Revista Comunik Edição 4

578 views

Published on

Revista Comunik realizada por alunos da FCAD - CEUNSP.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
578
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revista Comunik Edição 4

  1. 1. REVISTA ENSAIOS SOBRE O COTIDIANO - FCA/CEUNSP PROJETO DA AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO E ARTES AbortoFoto:Google ImagensNostalgia roqueira na Virada Pág. 5 RIC - O novo RG Pág. 10 Ateísmo Pág. 22
  2. 2. Anuncie Aqui Entre em contato revistacomunik@gmail.com Tel: (11) 8746-4866 - Thales2
  3. 3. Índice Conversa com oExiste vida em Marte? E daí? Editor Pág. 4Nostalgia Roqueira na Virada Pág. 5 C omeçou como um trabalho de sala, to- mou ares de um projeto mais sério duran- te as férias e agora é essa revista que vocês es- tão vendo. Isso é uma breve história contando como surgiu a revista do bloco K, a comuniK.Carrinho de Rolimã Utilizo partes do primeiro esditorial desta re- Pág. 8 vista para poder começar o nosso. Depois de 1RIC - O novo RG ano e 3 ediçoes está revista passa para outras mãos. Pág. 10Aborto Nós, o atual 5º semestre assumimos de vez a direção. Depois de aulas debatendo, e-mails, Pág. 14 indo de um para outro sem parar, começamos a por a mão na massa. Agora, a comuniK é muito mais que um trabalho. É uma revista... Você é a Boa leitura! favor ou contra?Os Games da OLD Pág. 20Ateísmo Pág. 22Escolha já seu Nerd Pág. 25 Foto: Moisés Teles de MedeirosSegredos de Liquidificador Pág. 28Ninfomania Pág. 29STOP! Um filme, um livro, um CD... Pág. 32 3
  4. 4. Foto:Google Imagens Existe vida em Marte? E daí?# Natália Esteves se há vida em outro planeta! um marciano que não tenha, os outros sejam capazes de ajudar Se existe vida lá eu para que também exista igual- não sei e tampouco me pre- dade social. Que lá eles não ocupa, sei que aqui existe sofram com desastres naturais e temos que nos importar e principalmente por tragédiasJ mais com essas vidas. Tem causadas por eles próprios. á parou para pensar gente passando fome e frio nisso? Estamos em em baixo de nossos narizes e E nós, terráqueos, já tempos de crise mun- o máximo que conseguimos passamos da hora de nos dial, pessoas morrem fazer é soltar um “coitado, conscientizarmos de que ex- não tem nem onde morar...”. istem coisas muito mais im-diariamente por doenças in- portantes com que nos preo-curáveis, acidentes de carros, Se realmente existir cuparmos. A água, o petróleoacidentes aéreos, enchentes vida em Marte, desejo que eles e a paciência do mundo es-tem destruído casas e famílias tenham suas casinhas construí- tão acabando, cabe a nós re-com muita frequência, tsuna- das e dinheiro para ir ao su- verter essa situação, vamosmes, acidentes radioativos e permercado fazer a compra do tentar mudar isso? Porquepsicopatas matando pessoas e mês sempre. Que se houver os ETs não farão por nós.ainda tem gente preocupado Expediente Encontre o nosso! Professor orientador - Pedro Courbassier Editor-chefe - Thales de Mileto Na Playboy você procura o co- Editores adjuntos - Nah Mendonça. elinho, nas garrafas de cerveja o Repórteres - Soraya Cristina, Thales de Mileto, Natália Esteves, Gil Fernandes, Nah Mendonça e Anieli Barboni. F e na comunoca escondemos o Colaboradores - Tiago Modoro, Jéssica Bonatti, Andressa Kaam, Bianca Ro- nosso K. Deixaremos oculto na drigues, Grecia Baffa e Luana Oliveira, Jean Lucas e Mayara Cruz. capa e revelaremos sempre na Diagramação - Mel Castro próxima edição4
  5. 5. Nostalgia roqueira momento, as cores cítricas e om- breiras voltaram a ser moda. Isso por que artistas da geração anosna Virada. 80, no qual o rock se popular- izou no Brasil, fizeram um “flash back” bem ao som de sua época.# Thales de Mileto p... nenhuma.” E fechou seu dis- curso com mais uma amostra O punk rock que havia chegadoEm meio ao um mundo de pon- de como seu vocabulário é ex- Inglaterra em meados de 80 foita cabeça, terremotos tremendo tenso “Eu quero que todos se marco no Brasil em São Paulo epaíses, tsunamis invadindo ci- f..., porque nenhum escapa.” Distrito Federal. E veio do Planal-dades e psicopatas entrando to Central o grupo que represen-escolas e matando crianças e Além de suas frases polêmicas tou o movimento, a Plebe Rude.batendo as botas é que sacudiu mostrou que no palco ela é quem Deu-se um clima mais ao evento,nos dias 16 e 17 de abril a cidade manda, dominando a platéia com com um repertório recheado dede São Paulo e dias 14 e 15 de seu repertório recheado de hits músicas oitentistas. Usando demaio no interior do estado a sé- como, o hardrock “Agora só falta ironia para mostrar como a imp-tima edição da Virada Cultura. você”; seu hino “Ovelha Negra”, rensa estava vendo a apresentação de sua ex- banda Tutti Frutti; deles. O vocalista Philippe SeabraInspirada na “Nuit Blanche” de “Bwana”; “Saúde”; “Doce Vam-Paris, que agita anualmente a piro”; “Lança Perfume”, acom-capital francesa, com atrações panhada pelo filho Beto Lee e seuque seguem madrugada aden- namorado há 35 anos (como elatro. Na capital paulistana não foi mesmo diz) Roberto de Carvalho.diferente: Mais de 24 horas deatrações nas quais artistas nacio- Se nos palcos tinha a rainha, nãonais e internacionais se apresen- podia faltar o Tremendão. Eras-taram no maior e mais impor- mo Carlos esbanjava alegria etante palco da América Latina. simpatia ao seu público de cabelo mais grisalho do que em outrosUmas das frases mais usadas shows. “Nunca antes na históriapelo Rolling Stone, Mick Jagger deste país vocês viram um com-diz muito sobre o que aconteceu positor tão feliz no palco”, aindaesse ano no evento, “É só rock! explicou o porquê ele iria tocarMas eu gosto.” Aí então foi que seus grandes clássicos: “Se o Ro-rolaram as pedras para mais uma berto não canta Detalhes e o LosVirada Cultural que regada de Hermanos não cantarem Ana Ju-muito rock’in roll e nostalgia, que lia o público fica triste. Eu cantotoda vez toma conta dos palcos os meus sucessos porque nãodela. Em anos anteriores artistas quero ver ninguém aqui triste.”como Mutantes, O Terço, No- Mesmo não esbanjando mais avos Baianos, 14 Bis e Casa das vitalidade de seus anos de JovemMáquinas abriram o evento. Ag- Guarda e o seu auge solo dos anosora teve suas portas escancaradas 70-80 Erasmo foi simples e pre-pela rainha do rock nacional Rita ciso. Ele apresentou seus suces-Lee. Ela abriu o evento com a sos “Mesmo Que Seja Eu” (1982)mesma acidez e sarcasmos que a no início, “Negro Gato” e “Gat-acompanharam por toda sua car- inha Manhosa” (ambas 1965, dereira, sabedoria e provocações... quando era vocalista de Renato &“O Rock in Rio, perto da Virada, Seus Blue Caps) no meio e “Pegaé um cemitério musical.” Ainda na Mentira” (1981) na despedida.falando de Rita, parecia com sol-dados americanos invadindo a Flash Back Anos 80casa de Bin Laden e abrindo fogoem suas críticas recheadas de A virada era mesmo dos qua-palavrões: “Moro em São Paulo rentões de plantão! Foi revivido ohá 65 anos, entra e sai prefeito tempo em que muitos tinham ca-e governador e eles não fazem belos e não eram brancos. Por um 5
  6. 6. disse: “Tão dizendo que a Plebevoltou, mas a gente nunca foiembora.” E alfinetando ainda asbandas atuais de Brasília; “Vocêsse decepcionam com as bandasde lá, mas nós prometemos quenão iremos decepcionar vocês.”E não podia faltar à energia revo-lucionaria de suas canções “AtéQuando Esperar”, “Minha Ren-da” e “Proteção”, que foram can-tados em vozes altas da platéia.Saindo um pouco do lado, maispolítico dos anos 80 e indo paraum rock mais despretensioso,apareceram os cariocas da bandaBlitz e o inglês mais brasileiro da Vermelho; “Perdidos na Selva”, até Brasília, com o seu cover deInglaterra, Ritchie. Os primeiros da Gang 90 (a Gang 90 foi a “Ainda é Cedo” da Legião Ur-grandes fenômenos daquela ge- primeira banda a ter um sucesso bana. Homenageando tambémração. Liderada pelo cantor, gui- nos anos 80. E foi exatamente seu antigo parceiro de banda etarrista, compositor e ator Evan- com Perdidos na Selva. A banda composição, Cazuza, com “Exag-dro Mesquita, a Blitz misturou chegou ao seu fim após a morte erado” e “Codinome Beija-Flor”.seu cômico repertório de “Mais de seu líder e vocalista Julio Bar- Quem Fechou a noite Foi o frissonUma de Amor” (Geme Geme); roso, que caiu da janela de seu de sintetizadores e uma guitarra“Você Não Soube me Amar”; apartamento em São Paulo no bem rasgada, bem ao estilo “anos“Dois Passos do Paraíso” e cov- ano de 1984.) Com o carisma 80”. O palco da estação Julio Pre-ers de “Óculos”, dos Paralamas de sempre Evandro dominou a stes foi invadido e pilhado peloDo Sucesso;“Sonífera Ilha” dos platéia e arriscou ao apresentar RPM (Revoluções Por Minuto) eTitãs; “Bete Balanço”, do Barão sua música nova, parceria com assim o público foi tomado por Leoni, chamada “Vôo Cego”. eles. Era o primeiro show deles depois de 8 anos de hiato. Logo Mais conhecido pela tão canta- em seus primeiros passos para o da no Brasil inteiro e vários rit- palco o vocalista, baixista, com- mos “Menina Veneno”, o anglo- positor e um dos lideres da banda brasileiro Ritchie também entrou já ouvia as boas vindas de suas na onda “Anos 80”. Com uma tietes na platéia, que gritavam falha no microfone, a experiência “lindo” e “gostoso”. O começo da ajudou a contornar esse episódio apresentação veio com um dos e com um megafone continuou últimos sucessos deles antes de o show enquanto era arrumado acabar pela terceira vez, a abertu- seu equipamento. Além de Me- ra do BBB “Vida Real”, emendan- nina Veneno, Ritchie trouxe do ela com a música de trabalho “Casanova”, outro sucesso oi- de sua volta em 2002, “Rainha”, tentista. E “Lágrimas de Mais”, a inédita “Crepúsculo”, que não que é foi tema de abertura até empolgou pelo fato do público de novela em pleno século XXI. não conseguir ouvir direito, pois mais uma vez o microfone apre- O barão Roberto Frejat mostrou sentava problemas. Dali para fr- toda sua versatilidade na gui- ente foram apenas clássicos de tarra e nas músicas, executando quando eles ainda tinham seus 20 solos com sua marca, com toda poucos anos (lembrando em mui- a malandragem de um carioca e tas ocasiões a turnê Rádio Pirata a habilidade de um bluseiro. O que foi o auge dos revolucionári- repertório foi entre o Barão de os). Renato Russo e Cazuza tam- 1980 e 1990, como “Por Você”; bém foram lembrados, com a “Êxtase”; “Pro Dia Nascer Feliz”; participação em “in memorian” “Maior Abandonado”, passando de Renato na música “A Cruz pela sua carreira solo e chegando e a Espada”. Já o nosso Agenor8
  7. 7. para músicas como “Meu erro”; “Lanterna dos afogados”; “Ócu- los”; “Ela disse adeus”; “O beco” ; “Cuide bem do seu amor”; “Romance ideal”, entre tantos outros sucessos dos Paralamas. Fechando a Virada em Sorocaba, com quase duas horas de atraso, Os Titãs, também fecharam a sessão “velhinhos do rock’in roll” como à melhor banda de todos os tempos da última semana. Reduzido a apenas 4 membros, já que 3 saíram e um morreu, os Titãs mostram que a sua vivência e a capacidade de se adaptar ao(Cazuza) foi homenageado com atraso de 35 minutos, o que não tempo e com um time de hinosa regravação de “Exagerado”. atrapalhou nada seu desempenho do rock eles Incendiaram Soro-Mostrando um grande entrosa- na cidade paulista. Com sucessos caba, “Flores”; “Marvin”; “Pramento entre os quatro membros “A Mais Pedida”; “Deixa eu Falar”; dizer adeus”; “Jesus Não Temquem saiu ganhado foram os “O Pão da Minha Prima” e “Lam- Dentes No País Dos Banguelas”.fãs da banda se deliciaram ainda be” entre outros o grupo atraiucom “Loiras Geladas”; “Alvorada mais de 4 mil pessoas, que duran- Segundo o dicionário HouaissVoraz” “Revoluções Por Minuto”; te uma hora e meia cantaram sem a palavra nostalgia quer dizer;“Juvenilia”; “Liberdade/Guerra parar cada música com a banda. “desejo de voltar ao passado.”Fria”. Chegando ao final do show E isso está sendo possível nessacom “Rádio Pirata” e emendado Invadindo as praias de Indaiatuba Virada Cultural. Música boa,com performances das músicas o Ultraje a Rigor veio com seu de- com um gostinho de saudade.“Ligth My Fire” do The Doors, boche e com o maior público do“You Can’t Always Get What You primeiro dia do evento. O Vocal-Want” dos Stones, ”All You Need ista Roger Moreira mostrou queIs Love” dos Beatles e querendo apesar de não estar mais nos seusmostrar que são velhinos cool e vinte poucos anos ainda tem umaantenados ao nosso tempo tam- vitalidade e energia em cima dobém colocaram nessa salada de palco fazendo o público pular efrutas roqueira “Use Somebody” cantar juntos os clássicos do rockdo Kings Of Lion (talvez essa seja nacional como “Nós vamos inva-a maior frustração dos roqueiros dir sua praia”; “Ciúmes”, no qualantigos no show deles). Quando teve participação especial nosparte do público estava se dirig- vocais da cantora da banda Vega,indo para a saída achando que o Cláudia Gomes; “Sexo”; “Nada ashow tinha acabado, começou a declarar”. Ainda arriscaram umsoar os primeiros acordes de “Ol- cover da Plebe Rude “Até quan-har 43”, levando o povo ao delírio. do esperar”, com o baixista Min- gau cantando ela. Roger aindaMais pedida do interior encarnou Ozzy Osborne na clás- sica “Paranóid” do Black Sabatt.A caravana da Virada Culturalseguiu o rumo dos bandeirantes. Os Paralamas Do Sucesso fizeramCom ela, a sua velha companhei- jornada dupla no evento, tocaramra “nostalgia”. Que também to- no dia 14 em Sorocaba e 15 emmou os palcos do interiorrrrrrrrrr, Indaiatuba. Com a mesma sim-onde os complicados e perfeitin- patia e competência de sempre,hos dos Raimundos mostraram o trio mostrou que toca tanto notoda sua pegada em Campinas, luar sorocabano, quanto de baixofechando o evento na cidade. de chuva como em Indaiatuba. A banda brasiliense que mistura Na vidada de sábado para domin-punk-rock com forró teve um go 7 mil vozes faziam um coro
  8. 8. Foto: Teca Lobato CARRINHO DE ROLIMÃBrincadeira de criança? Ah como ébom!# Soraya Cristini C onstruído artesanal- tecnologias. Hoje já não se pode mente, o carrinho mais ver crianças preparando de rolimã era feito seus carrinhos, pois são encon- por ferramentas trados na internet, por R$ 288,00simples: um martelo e um ser- reais, com rodas, assento esto-rote. As crianças faziam a base fado e diversas regulagens, pro-seus carrinhos com corpos de porcionando mais segurança àmadeiras e rolimãs, que eram des- criança ou adolescente.cartados por oficinas mecâni-cas. Tão pouca mão de obra, A monitora de crianças emgarantia a felicidade de mui- uma creche municipal de In- bro do meu irmão mais velho setos. Depois de construir o daiatuba, Luzia Oliveira, 40 divertindo com isso. Ele, meusbrinquedo, a garotada anos conta sobre o tempo primos e todas as crianças dasse reunia para descer em que a brincadeira fazia redondezas reuniam-se no fim daas ruas em altas o maior sucesso entre tarde para brincarem de rolimã.velocid- a criançada. Eles mesmos faziam o brinquedo.ades, fa- Usavam madeirazendo cor- e partes deridas, rachas, carroças”.manobras rad-icais e o famo- Question-so “sanfonão” ada sobre(arte de jun- as mudan-tar dois car- ças, avançosrinhos de tecnológicosrolimãs). A s e circunstân-crianças aproveita- cias que afas-vam a brincadeira E l a tam as criançaspara gan- har dinheiro e diz que era de brinquedosiam às feiras livres para fazer uma aventura andar como o carrin-fretes. com os carrinhos de rolimã e ho de rolimã, ela que desde sua infância já ha- responde como é Tudo isso foi deixado pelo via competições que definiam lamentável que atempo, pelas máquinas e altas o brinquedo mais rápido. “Lem- brincadeira tenha ficado no passado, 8
  9. 9. dia contarem histórias da juven- tude para seus filhos e netos, ap- enas dirão que falavam com seus amigos, via internet? Apesar de todo o esquecimento da juven- tude sobre as antigas brincadei- ras, há quem defenda o carrinho de rolimã, mesmo sendo da era tecnológica e virtual. Matheus tem 16 anos e se or- gulha em contar o que pediu de presente em seu aniversário. “Sempre ouvi meu pai, amigos e tios contarem das brincadeiras de antigamente. De todas, a que eu mais admirava era a corrida de rolimã. Então, no meu último aniversário pedi que meu pai me presenteasse com um carrinho. E não foi apenas isso, pedi que fizéssemos juntos o brinquedo”. Ele conta que depois de pron- to, o carrinho de rolimã foi leva- do para o sítio da família onde tem muito espaço e tranqüilidade para a brincadeira ser ainda mais legal. “Meus amigos também gos- tam do rolimã. Eles têm a mesma opinião que eu. O tempo passou e a brincadeira ficou, porque não importa a época e nem a geração,e por mais que hoje existam car- deiras estão sendo trocadas por uma vez divertida, sempre diver-rinhos mais modernos, nada se computadores, videogames e ce- tida”, finaliza.compara a emoção do antigo e lulares.bom brinquedo. “Entendo que a Agora encontramos apenas O carrinho de rolimã já foi umatecnologia separa as crianças de histórias de momentos que não brincadeira só de meninos, masbrincadeiras antigas, naturais e hoje em dia esse estereótipo foique deveriam ser conservadas. deixado para trás. Já é possívelMas não é só isso, as situações da ver meninas descendo ladeiras. O tempo passa, as pessoas cres-violência e dos outros problemas “O tempo passou cem, os interesses mudam. Masda sociedade atual também atra-palhariam a brincadeira. Antes e a brincadeira se a brincadeira é boa, ela tran- scende o tempo e conquista no-brincávamos nas ruas com os car-rinhos, descendo ladeiras abaixo. ficou, porque não vos admiradores. O carrinho de rolimã é um exemplo de que, nãoHoje seria muito difícil encontrarespaço no caos do trânsito para importa a época importa a época, descer a ladeira em um pedaço de madeira conti-brincar. Além disso, as ruas estãoocupadas por outras ‘brincadei- e nem a geração” nua sendo divertido. ras’ que não são tão descoladasassim”, finaliza. voltam mais. Mesmo assim, cri- anças e adolescentes continuam Histórias de vovô e papai cada vez mais alucinados com as fantasias proporcionadas por A juventude atual vem deixan- seus computadores, conversandodo para trás, tudo aquilo que pais via Skype, MSN e outras redese avôs viveram. Antigas brinca- sociais. Fica a pergunta: Se um 9
  10. 10. REGISTRO DE IDENTIDADE CIVIL: O NOVO RG# Andressa KaamO Ministério da Justiça Distrito Federal), tem seu próprio brasileira pretende banco de dados de identificação implantar, através e esses bancos não tem con- de um Comitê Ges- exão entre si, sendo possível ator até o ano de 2020, uma nova qualquer brasileiro ter mais deforma de identificação para seus um RG, inclusive com nomeshabitantes: O Registro de Identi- diferentes.dade Civil (RIC). A implantação desse método deO RIC será um cartão magné- identificação acabaria diziman-tico, que contará com dados ob- do casos de falsidade ideológicarigatórios, entre eles , os antigos e estelionatos.Uma cerimôniadados de RG e CPF, além de um solene foi realizada, em dezem-chip que integrará informações bro de 2010, para a entrega ofi- rante que no segundo semestrede diversas formas de identifi- cial dos primeiros RIC’s que con- a implantação tenha início. Oscação, como título de eleitor e templaram o ex-presidente Luis moradores de Brasília, do Rio deCNH. Inácio “Lula” da Silva, sua esposa Janeiro e de Salvador foram es- Marisa Letícia, além do ex-vice colhidos aleatoriamente e serãoA consulta as informações do RIC presidente, ainda em vida, José notificados por carta da necessi-será feita em um banco de infor- de Alencar. dade da troca do documento e osmações centralizado, que será locais onde será efetuada.gerenciado pelo Instituto Nacio- A convocação dos selecionadosnal da Identificação (INI), órgão para trocar a antiga cédula de Uma geração apressada...ligado a Polícia Federal, diferente identidade (RG) pelo novo RICda forma até então adotada. teve como data de início no dia Cartões de crédito, débito, car- 18 de janeiro deste ano, porém teira de motorista e variados ti-Atualmente, cada uma das 26 problemas internos adiaram em pos de documentos habitam asunidades da federação (mais o alguns meses, e o Governo ga-10
  11. 11. Estaremos mais seguos? O RIC tem como principal de- terminante, o apelo da segu- rança. Uma central unificada fi- cará responsável por um banco de dados onde estarão inseridas as informações referentes aos novos documentos, diferente do sistema até então adotado, em que os institutos de identi- ficação são separados por es- tado, podendo uma pessoa ter duas identidades, inclusive com nomes diferentes.A nova ordem acabará por dificultar a ação de estelionatários, e evitar que pes- soas utilizem dois documentos, além de ajudar no controle de estrangeiros no país. As interven- ções policiais terão pontos posi- tivos e diminuição nas fraudes, tanto do lado dos criminosos, quanto da polícia. Brasil entre as sedes, reforça segurança. Dois eventos de grande destaque mundial serão sediados no Bra- sil nos próximos anos: Copa do Mundo e Olimpíadas. Diante disso, o país está em processo de adequação para recebê-los, o RIC entra também nesse mérito. Uma identificação rápida, pre- cisa e livre de possibilidades de fraude, é crucial em um momen- to em que milhares de pessoas, de diversos países, circularão pe- los aeroportos do Brasil. Apenas para reforçar, os documentos atualmente operantes no país, contam com a facilidade na falsi-carteiras dos brasileiros, e em di- dos Santos, de 49 anos, que disse ficação e baixo controle e, aliadoversas situações (filas de banco, “ Essa proposta de documento a isso, existe a diversidade étni-caixas de estabelecimentos) o tem dois lados, é complicado. ca. Todos sabem que no Brasildocumento realmente procura- Você não ter de ficar carregando existem pessoas de várias etnias,do se perde entre os demais. Na muitos documentos é uma ‘mão então não se tem uma caracter-onda de pressa em que se vive na roda’ “ ística física específica, como poratualmente, perder tempo procu- exemplo os ingleses ou japone-rando um documento acaba cau- Com o uso do RIC, os atendi- ses. Esses pontos acabam porsando não só a indisposição do mentos podem ser reduzidos auxiliar os criminosos em suasdono da carteira, como também pela metade, no quesito tempo, ações.do restante das pessoas nas filas. inclusive concedendo a ele o mérito por potencialmente aca-Na unidade do Poupatempo em bar, ou reduzir de alguma forma, RIC e o bolso dos brasileiros.Jundiaí, conversei com a dona- as filas de banco.de-casa Maria Lúcia Damasceno Apesar de todos os benefícios já 11
  12. 12. citados e que o RIC irá trazer ao os fundos arrecadados com a ções mais concretas sobre o RICpaís, a unificação de identifica- emissão dos documentos. O pro- ainda não chegaram ao estado deção ainda enfrentará alguns em- jeto, pronto para ser enviado ao São Paulo. “Ainda não estamospecilhos até se completar. congresso, tem em uma de suas incluídos nem na primeira parte proposta, um repasse de 10%, fi- das mudanças, o que temos con-A questão do custo gera algumas cando o restante para o Governo hecimento agora, pode mudardivergências e também acar- Estadual correspondente. “É im- durante o processo”.retou no atraso do processo de possível não pagar por um doc-implantação, que estava previsto umento tão moderno, só espe- Adeus, “verdinho”.para se iniciar em janeiro deste ramos que eles não aproveitemano.O Governo instituiu, inicial- esse espaço para arrancar mais A previsão é de que no final demente, o valor de R$ 40. Um dinheiro do povo”, diz a aposen- 2012, oito milhões de brasileirostanto controverso, pois o custo tada Ana Montes, de 62 anos. já tenham adquirido seu novopara a confecção dos cartões, documento, número que no anoestá na média de R$ 20 e o gov- O Governo irá disponibilizar de 2013 poderá ainda chegar aerno não explica o motivo no au- uma remessa inicial de dois mil- vinte milhões. A intenção é quemento do valor. hões de documentos gratuita- gradativamente todos os cartões mente, ficando o restante a car- tenham sido substituídos e comO Executivo, porém, está entran- go dos Estados, sendo cobrado isso, a população dará adeus aosdo com um projeto que visa di- um preço fixo por ele em todo o obsoletos RG’s “verdinhos”, ent-minuir esse valor e que também país, baseado nas respostas aos rando de uma vez por todas, natem a possibilidade de isentar projetos que serão enviados ao era digital.os cadastrados nos projetos do Congresso.“Bolsa Família”. IncógnitaAlém dessas duas frentes, umFundo Nacional de Identifica- A responsável pela administraçãoção Civil poderá ser criado, ob- do Poupatempo Jundiaí, Julianarigando os estados a repassar Borges, afirmou que informa-12
  13. 13. Anuncie AquiEntre em contatorevistacomunik@gmail.comTel: (11) 8746-4866 - Thales 13
  14. 14. Aborto# Anieli BarboniBreve HistóriaE ssa prática é discutida desde a Grécia antiga. Aristóteles o defendia duzido. Segundo a ginecologista como método eficaz Karin Regina Barbieri, o abortopara limitar os nascimentos e espontâneo acontece, no máx-manter estável a população das imo, 22 semanas de gestação.cidades gregas. Platão dizia que Quando acontece em até 12 se- gestante de forma ilegal. Reco-deveria ser obrigatório às mul- manas é chamado de má forma- menda que os países tenham leisheres com mais de 40 anos, e ção do embrião. Os mais tardios, que autorizem a interrupção dapara preservar a pureza da raça geralmente, são motivados por gravidez em condições de segu-dos guerreiros. Já Sócrates con- infecções, alterações da tiróide e rança para a saúde da mulher.cordava com a prática, desde hepatologias(doenças do fígado)que as mulheres desejassem. na mãe. No Brasil é considerado crime contra a vida pelo código pe-No século XIX a proibição do O aborto induzido é provocado nal, exceto se oferecer riscosaborto ganhou forças porque a pela ingestão de medicamentos à saúde da mãe (doença de másua prática poderia diminuir a ou métodos cirúrgicos. Porém, formação) ou quando é resultadooferta de mão-de-obra, que era muitas vezes não resolve o prob- de estupro e de má-formaçãoextremamente importante para lema e traz riscos à saúde: “Elas do feto. Determina prisão de 1garantir a continuidade da rev- usam e não sabe se vai dar certo. a 10 anos para quem pratica eolução industrial. Com o fim da Às vezes o próprio organismo para os envolvidos. Em caso dePrimeira Guerra Mundial a lei an- não funciona com o princípio morte da mãe, a pena do autorti-aborto foi severa e tinha como ativo do produto, podendo ocor- do crime pode aumentar. Porém,lema “filhos para a pátria”. O rer má formação do feto, e riscos baseado em fontes do Ministérioaborto passou a ser considerado de, em uma próxima gravidez da Saúde, no Brasil uma mul-crime contra a nação e punido o organismo não conseguir se- her faz aborto a cada 33 segun-com pena de morte.Foi na década gurar o bebê e assim ter abor- dos e a prática insegura matade 60 que as mulheres, em vários tos espontâneos. Em casos mais uma delas a cada dois dias.países, passaram a se organizar graves a mulher pode perderem grupos feministas para con- o útero”, comenta Karin. Cytotec: o vilãoseguir que a decisão de continuarou não a gravidez fosse delas. Você Sabia? Mais conhecido pelo seu nome comercial, é um dos remédiosDe acordo com o dicionário A Organização Mundial de Saúde abortivos mais conhecido en-Houaiss, aborto significa a expul- (OMS) julga o aborto inseguro na tre as mulheres. Ele tem comosão prematura do feto. Existem ausência de padrões médicos ad- princípio ativo o misoprostol.dois tipos: o espontâneo e o in- equados e quando praticado pela14
  15. 15. Foto: Google Imagens
  16. 16. Esta substância faz a contração Foto:Google Imagensdo útero, como se estivesse emtrabalho de parto, o estimulan-do e o contraindo para eliminaro embrião. Geralmente utiliza-dos para dilatação e expulsãodos fetos presos no útero apósabortos espontâneos, tem altorisco de hemorragia, causa umador intensa, parecida com a dordo parto e pode levar a óbito seusado irregularmente. Proibidodesde 1998 para o mercado, ap-enas uma indústria pode fabri-car no país e somente hospitaisautorizados podem adquirir.Mesmo sendo vedada sua ven-da, a comercialização “rola sol-ta”, especialmente na internet. Existem diversos chás que tam- fiada da possível gravidez, na ép-A negociação geralmente é feita bém podem causar o aborto, oca, indesejada. “Tinha acabadopor sites de relacionamentos como seme, canela com pinga, de conseguir o meu emprego ee a entrega, por correio. Além buchinha entre outros, que são ainda estou no meu 1º ano dedo risco à saúde, existe a pos- recomendados por garotas nos faculdade”, disse a jovem. Apóssibilidade de ser um golpe e sites proporcionando um alto as desconfianças resolveu fazernão obter o efeito esperado. risco a saúde. Segundo o Minis- o teste de gravidez de farmácia. tério da Saúde, pesquisas apon- Não acreditando no resultado,Através das redes sociais o re- tam ocorrências entre 729 mil e que foi positivo, fez outra vez emédio é comercializado sem re- 1,25 milhão de abortos ao ano no a confirmação veio em seguida.strições. Qualquer pessoa pode país. Destes, aproximadamente “Fiquei desesperada, sem chão,adquirir o produto. Como prova, 250 morrem e 1/3 procuram as- pois meu namorado nem conhe-mantive contato com um vend- sistência hospitalar devido aos cia meu pai ainda. Meu pai é umaedor do remédio por um deter- danos causados ao organismo. pessoa ignorante, não aceitaria.”minado site. Segundo o autor De cada 100 mulheres entre 18 Sem saber o que fazer, pediuda venda, o método é bem efi- e 39 anos,15% já fizeram abor- então ajuda a uma tia e à mãe decaz e resolve rapidamente. Basta to. A região que apresenta o seu parceiro. A primeira ação quedar o CEP da rua onde mora e maior número de abortos é a passou por suas cabeças foi pro-depositar o valor em conta cor- Nordeste e a menor, é Sul. curar alguns métodos na internetrente para receber o comprim- para interromper a gravidez. Oido. O valor varia conforme aquantidade adquirida, uma base O outro lado que mais chamou a intenção do casal foi o Cytotec, que, segun-de R$ 330 a R$ 860 e acom- Com 7 meses de namoro uma es- do o site, era eficaz e deu certopanha instruções de uso. tudante de 19 anos ficou descon- para mais de 80% dos usuários.Mas a venda não acontece sópela internet. Segundo a Anvisa(Agência Nacional de Vigilância “Por mais que eu goste da faculdade,Sanitária), o produto chega ao paísatravés das fronteiras com o Para- do serviço e tenha que assumir umaguai, Argentina e Venezuela, onde tremenda responsabilidade, não con-a comercialização é liberada. Ocontrabando é difícil de ser pego, sigo tirar aquela cena do bebê dapois na maioria das vezes entra minha cabeça.”em pequenas quantidades mistu-radas nas bagagens de turistas.16
  17. 17. reram fazendo estas misturas.” “O aborto é um processo que deve O tempo passou e por volta dos ser avaliado em cada caso e prin- 2 meses de gravidez,tiveram a idéia de ir procurar o Cytotec, cipalmente, com a pessoa que visa segundo ela, nos piores lugares. esse caminho.” “Fomos para Itatinga, o maior pu- teiro a céu aberto da região. Lá pedi informações, até que encon-Porém, seria difícil obter o re- e tomava o preparo que minha tramos uma pessoa que vendiamédio, por ser proibido e ter sogra, mesmo sem aprovar, fa- por R$ 500. Fiz tudo conformemuitos golpistas no mercado. zia.Quer um conselho? È muito recomendado. Fiquei de jejum, ruim”, fala a estudante. Ela to- tomei 2 e inseri 2 por via vagi-“Começaram os enjôos, dores mou chás de canela, artemísia, nal, até o mais próximo do útero,de cabeça, sono, os sintomas de arruda com pinga e cravo, mas fiquei sem urinar por 2 horas, egravidez que foram piorando a nada adiantou. No primeiro dia nada. Levamos o golpe do com-cada dia. Decidi tomar os chás diz ter sentido fortes dores e primido feito de farinha. No de-com pinga e ervas. Então, todos não parava de vomitar. “Tive sespero, e pensando em já fazeros dias antes de ir trabalhar, pas- muito medo de morrer, porque o pior, achei um blog bem inter-sava na casa do meu namorado sei que muitas meninas já mor- essante. Nele consegui o contato de uma menina que me ajudou e me indicou uma pessoa que Foto: Marcelo K. Motozono vendia o remédio original. Por MSN fizemos toda a negocia- ção. Porém, com medo e um pé atrás, pelo valor ser depositado em banco. Peguei o dinheiro da mensalidade de minha faculdade e compramos 4 por R$ 320. Re- sultado, tive pequenas contrações e nada de sangramento. Fiquei mais uma vez sem chão e muito preocupada”, conta a jovem. No decorrer deste tempo o namorado dela conheceu seu pai. Já com um pouco mais de 2 me- ses de gestação, entrou em con- tato por MSN novamente com a pessoa que lhe vendeu o remé- dio da outra vez e explicou que não teve efeito. Ele mandou mais 8 comprimidos para ela, metade gratuito e o restante pago, como método de segurança. Nova- mente fez o mesmo processo, mas desta vez tomou 4 e inseriu 4. Mais uma vez não obteve o resultado esperado. Então foi descoberta uma clínica de abor- to. O valor sairia muito caro para o casal, cerca de R$ 3 mil, mas segundo ela, lhe garantiam 100% Foto: Google Imagens de eficácia e chegaram a pen- sar nesta possibilidade.“Segunda 17
  18. 18. feira, 29 de novembro, fui fazer Foto: Moisés Teles de Medeirosum exame de Ultra Som, poissentia algumas cólicas, às vez-es fortes e outras fracas. Penseicomigo: vai que ele morreu e ai-nda esta dentro de mim, mas porque os sintomas não somem? Foiquando vi aquela cena no moni-tor, um bebezinho tão pequenoe indefeso, todo perfeitinho e caina real, ‘caramba é mesmo umbebê’. Ouvi as batidas do seu co-ração, como era forte, e por umsimples momento esqueci tudo esenti uma emoção enorme quefez meu olho encher de lágrimas.Então o médico foi passando ta-manho, peso, e disse estar tudobem com ele. Meu namorado ob-servou algo na tela, disse que sópoderia ser um menino. Sabe oque ele achou? Um ‘pipizinho’.Sempre foi meu sonho ter ummenino”, conta emocionada.“Por mais que eu goste da facul-dade, do serviço e tenha que as-sumir uma tremenda responsabi-lidade, não consigo tirar aquelacena do bebê da minha cabeça.”Disse a jovem. Depois desta ent-revista, a estudante e seu namora-do contaram para a família sobrea gravidez. Ela saiu da faculdadee os dois assumiram o filho.De acordo com a psicóloga Cy-bele Micai, as reações são diver-sas, mas na maioria dos casos amulher passa por uma sequência o caminho imediato para extrair ção e vínculo, tornando o meiode reações emocionais que inicia o problema, mesmo havendo de menos discriminação e ex-com a ansiedade, angústia e nega- tratamento e outras soluções.” posição. Cybele diz que a reaçãoção no momento que sabe do re- de quem comete o aborto variasultado - ou antes, nos primeiros Em dias atuais o que se torna de pessoa para pessoa, já que asintomas -, passando pelos está- mais difícil em nossa sociedade é personalidade é inata de cada sergios de raiva, insegurança, luto e identificar o grupo certo de pes- e a reação oscila no momentolamentação, chegando à busca de soas que vão a essa procura. Para em que se comete o ato, poden-informações, esperança e moti- a psicóloga, as jovens acabam do-se vivenciar um alívio rápidovação. Tudo depende do desejo, usando mais esse método por ser imediato ao acontecimento. “Jáconsciente ou inconsciente, da de uma faixa etária mais desprov- vivenciei relatos em que, no ex-gravidez, e na busca de soluções, ida de apoio emocional e a inter- ato momento do aborto, apareceo aborto aparece como possi- net é o caminho mais rápido para o desespero e arrependimentobilidade. “As pessoas extraem busca e troca de informações. seqüencial”. Segundo a psicólo-o dente para se livrar da dor. O Sem necessidade de identifica- ga a depressão é um transtornoprocesso emocional é o mesmo,18
  19. 19. Pesquisa realizada por Anieli Barbonipsíquico gerado por situações deperda e grande luto, pode ou não Concordo em caso deocorrer nesses casos, ou até sur-girem outros transtornos após o rísco a saúde fisíca da mãe Você concorda com aaborto. “Muitas vezes atendi me-ninas com este problema, não descriminalização dosó na vivência terapêutica, masfui psicóloga hospitalar da SantaCasa de Itu, por 6 anos e acom- Concordo em caso depanhei inúmeros casos, desde aborto no Brasil? risco à saúde mentalo pronto-socorro, maternidade da mãeaté a UTI.O aborto é um pro-cesso que deve ser avaliado emcada caso e principalmente, coma pessoa que visa esse camin- Concordo em caso deho”, complementa Cybele. estuproO aborto é um assunto polêmi-co e que não para por aqui. Agravidez precoce ou indesejadaé uma das características dospaíses em desenvolvimento, fru- Concordo se a mãeto de uma má educação sexual não tiver situaçãoou irresponsabilidades do casal, socioeconômicas paratrazendo complicações futuras criar a criançapara os envolvidos. O problemanão se baseia apenas no livrearbítrio da mulher e na inter- Concordo que deve serrupção da vida do embrião, mas direito da mulhersim nos métodos clandestinos einseguros que acaba trazendo decidir se deseja ouriscos para a mãe e ao feto. não ter o filhoA ANVISA aceita denúncia Não concordo com ada venda do remédio pelotelefone: 0800- 642-9782 descriminalização em nenhum dos casos. Confira a pesquisa no gráfico, realizada entre outubro e novembro de 2010 com 104 jovens da região de Salto e proximidades sobre a descriminaliza- ção do aborto no Brasil. O que rola na internet! O assunto também é polêmico nas redes sociais. Blogs são os mais utilizados para debater o tema e até mesmo para venda ilegal. Como é o exemplo do blog do analista de sistemas e professor universitário Rui Nelson (www.ruinelson.net), 38 anos, que mora em São José dos Campos SP. Ele postou em seu blog sobre o remédio abortivo Cytotec. O resultado foi imenso, com muitos comen- tários recheados de histórias emocionantes de mulheres desesperadas. Além de muita gente querendo tirar dúvidas, acabou formando uma comunidade em torno do assunto, utilizado como ferramenta para troca de informações e uma possível venda e contatos para obter o remédio. “Não esperava de maneira nenhuma que tentariam usar o blog para a venda ilegal de remédios. Quando as primeiras mensagens com esse intuito começaram a aparecer resolvi vetar qualquer anúncio e/ou dica de site para venda do remédio, principalmente porque a comercialização com fins abortivos é ilegal no país”, diz ele. 19
  20. 20. Os games da OLD# Natália EstevesMuitos sentem saudade dos primeiros jogosvirtuais... Ford, que só chegou ao Brasil no no mundo dos consoles naquela A final dos anos 70. ”Nunca tive o época. Foi aí que outra empresa s crianças (e adul- Odissey, mas devia ser compli- japonesa começou a se desen- tos) de hoje en- cado nessa época, pelo que já vi volver, a SEGA, que para con- louquecem jo- eram quadradinhos nos lugares correr com o NES, lançou o gando videogames de carros, naves, pessoas e tal, Master System e seu mascote,como Nintendo Wii, Xbox 360, haja imaginação para jogar!”, diz um ouriço azul chamado Sonic.Playstation 3 e afins, são jogos Marcos. Sem muito sucesso na guer-futuristas, que trazem ao joga- ra dos 8 bits a SEGA lançou odor uma sensação de realidade, E só em 1978 o fenômeno de Mega Drive de 16 bits chaman-deixa qualquer um que os jogar vendas Atari foi lançado, con- do a Nintendo para disputa, quefascinados. Mas não podemos siderado por muitos o ponta pé lançou um dos maiores suces-nos esquecer que os games de inicial para a febre dos games sos da história do vídeo game:hoje são apenas evoluções de que estava por vir. Foi projetado O Super NES.games muito antigos, que nos por Nolan Bushnell , tambémdeslumbraram tal como esses americano (e fã do Spacewar) “Quem nunca ouviu falar nadurante a nossa infância. “Que que hoje é conhecido pelos vi- disputa de SEGA e Nintendo?saudade...”, suspira Marcos ciados em games como “o pai Sonic e Mário? Os maioresGonçalves, estudante de Tecno- do vídeo game”. ícones dos games que já existiulogia da Informação. nos enlouqueceram na infância, No inicio da década de 80, lembro que até brigava na esco- Na década de 60 os colegas com a queda do Atari, a em- la porque achava o Sonic maisamericanos Slug Russel, Wayne presa japonesa Nintendo (que radical e meu colega era fã doWitanen e Martin Graets, do significa “alcance o paraíso”) Mário, mas no fundo adoráva-Instituto Ingham de Massachu- começou a erguer seu império. mos os dois.” Lembra Viníciussetts decidiram criar algo útil Com o lançamento do NES Esteves, colecionador de vídeopara suas horas vagas, baseados (Nintendo Entertainment Sys- games.em protótipos de vários equipa- tem) videogame de 8 bits, veiomentos, “deram a luz” em 1962 um jogo sobre um marceneiro E quem não se lembra doao primeiro jogo eletrônico: o chamado Jumpman que tinha Alex Kidd?Spacewar. como missão salvar sua namo- rada de um gorila, daí veio o O simpático menino que an- Mas o primeiro videogame a sucesso Donkey Kong, que nos dava de motoca, comia bolinhoser comercializado nos Estados trouxe o gorila mais querido do de arroz entre uma fase e outraUnidos veio dez anos depois, o mundo e o Mário, que se tornou e derrotava os mestres no Jan-Odissey, fabricado pela Philco e mascote da empresa. Ken-Po (o famoso pedra, papel, A Nintendo se tornou a maior tesoura) foi o primeiro sucesso20
  21. 21. Sonic e Mário talvez sejam os maiores ícones da história dos videogames. Ambos são símbolos de uma época clássica em que a grande rivalidade era entre as gigantes japonesas SEGA e Nintendo. A guerra que teve início no começo dos anos 90 e ainda hoje entra em pauta nas discussões de jogadores. “Eu prefiro o Mário, o bigodudo tem bastante história e ainda tem muito fôlego, pois está sempre sendo recriado sem perder a sua es- sência, em contrapartida, parece que Sonic per- deu o rumo desde que deixou o Mega Drive, pois seus games perderam o charme.” Declara Rafael Leite, estudante de Ciências da Computação. Mas há quem discorde: “no quesito quali- dade, os jogos do Sonic leva vantagens consid- eráveis como gráficos melhores, mesmo a placa de vídeo da sega suportando gráficos inferiores ao da Nintendo, melhor trilha sonora e melhor jogabilidade, a movimentação dos personagens é mais veloz porque a placa da SEGA era muito mais rápida que a da Nintendo”, explica Vinícius.e mascote da SEGA, lançado rou uma mania, pois era o máx- dias a máquina parou de funcio-em 1986, Alex Kidd é o pro- imo que a genialidade humana nar, deixando o dono do postotagonista de uma série de jogos conseguiu alcançar em games furioso, mas a verdade era quefeitos para o Master System. O simples, mas ao mesmo tempo a máquina estava tão cheia dejogo Alex Kidd in Miracle World viciantes dinheiro que não ligava mais.vinha contido na memória do O Computer Space foi o Logo perceberam que essa se-videogame e fez muito sucesso primeiro Arcade comercial ria a próxima mania dos Estadosaté o começo dos anos 90. lançado para o público, em Unidos. 1972. Concebido adivinhem “Esse foi um jogo que me en- por quem? Ele mesmo, No- Não importa se é Fliperama,cantou pelos seus comandos lan Bushnell, o pai do Atari. O games antigos ou super mod-simples, tinha apenas o direcio- jogo utilizava varias inovações ernos, o que sabemos é que hánal, botão de bater e o de pular, décadas esses jogos na telinhacom gráficos simples e trilha so- são uma grande mania mundialnora que grudava na cabeça, um e estão longe de acabar. Entãotal de Tam Tam Tam Tam, Tam “Lembro que até joguem, divirtam-se e viciem-se,Tam Tam Tam, era o máximona época”, lembra com entusi- brigava na escola porque se há uma coisa na vida em que podemos comandar é oasmo Rafael Lemes, estudante porque achava o videogame.de Química. Mas com a invenção do Sonic mais radical eOuriço Azul, a SEGA trocou de meu colega era fãmascote e parou de criar gamesdessa série. do Mário.” Mas antes de tudo isso... tecnológicas, mas tinha uma jo- Os Arcades (popularmente gabilidade confusa e não foi ex-chamado de Fliperama) surgi- atamente um sucesso comercial.ram na década de 30, bem an-tes dos jovens gastarem suas O verdadeiro sucesso de Ar-economias com carros, baladas cade foi o Pong, também cria-e videogames modernos, esse do por Nolan. Lançado em umera o grande vício. O Arcade vi- posto de gasolina, após alguns 21
  22. 22. Ateísmo A ausência de DEUS# Grecia Baffa começam a pensar como o mun- Preconceito: do foi criado, e se realmente houve intervenção de um deus ou Muitas tribos, raças e religiões de vários deuses em sua criação. já sofreram preconceito simples- mente por cultuarem uma de- A partir do questionamento, a terminada crença, ou por teremS maior e mais poderosa religião a cor da pele diferente ou até egundo o 1º capítulo do existente, o então cristianismo, mesmo por gostarem e se sen- livro de Gênesis, Deus percebeu que os estudos e pes- tirem atraídos pelo mesmo sexo. deu origem ao mundo quisas sobre o surgimento do Os ateus também passam por em 7 dias. A princípio mundo poderiam ser prejudiciais muitos conflitos e são julgadosforam criados o céu e a terra, ao seu poder, podendo perder por não acreditarem em um deus.dia e noite, plantas, animais, o seus seguidores e consequent-homem e a mulher. Para uma emente, sua força. Com isso, Desde os primórdios, as pessoaspessoa que lê a bíblia, esta será houve grandes conflitos, ge- que não cultivavam a mesmaa sua verdade. Já para alguém rando mortes e penitências aos religião das demais eram casti-que não crê em deus, ou seja, que ‘ousavam’ adquirir mais con- gadas. Se existisse um deus ouum ateu, qual seria a explicação hecimento, ou seja, ler e apren- vários deuses, e se fosse impos-plausível para a criação da Terra der algo que não fosse da bíblia. to que todos devessem clamar ae de tudo o que nela foi gerado? estas divindades, a atitude con- Até os dias de hoje, não foi com- trária seria severamente punida.Uma das maiores discussões, provada a existência de um deus, Atualmente, a escolha de umasenão a maior discussão sobre nem a sua inexistência. Mas crença diferente ou não escol-religião existente é sobre o ‘ateís- para os ateus, o ateísmo é mais her nenhuma, ainda é vista commo’. Da palavra grega ‘atheos’ do que uma ideologia ou filoso- maus olhos. Costuma-se dizer(a=ausência, theos=deuses) que fia; ser ateu não compreende que a religião vem do berço, daera usada para definir pessoas qualquer linha de pensamento criação e da educação que foique não acreditavam em deuses. filosófico, ideológico ou político. dada à criança. Mas ao passar doO ateu atualmente representa Uma pessoa que não crê em tempo, esta criança virará adulta2,3% da população mundial, sen- Deus continua sendo um ser hu- e tomará suas próprias decisões.do a Europa o continente onde mano assim como os outros reli-a descrença absoluta ou relativa giosos. O importante é saber res- Se num grupo de amigos umaem deuses é mais disseminada. peitar o posicionamento de cada pessoa diz que tem uma religião pessoa, seja ela crente ou não em e acredita em deus, devemosO grande motivo para tanta dis- uma religião e não repreender respeitá-la, afinal, vivemos emcórdia emerge a partir do ques- ou julgar, como muitos fazem. uma democracia na qual temos ationamento dos filósofos e mais liberdade de escolha das nossastarde de cientistas, quando22
  23. 23. decisões. Se neste mesmo grupo, grandes instituições, empresas e messiânica*, acredita na liber-outra pessoa diz não ter religião políticos são favoráveis a certa dade que todos os seres humanose preferir a ciência para a expli- crença e expressamos uma opin- possuem e que depois da vida,cação da vida, todas ao seu redor ião contrária sobre o assunto. ser livre é o bem mais precioso.irão questioná-la, querendo sa- O simples fato de opinar contra “O ateu acredita que o mundober o motivo de não acreditar em gera conflitos muitas vezes com surge da teoria da evolução.um deus ou seguir uma religião. um término não satisfatório. (...) O que podemos fazer é ter (material encontrado no site respeito por sua opinião”. NaDráuzio Varella, médico, escri- da Folha de São Paulo – col- igreja de Zenaide, todas as pes-tor e ateu, em uma de suas pal- una de Hélio Schwartsman) soas são bem-vindas, indepen-estras, alega que “os religiosos dentemente de qualquer crença.são muito violentos com os que Na entrevista realizada com onão são religiosos, essa é a re- professor do Ceunsp, João José Hemerson Cardoso, 36 anos,alidade”. Varella quis dizer com de Oliveira Negrão, também evangélico, comenta que deesta frase o que acontece no ateu, ele diz nunca ter sofrido ne- acordo com sua igreja, uma pes-dia-a-dia da sociedade. Ser ateu nhum tipo de preconceito, mas soa sem Deus não tem princípios:desde muito tempo é algo dis- que a razão de não crer em Deus “o princípio de tudo é Deus, semcriminado, e em alguns casos é é nunca ter tido fé, e ter vindo ele não temos nada”. Hemer-pior do que acreditar em uma re- de uma família pouco religiosa. son ressalta ainda: “sem Deusligião diferente da convencional. Na opinião de Oliveira Negrão, as pessoas não podem ser fe-(material encontrado no You- o ateísmo é “a recusa à ideia de lizes, depois que Deus entrouTube – Vídeo de Dráuzio Va- que existe alguma força superior, na minha vida eu fiquei feliz”.rella falando sobre ser ateu) exterior ao próprio ser humano e ao mundo, a controlar o destino, Solângela Eliane Mendonça Ro-Hélio Schwartsman, 45 anos, seja das pessoas, seja do planeta”. drigues, 45 anos, católica, an-ateu, articulista da Folha de São (entrevista feita com o Profes- tes de responder à pergunta, elaPaulo e bacharel em filosofia, sor João Negrão, via e-mail) afirma que o principal objetivoem um de seus textos faz uma do ser humano para sobreviver épergunta polêmica sobre afir- Debate – Opinião de pessoas encontrar o amor – não o amormações sobre religião: “Por que de diferentes religiões quan- entre duas pessoas, mas o amorpodemos afirmar sem nenhum to a um ateu. de Deus que dá motivação paraproblema que determinada tese viver é a “luz do caminho” dascientífica, econômica, ou jurídica Na pesquisa realizada com 5 pessoas. Sobre alguém ser ateís-é imbecil, mas, se ousamos dizer pessoas de diferentes religiões, ta, na opinião dela, não existeo mesmo em relação a uma ‘ver- fiz a seguinte pergunta: O que pessoas que não crêem em Deus,dade religiosa’, somos tachados você acha de uma pessoa que mas sim pessoas que se desiludi-de intolerantes e quem sabe até não crê em Deus? Por quê? ram com Deus e perderam a fé.processados?”. É muito compli- Zenaide dos Santos, 46 anos, Solângela ainda cita: “A pessoacado falar sobre religião, quando que se diz “ateu”, possivelmente Foto: Google Imagens
  24. 24. são pessoas desiludidas da vida, as repostas que tanto buscava. arbítrio para com as nossas escol- que talvez por rebeldia, renegam has, devemos respeitar a opin- a Deus depois de um sofrimen- Lia Raicher, 32 anos, judia, acha ião de cada um, contanto que o to e não gostam ou não aceitam que é a fé que dá forças para as próximo também nos respeite. em viver seguindo os caminhos pessoas atingirem seus objetivos, (ensinamentos) de Deus (...)”. e que praticando o bem, Deus João Assis Sobrinho, 58 anos, irá recompensá-las. Na concep- Ateístas Influentes mórmon, sob seu ponto de vista, ção de Lia, Deus está olhando uma pessoa que não crê em Deus por todos nós e não tem sentido Em uma passagem da bíblia, salmo é alguém que não tem o conhe- não crer em nada. Ela diz tam- 14:1, encontramos o seguinte texto: cimento divino, ele diz “Jesus nos bém: “Se não temermos algo de “O tolo diz em seu coração: ‘Não ensinou ‘Conheça a verdade e ela ruim, não teria graça os objetivos há Deus’. Eles são corruptos, eles os libertará’, não que os ateus ven- e o bem que devemos praticar”. dizem coisas abomináveis, não há ham a ser inferiores aos cristãos em nenhum deles que faça o bem.” pensamento ou inteligência, pois Com este debate notamos as dife- Se isto fosse realmente verdade, foi o próprio senhor Jesus Cristo rentes visões sobre o ateísta e pessoas influentes que assumiram que deu o livre arbítrio (morreu como cada religião reage ao as- ser ateístas, não teriam mudado por isso) e cada um pensasse como sunto, de acordo com o que ensi- o mundo, como por exemplo: quisesse.” João já foi ateu, mas re- namentos que lhe foram passados. solveu conhecer e estudar sobre A opção de ser ateu não é aceita Filósofos e sociólogos: Sócrates, os Relatos Históricos da Bíblia e por todas as pessoas, tampouco Karl Marx, Émile Durkheim, Jean- o Livro de Mórmon e encontrou respeitada, mas como temos livre Paul Sartre, Nietzsche, Auguste Comte, Confúcio, Denis Dider- ot, Lucrécio, Sigmund Freud. Escritores e jornalistas: George Bernard Shaw, Arnaldo Jabor, Glória Maria, Paulo Francis, Ri- cardo Boeachat, Isaac Asimov, Diágoras, Graciliano Ramos, Jorge Amado, Luís Fernando Veríssimo, Álvares de Azevedo, Machado de Assis, George Orwell, José Saramago, Monteiro Lobato. Cineastas: Luis Bañuel, Charles Chaplin, Woody Allen, Ste- phen King, Federico Fellini. Físicos e químicos: Marie Curie, Pierre Curie, Linus Pauling, Ste- phen Hawking, Thomas Edison. Pintores e cantores: Leon- ardo da Vinci, Pablo Picas- so, Charles Schutz, Caeta- no Veloso, Chico Buarque, Cássia Eller, Vernet, John Lennon. Outros: Steve Jobs, Che Guevara, Bill Gates, Genre Roddenberry, Fidel Castro, Oscar Niemeyer.Foto: Tiago modoro *messiânica: da Igreja Mes- siânica, religião oriental, bastante praticada no Japão. 24
  25. 25. Foto: DivulgaçãoNerds -Escolha já o seu# Natália EstevesS abe aquele cara que Northern Electric do Canadá, mon Helberg) e Raj (KunalNayyar) todo mundo “zoa” na hoje Nortel), ou seja, atribuída vivem em um mundo paralelo e sala de aula? Porque àqueles indivíduos que trabalha- são tímidos demais para se rela- é o mais dedicado, o vam no laboratório de tecnologia, cionar com as outras pessoas.mais estudioso, tem dificuldades que eram dados a passar noites de integração social e odeia es- em claro nas suas pesquisas. “Não sou dedicado demais,porte? É, meu caro, respeite-o, nem tiro notas altas, mas acho in-ele pode ser seu chefe no futuro! Um bom exemplo do que es- crível esse seriado, os Nerds es- tamos falando está no segundo tão em alta, aprendo mais com O Nerd é considerado um soli- seriado de maior audiência da eles do que na faculdade!”, brin-tário pelas pessoas, mas possui atualidade nos estados Unidos, ca Everton Santos, estudante degrande capacidade de raciocínio com muitos fãs também no Bra- Gestão Ambiental do Ceunsp.e tende a impressionar mais que sil, os que têm acesso à TV poros que se dizem “normais”. A ex- assinatura, o The Big BangThe- Viciados em HQ’s, games,pressão é utilizada desde o final da ory. Com temas relacionados mangás, que são as historias emdécada de 50, no Massachusetts à física quântica, matemática, quadrinhos de origem japonesa,Instituteof Technology (MIT). Mas internet, HQs (Histórias em também são considerados de-também existe a versão na qual quadrinhos) e jogos de video- sta tribo, preferem seus víciosa palavra derivaria de Northern game são tratados de maneira “nerdianos” a uma balada cheiaElectric Researchand Develop- a demonstrar como os amigos de gente. Fabiano Fonseca passament (Departamento de Pesquisa Sheldon (Jim Parsons), Leonard a maior parte do seu tempo jo-e Desenvolvimento da companhia (Johnny Galecki), Howard (Si- gando vídeo-game, “tenho um 25
  26. 26. Xbox 360 e jogo online o tempo desenhos, games, brinquedos,todo, dizem q sou antissocial, mas mangás, hq’s, tecnologia em ger-tenho vários amigos de jogos, é al… e pasme, isso é uma tendên-melhor que o assunto é sempre cia, logo, ser Nerd está na moda!algo que me interesso e não essesque a molecada conversa por aí...”. Então assuma o Nerd que há em você e orgulhe-se disso. Afinal Mas e os realmente estudiosos? entre os diretos e deveres do NerdAqueles que metem a cara nos está o de tentar dominar o mundo,livros, o que você perguntar ele o Obama e o Bill que o digam.está lá, pronto para responder? Ocontador Adriano Ucles é assim:“Gosto de jogos e desenhos, maspouco, meu negócio mesmo é es- Vale a pena escutartar sempre estudando algo novo, arespeito de tudo, não é porque sou Escolha já seu nerd (Os Seminovos)contador que não me interessopor outros assuntos. Sinceramente O nerd de hoje é o cara rico de amanhãaté gosto desse titulo de Nerd que O nerd de hoje é o cara lindo de amanhãeu carrego”, declara o contador. O nerd de hoje é o bom marido de amanhã Garota, escolha já seu nerd! E esses “caras estranhos” caíramno gosto de muitas mulheres, “Ag-ora é assim, saia da academia e vá Enquanto o bonitão está pegando vocêexercitar seu cérebro! Tem muita O nerd está criando um software no PCmenina que acha que a inteligên- Enquanto o sarado malha na academiacia é que é afrodisíaca, é bom os O nerd está lendo as notícias do dia“bombadinhos” reverem seus con-ceitos!” brinca a estudante de Re- Enquanto o bonitão tá na balada te chifrandocursos Humanos do Ceunsp, Am- O nerd com certeza está em casa estudandoabile Gonçalves, fã da banda “Os O curso superior do gostosão tá no inícioSeminovos”, que tem como inte- E o nerd ganha em dólar no Vale do Silíciogrante o chargista e Nerd do siteCharges.com, Maurício Ricardo. O nerd tem conserto, é só você ensinarDia do Orgulho Nerd O penteado certo e a melhor roupa pra se usar O saradão de hoje é o gordo de amanhã... Dia 25 de maio, dia que em 1977 Parou de tomar bomba? Vai ter que usar sutiã!aconteceu a première do primeirofilme da série Star Wars, é comem- O gostosão ainda sai no carro do paiorado o dia do orgulho Nerd! Isso E o nerd é a atração de um workshop em Dubaimesmo, ORGULHO. O gostosão te esquece quando vê um carro esporte E o nerd está lá dentro com uma mulher de sorte Os Nerds da FCA aparecerampara comemorar esse dia conquis- Imagine o nerd sem cabelo ensebadotado, muitos vestidos como seus Sem espinhas e sem colarinho abotoadopersonagens preferidos de filmes Sem o cinto social junto com tênis brancoe animes para mostrar que hojeestão muito além dos estereótipos Imagine o nerd com cinco milhões no bancoque aparecem em filmes dos anos O nerd de hoje é o cara rico de amanhã80 que ainda invadem a sessão da O nerd de hoje é o cara lindo de amanhãtarde, onde ser Nerd significa total O nerd de hoje é o bom marido de amanhãfalta de habilidade social. Garota, escolha já seu nerd! Ser Nerd hoje é uma forma devida cada vez mais comum gra- Seminovos são: Neto Fog (voz), Maurício Ricardoças ao crescente acesso à internet, (baixo, voz), Neto Castanheira (guitarras, produção),são pessoas fãs de filmes, séries, Tchana (guitarra base, voz), Alex Mororó (bateria).26
  27. 27. Nerds- O mundo cosplayV ocê já deve ter visto al- em evento alguém vestido de ses, concurso de cosplayers e até guém fantasiado como homem – aranha” comenta o es- cortes de cabelo diferenciados. aqueles desenhos tudante e dono de uma loja de Para o estudante e técnico de in- japoneses, persona- artigos de anime, Tiago Farias. formática, Marco Tulio Campos,gens de videogame ou até mesmo as pessoas vivem os personagensde filmes. Pois é, eles são os co- Diferente do que muita gente quando estão nos eventos, “Ossplayers. imagina a arte cosplay não sur- cosplayes são simplesmente idên-Eles abusam da criatividade. giu no Japão. Foi o americano ticos aos personagens. A fala, oPlanejam tudo cuidadosamente, Forrest J. Ackerman e sua amiga modo de andar, a maquiagem ... “desde as roupas, cabelos e até Myrtle R. Douglas que deram luzmesmo os acessórios. Vale tudo à essa idéia quando apareceram Quem não se lembra de Naruto,na hora de se caracterizar para em um evento de ficção cientí- Dragon Ball e Pokemon? Os an-parecer o mais fiel possível. “Mui- fica fantasiados, em 1939. For- imes mais famosos das últimastos utilizam materiais caseiros rest estava caracterizado com décadas são destaques dos encon-para confeccionar seus cosplays. um traje de piloto espacial, o tros cosplay. “Os cosplays maisQuando não os conseguem, com- qual chamou de “futuricostume”, comuns atualmente vêm sendo ospram as partes que faltam como, e Myrtle usava uma representa- do Naruto, porque é um anime depor exemplo, lentes de contato e ção do vestido usado no filme extremo sucesso, os cosplays co-peruca, mas o que vale na hora de “Things to come.” muns se devem aos maiores suces-fazer seu cosplay é a criatividade.” sos.” Comenta Jackson Soares, oConfirma o estudante de 18 anos As fantasias fizeram tanto suces- cosplayer do personagem Tobi,Jackson Soares. so que no ano seguinte dezenas do desenho Naruto. de fãs compareceram à conven-O termo cosplay foi criado pelo ção em trajes de ficção científica. “Naruto é praticamente uma febrejaponês Nobuyuki Takahashi. É a em todo o mundo. Os cosplayersjunção das palavras costume (fan- A prática tornou-se popular no fi- mais usados são de seu desenho,tasia) e play (brincar). O cosplay nal da década de 90, com a pop- principalmente dos personagensconsiste na atividade de se fantasiar ularização do anime Cavaleiros da aktsuki e do próprio Naru-e caracterizar em um personagem do zodíaco. Ela cresceu tanto, to, por achar mais facilmente os(anime, vídeo game, filmes...) que atualmente há feiras mun- adereços”, completa, Marco Tu-do qual a pessoa se assemelha. diais e competições do gênero. lio. O estudante e cosplayer Jack-“Todo mundo pensa que cosplay No Brasil, a mais conhecida é son Soares finaliza dizendo: “Paraé só de personagens japoneses, a Anime friends, que acontece voarmos precisamos das asas demas na verdade cosplay é só um anualmente em São Paulo. O nossas mentes, e para aqueles quedos significados para pessoas que evento chega a ter mais de 120 escolheram ser cosplays como eu,se fantasiam de personagens que mil pessoas, e tem atrações inter- lhes digo....VOEM.”gostam. Por exemplo, vejo muito nacionais como cantores japone- 27

×