Your SlideShare is downloading. ×
Projeto final doutoramento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Projeto final doutoramento

314
views

Published on

projeto de doutoramento em educação

projeto de doutoramento em educação

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
314
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A IdentidadeProfissional doEducador de Infância Programa de Doutoramento em Educação Área de especialidade em Formação de Professores Orientação : Professora Doutora Ângela Rodrigues Maria Leonor Albuquerque Lisboa, 2012
  • 2. Problemática e contextoEducação pré-escolar e docentes pouco reconhecidos quer pelos seus pares, quer pela sociedade em geral.Grande diversidade nos modos de entender quem são e o que fazem os Educador de Infância (EI).Mudanças externas e internas com forte impacto na profissionalidade do EI.Alguns estudos nacionais já se debruçaram sobre aIdentidade Profissional (IP) dos EI numa perspetiva biográfica.
  • 3. Problemática e contexto“Ser diferente” • Não tendo “alunos”, mas “crianças”. • Não tendo “turma”, mas “grupo”. • EPE não é obrigatória, mas facultativa. • Não tendo um currículo nacional obrigatório, mas orientações gerais para todos os EI. • A especificidade única do ensino e as caraterísticas de crianças tão pequenas. • A rede de interações alargadas que o educador estabelece. • Diversas escolas de formação inicial até 2007, conferindo a estes docentes especificidades no que diz respeito a conceções e práticas. • Diversos contextos e finalidades de atividade profissional.
  • 4. Enquadramento teóricoIdentidade Profissional A IP encerra uma vertente pessoal e uma vertente social/coletiva .A identidade é o resultado “duma dupla operação linguística: diferenciação egeneralização, a “identidade para Si “ e a “identidade para o outro”. (Dubar, 2006)Os indivíduos de uma mesma profissão sentem-se ligados por uma “identidadeprofissional unificadora”, ou seja, por um conjunto de características comuns . (Sarmento, 2002)“Tudo depende das regularidades que, na diversidade, pudermos encontrar.” (Lopes,2002:73)IP situada no plano coletivo, encontrar os fatores que caracterizam a identidadecoletiva dos EI, aquilo que cada um partilha com todos os outros e é comum ao grupoprofissional, ou seja, no que diz respeito aos ideais, às atitudes, ao modo de fazer, deser e de estar do EI.
  • 5. Enquadramento teóricoA profissionalidade específica do EI • A capacidade de relação. • As caraterísticas da criança desta faixa etária. • As caraterísticas dos contextos de trabalho e respetivas missões. • As caraterísticas do processo e das tarefas desempenhadas pelos EI. (Oliveira-Formosinho, 2000) • As competências de âmbito pessoal e emocional. • A segurança para saber estabelecer limites e manter relações estáveis. • A originalidade das atividades desenvolvidas com intencionalidade educativa. (Sarmento, 2002) • A teia de relações que este profissional estabelece. • A diversidade que o EI tem de ter em conta. Vasconcelos, 2009)
  • 6. Enquadramento teóricoEstádios de desenvolvimento profissional dos EI (Katz) Sobrevivência - início da carreira, 1º/2º anos de serviço Consolidação - 2º/3º anos de serviço Renovação - 3º/4º anos de serviço Maturidade - entre o 3º/5º anos de serviço EI principiantes - até cinco anos de serviço EI experientes - para além de 20 anos de serviço Estudantes finalistas - analisar qual a identidade profissional que os estudantes a finalizarem o curso de formação inicial possuem
  • 7. Algumas das referências … Teresa Estrela António Nóvoa Teresa Sarmento Teresa Vasconcelos Oliveira- Formosinho Mª João Cardona Gabriela Portugal Lilian Katz Claude Dubar
  • 8. Questões de investigaçãoComo evolui a identidade profissional ao longo da carreira?Que diferenças e que semelhanças existem entre estudantesfinalistas, EI principiantes e EI experientes relativamente à suaIP? Quais os aspetos comuns da sua IP? Que fatorescontribuem para as semelhanças e, isomorficamente, para asdiferenças?Que fatores são identificados como tendo maior contributopara o reforço da IP e quais as que dificultam a construção deuma forte identidade profissional entre os EI?
  • 9. Questões de investigaçãoQue importância tem nesta evolução a formação inicial?Que importância têm os contextos de trabalho por que sepassa ao longo da carreira?Que ponderação se deve atribuir ao enquadramento legal doexercício profissional?Que outros aspetos são percebidos pelos educadores comotendo influência na construção do que é ser EI?
  • 10. MetodologiaFinalidade Compreender como se forma a identidade profissional do EI na formação inicial e como é que ela evolui ao longo da vida profissional, procurando identificar os fatores que mais influenciam essa evolução e mudança. Contribuir para um melhor conhecimento e dignificação da profissão de EI, nomeadamente para melhorar a sua formação inicial e a sua formação contínua.
  • 11. MetodologiaObjetivos Gerais do estudo Que aspetos da profissão suportam a IP e quais os que são percebidos como comuns. Caraterizar como é que cada um dos grupos pensa o que é ser EI e como legitimam/fundamentam esse pensamento. Analisar os fatores que os EI consideram que tiveram peso nessa configuração, sua evolução e fixação ao longo da vida.
  • 12. MetodologiaObjetivos Específicos Analisar como a legislação compreende a IP do EI descrevendo as funções, os valores, as competências, o aluno, a aprendizagem, os EI … Identificar as representações dos EI acerca da sua profissão como se configura a IP em 3 momentos distintos da profissão. Identificar as componentes da identidade profissional partilhadas por diferentes EI e em diferentes momentos da sua vida e carreira. Identificar padrões identitários que aproximem/distanciem estes grupos de educadores. Identificar e compreender os fatores que têm mais influência na “evolução” da IP na perspetiva dos EI idade, estádio de desenvolvimento, a experiência, a formação contínua/formação inicial, o contexto em que trabalham, as mudanças legais … *
  • 13. MetodologiaCaraterísticas do estudoObjetivos específicosParadigma interpretativoNatureza quantitativaEntrevista semi-diretiva técnica adequada para o estudo das representações pessoais dos sujeitos e das suas significações.Questionário recolher dados numa amostra de maior dimensão para podermos apurar, confirmar e extrapolar os dados fornecidos pela análise das entrevistas.
  • 14. MetodologiaAmostra e tratamento dos dados Amostra A - Entrevistas a EI Recolha de dados a EI que se situem em cada um dos três grupos do estudo. B - Questionário a nível nacional A aplicar on line a EI. Análise dos dados Qualitativa Análise de conteúdo Legislação, entrevistas e questões abertas do questionário. Quantitativa SPSS 18
  • 15. Cronograma 2013 2014 /2015A revisão da literatura acompanhará transversalmente todo o processo investigativo. ENTREVISTAS Analisar as entrevistas.Construir os guiões. QUESTIONÁRIOLocalizar os participantes para Construir, validar e aplicar orealizar as entrevistas. questionário. Recolher, analisar e interpretar osTranscrever as entrevistas. dados do questionário. Identificar as conclusões relevantes.Analisar as entrevistas. Identificar possibilidades de projetos futuros. Redação do texto da tese.
  • 16. E para finalizar … “Uma investigação é, por definição, algo que se procura. É um caminhar para um melhor conhecimento e deve ser aceite como tal, com todas as hesitações, desvios e incertezas que isso implica.” Quivy & Campenhoudt, 1998 Obrigada pela vossa atenção.