Your SlideShare is downloading. ×
FÓRUM PERMANENTE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA    PORTAL DE PERIÓDICOS DA UNICAMP     PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEERInstituto Br...
PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEER    A ARENA    O   EUSEER    O   FÓRUM PERMANTENTE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA        UNICAMP...
Os Portais de Periódicos no EUSEER
Os Portais de Periódicos no EUSEER
Os Portais de Periódicos no FórumPermanente de Ciência e Tecnologia da              UNICAMP
Algumas TransformaçõesApoiado por agências governamentais como FINEP eCNPq, O Brasil inicia um processo de promoção dassua...
Algumas TransformaçõesA iniciativa dos arquivos abertos -(Open Archives Initiative- OAI) -desenvolve e promove padrões dei...
Algumas TransformaçõesPodemos encontrardiversas ferramentasimplementadasbaseadas no ModeloOpen Archives, taiscomo: reposit...
Algumas Transformações  Mudanças no modelo de negócios das editorasA via dourada do movimento do acesso aberto promove uma...
Algumas TransformaçõesFoi gerado um novoperfil de editor científico,baseado naspublicações de acessoaberto.Foi valorizada ...
Editoração EletrônicaDesde 1999...Várias ferramentas deprovedores de dados e deserviços começaram a serdesenvolvidas emuni...
Editoração EletrônicaOs sistemas deeditoração eletrônicasurgiram comoferramentas quegerenciavam o materialque estava dispo...
Editoração EletrônicaOs softwares deeditoração eletrônicaproporcionaram umaredução do tempodestinado à revisãodos originai...
Editoração EletrônicaArmazenamento de perfis;Envio de arquivos on-line;Aceitação de arquivos emdiversos formatos, com imag...
Editoração EletrônicaResponsabilidades dosautores (auto-arquivamento);Atribuição de direitosautorais livre;Gerenciamento e...
Open Journal Systems“As mudanças nosprocessos de editoraçãodas publicações científicasem arquivos abertosalteram aspectos ...
Open Journal SystemsMesmo dando suporte às revistas com algum tipo desubscrição, mais da metade dos periódicos que usam o ...
Open Journal SystemsO É uma solução prática,    econômica e eficiente;O   Promove a automação das    atividades de editora...
Open Journal SystemsBusca por autor, título,resumo, termos de índice etexto completo pararecuperação deinformações em todo...
Open Journal SystemsO OJS tem beneficiado osprogramas de promoção edifusão da produção científicada região, impulsionando ...
Open Journal SystemsO PKP usa um processo de coleta de instalações do OJS no mundo, removeinstalações duplicadas e as usad...
Open Journal SystemsEm América Latina o Brasil éo primeiro país em adotar aplataforma OJS desde 2003.A partir disso outros...
Centro Brasileiro ISSN         Publicação Online Técnico-Científica / Divulgação800             715            729700600  ...
Desde 2003Equipe SEERTreinamentos presenciaisPortal do SEERServiço de Hospedagem INSEERSEERADCadastro Nacional (+ de 900 r...
Tendo em vista os requisitos básicos usadosinternacionalmente no projeto e desenvolvimento das páginasde periódicos eletrô...
No Brasil a promoção do OJS foi impulsionado por universidadespúblicas e por instituições privadas.A experiência com publi...
Alguns periódicos no SEER foram aceitos em índices de citaçãocomo SciELO, ISI-Web of Science e SCOPUS.Por utilizar o SEER/...
Alguns periódicos utilizam ou utilizaram o software SEER ou OJSou alguma implementação ou desenvolvimento deste parapublic...
Portais Brasileiros no SEERhttp://euseer.ibict.br/index.php/euseer1/index/pages/view/portais
Portais Brasileiros no SEER                             PORTAI   UNIVERSIDADE   UNIVERSIDADES           REGIÃO            ...
Portais Brasileiros no SEERIMPLICAÇÕESPortais de periódicos no SEER só viraram realidade devido aosrecursos da Internet e ...
Portais Brasileiros no SEERDEPENDEM...como as instituições organizam e estruturam esse novo serviço,a coletânea de periódi...
Portal de Portais LatindexDEFINIÇÃO DOS CRITÉRIOSO Latindex está trabalhando na definição dos critérios de inclusão dospor...
Portal de Portales Latindex
ULS E-JOURNAL PUBLISHINGPROGRAMA DE PUBLICAÇÕESAlternativa para publicações que possuem lmitações de custeio, recursose op...
Os DesafiosIntegração dos portais de periódicoseletrônicos com os repositóriosinstitucionais.Convergência de interesses en...
Algumas LeiturasGARRIDO, Isadora dos Santos; RODRIGUES, Rosangela Schwarz.Portais de periódicos científicos online: organi...
FÓRUM PERMANENTE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA    PORTAL DE PERIÓDICOS DA UNICAMP     PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEERInstituto Br...
PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEER
PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEER
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEER

1,165

Published on

Presentação no Fórum Permanente de Ciência e Tecnologia da UNICAM sobre o Portal de Periódicos Científicos Eletrônicos da UNICAM, no dia 12 de abril de 2012, Campinas São Paulo.

Published in: Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,165
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • As publicação de periódicos científicos passa por mais transformações, às quais as comunidades científicas estão se adaptando gradativamente. Nesta apresentação trataremos especificamente de uma ferramenta tecnológica que vem sendo adotada por todas as comunidades científicas fora e dentro do Brasil e que de certa forma contribui nessa necessidade de acompanhar as mudanças que a própria tecnologia traz para a comunicação científica.
  • Fui convidado para falar para vocês sobre o SEER, e isso trouxe para mim um desafio, tentar explicar o papel de uma ferramenta tecnológica desde uma perspectiva suficientemente ampla, brindando a visão do que acontece com o resultado de um esforço de grupos de pessoas comprometidas com a melhoria do fazer científico. Começaremos mencionando as transformações que afetam a editoração científica, a sua evolução para a editoração eletrônica, as características das revistas no SEER e a evolução dos portais no SEER. Deixando alguns desafios para serem discutido no estágio atual de desenvolvimento dos periódicos científicos no Brasil.
  • The University of Calgary Open Access Authors Fund, devel.library.ucalgary.ca/services/for-faculty/open-access-authors-fund-0.
  • https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0ApUJLYd9tujKdGI1VDRhU1pSY0tkOXdhc21iRDBwTUE#gid=0
  • UFSC: mais de 60 instalações do OJS USP: mais de 40 instalações do OJS UNICAMP: mais de 20 instalações do OJS UnB: mais de 20 instalações do OJS
  • http://www.latindex.ppl.unam.mx/ Red de Revistas Científicas de América Latina y El Caribe, España y Portugal (Redalyc) , Mexico  Redalyc is currently promoting the use of OJS among its 519 journals and has committed two interns to helping with the development of OJS. In the near future, Redalyc will be offering free hosting to journals in Latin America.
  • http://pkp.sfu.ca/?q=harvester
  • Transcript of "PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEER"

    1. 1. FÓRUM PERMANENTE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTAL DE PERIÓDICOS DA UNICAMP PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEERInstituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/MCTI Prof. Dr. Miguel Angel Márdero Arellano 14 de abril de 2012
    2. 2. PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEER A ARENA O EUSEER O FÓRUM PERMANTENTE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA UNICAMP A PALESTRA O ALGUMAS TRANSFORMAÇÕES O EDITORAÇÃO ELETRÔNICA O OPEN JOURNAL SYSTEMS O SISTEMA ELETRÔNICO DE EDITORAÇÃO DE REVISTAS O PORTAIS BRASILEIROS NO SEER O PORTAL DE PORTAIS LATINDEX O ULS E-JOURNAL PUBLISHINGO OS DESAFIOSO ALGUMAS LEITURAS
    3. 3. Os Portais de Periódicos no EUSEER
    4. 4. Os Portais de Periódicos no EUSEER
    5. 5. Os Portais de Periódicos no FórumPermanente de Ciência e Tecnologia da UNICAMP
    6. 6. Algumas TransformaçõesApoiado por agências governamentais como FINEP eCNPq, O Brasil inicia um processo de promoção dassuas publicações científicas desde 1980, motivando asua competência internacional.Na década de 1990 aparecem diferentes iniciativaspara dar visibilidade às publicações na AméricaLatina: LILACS, BIREME, REDUC, INFOPLAN,REPIDISCA, LATINDEX, etc.Em 1998 e com o apoio da BIREME é desenvolvido oprojeto Scientific Electronic Library Online –SCIELO.
    7. 7. Algumas TransformaçõesA iniciativa dos arquivos abertos -(Open Archives Initiative- OAI) -desenvolve e promove padrões deinteroperabilidade, para facilitar adisseminação eficiente do conteúdocientífico entre os diversos repositóriosde dados espalhados pelo globo. Open ArchivesA OAI também tem como objetivo Initiative -realçar o acesso aos repositórioscadastrados na mesma, com o intuito Protocol ofde aumentar a disponibilidade da Metadatacomunicação acadêmica (LAGOSE, Harvesting2006). http://www.openarchives.org
    8. 8. Algumas TransformaçõesPodemos encontrardiversas ferramentasimplementadasbaseadas no ModeloOpen Archives, taiscomo: repositórios Opendigitais, periódicos Archiveseletrônicos, Initiative -bibliotecas digitais de Protocol ofteses e dissertações, Metadataetc. Harvesting http://www.openarchives.org
    9. 9. Algumas Transformações Mudanças no modelo de negócios das editorasA via dourada do movimento do acesso aberto promove umareforma na publicação científica: passar de um ambienteonde o acesso é somente via subscrições ou pay-per-viewpara outro onde qualquer pessoa com conexão na Internetpode olhar o material gratuitamente.Um modelo alternativo: submissão de originais paga pelainstituição do pesquisador. Em 2008 a University of Calgarycriou o programa “Open Access Authors Fund17 que cobreesse pagamento para artigos aceitos em periódicos deacesso aberto.
    10. 10. Algumas TransformaçõesFoi gerado um novoperfil de editor científico,baseado naspublicações de acessoaberto.Foi valorizada acontribuição e o suportedos profissionais dainformação no processode produção científica. http://www.doaj.org
    11. 11. Editoração EletrônicaDesde 1999...Várias ferramentas deprovedores de dados e deserviços começaram a serdesenvolvidas emuniversidades pelo mundo.Elas tinham o objetivo deserem de uso aberto eaplicáveis principalmente àgestão de revistascientíficas em repositóriosdigitais.
    12. 12. Editoração EletrônicaOs sistemas deeditoração eletrônicasurgiram comoferramentas quegerenciavam o materialque estava disponível naInternet com objetivos depadronização eotimização do processoeditorial, atendendo asexigências de qualidadedas bases de dadosindexadoras e dacomunidade científica.
    13. 13. Editoração EletrônicaOs softwares deeditoração eletrônicaproporcionaram umaredução do tempodestinado à revisãodos originais,ampliando avisibilidade daspublicações ediminuindo os custoscom as publicações.
    14. 14. Editoração EletrônicaArmazenamento de perfis;Envio de arquivos on-line;Aceitação de arquivos emdiversos formatos, com imageme multimídia;Facilidade para envio e ediçãode vários tipos de relatórios;Facilidade e qualidade decomposição, e adaptação adistintos requerimentosgráficos;Gestão de e-mailsautomatizado;Permanente atualização dosistema e suporte técnico. http://www.doi.org
    15. 15. Editoração EletrônicaResponsabilidades dosautores (auto-arquivamento);Atribuição de direitosautorais livre;Gerenciamento editorialabreviado ou estendido;Uso de aplicativos paradisseminação epreservação deconteúdos. http://www.lockss.org
    16. 16. Open Journal Systems“As mudanças nosprocessos de editoraçãodas publicações científicasem arquivos abertosalteram aspectos de forma,aumentam o acesso,estimula a qualidadeeditorial, amplia adivulgação de conteúdos emelhoram a economia.” JOHN WILLINSKY
    17. 17. Open Journal SystemsMesmo dando suporte às revistas com algum tipo desubscrição, mais da metade dos periódicos que usam o OJSsão de acesso aberto e, quase toda a outra metade provêacesso gratuito após um período de embargo.
    18. 18. Open Journal SystemsO É uma solução prática, econômica e eficiente;O Promove a automação das atividades de editoração;O Permite completa autonomia dentro do fluxo editorial;O Dispõe de assistência e registro on-line de todas as etapas do gerenciamento da revista;O Proporciona um espaço para comunicação para o autor e o editor nas etapas de submissão, avaliação e editoração.
    19. 19. Open Journal SystemsBusca por autor, título,resumo, termos de índice etexto completo pararecuperação deinformações em todos osnúmeros da revista;Acompanhamento doprocesso editorial portodos os atores envolvidosna publicação;Divulgação automatizada;Customização livre compossibilidades demelhorias e adaptações.
    20. 20. Open Journal SystemsO OJS tem beneficiado osprogramas de promoção edifusão da produção científicada região, impulsionando suavisibilidade e possibilitando asustentabilidade daspublicações.Também viabiliza o nascimentode novas publicações, as quaisincrementam a oferta editorialna região.
    21. 21. Open Journal SystemsO PKP usa um processo de coleta de instalações do OJS no mundo, removeinstalações duplicadas e as usadas para teste e demonstrações. SegundoEdgar & Willinsky, (2010), a maioria delas é de revistas que usam a avaliaçãopelos pares.Foram detectadas instalações do OJS usadas em anais, relatórios,monografias, objetos de aprendizagem, publicações de estudantes degraduação e pós-graduação e outras formas inovadoras de publicação ecompartilhamento do conhecimento. http://pkp.sfu.ca/ojs-journals
    22. 22. Open Journal SystemsEm América Latina o Brasil éo primeiro país em adotar aplataforma OJS desde 2003.A partir disso outros paísescomo o México, Colômbia e aVenezuela seguiram ainiciativa.Em 2011 mais das 10,000revistas no mundo que usamOJS, 3.627 correspondiam aAmérica Latina. http://pkp.sfu.ca/ojs-journals
    23. 23. Centro Brasileiro ISSN Publicação Online Técnico-Científica / Divulgação800 715 729700600 Técnico-Científico500 585 Divulgação400300200100 23 51 16 0 2009 2010 2011
    24. 24. Desde 2003Equipe SEERTreinamentos presenciaisPortal do SEERServiço de Hospedagem INSEERSEERADCadastro Nacional (+ de 900 revistas)Serviços de disseminaçãoComunidades de usuáriosEUSEERDocumentaçãoPortais de periódicos no SEER
    25. 25. Tendo em vista os requisitos básicos usadosinternacionalmente no projeto e desenvolvimento das páginasde periódicos eletrônicos, desde 2006 a Capes recomenda aoseditores de periódicos nacionais que entrem em contato comsistemas de informatização estabelecidos para qualificar aindamais seus periódicos.
    26. 26. No Brasil a promoção do OJS foi impulsionado por universidadespúblicas e por instituições privadas.A experiência com publicações eletrônicas produzidas com ametodologia SciELO foi outro fator que impulsionou a adoção daplataforma.A maioria das revistas no SEER estão indexadas no Latindex, RedaLy eDOAJ.
    27. 27. Alguns periódicos no SEER foram aceitos em índices de citaçãocomo SciELO, ISI-Web of Science e SCOPUS.Por utilizar o SEER/OJS como software de controle de fluxoeditorial e publicação na Internet, estes estão mais sujeitos aresponder aos critérios de avaliação destes índices e terempossíveis respostas positivas.
    28. 28. Alguns periódicos utilizam ou utilizaram o software SEER ou OJSou alguma implementação ou desenvolvimento deste parapublicação on-line, como também para controle de submissões efluxo editorial, como o exemplo as 60 revistas que usam o“Submission do SciELO” http://sumission.SciELO.br
    29. 29. Portais Brasileiros no SEERhttp://euseer.ibict.br/index.php/euseer1/index/pages/view/portais
    30. 30. Portais Brasileiros no SEER PORTAI UNIVERSIDADE UNIVERSIDADES REGIÃO S NO S FEDERAIS FEDERAIS COM SEER QUE USAM O PORTAIS NO SEER SEER Centro Oeste 14 05 04 Nordeste 12 12 06 Norte 04 07 04 Sudeste 30 14 07 Sul 24 08 07 TOTAL 84 46 28Fonte: Ibict – Equipe SEER
    31. 31. Portais Brasileiros no SEERIMPLICAÇÕESPortais de periódicos no SEER só viraram realidade devido aosrecursos da Internet e sua linguagem, e também com o uso dossoftwares referentes aos Arquivos Abertos, que permitem que váriosperiódicos de diferentes áreas se agrupem como um coletivo.VISIBILIDADEPodem aumentar a presença das revistas na Rede e superar aslimitações do esquema padrão de metadados Dublin Core, integrandoo sistema com o Google Analytics, a aplicação da Google para análisede tráfego do portal. Apenas usando o plugin do sistema e criandouma conta no Google Analytics.
    32. 32. Portais Brasileiros no SEERDEPENDEM...como as instituições organizam e estruturam esse novo serviço,a coletânea de periódicos científicos de várias áreas doconhecimento, pertencentes à mesma instituição, até entãodispersa em periódicos científicos impressos e iniciativasisoladas.CRITÉRIOS BÁSICOSa) caráter científico; b) arbitragem por pares; c) periodicidade; e)conselho editorial; f) normalização; e g) título, resumo e palavras-chave em inglês.
    33. 33. Portal de Portais LatindexDEFINIÇÃO DOS CRITÉRIOSO Latindex está trabalhando na definição dos critérios de inclusão dosportais a serem incorporados no PPL. Entre eles estão a adherencia aomovimento do acesso aberto e o uso do OJS.PARTICIPAÇÃOOs portais que constam atualmente no PPL não precisaram de acordoformal, apenas contatos técnicos para resolver problemas com coleta demetadados pelo harvester do PKP.ACORDO COM PKPExiste um acordo formal de intercambio de informação sobre aspublicações que integram os portais das universidades mexicanas.
    34. 34. Portal de Portales Latindex
    35. 35. ULS E-JOURNAL PUBLISHINGPROGRAMA DE PUBLICAÇÕESAlternativa para publicações que possuem lmitações de custeio, recursose operacionais.SUPORTE TÉCNICOO programa permite contar com serviço de hardware e software,consultoria gerencial, treinamento à distância, desenho de interface,registro ISSN, DOI, entre outros http://www.library.pitt.edu/e-journals/tools.htmlPARTICIPAÇÃOA University of Pittsburgh Press apoia a publicação de 17 revistas, amaioria da America Latina, assinou um acordo com o PKP, USF, StanfordUniversity, entre outras, voltado para o desenvolvimento de periódicos deacesso aberto no OJS em várias regiões do mundo.
    36. 36. Os DesafiosIntegração dos portais de periódicoseletrônicos com os repositóriosinstitucionais.Convergência de interesses enecessidades dos editores de revistasde portais OJS via redes decooperação.Compartilhar e sistematizar asexperiências de sucesso de periódicoscom alto índice de impacto.
    37. 37. Algumas LeiturasGARRIDO, Isadora dos Santos; RODRIGUES, Rosangela Schwarz.Portais de periódicos científicos online: organização institucionaldas publicações. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 15, n.2, p. 56-72, maio./ago. 2010.Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/pci/v15n2/a05v15n2.pdf >;<http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/viewFile/943/732>.MÁRDERO ARELLANO, M. Á.; FERREIRA, S. M. S. P.; CAREGNATO,S. E. Editoração eletrônica de revistas científicas com suporte doprotocolo OAI. In: FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; TARGINI,Maria Das Graças. Preparação de revistas científicas: teoria eprática. São Paulo: Reichmann & Autores Ed., 2005. p. 195-229.STRANACK, K. "Getting Found, Staying Found, Increasing Impact",Public Knowledge Project, 2006. Disponível em:http://pkp.sfu.ca/files/GettingFoundStayingFound.pdf
    38. 38. FÓRUM PERMANENTE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PORTAL DE PERIÓDICOS DA UNICAMP PORTAIS DE PERIÓDICOS OJS/SEERInstituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/MCTI Prof. Dr. Miguel Angel Márdero Arellano 14 de abril de 2012

    ×