Your SlideShare is downloading. ×
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Moeda Estrangeira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Moeda Estrangeira

2,556

Published on

Published in: Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,556
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MOEDA ESTRANGEIRA Alessandra Cardoso de Souza Gabriela Sitta Giovane Gaspar Benedet Marcelo Harger Flores Universidade da Região de Joinville – Univille - Horst Schroeder Sindel Samara Molkentin Administração de Empresas Thaize C. do Nascimento Economia Nacional e Internacional Professor Horst Schroeder 3º ano E - Nov /2009
  • 2. Moeda estrangeira Moedas Conversão Dólar- Estados Unidos Dólar- 1,00 – 1,722 Peso – Moeda do México Peso -1,00 – 0,131 Franco – Suiça Franco- 1,00 – 1,699 Iene- Japão Iene -1,00 – 0,019
  • 3. Moeda estrangeira Mercado moeda estrangeira Tipos de transações Mercado de Cambio – US$ 1,5 Spot trilhão por dia A termo Negociações individuais- US$ 200 milhões a 500 milhões Swap Negociação Interbancária Transações de varejo Transações de atacado Principais bancos classificados pela participação no mercado de câmbio Citibank – EUA Deutsche Bank – Alemanha Chase Manhattan Bank- EUA Warburg Dillon Read - Reino Unido
  • 4. Moeda estrangeira México – Peso Mexicano Japão - Iene Suiça – Franco Suiço
  • 5. Taxa de Câmbio Número de unidades de moeda estrangeira necessárias para comprar uma unidade da moeda local Taxa de Câmbio Cruzada Cotação de uma moeda com base na taxa de cambio de outras moedas.
  • 6. Cotação das principais moedas de acordo com os boletins intermediários do Banco Central do Brasil Obs: Dólar comercial, paralelo, Turismo cedidos pela CMA.
  • 7. Valorização e desvalorização da taxa de câmbio Demonstração do impacto da valorização e da desvalorização da moeda brasileira, o real (R$), em relação à moeda norte-americana, o dólar (US$), e vice-versa. US$ R$ Variação Desvalorização do R$ US$ 1 R$ 1,15 + 15% Situação-base US$ 1 R$ 1,00 Valorização do R$ US$ 1 R$ 0,85 - 15%
  • 8. Mercados a Termo e de Futuros Moeda estrangeira : mercado de cambio à vista mercado a termo mercado futuro Opções em Moeda Estrangeira Desenvolvida durante os anos 80. O possuidor das opções escolhe: taxa de cambio que desejar garantir bem como a duração do contrato. São utilizadas por empresas que buscam uma proteção contra o risco da variação do cambio, bem como especulações de moedas estrangeiras.
  • 9. Opções em Moeda Estrangeira Existem dois tipos: Opção de Compra: o possuidor tem o direito de comprar moeda estrangeira a uma cotação especifica; Opção de Venda: dá o direito de vender moeda estrangeira a uma cotação específica. Geram ágios Negócio arriscado – variedade de moedas 1984 - MMI introduziu opção de contrato futuro e moeda estrangeira – compra e venda de francos suiços . Esta opção dá direito de comprar ou vender um número estipulado de contratos padronizados
  • 10. Determinação da Taxa de Câmbio Demanda por moeda estrangeira: aumenta conforme aumentam as importações; Oferta de moeda estrangeira: aumenta conforme aumentam as exportações; Taxa de câmbio de equilíbrio: não há excesso nem escassez de moeda estrangeira.
  • 11. Taxa de Câmbio Efetiva É uma média ponderada de todas as alterações bilaterais; Considera-se no cálculo os maiores parceiros comerciais. Arbitragem É o fator que embasa a coerência das taxas de câmbio; Refere-se a compra e venda simultânea.
  • 12. Mercado a Termo Transação Futura Taxa de câmbio a termo: encontra-se o valor na BM&F já pré- fixada para transações futuras (para 3, 5, 6 meses, etc...) Agio: quando a taxa a termo é maior que a fixada atual Deságio: quando a taxa a termo é menor que a fixada atual
  • 13. • Funções: Compras de matéria prima, construções, etc... (Ex: compra de milho) 18/11/09: recebe a mercadoria (pode ser de quem está fazendo o contrato ou não) 18/01/09: será o pagamento (término do contrato) • Hedging: protege as partes envolvidas para que haja menos risco (consegue se programar com uma quantia definida) Cotação hoje: R$ 1,50 Problema Cotação Janeiro: R$ 2,00 EUA: usavam para No dia da negociação: especulação financeira Cotação do dia: R$ 2,50 (sem produtos na negociação) Saldo de diferença: R$ 0,50 Proibidas as negociações de mercado a termo
  • 14. Especulação no Mercado de Câmbio Especulação – Tentativa de obter lucro negociando com base nas expectativas sobre os preços no futuro À vista – necessidade de crédito ou dinheiro
  • 15. Especulação no Mercado de Câmbio À Termo – Não necessita de dinheiro ou crédito integral – “10 % do contrato “ Contrato com taxas adicionais pré fixadas Previsão que a taxa do câmbio será valorizada em relação a data do fechamento do contrato
  • 16. Especulação no Mercado de Câmbio Estabilizadora Desestabilizadora Eixo Y Eixo Y Eixo X Eixo X Compra de moeda estrangeira Venda de moeda estrangeira no com moeda local no momento da momento em que ela se queda da moeda estrangeira desvaloriza Expectativa de valorização Expectativa de maior desvalorização Aumento da demanda por moeda estrangeira Taxas de câmbios instáveis devido flutuações Taxas de câmbios estáveis
  • 17. Especulação no Mercado de Câmbio Especuladores Teoria de que prestam pouca atenção a “saúde” da economia Especulam com maioria em países pobres e emergentes

×