das Kambas do Bem.dezenas de crianças, que segundo o sermão do padre Vale lembrar que todas as iniciativas do Projecto Hongasão os novos filhos de Deus. O padre também falou da estão de acordo com as oito metas promovidas pelaimportância do exemplo dos pais na educação dos ONU – Organização da Nações Unidas.filhos, do amor e do perdão. Ensinamentos que farão a Veja nesta ediçãodiferença no dia a dia destas pessoas. Em nome dacomunidade, o padre agradeceu às Kambas do Bem, àOdebrecht, representada pelo director Marcelo Hofke, eaos parceiros pelo esforço e união para a construçãoda igreja. De acordo com ele, o que é da vontade deDeus acontece sem muitos empecilhos.
  • 2. EDITORIALMinhas Kambas,Chegamos ao final de mais um ano de nossacaminhada; um ano de muitoaprendizado, lutas, conquistas, momentos bons,despedidas e de "estar" juntas em Angola, país que nosacolhe com vontade de emergir.Um ano que passou e na minha reflexão vejo comgrande admiração a força deste povo, de seus homense principalmente mulheres, que apesar dasadversidades não deixam de sorrir e de ter esperança;e nós que temos tanto e somos a cada dia abençoadaspodemos seguir este exemplo de vida, olhar para estepovo que apesar de sua humildade nos ensina grandesvalores de força, coragem, vontade de crescer e Fé nopoder de Deus.Deus nos criou com próposito de aprender, doar, amare ensinar. É um tempo em que Deus está trabalhandocom nossa espiritualidade, valores e conceitos, e omilagre só vai acontecer se nós permitirmos. Oimportante é abrir as portas dos nossos corações pararecebê-lo.Neste Natal, meu desejo para cada uma de vocês é queJesus seja o centro de suas vidas e que permaneçadurante todo o ano, para que Ele possa plantar um belojardim no qual colheremos flores com cores e perfumesem igual.Boas Festas,Luciana Arce SEJAM BEM VINDAS Por Iga Bastianelli O primeiro evento do 2º semestre de 2010 foi um delicioso café da manhã, no clube do Riviera, com gostinho de boas vindas. Tudo preprado com muito carinho para receber as novatas Adriana Viana, Cecília Brandão, Gabriela Lins, Mariana Cardoso e Monique Lopes! Na ocasião, a equipe de Boas Vindas preparou também um bingo beneficente! Sejam todas bem vindas!!!! 2
  • 3. Lá chegando, contudo, encontramos por volta de 50 a 60 crianças reunidas em uma das salas a espera do que os nossos Formigas lhes levasse. Dado um contratempo, que atrasou a chegada da nossa professora de teatro, mudamos os planos e procuramos atender a todos os alunos de uma só vez, separando-os apenas pela idade. Nao há dúvidas que dessa experiência ficou mais um aprendizado. Em se tratando de uma atividade extra, que intenciona estimular o lúdico e fazer aqueles jovens se encantarem com a leitura, é fundamental criarmos uma atmosfera que nos dê as condiçoes necessárias para tal. É isso que tentaremos aprimorar nos próximos encontros. Nos últimos 30 minutos, quando finalmente pudemos contar com a colaboração da Patrícia foi maravilhoso presenciar a interação e o desprendimento dos nossos jovens, compartilhando em igualdade de condições de EMPRESAS ”KAMBAS DO um primeiro contato com o teatro. BEM” Os Formigas, mais uma vez, mostraram a sua força e deram provas de que verdadeiramente trazem em si a essência de um espírito de servir ao próximo, doando-Por Iga Bastianelli se como instrumento para a tranformaçao de uma realidade que sabemos o quanto pode ser melhorada.A Genea Angola é a mais nova empresa parceira do Tal como parafraseou a irmã Dorinha nesse mesmo dia,Projecto Social Kambas do Bem. A Assistente de MKT, ¨nenhum de nós sozinhos somos melhores do que todosPatrícia Tucunduva, representando a empresa visitou a juntos¨.Comunidade do Mussende para a entrega de 500mosquiteiros. Agradecemos, também, as EmpresasKambas : Casacon, Caluk, Grimaldi, AndradeGutierrez/Zagope, Restaurante SóPeso, Cliang, QueirozGalvão, Coca Cola, Aguas Manatim e Leonor Carrinho.Um reconheciemnto especial as voluntárias: MônicaAndrada, Débora Corrêa, Ana Beatriz Abrahão, YasminMatos, Iley Nicoletti, Renata Carvalho, PatríciaTucunduva, Marta Carvalho, Liz Gutierrez, D´AuraRangel, Solange Martins e Cristina Pavoni .INÍCIO DAS ATIVIDADES DOS FORMIGAS DO BEMPor Pipa Belitardo !Conforme planejado, deixamos no sábado, dia 25 desetembro, o Condomínio Riviera pouco depois das9h30 da manhã, com um destino certo: as instalaçoesda Escola do Mussende. A nossa proposta inicial eradividir-nos em três duplas ou trios para falar em trêssessões de 30 minutos a grupos de 10 crianças,escolhidas de acordo com a faixa etária. O grupo umfaria leitura para os pequenos de 6 a 7 anos, o grupodois coordenaria leituras individuais dos jovens comaté 10 anos e o terceiro grupo se reuniria paraexercícios de teatro com a nossa nova KambaPatrícia Tucunduva. 3
  • 4. MUSSENDE COMO REFERÊNCIA NA ERRADICAÇÃO DO ANALFABETISMOCom apenas um ano de funcionamento, a escolaconstruída pelas Kambas do Bem e seus parceiros nacomunidade do Mussende já é consideradareferência para a erradicação do analfabetismo daregião.De acordo com a Irmã Dorinha, responsável pelaadministração da escola, a afirmação é do assessorcubano Filipe e do chefe Bandola, que responde pelaDireção Provincial de Viana para Alfabetização deAdultos e Aceleração Escolar. A declaração foi feitadurante reuniões e visitas que teve a participação dairmã.Segundo a irmã Dorinha, a avaliação positiva se deutambém por eles acreditarem na responsabilidade eno compromisso do projecto com a educação. “Elesfalaram que com a congregação de freiras à frente doprograma e a Odebrecht como parceira, o mesmotem tudo para dar certo”, comentou ela. Para a irmã ATELIER DE COSTURADorinha, os visitantes compreenderam queesta soma de forças, além de ser benéfica, resulta em CAPACITA MULHERES NOum trabalho sério, dinâmico e organizado! MUSSENDE Por Fátima Borba Estamos funcionando todas as quartas, das 9h30 às 12h30, com um grupo de 12 mulheres. A ideia é que todas passem pelas noções básicas de costura em máquina, costura à mão, bordados simples com pedraria e confecção de peças simples, sempre tentando associar a essas habilidades a possibilidade de venda desses produtos no dia a dia da comunidade. ! !A seleção do grupo tem sido natural, pois a medida em que elas se deparam com as dificuldades vão saindo e estão ficando realmente as que tem reais possibilidades e habilidade manual. Assim, o grupo tem se renovado dessa forma.São aprendizes interessadas, embora tenham muitas dificuldades resultantes das condições em que vivem.! !No dia 04/12, teremos um pequeno bazar com as peças confeccionadas pelo grupo, aberto à comunidade.! !
  • 5. QUANDO SER BREGA É SER CHIQUEPor Iga BastianelliDe tudo um pouco! O pessoal entrou no clima etirou do armário “roupitchas” que já estavamguardadas há muito tempo. Os mais discretospreferiram comprar. Mas teve gente que importoumodelitos e outros que preferiram a moda MorroBento. Arrasaram! Foi um verdadeiro desfile debreguice, com chapéus, leques, flores, sandálias deonça com cobra, correntes, bolinhas coloridas,dourado, prateado, pink e tudo misturado. Semdúvida foi o dia em que Coco Chanel tremeu natumba.Teve gente que incorporou personagenscomo Agostinho Carrara da Grande Família,bicheiro, várias Lady Kate, Bete a Feia e até SérgioMalandro. A decoração foi um detalhe à parte, comestampas em zebra e flores espalhados por todosos lados. As comidas também estavam ótimas –espetinhos de presunto, queijo e azeitona, quibe deforno, empadinhas, empadões, carne maluca... asKambas capricharam! 5
  • 6. Todo este clima envolto em muita alegria e trilhasonora de dar inveja a qualquer Reginaldo Rossi. Apista de dança bombou. E na sala ao lado, ostricolores fanáticos resolveram assistir mesmo foi aoBahia jogar contra a Portuguesa. A partida garantiu asubida para a primeira divisão do time baiano. Mastodo este esforço e envolvimento e mico tinha umacausa linda e nobre: arrecadar fundos para ajudar ohospital da criança com câncer de Luanda. Parabénsa todos pelo sucesso do evento!Agradecimento :Minhas Kambas,Gostaria de agradecer a cada uma de vocês pelaparticipação e pelas doações para nossa Festa Brega.Um muito obrigada especial a Juliana Borges quemdedicou seu tempo, alegria e criatividade nesta grandefesta, assim como Ana Lúcia nas vendas e CrisMoutinho na coordenação das doações e nossa kambaClaudia Lerner quem fez o lay out da festa.Fomos "Bregas fazendo o Bem" e como resultado denossa força conjunta arrecadamos $ 8,339,85 (oito miltrezentos trinta e nove 85/100 dólares americanos).$5,000 Dólares serão destinados a ajudar ao Hospitalde Câncer de Luanda para atender suas necessidadesde alimentos. A diferença deste valor será destinadoa atender problemas de saúde identificados nascrianças do Mussende.Continuemos juntas somando forças e levandoesperança!!Obrigada,Luciana 6
  • 7. CRESCENDO COM A MAMÃE MENSAGEM DO CURSO COMPLETA DOIS ANOS BÍBLICO Deus nos dá a seguinte orientação através de suaPor Adriana Assali ! palavra em Provérbios 22:6; “Educa a criança no caminho em que deve andar, e até quandoA escolinha Crescendo com a Mamãe comemorou dois envelhecer, não se desviará dele”.anos no dia 13 de outubro. Na ocasião, alunos efuncionários puderam compartilhar de um agradável Me sinto honrada pela oportunidade que Deus temlanche e, é claro, cantar os parabéns e festejar. Nesses me dado aqui nesta terra. Cumprir o desejo de Deusdois anos de existência, o colégio desenvolveu e e levar adiante Sua palavra é uma tarefa desafiadoraatendeu diversas crianças, filhas de funcionários e prazerosa. O que me deixa mais feliz é a certezaexpatriados, entre 1 e 3 anos. !Para que todos possamentender melhor como funciona a escola, temos o mini que a palavra de Deus entra no coração das criançasmaternal, com crianças de 1 e 2 anos, e a sala do e se multiplica.maternal, com crianças de 2 e 3 anos. Meu desejo e minha oração é que o Senhor JesusAs atividades desenvolvidas são de extrema importância Cristo continue abençoando cada criança comona socialização das crianças, bem como no abençoou Samuel “..crescendo em estatura e graçadesenvolvimento intelectual e cognitivo. Tudo é diante de Deus... (1º Samuel 2:26)” e que, atravésplanejado para atender as necessidades das crianças. destes testemunhos, cada familia representada receba também de Deus a sua Misericórdia e Amor.As mães participam ativamente de todo o processo Agradeço aos pais que depositaram em mim acomo voluntárias, ajudando em diversas atividades. confiança de levar os ensinamentos de Cristo aosAlém disso, ainda tem as aulas de pilates, desenvolvida seus filhos.voluntariamente pela fisioterapeuta Alexandra Setta. !OCrescendo com a Mamãe foi um projeto idealizado por Que o Senhor nos abençõe!um grupo de mães que perceberam a necessidade deatender as crianças menores. Hoje, tornou-se orgulho e Roberta Nantessucesso entre mães e alunos! 7
  • 8. NATAL NA COMUNIDADE AGRADECIMENTOO ano de 2010 para as Kambas do Bem foiencerrado em Angola com o sentimento de alívio,gratidão e solidariedade. A missão vem sendo cumprida A DEUS QUE É O BEM, O SUNO BEM,com muita motivação e amor ao próximo apesar de A PLENITUDE DO BEM.todas sabermos que o que fazemos é ainda muito (Francisco de Assis)pouco em relação ao que o povo Angolano precisa! A Ele o louvor a honra e a glória pelo bem realizado pelasUma das iniciativas sem dúvida que mais tocou as Kambas do Bem realizado em benefício da Pastoral daKambas este ano foi o Natal Solidário. Por e-mail, Criança.Luciana Arce solicitou que cada uma das Kambas Agradeço em, nome de todas as famílias e crianças queadotasse uma família da comunidade do Mussende (o foram presenteadas neste Natal generosamente Kambaspré-requisito era que as famílias participassem das do Bem! As Kambas não somente dão pão, masações promovidas pela Pastoral da Criança). Foi feito ensinam a pescar;então um cadastramento pelas freiras que administram As Kambas não somente dão remédios, mas sãoa escola, juntamente as famílias da comunidade. Foi solidárias na dor;apurado o nome de cada integrante e sua respectiva As Kambas não somente fazem leituras de livros, masidade. Em seguida, foi feito um sorteio entre as criam laços afetivos para leituras da vida;Kambas. As Kambas não somente estão ao lado das Irmãs, mas são amigas para juntas em nome de Deus construir um   A idéia era proporcionar um Natal Diferente e mais momento presente com esperança, luz e vida.alegre para estas famílias. Na cesta de Natal (ou cabaz,como se chama por aqui) colocamos de tudo: arroz, Nossos sinceros agradecimentos acompanhados defeijão, óleo de palma, fuba, carne seca, peixe seco, nossas orações.bolacha, doces, roupas, sapatos, brinquedos e umadose muito grande de Esperança. A expectativa é queeste nosso gesto toque o coraçao destas pessoas e Irmas Franciscanas de Nossa Senhora do Amparotorne o Natal delas um pouco mais feliz ! Ficha TécnicaInformativo Kambas do Bem -Publicação do projeto Kambas do BemJornalista Responsável: Iga Bastianelli ( DRT 1883)Revisão: Roberta NeriDiagramação: Jimena SalomeDesign – Jumbo – www.jumbopro.com.brFotografia: Luciana Arce e Iga Bastianelli 8

×